Saturday, July 11, 2009

It's Summer Time! Festivais, Fogos de Artificio e Gastronomia de Rua

Semana especial de verão japonês - 4

Logo no início da semana tinha falado do tradicional festival japonês, o Tanabata. Mas quando o verão chega aqui, as lojas começam a vender yukata, aqueles quimonos próprios para ir em festivais, leques, ventiladores, ar-condicionado... E também começam as vendas de ochuugen, as crianças entrando de férias...

Ah, sim. Os tradicionais matsuri que cada cidade e até bairro tem o seu. Um tempo atrás, eu costumava ir na cidade de Hadano (Kanagawa) no final de setembro para o "Tabaco Matsuri". Nome estranho, mas os mais interessantes eram os fogos de artificio (hanabi) e a gastronomia. Tanto que as ruas próximas onde o evento ocorreria chegam a fechar para que os pedestres possam caminhar em segurança.

Mesmo porque as ruas daqui são estreitas, a ponto de até poste de iluminação ficar no meio delas.

Awa-odori, a dança típica de Tokushima, divulgada para o resto do país. Eu já fiz parte...

A parte de matsuri, além de carregar uma espécie de andor contendo a réplica de algum templo (chamados mikoshi, nos quais tem gente que até fica em cima, já que é carregado por muita gente), tem-se as danças típicas. Mas a maioria pratica o awa-odori, originária da província de Tokushima, o qual fica muito bonito de se ver. Legal é participar, experiência própria (isso vai ter explicação mais adiante...).

Carregando o mikoshi, para pedir aos kamisama proteção e saúde pra todos....

Quem costuma frequentar os matsuri de verão ou de final de ano ou os sazonais de cada região, obviamente acaba caindo no pecado capital que todo mundo comete, que seria a gula. Depois de andar, participar do carrega-o-templo-nas-costas-com-gente-junto, dançar, bate aquela fome fenomenal. E as barraquinhas de feira como no Brasil, vêm a calhar. Só que ao invés de termos pastel de feira, caldo de cana e cachorro-quente, nos matsuri temos takoyaki, yakisoba, banana no palito...

Takoyaki ou bolinho de polvo. Iguaria made in Osaka, mas todo matsuri tem. Vale a pena comer de novo.

Se o tempo melhorar e criar vergonha na cara de comprar um yukata, estarei indo ver alguns matsuri nem que for no quarteirão de casa.

Pra finalizar, temos entre julho e agosto (em alguns lugares até setembro) o festival de fogos de artifício, os hanabi. Muito embora tenha pouca duração, fica um espetáculo bonito de se ver. O mais famoso é o de Sumidagawa ( Toquio), geralmente no último sábado de julho. Recentemente, devido a recessão e falta de patrocínio, alguns matsuri vão ficar sem os hanabi este ano.

Uma pena, pois como disse, a apoteose tem que ter algo que não dissipe da memória da gente e que não fique com gosto de "só isso?".

Festival de Sumidagawa, Tóquio. Bonito de se ver. Desde que consiga chegar até a ponte...

1 comment:

  1. Vc já pode providenciar o teu Yukata pois esse ano, vamos em um matsuri em trajes típicos! xD

    ReplyDelete