Sunday, December 02, 2007

Facilidades para as minorias

Mesmo tendo a correria do dia-a-dia, sempre alguma coisa não escapa de meus olhos, principalmente quando vou e volto do serviço [quase] todo santo dia.

Quem me conhece e acompanha este sítio, sabe que dependo diariamente de transporte mais do que coletivo para ir ao trabalho e outros lugares. Certo que temos um carro, mas experimenta encarar aquele trânsito maluco de Tóquio e depois me conta. Se bem que, quem consegue guiar em São Paulo, tal como meu kinguio encantado, guia em qualquer lugar.

Voltando, referente ao transporte coletivo. Reparo que alguns ônibus não dispõem de escadas para facilitar os idosos. Porém, fico pensando no tocante daquelas pessoas que têm que utilizar cadeira de rodas. Mutirão de pessoas de boa vontade para erguer e descer o cadeirante? Bom, do jeito que a maioria é...

Nos trens, principalmente os da JR (Japan Railway), os funcionários das plataformas são avisados quando tem um cadeirante. Eles já ficam na plataforma e vagão certo com uma rampa portátil para o cadeirante descer. O detalhe fica no depois - estação sem elevador, não dá certo para eles.

Relembro-me de um jovem escritor japonês (e que está meio sumido), o Hirotada Otatake, que escreveu um livro contando sua saga e quebrando barreiras com sua deficiência - sim ele nasceu sem braços nem pernas e nem por isso deixa de levar uma vida normal como qualquer outro. Já se formou em Ciências Políticas e Econômicas na conceituada Universidade de Waseda, e seu livro "Gotaifu Manzoku" traduzido até para o inglês foi best seller uns pares de anos atrás.

Imagine ele andando para cima e para baixo e até viajando sozinho em uma cadeira de rodas robotizada, pois, como disse, ele não tem os membros superiores e inferiores. E nem por isso ele desistiu. Em alguns casos, é impressionante a preserverança dessas pessoas.

Recentemente, navegando pelo site Cartoon Brew, chamou-me a atenção de uma entidade britânica sobre as dificuldades que os deficientes físicos sofrem. A animação é da equipe Aardman Animation, o mesmo que criou as animações em massinha "A Fuga das Galinhas" e a série "Wallace & Gromitt".

Vale a pena dar uma olhada no site Creature Discomforts e ver as animações. Detalhe: os dubladores possum um tipo de deficiência.

No comments:

Post a Comment