Thursday, November 19, 2009

Como Presentear...

Chega mês do meu aniversário e final de ano, quem me conhece entra em pânico, namorido kinguio que me atura e eu também. Quem me conhece fica tentando pôr o Tico e o Teco pra entrar no tranco e quebrando a cabeça pra me presentear. Namorido kinguio é pior ainda: embora ele me ature por mais de uma década, chega nestas duas datas, ele fica quebrando a cabeça no que dar pra mim e no final ele acaba dando dinheiro para eu comprar o que eu quiser ou me levar pra loja o que eu quero. Assim não tem graça, presente pra mim tem que ter surpresa. Aí que mora o perigo, aí quem entra em pânico sou eu!

Explicando: fico com receio de ganhar e de repente o presente não servir, ser repetido... E depois ouvir do pessoal: "ah, a gente nunca sabe o que dar pra você!". Leonino é dose. Dizem que não gosta de qualquer coisa. Depende o que significa "qualquer coisa".

Bom, pra ninguém ficar perdido na hora de me presentear e também eu não passar por apuros, eis algumas dicas para os próximos anos...

Pode presentear sem medo:

1 - Agenda. De preferência do tamanho caderno pequeno, com bastante espaço pra escrever, anotar, e se for de personagens infantis (como Snoopy ou Hello Kitty) melhor ainda. Afinal, anoto tudo em agenda, desde minhas folgas até a contabilidade do mês, assim como endereços, telefones... E que caiba na bolsa, fica mais fácil de carregar.

2 - Vale-CD. Prático e fácil. Que muita gente sabe que eu tenho quase toda a CDgrafia do Masaharu Fukuyama, singles variados de j-pop (leia-se: TUBE, Southern All Stars, Smap, Zard...), alguns dos Beatles, isso é vero. Mas se de repente quiserem dar um CD pra mim e eu já tiver? Se derem um CD de algum ritmo que eu não goste? Vale CD é a solução. Você escolhe qual você quer. Já ganhei vários e foi um dos melhores presentes que tive. Claro que eu chegava na cara de pau para a balconista e pedia pra embrulhar pra presente...

3 - Perfume Eternity ou Tommy Girl. Só uso esses dois. E não é dificil de encontrar. Não tem problema dar repetido pois uso direto e não tem perigo do perfume virar alcool se deixar muito tempo estocado.

4 - Livros. De preferência crônicas. Carlos Drummond de Andrade, Fernando Sabino e Luis Fernando Veríssimo são referências pra mim e qualquer um deles ou os três serão bem vindos.

5 - Artefatos de papelaria (do Snoopy): post-its, canetas, o que for do cachorrinho mais amado do mundo, pode dar que eu aceito. Mesmo eu tenha dó de usar, mas alegra o ambiente da minha mesa onde fica o computador e do meu cubiculo onde trabalho.

6 - Cosméticos. Creme para mãos, sais de banho, brilho labial de cor discreta são bem vindos. Se tenho preferência por marca, costumo usar o creme para mãos da Body Shop e cosméticos Mary Quant (é que tudo é cambiavel, isto é, pode montar seu kit-maquiagem-pra-abafar do jeito que quiser). Mas se for de alguma loja natureba, tanto faz.

7 - Pulseiras, grampos decorados, presilhas e arquinhos pro cabelo. São itens que, apesar não utilizar tanto assim como deveria, fazem parte da minha caixa de acessórios. Pra quem não sabe, arquinho de cabelo no interiorês, seria a tal tiara que muita gente fala. O que pra mim seria o acessório que noivas usam pra prender o véu. Tanto faz, o importante é que o tal arquinho me salva na hora que estou cansada de prender o cabelo em forma de rabo de cavalo.

8 - Chocolates, doces, chás... Não importa se é um Godiva ou o simplesinho da Meiji, sendo chocolate, eu aceito de bom grado. Tive uma época que eu vivia ganhando chocolates de Mary Chocolates do pessoal do outro trabalho e acabei por aproveitar as caixas. Além do design ser bonito, estão sendo bem úteis no sentido de organizar e guardar a papelada. E também latas de biscoitos, de chás...

Agora, por favor, pelo amor da amizade e bom senso, não me presenteiem com...

