Monday, July 19, 2010

[Discoteca Básica do Empório]: Dick Dale, The Ventures e Yuzo Kayama


Postagem especial de verão - Parte 1 - Surf Rock e Instrumental para aqueles que não precisam saber surfar e conseguir sua alma gêmea do pedaço.

Ah, o verão... Este ano parece que veio com a força total: sol, pancadas ocasionais de chuva, alagamentos, calor pior que estar em uma sauna. Nem parece que estou doze anos aqui, sendo quase onze anos em Kanagawa e oito em Yokohama. Como sempre falei, a praia fica quase no quintal de casa, mas o dia que der um tsunami, prazer em conhecer vocês. Tanto tempo aqui e nem lembro como era o verão no Brasil. Se bem que onde nasci, o verão vira um forno. Isso no que dá nascer no auge do inverno, acabo gostando mais do frio que calor.

Voltando: verão, época em que o consumo de líquidos e sorvetes aumenta; as roupas ficam mais leves e toca todo mundo correr atrás de protetor solar, para não virar uma lagosta ambulante. Quem gosta de se esturricar, vai para a praia, para a piscina e sei lá se tem como "tomar sol na laje".

E também temos as músicas de verão. Todo ano tem de baciada. Não exatamente fala sobre o combo "sol-praia-mulher bonita", mas os ritmos que predominam nesta época do ano (aqui) variam entre baladas e ritmos estilo reggae, dance, meio samba, tudo misturado, que seja. Vai ter gente que vai reclamar da minha seleção, querem ver?

Dick Dale: Muita gente, inclusive a autora lesada aqui, começou a ouvir devido a instrumental "Misirlou", que faz parte do filme "Pulp Fiction". Mas muita gente não sabia é que Dick Dale (nascido em 1937) foi o precursor da surf music, e até poderia se dizer do heavy metal, com o estilo de tocar - canhoto, simplesmente tocava o instrumento ao contrário; e suas guitarras foram feitas sob encomenda por Leo Fender, para que tivesse tamanha amplificação acima do normal, tanto que anteriormente, os amplificadores que usava, estouravam tamanho era o volume que tocava. No auge da carreira, em 1964, antes da British Invasion, Dale teve que se submeter a tratamento contra o cancer e quase morreu de infecção generalizada ao sofrer um acidente nadando. Nos anos 80, devido ao filme de Quentin Tarantino, voltou a ser reconhecido e voltou a lançar albuns de rock instrumental. Explica-se o motivo de sua discografia ser parca, mas de boa qualidade. E continua vivo, excursionando e, devido ao acidente que teve, tornou-se ativista ambiental.

Para quem não sabia - "Misirlou" na verdade é uma música tradicional grega. Dale simplesmente musicou a canção tradicionalmente cantada e até hoje é conhecido com esta música, tanto que fez parte do jogo "Guitar Hero II" e o grupo Black Eyed Peas sampleou a música em "Pump It".

Gravou "Pipeline" (foi tema do filme "Back to the Beach") com o falecido guitarrista Stevie Ray Vaughan, o qual foi indicado para o Grammy em 1987.

Apesar de ser descendente de líbanos, russos e poloneses, seu pai não nasceu no Líbano.

Seu apelido "Rei da Surf Guitar" veio devido ao seu segundo álbum. E faz jus ao título.


The Ventures: Um grupo que surgiu no advento da surf music, The Ventures é mais conhecido no Japão que na própria terra natal. Prova de que não era necessário ter algum vocalista para que suas músicas instrumentais ganhassem sucesso - o grupo fazia bom uso de guitarras (Fender Stratocaster, Mosrite, só pra constar), um ótimo baterista e também uso de teclados. Foram os precursores da surf music junto com Dick Dale, mas o grupo foi mais além - foram também os precursores de experimentos musicais, como uso de sons de gravações invertidas, recurso utilizado pelos Beatles circa 1966; foram os precursores do movimento "Group Sounds" no Japão, ao fazerem seu segundo show em 1965 - nunca se vendeu tanta guitarra elétrica naquela época.

Devido ao seu grande sucesso no Japão, o grupo que até hoje excursiona, já estiveram no arquipélago nada menos que mais de 2000 vezes!!! Mesmo sem material novo (apesar de mais de 130 álbuns no currículo), só pelo fato de deixar grandes sucessos em forma instrumental já nem precisa de mais nada. Músicas como "Walk Don't Run", "Perfídia", "Wipe Out" (essa muita gente ouviu em filmes, trilhas incidentais, comerciais, mas ninguém sabia de quem era), "Pipeline" (que foi regravada por Dick Dale, vide anteriormente), "Hawaii Five-0" (sim, eles quem regravaram o famoso tema de abertura, um ano depois da série ir ao ar. No fim, a emissora acabou usando a versão dos Ventures), "Caravan" (o solo de bateria de Mel Taylor arrasa)...

