Monday, October 24, 2011

O Aroma do Café


Embora muitos sejam contra e acham estranho, eu costumo fazer café um pouco antes de dormir. Café mesmo, não aqueles instantâneos que eu costumo errar na medida sempre, nem os sticks coffee, muito comuns aqui no Japão.

Prefiro fazer da forma mais tradicional, fazendo uso do coador (de papel, porque de pano eu nem lembro mais como se faz, apesar que muita gente fala que o gosto é bem diferente). Tinha aprendido algumas dicas quando fiz um curso de três horas patrocinado pela rede de cafeterias Tully's no ano retrasado, mas eu deveria ter continuado, pois eram mais duas etapas e nem cheguei a me inscrever.

Quando fazia café desta forma, a casa ficava com aquele aroma indefectível de ter sido feito na hora, aquele cheiro forte, para uns enjoativo, para outros convidando para acompanhar com bolo. Por sinal, sempre que faço café, acabo esquecendo de fazer um bolo, nem que seja aqueles de liquidificador.

Ultimamente, nem tenho tomado tanto café o quanto eu gostaria. Devido a algumas mudanças (por sinal, meio drásticas) em minha vida, existem alguns hábitos que eu tive que mudar. Atualizar este empório, terei que fazer aos poucos, devido ao meu horário totalmente maluco. Meus hábitos alimentares também. Assistir aos doramas deste outono, acreditem: estou assistindo somente três, sendo que daria para assistir mais...

Voltando a vaca congelada: sobre café. Para mim, não existe bebida melhor para momentos em que você quer dar uma estimulada ou até uma acalmada. Acreditem, pra mim, café tem efeito relaxante. Especialmente quando estou resenhando algum dorama ou assistindo algum programa legal na TV.

Muitas vezes, quando sinto aquele aroma característico de café passado na hora, imediatamente  vem a imagem de uns vinte anos atrás, quando estava no início de estágio e passava noites em claro, quebrando a cabeça para fazer um programa funcionar. Lembro de minha mãe pacientemente fazendo um café moído na hora passado no coador de pano. O aroma era bem forte e o sabor bem marcante. Forte, ideal para ficar despertado o dia todo. E sem açucar, pois eu não costumo adoçar as bebidas que costumo tomar.

Também me faz lembrar das manhãs que eu saía para o trabalho, seis e meia da manhã para encarar uma jornada de quase dezoito horas, entre o trabalho de auxiliar de analista em um lugar e lecionando matemática em uma escola que ficava a vinte quilômetros de minha casa. Novamente aquele aroma de café passado na hora e o que restava eu colocava na minha garrafa térmica e levava para tomar enquanto quebrava a cabeça programando. Ou nos intervalos das aulas.

Atualmente, cada vez que faço café, fico lembrando dos primeiros meses que fui dividir casa, mesa, cama, escova de dentes em Kanagawa. Café foi um hábito nosso toda manhã - era fazer café para o desjejum e fazer para o digníssimo levar para tomar nos intervalos do serviço. Ou quando vinha alguma visita (algo raríssimo. As visitas, não o café).

Hoje fico me perguntando: o que mudou entre a gente?

Nossa situação atual?

Os anos passam e começamos a ver as coisas de outra forma?

Muitas vezes eu me pego nessa reflexão, muito à noite, antes de ir dormir. Ou quando no dia de folga, passo em uma cafeteria e fico pensando muito sobre o que aconteceu, o que podemos fazer para melhorar.

Pra muitos, uma xícara de café seria uma bebida qualquer. Outros, um estimulante. Mas para mim, ultimamente está sendo mais relaxante, para acalmar meus nervos que de uns bons anos para cá andaram a flor da pele.

1 comment:

  1. Nossa eu sou uma viciada em café , só de falar nele já fico com vontade de tomar .

    Prefiro o modo tradicional de café , o nosso bem brasileiro . Minha vó fazia o das 4 horas . Nossa era tradicional da família . A gente sempre se juntava na casa da vovi para tomar o cafe das 4 . Bateu saudade agora já que ela não está mais aqui .


    Também amo , adoro tomar café antes de dormi . Tem gente que diz que tira o sono . Não sei comigo isso não acontece . acho que é porque meu sono é "sagrado " hahaha , mas se não tiver café antes de dormi , nossa fico com louca rsrs.

    Abraços Kiyomi

    ReplyDelete