1 - Flores. Exceto se for um vaso com tulipas, azalea até begônias. Agora, vir com um ramalhete lindo, maravilhoso, não que eu não goste, mas só de eu saber que elas vão durar menos que dois dias, me parte o coração.

2 - Roupa. Sempre disse que roupa é algo pessoal, exceto se a pessoa conheça a outra e saiba muito bem o gosto da mesma. No meu caso, devido a minha forma física não ser tão privilegiada, não é qualquer roupa que me veste bem. Nem namorido que me atura há mais de uma década, arrisca a comprar pra mim. No trabalho utilizo mais camisas ou blusas, mas off-work lanço mão de camisetas, vestidos, túnicas. Tudo bem que gosto das camisetas da Mary Quant ou da agnes b., mas por favor, se for me presentear com algo do tipo, por favor, melhor dar o dinheiro em um envelope ou caixinha com fitinha que eu compro.

3 - Sapatos. Vide problema no item anterior.

4 - Utensílios domésticos. Não que eu não goste, muito pelo contrário. Na Orange House e no IKEA, eu esqueço da hora de tanta tranqueirada em matéria de (in)utilidade doméstica. Mas dispenso presente desta categoria, pois tenho tanta coisa em casa que, se for trocar em miúdos, eu acabo usando a mesma coisa. E o resto dá vontade de fazer um flea market para despachar e garantir uns trocos mais.

5 - Copos de cristal, porcelana fina e afins. Como disse... meu lar já é apertado, sou meio estabanada, já quebrei um sem números de copos daqueles bem ordinários, imagine se me dão um presente destes! Além de ficar encaixotado, ocupando espaço, juntando poeira, perguntem quando vou usar isso... Se nem os brindes da padaria Andersen ou do Misdo nos aureos tempos que ganhava as raspadinhas eu estou usando direito...

6 - Jóias (de ouro, prata, coisas caras...). Quem me conhece e percebeu sabe: só tenho um anel, uso duas correntes e nem brinco uso. Ter, eu tenho, mas não uso por pura preguiça de ficar tira aqui e troca ali. Uma das correntes eu não tiro de jeito algum, que ganhei de minha mãe e é a medalha da Nossa Senhora do Sagrado Coração. Não sou católica tão praticante assim, mas traz uma sensação de paz. Portanto, amigos e amigas, nem pensem em gastar vosso suado dinheirinho com essas coisas.

7 - Bichinhos de pelúcia. Nem pensar!!! Já tenho o suficente para virar proteção do meu PC, meu aparelho de som, da TV e outras coisas que quebram em casa quando resolver mudar de apertamento. Além de ficar ocupando espaço em casa, virando lar de ácaros e causando-me uma crise de espirros toda vez que eu pego para limpar todos eles... Tudo bem que eu tive uma fase de comprar um bichinho ali, outro aqui. Ainda Snoopy, Hello Kitty e alguns diferentes que comprei na minha ida ao Zoorasia e no Sea Paradise, vai lá... Mas certa vez, o (lesado) amigo do namorido resolveu dar uma ninhada completa da Hello Kitty, do Mickey, urso Pooh... Resultado: toda vez que faço a faxina em casa, mesmo usando máscara cirúrgia a la Jacko eu espirro.

8 - Jogos de videogame. Lembra que eu contei o episódio do meu Nintendo DS? Depois disso eu nem pensei em comprar novo console. Pra falar a verdade, eu teria uma certa curiosidade no Nintendo Wii, mas se eu comprar, em duas semanas o console vai estar lá, encostado ao lado da TV. A não ser que convide uma galera pra lá de animada, mas sei lá se teria algo a ver, mas moro no segundo andar, e quem já ouviu falar do meu apertamento, podemos correr o risco de mudarmos de endereço de uma hora pra outra. Reclamação da vizinhança? Não: a gente passar a morar do segundo pro primeiro andar no primeiro embalo que a galera fizer...


A imagem saiu pequena, mas dia 16 de dezembro, single novo do cantor-ator-fotografo-produtor-faz-tudo-e-mais-um-pouco Masaharu Fukuyama. Se eu conseguir garantir o meu na fila, posso até conseguir uma camiseta comemorativa desenhada por Lily Franky (autor do livro que virou filme "Tokyo Tower - Okan to Boku tokidoki Oton").

