Monday, October 24, 2011

O Aroma do Café


Embora muitos sejam contra e acham estranho, eu costumo fazer café um pouco antes de dormir. Café mesmo, não aqueles instantâneos que eu costumo errar na medida sempre, nem os sticks coffee, muito comuns aqui no Japão.

Prefiro fazer da forma mais tradicional, fazendo uso do coador (de papel, porque de pano eu nem lembro mais como se faz, apesar que muita gente fala que o gosto é bem diferente). Tinha aprendido algumas dicas quando fiz um curso de três horas patrocinado pela rede de cafeterias Tully's no ano retrasado, mas eu deveria ter continuado, pois eram mais duas etapas e nem cheguei a me inscrever.

Quando fazia café desta forma, a casa ficava com aquele aroma indefectível de ter sido feito na hora, aquele cheiro forte, para uns enjoativo, para outros convidando para acompanhar com bolo. Por sinal, sempre que faço café, acabo esquecendo de fazer um bolo, nem que seja aqueles de liquidificador.

Ultimamente, nem tenho tomado tanto café o quanto eu gostaria. Devido a algumas mudanças (por sinal, meio drásticas) em minha vida, existem alguns hábitos que eu tive que mudar. Atualizar este empório, terei que fazer aos poucos, devido ao meu horário totalmente maluco. Meus hábitos alimentares também. Assistir aos doramas deste outono, acreditem: estou assistindo somente três, sendo que daria para assistir mais...

Voltando a vaca congelada: sobre café. Para mim, não existe bebida melhor para momentos em que você quer dar uma estimulada ou até uma acalmada. Acreditem, pra mim, café tem efeito relaxante. Especialmente quando estou resenhando algum dorama ou assistindo algum programa legal na TV.

Muitas vezes, quando sinto aquele aroma característico de café passado na hora, imediatamente  vem a imagem de uns vinte anos atrás, quando estava no início de estágio e passava noites em claro, quebrando a cabeça para fazer um programa funcionar. Lembro de minha mãe pacientemente fazendo um café moído na hora passado no coador de pano. O aroma era bem forte e o sabor bem marcante. Forte, ideal para ficar despertado o dia todo. E sem açucar, pois eu não costumo adoçar as bebidas que costumo tomar.

Também me faz lembrar das manhãs que eu saía para o trabalho, seis e meia da manhã para encarar uma jornada de quase dezoito horas, entre o trabalho de auxiliar de analista em um lugar e lecionando matemática em uma escola que ficava a vinte quilômetros de minha casa. Novamente aquele aroma de café passado na hora e o que restava eu colocava na minha garrafa térmica e levava para tomar enquanto quebrava a cabeça programando. Ou nos intervalos das aulas.

Atualmente, cada vez que faço café, fico lembrando dos primeiros meses que fui dividir casa, mesa, cama, escova de dentes em Kanagawa. Café foi um hábito nosso toda manhã - era fazer café para o desjejum e fazer para o digníssimo levar para tomar nos intervalos do serviço. Ou quando vinha alguma visita (algo raríssimo. As visitas, não o café).

Hoje fico me perguntando: o que mudou entre a gente?

Nossa situação atual?

Os anos passam e começamos a ver as coisas de outra forma?

Muitas vezes eu me pego nessa reflexão, muito à noite, antes de ir dormir. Ou quando no dia de folga, passo em uma cafeteria e fico pensando muito sobre o que aconteceu, o que podemos fazer para melhorar.

Pra muitos, uma xícara de café seria uma bebida qualquer. Outros, um estimulante. Mas para mim, ultimamente está sendo mais relaxante, para acalmar meus nervos que de uns bons anos para cá andaram a flor da pele.

Wednesday, October 12, 2011

J-Dorama: O Que Vem Neste Outono... - Parte 2


Dando sequência aos j-doramas de outono, a maioria vai começar entre esta e a próxima semana. Como na parte anterior, mencionei que esta temporada teremos cerca de 32 doramas, contando com os tanpatsu doramas, asadoras e taiga dorama.

Já mencionei os da Fuji Television, na semana passada, agora darei destaque para as demais emissoras, pois elas possuem j-doramas de grande destaque, inclusive também terem ganhos prêmios importantes para a TV nipônica...

