Wednesday, July 26, 2006

O Ano do Cachorro

Ano de 2006. Todos aqueles que têm idade de múltiplo de 12 ( exemplos, 12, 24, 36...) estão regidos sobre o ano do ... cachorro! Sim, quem entende um pouco de astrologia e derivados, o horóscopo chinês se divide em doze casas, mas anuais. E cada casa, ou ano, é habitado por um animal diferente. Este ano é o ano do cachorro. Todo mundo está cansado de saber que o cachorro é tido o "melhor amigo do homem". No horóscopo chinês também não foge tanto ao que diz.

Eis o que consegui no site Planeta sobre a astrologia chinesa:


OS PRINCÍPIOS DA ASTROLOGIA CHINESA

Conta a lenda que antes de partir da Terra, por volta do século 5 a.C., Buda convidou todos os animais para uma festa de despedida. Apenas doze compareceram, na seguinte ordem de chegada: rato, búfalo, tigre, gato, dragão, serpente, cavalo, cabra, macaco, galo, cão e porco. Para compensá-los, o divino sábio resolveu dedicar um ano a cada um deles, dando-lhes o direito de imprimir àquele período e às pessoas neles nascidas os seus defeitos e qualidades características. Assim, 12 anos correspondiam a um ciclo.

Na verdade, a existência desse ciclo no calendário chinês é anterior à passagem terrestre de Buda e regulava a vida na China antiga através de uma astrologia baseada nas fases da lua. Por essa razão, a origem exata desses signos animais permanece desconhecida.

Tal como na astrologia ocidental, não se pode dizer que existam apenas 12 tipos de pessoas na astrologia chinesa. É necessário levar em conta outros fatores além do signo animal regente do ano de nascimento para definir a personalidade.

Cada um dos 12 signos é regido por um dos cinco elementos: metal, água, fogo, terra e madeira. A presença desses elementos ao lado dos signos tende a reforçar ou acrescentar características nas pessoas.

Metal - perseverança, resistência, capacidade de decisão, inflexibilidade, auto-suficiência, autoconfiança e obstinação

Água - intuição, flexilidade, inconstância, passividade, dependência e capacidade de persuasão.

Madeira - senso de ética e moral, autoconfiança, expansividade, cooperativismo, capacidade de execução, espírito progressivo, generosidade e ganância.

Fogo - liderança, resolução, agressividade, otimismo, criatividade, realização, ambição, impaciência e expansividade.

Terra - praticidade, objetividade, organização, planejamento, prudência e conservadorismo.

A filosofia chinesa do yin (negativo) e yang (positivo) também está presente nessa astrologia.

Yang (Rato, Tigre, Dragão, Cavalo, Macaco e Cachorro): mais agressivos, ativos, realizadores e inovadores.

Yin (Búfalo, Gato, Serpente, Cabra, Galo e Porco): mais passivos, reflexivos e intuitivos.


Bom, se tem um coisa que nunca me passou pela cabeça, é que Victor Hugo ( escritor, não aquela marca de bolsas ), Elvis Presley, Raquel de Queiroz, Noel Rosa, Brigitte Bardot e Sophia Loren eram do mesmo signo do que eu. Talvez porque nesse ponto nunca parei pra fazer as contas...
Ter 36 anos seria sinal que pra chegar aos quarenta faltam apenas quatro anos?
Nada disso, pra mim continuará sendo mais um ano que se passa, mais experiência adquirida e mais fios de cabelos brancos brotando.
Mas também, quem manda ficar lembrando que nasceu no mesmo dia e mês que Mick Jagger e no ano que além do Brasil ter conseguido o tricampeonato, os Beatles cada um foi pro seu canto???

.... E quando chega esta data, mais fico impressionada de como o ano passou depressa demais ( de novo! )...

No comments:

Post a Comment