Friday, September 09, 2011

Cine Pipoca

Uma das coisas que raramente eu fazia quando estava no Brasil, era ir ao cinema. Eu tinha alguns motivos, incluindo aí que onde eu morava não tinha cinema e se eu quisesse assistir a um filme, teria que pegar vinte a trinta minutos de estrada para ir a cidade vizinha e pegar uma sessão de cinema... E nem era lançamento em rede nacional, hein! Sem falar que nem desconto no ingresso eu pegava...

Aí vim parar no Japão. Numa cidade que ficava no meio das montanhas. E sem cinema. Se eu quisesse pegar algum cineminha, teria que ir para a "cidade grande", que levava quase duas horas de trem. Sem exageros. Sem contar que naquela época eu era tão verde, mas tão verde, que nem sei como hoje consigo fazer quase todas as coisas sozinha. Ok, o que não consigo fazer sozinha seria carregar uma geladeira, mas seria outra história.

Acho que por muitos anos, a rede de locadoras de vídeos e DVDs Tsutaya Records lucrou às minhas custas, pois nunca aluguei tanto filme em toda a minha vida.

Depois de três anos em Minamiashigara (Kanagawa), fase que eu comecei a viciar muito mais em j-doramas e programas de variedades do Japão, foi morando em Yokohama que despertou novamente o hábito de ir ao cinema quando tivesse algum filme que me interessasse. Primeiro, a Semana do Cinema Brasileiro, que anualmente entre setembro e outubro, tem uma semana dedicada a filmes brasileiros, independentes ou não, mas que valeram o ingresso. Pra voltar de vez a ir em sessões de cinema normal, foi um pulo.

Com o tempo, aprendi que...

... comprar ingresso antes da estréia, ganha 300 ienes de desconto no valor do ingresso normal;

... todo dia 1 do mês, todo adulto paga 1000 ienes no ingresso do filme;

... toda quarta-feira, todas as mulheres pagam 1000 ienes devido ao Lady's Day. Mas já soube de cinemas que o Lady's Day seria toda sexta-feira;

... todo dia 22, os casais pagam 1000 ienes cada um, claro, devido ao "Fufu no Hi", ou dia do casal. O numeral 2 também se lê "fu" (de futari);

... night show (depois das nove da noite) e late show (depois das onze da noite), o ingresso passa a custar 1300 ienes. Exceto no dia 1 do mês;

... estudantes também pagam mais barato, assim como idosos e deficientes físicos;

... devo levar sempre um ou dois pacotes de lenço de papel de bolso. Depois que chorei ao assistir "Olga" na Semana do Cinema Brasileiro, agora vou previnida;

... não preciso ter vergonha de chorar (em silêncio) durante o filme. Quase saí desidratada depois de assistir "Boku to Tsuma no 1778 no Monogatari" e "Kamisama no Karute";

... pipoca e refrigerante, dependendo do filme, não são bem vindos;

... assistir filmes japoneses estão me ajudando a melhorar ao menos na parte de audição e compreensão, já que não têm legendas...

... tem gente que detesta cinema daqui porque 1) é caro (o ingresso custa 1800 ienes, no dia normal); 2) não entende nada e 3) não tem graça. Bem, gosto nunca se discutiu mesmo... Mas eu detesto quando ficam me tacando pedra quando eu falo que vou ao cinema!

... para mim, ir ao cinema, nem que for uma ou duas vezes no mês, seja qual for o filme, é uma forma de eu poder esquecer dos problemas e por duas horas e tanta ter um momento de diversão...

O panfleto (revista contendo dados sobre o filme, atores e diretor) e o ingresso - Em cima, o nome do filme; à esquerda, a data e o horário previsto de início e término; à direita a sala e o assento - a letra seria a fila e o número o lugar onde vai sentar; abaixo à esquerda, em katakana "Ladies Day", ou seja, o ingresso custou 1000 ienes. Sim, eu fui assistir "Kamisama no Karute" e logo vai ter resenha, aguarde um pouquinho só...


10 comments:

  1. Me leva no cinema? *____* Acho que vc será a única que vai topar ir comigo... filme japonês claro, não tô nem aí que não entenda nada!!!

    Ahhh... em um dia de promo, se vc puder e faço questão de pagar... o convite foi meu!

    Beijooo

    ReplyDelete
  2. Me leva no cinema? *____* Acho que vc será a única que vai topar ir comigo... filme japonês claro, não tô nem aí que não entenda nada!!!