NHK: A maior emissora estatal, Lainvestem em asadoras (novelas matutinas), que tornam-se grande sucesso de audiência. Apesar de ser diário (segunda a sábado), cada capítulo dura 15 minutos. Alguns dos asadora de maior sucesso foram "Gegege no Nyobo" (com Nao Matsushita e Osamu Mukai) e o recente "Ohisama" (com Mao Inoue e Kengo Kora). E tambem em taiga dorama, que seriam novelas ambientados em épocas antigas, como "Atsuhime" (com Aoi Miyazaki), "Tenchijin" (Satoshi Tsumabuki), "Ryomaden" (Masaharu Fukuyama) e o recente "Gou" (com Juri Ueno). Também tem investido em novelas semanais, de sete a oito capítulos.

- Carnation (カーネーション): História da vida real da estilista Ayako Koshino (que faleceu em 2006, aos 92 anos), famosa no Japão. Criou sozinha as três filhas, que seguiram seus passos em designer de moda - Hiroko, Junko e Michiko. Com Machiko Ono, Kaoru Kobayashi, Chiaki Kuriyama, Naomi Zaizen. Iniciou no dia 26 de setembro, de segunda a sábado, das 8 as 8:15 da manhã.
Curiosidades:
- A história passa-se em Osaka, província natal de Koshino, daí o dialeto de Kansai. A protagonista, Machiko Ono, não teve problemas em aprender o dialeto pois ela nasceu em Nara.
- Kaoru Kobayashi ficou conhecido na série "Naniwa Kinyudo" e como "oton" (pai) no filme autobiográfico de Lily Franky "Tokyo Tower - Okan to Boku to, tokidoki, Oton". Também não teve problemas com o dialeto, pois nasceu em Kyoto.
- Chiaki Kuriyama ficou conhecida internacionalmente pelo seu papel de Go Go Yubari no primeiro volume do filme "Kill Bill", de Quentin Tarantino. Fez duplo papel no tanpatsu "Jyooubachi", da série Kindaichi.


- Last Money ~ Ai no Nedan ~ (ラストマネー ~愛の値段~): Uma grande empresa de seguros de vida, tem um departamento onde investigam-se fraudes aplicados por beneficiários a fim de conseguir o dinheiro. Teriam agora que investigar o caso de uma mulher suspeita em fraudes em casamentos. Com Hideaki Ito, Reiko Takashima, Yuichi Nakamaru. Iniciou no dia 13 de setembro, toda terça-feira, 10 horas da noite.
Curiosidades:
- Hideaki Ito ficou muito mais conhecido como protagonista na série "Umizaru", que fez tanto sucesso que acabou virando três filmes - "Umizaru", "Limit of Love" e "The Last Message". Chegou a participar do concurso de novos talentos pela revista "Junon" em 1993. Tem 1,83 metro, considerado alto para os padrões japoneses.
- Reiko Takashima, antes de ser atriz, foi office-lady (funcionária de escritório), race queen. Devido a um comercial para uma revista de empregos, foi chamada para um dorama - "Abarenbo Shogun", em 1990. Depois disso é bem high prolife em trabalhos tanto na TV como no cinema. Seus doramas mais conhecidos  - "Ooku Dai-isho" (2004), "Engine" (2005), "Haikei, Chichi Ue Sama" (2007) e no filme "Space Battleship Yamato", como a doutora Sado. Reiko é casada com o ator Noboru Takachi
- Yuichi Nakamaru é um dos membros do hoje quinteto KAT-TUN. Seu dorama de maior destaque foi "RESCUE" (2009) que rendeu-lhe o prêmio de melhor ator iniciante pela TVNavi.

NTV (Nippon Television): Não é uma emissora tradicional em doramas, mas em dois dias da semana acabam tendo alguns dos melhores doramas. As quartas e sábados. O forte da emissora seriam doramas de caráter familiar e fantasia com surrealismo, normalmente adaptados de algum mangá. Os maiores sucessos da emissora foram "Food Fight", "Aishiteru", "Anego", "Kaibutsu-kun", "Mioka", "Yasuko to Kenji", "Yoiko no Mikata", "Gokusen", "The Quiz Show 2".