Pessoal que costuma frequentar aqui, já deram uma espiadela no site VENDENDO COISINHAS? Ainda não??? Que estão esperando? Corram, que vai ser tempo limitado! Ainda tem tempo pra comprar o presente de amigo secreto da firma, da escola, da família... Depois deixa pra última hora, e aí sabem né?

10 comments:

  1. Presentear e receber presentes é um problema pra mim tb!! Mas agora se me derem qualquer coisa kawaii e de preferencia japonesa meus olhilhos brilham!!! Agora flor tb nem pensar, podem me chamar "des-romântica" ou coisa do genero mas não gosto mesmo!!!

    Beijos

    ReplyDelete
  2. Gesiane, agora não terei duvidas do que dar procê rs.
    Gosto de coisas kawaii e cuti-cuti, mas o problema é que, adoro coisas de papelaria (canetinhas, lapiseiras, post-its), mas tenho muita dó de usá-las... Mas só uso porque preciso alegrar o ambiente rsrsrs

    Beijos!

    ReplyDelete
  3. Querida,
    morri de rir enquanto lia. Vc fica ofendida? Mas é muito engraçado. Especialmente os comentários sobre cada um. Eu já aceito tudo, fico contente com qualquer coisa de anel de diamante a balinha. Tudo que entra é lucro se for dado com carinho.
    bj

    ReplyDelete
  4. Eu achei bem legal esse post. Fora o humor refinado que é de primeira.

    Sabe que gostei muito desse post, vou chupinhar a idéia e fazer um tb rs.

    ReplyDelete
  5. ahahahah Elisa, pode comentar e rir a vontade, divirto-me muito também. O riso é contagioso, use sem moderação...
    Eh que no meu aniversário, o pessoal que trabalha comigo ficou quebrando a cabeça pra me presentear (sempre falo que "nao precisa"), até cogitaram dar CD do Masaharu, pode? Mas ganhei uma bolsinha porta-trecos (muito util), bijouteria e até cofrinho de porquinho que faz oinc oinc, bem engraçadinho.

    Alexandre, ainda bem que você tambem gosta de ler as piadas que escrevo rs Sinta-se a vontade, nao fica acanhado e nao repara a bagunça.

    Não estranhem, hoje acordei tarde, por isso que estou respondendo agora ahahahah Daqui a pouco levar kinguio pra passear...

    Beijos a todos e todas!

    ReplyDelete
  6. Kikki!

    Era mais fácil ter feito o título como - O QUE ME PRESENTEAR....que acho, era mais propício não?? Hahahaha vc só listou que quer e não gostaria de ganhar.

    Mas convenhamos, isso facilita muito as nossas vidas...tdo mundo devia seguir seu exemplo e fazer igual....!

    Kiss

    ReplyDelete
  7. Leosan hisashiburi.
    Pra ver como presentear alguém é dificil. Principalmente pra mim ahahahah Sinta o drama.
    Como eu digo: faça o que falo mas não o que faço ahahahahahahah

    ReplyDelete
  8. Bom eu nos últimos tempos, só tenho dado livro, axo um dos presentes mais úteis que tem, mas axo que cada um tem açgo que goste neh? Eu amo ganhar livros e coisas fofinhas (tipo bem essas dai do Japão hahaha)

    Bom domingo =P

    Miquilis
    Bru

    ReplyDelete
  9. Bru, pra falar a verdade, livro eu presenteio se eu conhecer muito bem a pessoa e tenho que ficar dando indireta, mas mesmo assim acabo dando um vale-livro mesmo. Ainda mais no Japão que livros em lingua portuguesa é dificil de serem encontrados em livrarias, mesmo aquelas que trabalham com livros estrangeiros. Exceto lojas de produtos brasileiros, mas sabe o preço que elas cobram ne?
    Beijos!

    ReplyDelete
  10. ahahahah vc praticamente colocou aquelas listas de casamento que os noivos colocam nas lojas para os convidados comprarem. ADOREI! Adorei mais ainda pelo merchan BAHsico da minha lojinha. Mas o povo anda meio sem vontade de gastar, preferem ir à 25 de Março comprar as falsificadas rs... Vou ver de tentar vender pras lojas na Liba, ai eles fazem os preços deles...

    Kisu!

    ReplyDelete