Monday, June 07, 2010

Lazona, Kawasaki


Quando essa loja de departamentos abriu na cidade de Kawasaki (uns vinte minutos de trem de onde me escondo), só fiquei meio arredia com o nome que deram. A primeira coisa que eu pensei, foi: brasileiro, do jeito que é, bem provável que surgirão inúmeros trocadalhos do carilho.

O nome? Lazona.

Desde que foi inaugurado, em 2006, fui algumas vezes para lá. Motivo de não ir com aquela frequência, já que fica logo na saída de Kawasaki: 1) muitas vezes indo direto, logo enjoa e 2) costumo ir quando folgo no final de semana, mas logo desisto só de saber que fica extremamente hipermegaultra lotado aos sábados e domingos.

Antes de ser uma grande loja de departamentos, o terreno onde fica o Lazona, era antes a fábrica de eletroeletrônicos Toshiba. Que por sinal, tem participação na construção. Levou cinco anos para ficar pronto, e hoje além de compreender várias lojas nacionais e internacionais, a parte gastronômica, entretenimento e comercial é muito grande.


O nome "Lazona" na verdade, vem da junção das palavras em espanhol "Lazo" (laços) e "Zona" (terra). O espaço central, onde é uma arena ao ar livre, quase todos os finais de semana, costumam ter atrações musicais, talk shows e eventos. Numa destas, a atual vencedora do concurso do "travesti mais bonito(a) do mundo", Haruna Ai, chegou a aparecer, o qual superlotou o local. Do tipo: parou tudo mesmo. Isso antes de ela (?) ser eleita (?) a (o, ah, sei lá) travesti mais bonito(a) do mundo.


As últimas vezes que eu e namorido fomos até lá, foi para jantarmos. Tem um restaurante do estilo americano, o qual você paga na entrada, pode ficar uma hora e meia cometendo todos os sete pecados capitais de uma pancada só. E uma vez que fomos na matriz de Odaiba, ao descobrirmos que tem uma matriz mais perto de casa, segura a gente, senão o risco de sairmos rolando é grande. (Em breve, uma resenha sobre o local)

Tem uma parte da arena onde constam os doze signos do zodíaco. O meu é esse...

Se forem para lá, aconselho irem de semana. Menos cheio, dá pra andar tranquilo e ver as lojas - que tem de tudo um pouco, desde marcas conhecidas (Uniqlo, GAP, Zara...) até as brand shops como Coach, Banana Republic... Passando pelas de (in)utilidades para o lar, cosméticos (Body Shop, Marks&Web, L'Occitane, só pra citar), restaurantes e loja de eletroeletrônicos.

E também tem cinema ( o 109 Cinemas), que vez por outra, algumas lojas do Lazona oferecem desconto de 50% no ingresso caso fizer alguma compra ou almoçar ou lanchar lá.


Não pude tirar fotos de dentro da loja, o interessante seria irem conhecer nem que seja para ver o que tem de diversificado num complexo de lojas.

Muita gente que mora aqui conhece esta rede de escolas de culinária. Se quiser ir uma vez para ver como é, pode fazer um curso de um dia. Basta fazer a reserva, levar consigo um avental, toalhinha e pantufas. E dependendo da campanha, ou sai de graça ou por 500 ienes. Recomendado pela autora lesada aqui que já fez isso três vezes na unidade de Yokohama...

Para chegar (via trem, não aconselho carro, a não ser que vá com mais gente para dividir tudo: estacionamento, gasolina, pedágio...), na estação de Kawasaki (JR), saída da catraca, do seu lado esquerdo. Não tem erro: a estação de Kawasaki (JR) só tem UMA catraca mesmo... Se forem pelo lado direito da catraca, vão conhecer a loja de departamentos Kawasaki BE e o Marui Kawasaki (só que este fica ao lado de fora mesmo).

Se vierem pela outra linha, a Keikyu Line, tem que andar um bom pedaço da estação Keikyu Kawasaki até Kawasaki (JR). Indo pelo subterrâneo, é melhor: acabarão por conhecer o depachika (depaato = loja de departamentos + chika = subterrâneo) Azalea, onde também tem lojas interessantes. Subir dois lances de escada rolante para chegar no corredor da estação de Kawasaki e seguir reto e direto para o Lazona.

Ainda não percorri os quatro andares (dentro e fora) desta loja, mas se eu pegar um dia de semana que estiver de folga, provavelmente ficarei o dia todo e não conheci tudo. O meu problema é que, quando entro numa loja, dependendo, eu chego a ficar mais de meia hora olhando...

3 comments:

  1. Parece um lugar interessante de se conhecer.

    ReplyDelete
  2. Quem te viu e quem te ve..... Quem imaginava que Kawasaki estaria um dia tao chique assim. Kawasaki e' (ou era) a Diadema de Tokyo.

    Me lembro que a prima das irmas personagens principais de Natsu e Haru morava em Kawasaki. Aquela cena em que a Izumi Pinko passa as cartas "secretas" pra uma delas.

    A garota pobre enriquece e vai morar em Meguro, Tokyo, enquanto que a prima malvada vai morar em Kawasaki.

    Ha de se conhecer Kawasaki para entender o significado disso.

    ReplyDelete
  3. Parece ser bem legal hein. Fiquei curioso com esse restaurante que você comentou. Vou ficar esperando um review dele ok? rsrsrs

    Bjo,
    Carlos

    ReplyDelete