- Kaseifu no Mita (家政婦のミタ): Mita é uma governanta misteriosa, ninguém sabe sua idade, sua procedência e totalmente antissocial. Mas compensa tudo isso com sua competência, resolvendo problemas que só ela consegue enxergar. Apesar dos patrões quererem que Mita fique, ela acaba mudando de casa para resolver novos problemas. Com Nanako Matsushima, Saki Aibu e Shiori Kutsuna. Iniciará 12 de outubro, as 10 horas da noite. Será toda quarta-feira.
Curiosidades:
- Nanako Matsushima retorna à TV depois de dois anos ausente (embora tivesse feito um filme em 2010), devido a licença maternidade da segunda filha. Conheceu o esposo e também ator Takashi Sorimachi quando fizeram juntos o renzoku "Great Teacher Onizuka", casaram-se e tiveram duas filhas. Antes de ser atriz, foi modelo da revista "ViVi" e foi campaign girl para a empresa Asahi Kasei. Seus doramas mais conhecidos são "Mahou no Joken", a série "Kyumei Byoto 24 Jikan", "Bijo ka Yajuu" e como Tsubaki Domyouji (irmã de Tsukasa) em "Hana Yori Dango 2". Desde "Yamato Nadesico" (2000) que Matsushima não fazia papel principal.
- Shiori Kutsuna nasceu na Austrália e mudou-se para o Japão, onde fez o colegial na conceituada escola Horikoshi. Atua desde 2006 e ficou conhecida como garota-propaganda dos palitos de chocolate Pocky. Foi escolhida para fazer a personagem Kaho Minami no live action do mangá e anime "BECK" por saber falar bem inglês (pois a personagem morou nos Estados Unidos). E fez o papel de Ran Mori no live action "Meitantei Conan". Por enquanto, Shiori tem dupla nacionalidade, mas quando completar 22 anos, ela terá que escolher qual cidadania ficar (porque o Japão não permite ter dupla nacionalidade).


- Yokai Ningen Bem (妖怪人間ベン): Bem, Bella e Bello são três monstros de aparência humana, que querem ajudar as pessoas, mas devido às suas aparências, são odiados pelos humanos. O desejo dos três era poderem ser pessoas normais e, enquanto o desejo não se realiza, eles combatem o mal para garantir o bem da humanidade. Live action de um anime do mesmo nome, de 1968. Com Kazuya Kamenashi, Anne, Fuku Suzuki, Kazuki Kitamura. Iniciará dia 22 de outubro, nove horas da noite, aos sábados.
Curiosidades:
- Kazuya Kamenashi é membro do quinteto KAT-TUN. Quase tornou-se jogador de beisebol profissional no exterior, mas devido risco de não conciliar com as atividades como cantor e ator, acabou recusando a oferta. Mas continua praticando o esporte quando tem o evento anual da Johnny's Entertraiment. Além de cantor e ator, é comentarista de jogos de beisebol pelo semanário "Going! Sports" pela NTV aos domingos.
Fã assumido de Masaharu Fukuyama, tanto que participou no programa de rádio que Fukuyama tem aos sábados. Seus doramas mais conhecidos seriam "Gokusen 2", "Nobuta wo Produce", "Tatta Hitotsu no Koi", "Kami no Shizuku", "Yamato Nadesico Shichi Henge".
- Anne é filha do ator Ken Watanabe. Começou como modelo para a revista "Non-no" e atualmente faz trabalhos para a revista "Oggi". Sua carreira como atriz veio a partir de um especial que fez para a TV Asahi em 2007. Ganhou em 2010 o prêmio de melhor atriz coadjuvante pelo Television Drama Academy Awards pelo dorama "Nakanai no Kimeta Hi". Seus trabalhos mais recentes foram no dorama "Namae o Nakushita Megami" e no filme "Nintama Rantarou" (como Shina Yamamoto).
- Fuku Suzuki começou a atuar com dois anos de idade (tem sete anos atualmente). Um de seus papéis mais conhecidos foi como Seiji Take criança em "Freeter, Ie o Kau" (no qual, quem fez Seiji adulto foi Kazunari Ninomiya, que gerou duas coincidências e ninguém sabia - ambos fazem aniversário no mesmo dia e ambos são canhotos); e como Tomoki Sasakura, irmão gêmeo de Kaori (Mana Ashida) no dorama "Marumo no Okite". No cinema, contracenou com Ryo Nishikido (Kanjani Eito) em "Chomage Purin".
- Kazuki Kitamura na verdade chama-se Yasushi. O nome artístico foi sugestão do diretor Takeshi Miike. Nasceu em Osaka e quando terminou o colegial, mudou-se para Tóquio tentar vida artística, que começou de vez em 1991. Apesar de ser bem high prolife em TV e cinema, muitos lembram de Kitamura nos doramas "Tiger and Dragon", "Yaoh", "Iryu Sousa", "14 Sai no Haha", "Bambino!", "Galileo". Participou no especial da NHK "Haru to Natsu" (sobre a Imigração Japonesa no Brasil). Em "Yokai...", ele é o detetive que fica ao lado de Bem, Bella e Bello.

Fontes: Dramawiki, The Doramas, sites das emissoras.