Tamanha foi sua influência musical - em se tratando em parte instrumental - o grupo ganhou reverência de muita gente famosa, como George Harrison (em uma entrevista declarou que preferia o estilo instrumental do Ventures; Stephen Stills disse que aprendeu a tocar guitarra ouvindo o grupo; outros músicos como Carl Wilson (Beach Boys), Ricky Wilson (B-52's), Keith Moon (Who) também foram influenciados. No Japão, talvez o discípulo direto dos Ventures seria Yuzo Kayama (tanto que usa a mesma marca de guitarras que os Ventures usava no início de carreira), tanto que ambos apareceram em um programa de 2000, com a instrumental mais conhecida de Kayama "Black Sand Beach", misturando com "Wipe Out". E fizeram uma versão - até melhor que a instrumentação original - de "Oretachi ni Ashita ga aru", em 2007.

Yuzo Kayama: Para alguns, fica difícil não falar de Ventures sem incluir Yuzo Kayama, já que ele já se apresentou com o quarteto várias vezes que eles estiveram no Japão. Muito embora hoje ele esteja mais se dedicando a pintura do que cantar (depois dos anos 80, seus álbuns foram mais esporádicos), nos anos 60 ele era mais conhecido como o ator da série "Wakadaisho!", aproveitando o enredo dos filmes para divulgar seu lado musical. Poderia dizer também, talvez sem exageros, que ele seria o precursor da "surf music japonesa", já que a maioria de suas músicas abordasse sobre o famoso combo "sol-praia-amor de verão" e pra isso o fato de ter nascido em Yokohama (e ter vivido em Chigasaki) já ajudava e muito.

Até hoje em suas apresentações, Kayama toca a mesma guitarra feita sob encomenda pra ele pela famosa empresa Mosrite, a mesma que fabricava para os Ventures, tanto que Don Wilson, um dos Ventures remanescentes, presenteou a primeira Mosrite para Kayama, em 1965. Apesar de até hoje muita gente lembrar dele com "Kimi wa Itsumademo" (1965, mas aqui no Kouhaku Utagassen de 1966, com a presença do ator Kiyoshi Atsumi, o eterno "Tora-san"), vale a pena lembrar de "Black Sand Beach" (original, ao vivo em 1966), "Aoi Hoshikuzu", "Yozora no Hoshi" (aqui, junto com o trio The Alfee, que regravaram para o album tributo "60 Candles"), "Tabitoyo" (com Ryoko Moriyama).

Recentemente, lançou um novo single mas no estilo mais folk-country com a participação de Ryoko Moriyama, Shinji Tanimura e The Alfee. Mas anualmente, aparece no programa "24 Hour Television" por ter sido co-autor da canção "Sarai", canção que encerra o programa e a maratona que acontece durante a transmissão. Mantém seus hobbies como pintura e navegação - sim, possui um barco e a devida licença para pilotar.

Curiosidade: embora não tenha sido convidado para fazer parte do show de abertura quando os Beatles vieram em 1966, Yuzo Kayama foi convidado para visitar o quarteto no hotel. E presenteou o grupo com o album "Hawaii no Kyuujitsu", lançado naquele mesmo ano. Provas? Tem, sim: no livro autobiográfico que Kayama lançou recentemente, e também no livro lançado aqui "The Beatles in Japan 1966" (eu possuo). Há algumas semanas, no programa "Smap X Smap", de 14 de junho, Shingo Katori perguntou a Yuzo Kayama, mostrando a foto em que aparece com os Beatles "como é que você conseguiu entrar no quarto onde os Beatles estavam, tamanha era a segurança que tinha naquela época?" Eis que Kayama respondeu: "Bem, naquela época, a gravadora a qual eu pertencia, era subsidiária da dos Beatles aqui no Japão, portanto, consegui o passe graças à diretoria de ambas..."

Nota: Este post não indiquei um álbum em especial, pois fica difícil escolher o melhor para ouvir a obra destes três artistas. O que aconselho seria ouvir o "Best of" de cada um, pois tem as melhores e conhecidas, daí se quiser ir além disso, aí vai por conta e risco.


Dick Dale (com os Del-Tones): King of the Surf Guitar: The Best of Dick Dale & The Del-Tones (1989) - coletânea lançada pela gravadora Rhino, especializada em desenterrar peças históricas e obscuras do rock dos anos 50 e 60.


The Ventures: Na verdade, fica difícil indicar uma coletânea que compreenda a vasta discografia que eles possuem, afinal continuam em ativa há 51 anos! O jeito seria encontrar uma coletânea que tenha os sucessos citados e mais um pouco.


