Saturday, January 13, 2007

Desenterrando da Massa Cinzenta - Da série: "Não acredito que já gostei disso!" - Episódio 2

A memória da gente nos dá cada estalo que às vezes dá uma baita duma vontade de passar uma borracha e esquecer o passado. Tudo bem, existem coisas do passado que a gente não quer esquecer, como a primeira palavra, o primeiro dia de escola, o dia da formatura... Mas existem coisas que a gente quer esquecer mas fica difícil, pois como já disse da outra vez, sempre tem alguém para fazer o servicinho.

SMAP - "Dynamite": Sim, confesso. Gosto do grupo e não perdia o programa semanal de toda segunda "SMAP X SMAP". Porém, como atualmente saio muito tarde do serviço, raramente consigo assistir ao programa. Mas quando assistia, gostava do Bistro Smap, o qual era um duelo em duplas em agradar o convidado com comida, mas feito de acordo o que o convidado pedir. Sem falar dos quadros humorísticos e o bloco final com os cinco cantando (caham!) a música do sucesso deles ou um pot-pourri ou com algum convidado especial...
Mas como tem os PV (promotion videos), eis dois que me marcaram.
"Dynamite", de 1997, do album "Su", era o carro-chefe do álbum. E olha que até que a mulherada é meio contida com seus ídolos. No meio da rua? Eita...



"Yozora No Mukou": Essa música, na verdade, foi uma das primeiras que ouvi quando cheguei aqui. Gostei tanto que acabei traduzindo pra versão romanizada somente para fazer bonito em karaokê. Porém: é uma das poucas músicas que consigo cantar sem precisar da versão romanizada...



Bônus: Takuya Kimura e Goro Inagaki dançando "Dragostea Din Tei": Era um quadro do programa Smap X Smap, do ano passado ou retrasado, não lembro, mas foi na carona do sucesso dos romenos O-Zone com a música "Dragostea Din Tei". O quadro se tratava de um host club (onde as mulheres vão se divertir bebendo com os acompanhantes da casa) e no meio de tudo isso, a coreografia que já virou comédia e o refrão virou "noma-noma-hey" (noma vem do verbo nomu, beber).
Ao menos é bem melhor que a versão infame do Latino chamado "Festa no Apê", que nunca ouvi e nem tenho curiosidade em saber...



Pois é, gente. Existem coisas que realmente a nossa memória resolve nos pregar peças....

3 comments:

  1. Hummm pedir pra mim deixar uma opinião do SMAP....vc sabe o que eu penso em relação ao grupo né..rsrs então vou preferir não comentar nada. Em relação a versão
    Dragostea Din Tei adorei!! Não tinha assistido mas Takuya kun..kakoiiii desu ne!! Na verdade ele é a única salvação do grupo..opa!! Falei demais...rsrs

    ReplyDelete
  2. E eu, que gostava de Hanson?
    (Tenho certeza que vou me arrepender de dizer isso em rede um dia, ah, vou.)
    heuheuheuhu tou vendo o video de Dragostea, adouro todas as performances que as pessoas fazem dele... heuheueue
    Eeeh sou uma grande entusiasta de quadrinhos :D
    Xero p tu!

    ReplyDelete
  3. Eita..mas eu tb era fã do Hanson...kkkk!! rsrs
    Mas aquela música MMmbop tocava tanto nas rádios que não saia mais da cabeça..

    ReplyDelete