Thursday, December 02, 2010

O Festival do Vermelho e Branco - Kouhaku Utagassen - Parte 1




Explicando mais ou menos para quem chegou agora...

Para quem não lembra, recordar é viver e comecei tentando explicar no artigo do ano passado.

O evento anual que desde 1951 é transmitido em todo o Japão (e no mundo, já que a emissora possui inúmeras filiais, inclusive no Brasil), começou primeiro via transmissão em rádio e a partir de 1953 começou a ser transmitido via TV (e que, segundo nosso amigo Alexandre do Lost in Japan, infelizmente muitos arquivos perderam-se devido a precariedade nos primórdios da TV, mas da década de 60 conseguiram graças a um telespectador que conseguiu gravar alguns tapes nos primórdios do que seria um videocassete). Seria um festival de música e outras atrações artísticas criado pela estatal NHK transmitido na véspera do ano Novo, apresentando novos e veteranos em grande estilo e criatividade, em forma de "competição".

Kouhaku, em japonês, seria "Vermelho e Branco" (紅白 = o primeiro kanji pode ser lido como "kurenai", que também significa vermelho e o segundo leia-se "haku", de branco) e Utagassen seria "batalha musical" (歌合戦 = 歌 uta, significa música e 合戦 gassen , seria batalha). Lembrando que vermelho e branco seriam as cores da bandeira nacional japonesa. A idéia principal seriam divulgar os artistas iniciantes ou não, dividido em duas equipes - o akagumi (time vermelho), formado por mulheres ou grupos mistos em que a mulher seria a vocalista principal e o shirogumi (time branco), formado por homens ou grupos mistos em que o homem seria o vocalista principal. Leva o estandarte quem for mais votado pelo público, pelo júri e pelos telespectadores.

Critérios para Seleção: Na humilde opinião daquela que vos posta, há uma certa controvérsia na escolha dos artistas a serem apresentados, tanto os novatos como os veteranos. Além do comitê que organiza o evento junto com a emissora, baseiam-se no ranking de vendas e popularidade dos artistas durante o ano, assim como uma pesquisa de mercado para escolherem quem o público quer que apareça no evento. Mas também vai depender da disponibilidade do artista. De repente, no mesmo dia já marcou um dinner show ou um show de virada de ano, e não tem como desmarcar, como fica? Ou pode acontecer na recusa de artistas por algum motivo muito forte.

Votação: Até 2002, eram contado os votos do público que estavam no NHK Hall ( capacidade para 3000 pessoas), mas com o advento do broadcast system que a NHK possui (TV a cabo), os telespectadores também poderiam votar, a partir de 2003. Em 2005, incluiu-se também votos através de celulares. As últimas edições, incluiram votos do público no NHK Hall, pelo NHK BS-1, celulares e até dos convidados. Até a 60a. edição, o shirogumi já teve 32 vitórias, contra 28 do akagumi.

Audiência: Para muita gente, dizem que o Kouhaku Utagassen vem perdendo audiência pelos fatores de falta de interesse, quase o formato não muda e quase vem os mesmos de sempre. Apesar disso, consegue ter uma boa audiência, desbancando os luta livre e quebra tudo que passam no mesmo horário. Mas para atingir 80% pra cima como nos anos 60... Mas como atualmente muitos programas aqui não passam de 40% de audiência (a não ser que tenha um j-dorama tendo Takuya Kimura como Indiana Jones e com direito a  pedras rolando, pontes precárias e perseguido por ninjas, tá, exagerei).

Por que antes da meia-noite? Faltando 15 minutos pra virada do ano, o programa encerra com a famosa "Hotaru no Hikari" (cuidado, não é a novela), que muita gente pode lembrar como "A Valsa da Despedida", e logo após, mostra-se ao vivo e em cores a transmissão das 108 badaladas no templo, anunciando o novo ano que chega.

Próximo bloco: sobre os representantes das duas equipes e curiosidades.

8 comments:

  1. Coisa linda!
    Parabéns por sua postagem, muito legal ficar sabendo principalmente da cultura Japonesa que tanto adoro.
    Valeu, forte abraços e até aproxima.
    Aguardo vocês no Escrivaninha.
    Até.

    ReplyDelete
  2. Oi Kiyomi!

    Quando se fala em Kouhaku Utagassen a primeira lembrança é a minha mãe, que adora assisti-lo!

    O engraçado que há mais de 10 anos a gente passa a virada do ano no interior de SP, que não pega sinal de TV a cabo, obrigando a coitada a comprar a gravação na Liberdade, que não é a mesma coisa...

    Mas esse ano ela até quer passar a virada em casa para ver a transmissão ao vivo, vamos ver se ela fica em casa mesmo, aguardem os próximos capítulos... rs

    Adorei o post!!!

    Bjão!

    ReplyDelete
  3. Olá Kiyomi!
    Tá todo mundo comentando sobre esse evento e eu aqui “boiando”. Só você pra me explicar nos mínimos detalhes. Confesso que fiquei curiosa só porque o Arashi vai participar rsrs. E fiquei morrendo de vontade de assistir. Pena que em casa não tem TV a cabo =(
    Bjuss e até mais!!!

    ReplyDelete
  4. Não tenho TV a cabo, mas o torrent me envia o Kouhaku Utagassen todo ano. E é desse festival que tiro meu nick.

    Nesse ano o Kouhaku será menor. Vão ser apenas 22 de cada lado, e muita gente "importante" ficou de fora. Quando vier o próximo post, vou fazer meus prognósticos sobre o Kouhaku 2010.

    ReplyDelete
  5. Respondendo TUDO atrasado...

    Alê (Escrivaninha), isso porque falar deste evento não tenho como resumir. Como acontece uma vez por ano, desta vez vou dividir em partes. A do ano passado virou um post longo demais. Mas que bom que gostou da primeira parte, espero que goste das demais rs
    Abração!

    ReplyDelete
  6. Denise (Tabeteimasu):
    Eu raramente estava acompanhando o Kouhaku devido final do ano a gente sempre viajar ou estar fora de casa. Conseguimos assistir a de 2002, 2003 e a de 2009. Mesmo assim a do ano passado consegui no d-addicts e gravei para lembrança (foi um dos Kouhaku mais bonitos que assisti pois nao teve um incidente qualquer!)
    Imagine se sua mãe estivesse aqui: certamente ela ia implorar pra vocês conseguirem um convite pra assistir ao vivo no NHK Hall!
    Aguardem os próximos capítulos, pois o post vai ser longo rs
    Beijao!

    ReplyDelete
  7. Cacá, ao menos tem que assistir a algum Kouhaku anterior para entender o que seria o evento. Eu comecei a assistir logo que cheguei aqui, mesmo emprestando a gravação de alguma boa alma caridosa.
    A do ano passado, se encontrar, vale a pena assistir (foi um dos melhores, apesar que a de 2003 o final foi emocionante).
    Beijao!

    ReplyDelete
  8. MP Kouhaku, espera eu terminar a série para dar os prognósticos, pois tem muita gente que não sabe ainda o que, como e porque! rs

    ReplyDelete