    Ahhh... em um dia de promo, se vc puder e faço questão de pagar... o convite foi meu!

    Beijooo

    ReplyDelete
  3. Pq foi dois comentários? Gomen ne! ^^

    ReplyDelete
  4. Você fez bem o dever de casa, sabe tudo de promoções! Vou até salvar nos favoritos rsrsrs

    Na cidade que meu marido está não tem cinema, é uma cidade pequena.

    Adoraria assistir filme japonês para aprender o idioma! Foi assim que aprimorei o meu inglês ^^ E pagaria o valor, aqui na minha cidade custa R$ 25 em dia normal e final de semana é mais caro Y.Y
    Não sabia que os assentos eram marcados, aqui é só chegar e escolher o lugar.

    Bjs
    Diana

    ReplyDelete
  5. Gesiane, claro que te levo ao cinema!! Espero que a gente leve sorte e ainda "Kamisama no Karute" esteje em cartaz, o que vai ser difícil, pois filme aqui fica um mes e pouco e depois sai T_T
    Um que eu queria assistir e que você fosse e espero que você esteje quando passar, é o filme com o Okada Masaki e Eikura Nana "Antoki no Inochi". Eh meio forte, eu sei, vi o trailer, mas vai ser interessante. Passara dia 19 de novembro.
    Mas acho que vai dar pra ver o da Miyazaki Aoi com o Sakai Masato, é drama romantico mas vai ser bom (depois eu vejo o nome).
    Eh, dois comentarios repetidos o blogger tem dessas coisas...
    Beijao!

    ReplyDelete
  6. Diana, cinema, teatro e shows os assentos são todos marcados. Quando fui ao cinema ver "Paradise Kiss" com a Karina, por pouco ficamos sem lugar e um casal fez questao de trocar de lugar para que ficassemos uma ao lado da outra (porque ela ia ficar ao lado da mulher e eu do homem). Nao pode ficar sentando onde quer, nao, por isso que, ao comprar o ingresso, tem uma maquina que ja indica onde tem lugar vago ou nao.
    Sim, com o tempo fui aprendendo como funcionam os sistemas de desconto. Engraçado que mesmo aos finais de semana, o preço é o mesmo, e se dia 1 cai no sabado ou domingo, fica 1000 ienes mesmo.
    Hoje, mesmo se eu morasse numa cidade pequena, nao pensaria duas vezes em pegar trem e ir ao cinema na cidade ao lado.

    ReplyDelete
  7. Kiyomi!
    Eu adoro cinema tbem!
    No Brasil, marido e eu íamos praticamente todo final de semana!
    Já aqui, devo confessar que fui apenas 2 vezes ao cinema! Uma vez assisti 300 com o Rodrigo Santoro (q odiei!) e na outra assisti Ponyo (aquele desenho kawaii!). Sempre pensamos em ir quando estréia algum filme interessante estrangeiro, mas como amo assistir doramas em casa, sempre fico de olho nos cartazes dos filmes japoneses. Vc me encorajou hein, da próxima vez que eu ver um que me chame a atenção vou encarar e assistir!
    Uma pena que eu Nao domine o idioma para ficar de olho nos lançamentos. =\
    Adorei o post e as dicas! Cinema eh tudo de bom!
    Beijos querida e ótimo final de semana

    ReplyDelete
  8. Oi Kiyomi, também adoro cinema. Vou em dia de promoção pagando meia por conta de cartão de banco num grande shopping perto de casa. Pago R$ 3,50. Da pra acreditar? Mais caro e' o estacionamento que de noite preferimos não andar na rua, diferente dai que aqui corre o risco de assalto mesmo em distancia de 5 quadras...
    Tem mais um problema. Não gosto muito de filmes blockbusters. E passa mais desse tipo de filme. Gostaria que tivesse filmes falados em nihongo. Nada e' perfeito...

    ReplyDelete
  9. Ahh agora não tenho do que reclamar: estou no Brasil, indo ao cinema e ainda por cima acompanhada rs... então estou bem contente em ir ao cinema...

    Kisu!

    ReplyDelete
  10. Ola!Tambem gosto de assistir filmes aqui no Japao, falar a verdade ficou muito melhor agora que aprendi a falar japones! Talvez seja isso!
    Acho que ter esse prazer de vez em quando nao faz mal a ninguem! Eu tambem sempre utilizo os dias de promocao mensal, acho otimos!
    Eh uma forma de distrais e tentar levar uma vida normal!!!rs(como se fosse no Brasil, eh claro)

    Um grande abraco!

    ReplyDelete