Monday, October 10, 2011

Thirty Day Song Challenge (Desafio dos Trinta Dias: Música) - Décimo-Quinto Dia


Dia 15 - uma canção que descreve você: "FighT" (Miyuki Nakajima)

Falar de uma música que me descreva, eu digo que seria muito difícil, pois depende muito é do meu humor, estado de espírito, entre vários fatores. E eu muitas vezes eu fico quebrando a cabeça até para fazer meu PR (public relation) em currículos, porque eu sou uma pessoa difícil, e quem me conhece/conheceu sabe como eu sou.

Atualmente, uma das músicas que descreve meu estado atual seria "Fight", da cantora e compositora folk Miyuki Nakajima. A letra fala das angústias e frustrações das pessoas, mas que pede para as mesmas lutarem mesmo com a incerteza do resultado. Triste e chocante, eu sei, mas se não lutarmos, jamais conseguiremos chegar a lugar algum.

Logo na primeira frase, me identifiquei. Claro que eu terminei até a faculdade, mas pode-se entender "por eu nao ter o bendito 1-kyu de proeficiência em língua japonesa e/ou 900 pontos de TOEIC, todos acham que não sirvo pra nada".

"Ninguém me aceita porque não terminei o ginasial" / escreve uma garota em uma carta, com letra trêmula e raivosa.

O medo de arriscar, de enfrentar. E descobrir na verdade quem é seu inimigo - você mesmo!

"Vi uma mulher empurrar uma menina na plataforma do trem e ainda rir dela
Fiquei em estado de choque, mas ao invés de gritar e socorrê-la, eu fugi
Meu inimigo é eu mesmo"

Mas desistir nunca, persistir sempre! Todo sacrifício jamais será em vão. Ultimamente estou em constante luta para conseguir atingir meus objetivos e por mais obstáculos que terei que enfrentar e derrotar o inimigo que me habita. E sinto que nessa constante luta, conseguirei atingir, mesmo sabendo que não vai ser nada fácil. Que vou ter que começar do zero. Literalmente.

As músicas de Miyuki Nakajima, são, na maioria, sobre coragem, força e natureza. Tendo mais de trinta anos de carreira, Nakajima é conhecida pelo seu timbre vocal grave, contrastando com as letras que compõe.

Nascida em Hokkaido, em 1975 ao ganhar o primeiro prêmio em um dos maiores concursos de música popular japonesa, o Popular Song Contest e logo assinou com uma grande gravadora, a Pony Canyon, filiada com a Yamaha, que organizou o festival. A maioria de suas músicas seriam de protesto, luta e vida. Apesar de fazer muito sucesso - tanto como intérprete como compositora - Nakajima recusava-se a participar em programas de televisão, limitando-se somente em especiais e compôr para comerciais.

Suas músicas mais famosas seriam "Fight!", "Sora to Kimi no Aida ni", "Ito", "Chosho no Hoshi", para citar algumas de sua vasta discografia, sem falar de composições que a premiaram, como "Abayo" (por Naoko Ken), "Mugo, n... Iroppoi" (por Shizuka Kudo, por sinal, Nakajima compôs a maioria das músicas para ela).

Devido ao sucesso inesperado por "Chosho no Hoshi", que foi tema do documentário da emissora estatal NHK - "Project X" em 2000, Nakajima resolveu romper o silêncio que tinha em participar em programas de televisão e fez sua apresentação dentro do túnel do dique de Kurobe (Toyama) para o Kouhaku Utagassen de  2002.

Em 2006, a música "Sorafune", que compôs para o quinteto TOKIO, ficou quase um ano nas paradas de sucesso e alcançou a marca de mais de 480 mil cópias vendidas. Foi tema do j-dorama que Tomoya Nagase protagonizou "My Boss, My Hero", e rendeu a Miyuki Nakajima o Japan Records Award no mesmo ano, sendo a segunda composição que mais rendeu mais tempo em paradas de sucesso (o primeiro foi "Abayo", com Naoko Ken).

Devido às sua composições, Nakajima é reconhecida pelo ministério da Cultura, tanto que ela é a primeira e única compositora a fazer parte do Conselho Nacional de Literatura Japonesa. Em novembro de 2009, recebeu do governo japonês a Medalha de Honra ao Mérito de Fita Púrpura, reconhecimento pelo incentivo e apoio a arte e cultura.

Recentemente, sua composição "Kouya yori" será tema do j-dorama da TBS "Nankyoku Tairiku", protagonizado por Takuya Kimura, Masato Sakai, Teruyoshi Kagawa e Haruka Ayase.

Saturday, October 08, 2011

Tentando voltar a Normalidade...

Pilha de donburi-chawan no Bowls Dining Bar, em Kamakura. Vai ter postagem, aguardem...

