Saturday, March 13, 2010

Sem motivo para rir

Ontem (sexta-feira) ao chegar em casa e acessar aos jornais on line que costumo fazer, eis que deparo com as notícias via...

Folha on line: aqui.

Blog dos Quadrinhos: aqui.

E entre muitos sites relacionados a quadrinhos e cartuns.

Nunca vamos entender porque tamanha violência. Ninguém está incólume. Os bons têm que viver enjaulados em suas próprias casas enquanto os maus podam aos poucos os galhos da liberdade.

Sei que vão me espancar viva e me pendurar no poste, mas até hoje não entra na minha cabeça o fato do Brasil sediar uma Copa do Mundo e uma Olimpíada se ainda não resolveram a questão de segurança. Imagine a repercurssão nos quatro cantos do mundo se acontecer algum incidente durante os eventos ( incidente, entende-se no caso de arrastão, assalto, sequestros relâmpagos)...

E enquanto isso, o país perde bons cidadãos... como disse um leitor do Estadão ao comentar sobre a notícia da morte do cartunista Glauco: "...só que não podemos nos esquecer que todos estamos na linha de tiro desses bandidos e infelizmente os maiores culpados somos nós mesmos que não saiamos as ruas e exigimos o que e de direito nosso, saúde, educação e segurança..."

3 comments:

  1. Mais um talento perdido para a violência. Eu fico me imaginando: quantos talentos não nasceram na favela, na seca nordestina e por ai afora... e se perderam sem chance de mostrar seu talento? Será que nunca tivemos alguém com a vocação de grande compositor, cantor, escritor, pintor...e que morreu por desnutrição, por abandono, por pobreza?

    Quantas cabeças boas não morrem por causa de vinténs no Brasil...
    Evoluímos, ganhando uma melhor posição no mundo. Sediamos Copa, Olimpíadas... mas não adianta nada que o pais continue a ser a mesma bagunça de sempre.
    Eu me pergunto se hj estaria vivo caso continuasse a morar em Sampa...

    ReplyDelete
  2. Alexandre, às vezes fico pensando também sobre a perda de talentos, de pessoas boas. Nunca sabemos a nossa hora, mas existem certos fatos que, se tomássemos providencias, não seria pior como está hoje.
    Nunca comentei, mas família do meu namorido sofreu (e como) as causas da violência urbana. Embora recuperada, fica a saudade...
    Do que adianta o país querer sediar uma Copa ou uma Olimpiada se o quesito saude-educação-segurança fica relegado ao mais baixo dos planos?

    ReplyDelete
  3. quando saiu a noticia pensei em assalto, mas a estória é outra. esse cartunista era da seita do santo daime ( que fazem uso de uma bebida alucinógena).
    o assassino era muito conhecido da família e na hora da tragédia dizia ser jesus cristo.

    jeferson

    ReplyDelete