Yuzo Kayama: The Greatest Hits of Yuzo Kayama (1995), compreende desde a famosa "Kimi to Itsumademo" até "Sarai", tema do "24 Hour Television". Outro que merece dar uma escutada seria o álbum tributo que Tatsuya Ishii (líder do Kome Kome Club) fez em homenagem aos 60 anos de Kayama - "60 Candles", de 1997, álbum de covers de seus maiores sucessos, interpretados por artistas conhecidos como Tube, The Alfee, Ryoko Moriyama, Masashi Sada, Koji Tamaki, Naoto Kine (ex-TK Network), Tokyo Ska Paradise Orchestra entre outros.


Fotos: encontrados na santa graça do seo gugol, exceto a primeira foto que inicia o post que é da lesada leitoa rosa que fotografou em maio do ano passado, em algum lugar de Enoshima, que nem ela lembra mais.

8 comments:

  1. Moro em Fortaleza-CE, lugar onde é verão ininterruptamente. E vamos falar das músicas do verão.

    The Ventures podem ser considerados como um dos inventores "indiretos" da música pop japonesa, o "Group Sounds", que eu também escuto, pode ser considerada como a "Jovem Guarda japonesa". Se no Brasil tivemos Roberto Carlos, Os Incríveis (que excursionaram no Japão), The Fevers, Renato e Seus Blue Caps e outras bandas, o Japão teve o Jacky Yoshikawa & Blue Comets, Kayama Yuzo, The Tigers (de onde saiu Sawada Kenji) e outras bandas.

    Kayama Yuzo, mais conhecido no Brasil pelas baladas "Kimi to itsumademo" e "Sarai" (essa em parceria com Tanimura Shinji), ainda hoje sabe o que fazer com a guitarra. Respeitem o cara!

    E também tem aqueles artistas de verão mais contemporâneos, dos quais se destaca o TUBE, grupo liderado pelo afinado Maeda Nobuteru.

    ReplyDelete
  2. MP Kouhaku: eu achei que estivesse em RJ! (Tive amigas em Fortaleza, pena que perdi contato ao me mudar pro Japao).

    The Ventures farão um show em Tama, em Toquio dia 30 de julho agora. Uma pena nao poder ir pois os ingressos esgotaram rapidinho. E olha que o pessoal que vai nem é da minha faixa etária para cima! Sim, eles foram os precursores do Group Sounds (como The Tigers, Spiders, Jackie Yoshikawa & Blue Comets - que foi no famoso Ed Sullivan Show -, entre muitos, que vai me render um post a parte).

    Kayama-san continua firme, forte, em plena forma. Continua sim, um mestre na guitarra. No programa que mencionei, obviamente cantou "Kimi to Itsumademo" e a mais recente. Sim, respeitamos Kayama-san que, além de ser um dos primeiros "guitar hero" japonês, foi o precursor também do "Shonan Sound" - seus discipulos diretos seriam Tube (que ja regravou uma de suas músicas) e Southern All Stars (que se apresentou junto com Kayama em 1981 e 2006).

    Quanto ao Tube, aguarde post em breve!

    ReplyDelete
  3. Estive no RJ (onde nasci) no começo desse ano, mas resolvi voltar para Fortaleza.

    ReplyDelete
  4. The Beach Boys é a cara de todo verão, de qualquer época rs. Vc escuta e se sente na praia rs. Mas essa primeira foto do mar tá com cara de ressaca (do mar e do tempo rs)

    tá colando a bunda na cadeira? rs

    Kisu!

    ReplyDelete
  5. Meu pai q adora The Ventures...
    eu não curto mto não.

    Kayama Yuzo, Kobayashi Akira e cia. tem umas músicas legais. Gosto.
    E realmente o KY (no bom sentido) é músico de primeira.
    Vc citou a Moriyama Ryoko... só consigo ouvir ela cantando uma ou duas músicas. Um cd inteiro não dá. Acho a voz dela cansativa em "longas durações'...

    ReplyDelete
  6. Eh sorte que um dos diretores do Kouhaku resolveu gravá-los em sua casa, para assistir depois, nos primeiros gravadores de home vídeo da sony.
    Senão as imagens estariam perdidas pra sempre...

    ReplyDelete
  7. Bah, é que esta semana estou em casa, porque namorido tambem está hahahaha, explico melhor. Realmente, acabei escolhendo uma foto que tirei num dia nublado...
    Quanto aos Beach Boys, pode deixar que logo sai uma matéria sobre eles rs
    Beijao!

    Alexandre, da Ryoko Moriyama, só me faltava você me dizer que conhece e consegue ouvir "Nada Sou Sou"...
    Beijao!

    ReplyDelete
  8. Olá Eliane,

    também sou fã dos Ventures, Dick Dale, The Shadows, The Beach Boys, The Beatles e de The 5,6,7,8's. Desconhecia que Yuzo Kayama (de Sanshiro Sugata, filme de 1965)era também músico e tinha relações com os Ventures e Beatles. Valeu! Estou te mandando um e-mail...até!

    Eumário.

    ReplyDelete