Saturday, February 02, 2008

Novo Ciclo da Vida

Janeiro passou como se fosse um raio - a gente nem chega a ver direito. Fico pensando como é que passei aquele mês, se foi bom, ruim ou a mesma coisa. Tirando o fato em que um sem-vergonha desconhecido acertou nosso carro estacionado, o mês ter sido mais curto por causa de quatro dias de folga, diria que janeiro passou e nem vi mesmo.

Isso porque também a meteorologia disse que ia nevar. De fato, nevou mas muito pouco, o suficiente pra derreter muito rápido. Queria o quê? Onde moro, fica a meia hora da praia (de carro), e tem a fama de "é difícil nevar, mas quando neva compensa os anos que nunca nevou". Concordo, pois há dois anos atrás, antes de voltar das minhas merecidas férias com a família, despencou tanta neve a ponto do meu vôo ter sido cancelado.

E meio que passei - literalmente - batida. Depois do feriado, voltei a minha rotina normal - acordar na mesma hora de sempre, fazer comida, fazer dever de casa, ir trabalhar e dormir na mesma hora de sempre. Mas se bem que em janeiro, fiz a atualização deste sítio quase que diariamente. Quase, pois tinha dias que estava tão cansada que nem idéia nova direito surgia.

O máximo que a gente tem feito fora do nosso dia-a-dia foi dar uma volta na cidade e ver a praia de Enoshima, que mesmo com um frio a zero grau, sempre os surfistas aproveitam as marolas. Ou ondas, se forem um pouco mais adiante.

Vamos ver este mês. Além de ser curto, é bissexto. Sim, a cada quatro anos, aumenta-se um dia em fevereiro. Eu lembro que tal ano será bissexto por causa que neste ano é o ano das Olimpíadas.

Fico pensando: como ficam as pessoas que nascem no dia 29 de fevereiro? Fazem aniversário no dia 28 de fevereiro ou dia primeiro de março nos anos que não são bissextos? Ou falam que "faço aniversário a cada quatro anos"?

No comments:

Post a Comment