Sunday, March 15, 2009

Entrando nos Eixos

Quando eu folgo mais do que dois dias seguidos, o que seria a coisa mais rara desde que eu me conheço por gente - tanto que dois dias seguidos choveu e ventou ao mesmo tempo -, eu perco a noção do tempo e acabo trocando o dia pela noite e no terceiro dia tem que tentar ajustar o fuso horário pois a semana promete.

Que eu fiz nestes dias que fiquei longe de trabalho? Vou falar a verdade: quase nada. Exceto lavar e passar roupa e limpar a casa (cozinha-banheiro-toalete), o resto é um caso a parte que minha mãe diria: "toma vergonha na cara!". No que eu pensei ao menos no fim-de-semana arrumar a sala e quarto e ver o que teria que separar para tentar criar vergonha na cara e fazer um flea market no Aurora Mall de Higashi Totsuka ou auctions na Yahoo!, foi tudo por sono abaixo.

Explicando: sexta-feira dormi até sabe eu que horas também pois como iria passar a noite em claro, devido a uma festa de aniversário e já que do local não teria mais trem pra voltar pra casa, só no dia seguinte, e marido kinguio deu carta branca para me divertir e me desestressar... A festa foi boa, tirando alguns gringos manguaçados tentando pagar de gostosão do pedaço e a chuva que não parava de cair e na hora de voltar aquela ventania...

Sábado dormi até sabe lá que horas, mas claro que na sexta eu fiz parte da faxina e toda a lavanderia. Pensei que no sábado a tarde, com aquela chuva toda eu iria ficar em casa para dar uma geral na parte da escrivaninha cujo PC descansa, regravar meu iPod devido ao desastre que fiz (lembram?), já que eu consegui re-alugar os CDs do Oasis (Beatles e Franz Ferdinand já estão no iTunes da vida).

Acabei no final da tarde saindo com marido kinguio para jantar fora, já que ao cair da tarde o tempo melhorou. Bom, tudo bem que a semana toda a gente cozinha, leva comida feita de casa pro serviço, mas final de semana ninguém chega perto do fogão, visto que o mesmo fica brilhando de limpeza...

Domingo, ainda que tentei dar uma geral na bendita escrivaninha, mas o tempo estava tããããão lindo (ai meu kafunshoo!!), só passei aspirador na casa, tirei o pó e nós fomos para Shin-Yokohama numa loja de Departamentos Tressa Yokohama com a finalidade de bater perna mesmo. Vale a pena conhecer, mesmo se impressionando com o fato de que, apesar da crise ter batido em todo o mundo, o local estava cheio, lotado e muita gente com sacolas e sacolas de compras. Vai entender...

Pena que tudo o que é bom dura pouco. Agora que estou com a bateria recarregada, iPod quase como era antes (ainda faltam Hikaru Utada, Masaharu Fukuyama e Blur, mas vamos por partes, como diria o esquartejador), vamos lá encarar a semana que parece que o bicho vai pegar!

2 comments:

  1. eeee Iwa! LERE LERE!!! ahuahauhaua quando chover assim agora já sei quem é a culpada!!!
    hauhauhau
    beijos

    ReplyDelete
  2. ahahahah Conhece o Murphy? Aquele que dizia "o que tem que dar errado, dá errado"? Quase todo dia de minha folga é assim: no dia que a gente se mata de trabalhar faz aquele tempo lindo, maravilhoso e ensolarado... Quando folga... CHUVA!!!!!
    Beijuns!

    ReplyDelete