Reconheço, sim, que desde setembro (se não antes) estou totalmente relapsa com este Empório o qual sempre tive muito carinho por ele. Sem ele, desde a época que eu chamava de "Sítio", eu jamais teria conseguido conhecer leitores (pessoalmente ou não) muitos carinhosos e prestativos, que sempre dão aquela força seja nas palavras, seja nas orações.

Na verdade, desde junho estou tentando dar uma guinada na minha vida, mas nunca foi fácil. Falta de tentativa nunca foi, porque tentei muitas vezes, perdi a conta de quantas vezes enviei o famigerado curriculum vitae para empresa A, B ou C e perdi a conta de quantas vezes recebi-as de volta com uma carta de "agradeço muito, mas..." Confesso que na hora a gente tem vontade de socar o avaliador na parede até morrer e socar de novo também, mas a raiva de um segundo passa, respiro fundo e vamos novamente.

Nem sempre a gente corresponde às expectativas, não é?

Não posso falar que "eu não tentei", porque falta de tentativa é o que nunca foi. O que mais dói em mim é saber que, conheço gente que trabalha em tal lugar que exige o "1-kyu do Noryuku Shiken, 1000 pontos de TOEIC, experiência em isso ou aquilo" e essa gente eu sei que não tem e está lá numa boa. E quando eu mando meus dados para aquele mesmo lugar, eu tenho que ouvir um monte. Sério. Teve lugar que só não mandei o analisador pro inferno porque nunca valeu a pena mesmo. Desanimou pra caramba.

Confesso: meu apego a Kanagawa foi tão grande, que eu não me importaria em ficar duas horas dentro de um trem só para ir trabalhar. Cansa? Eu sei, mas a vida nunca foi fácil mesmo. O duro é convencer a pessoa de que eu consigo, eu posso.

Tomohisa Yamashita e Ryo Nishikido, os dois membros principais do sexteto NEWS, com trabalhos já definidos (foto de agosto de 2009, quando foram personality supporters no anual "24 Hour Television")

Bom, vamos parar de chorar que hoje (8 de outubro aqui no Japão) minha Time Line do twitter minhas seguidoras e seguintes colocaram o assunto da saída de Tomohisa "Yamapi" Yamashita e Ryo Nishikido do grupo pop NEWS. As meninas me perdoem, mas já desde ano passado, retrasado, nem sei mais, que o sexteto não lançava nada novo. Só individualmente. Para mim, não foi tão surpresa porque como Yamashita estava mais fazendo carreira solo (seja em doramas como "Code Blue", ou no filme live action do anime e mangá "Ashita no Joe", e com o solo em música) e Ryo Nishikido com o grupo que desde 2002 faz parte, o septeto Kanjani Eito, sem falar de doramas que ultimamente fez, como "Inu o Kau to iu koto" (primavera de 2011) e "Zenkai Girl" (getsukyu do verão de 2011).

Algo me diz que grupo da JE com número par de membros, nem sempre coisa boa acontece, mas um dia acabo comentando sobre isso. (Se bem que o NEWS começou com nove integrantes...)

Mas o grupo continua, com quatro membros remanescentes - Shigeaki Kato, Keiichiro Koyama, Takahisa Masuda e Yuya Tegoshi. Se bem que, Masuda e Tegoshi já fazem solo como dupla Tegomass. Kato atua mais na TV e Koyama... bem, Koyama precisa fazer mais atividades além de ser newscaster do programa vespertino "news every" pela Nippon Television... A notícia choca, claro, mas a vida continua e desejar boa sorte para quem vai e para quem permanece.

Takuya Kimura em "Nankyoku Tairiku", dorama adaptado do filme de "Nankyoku Monogatari", promessa de audiência nesta temporada de outono (concorrente forte: "Nazotoki wa Dinner no Ato de")

Sobre doramas deste outono, estou preparando das demais emissoras, porque como é dorama pra caramba que veio nesta época, achei melhor separar por emissora. Bem que eu queria fazer por dia da semana, mas sei lá se vai confundir as pessoas, porque até eu me perderia. Mas na roda quadrada de telespectadores, muitos estão apostando fortemente em "Nazotoki wa Dinner no ato de" e "Nankyoku Tairiku". Eu também.

Minhas matérias mais atrasadas que trem da central.

Claro que não esqueci do desafio dos 30 dias, que logo vai virar 30 meses se eu não prestar atenção. Logo já vou estar voltando com isso. Dá vontade de recapitular este mês, mas aí sinto que vai bagunçar mais do que já está e... melhor organizar nas "Minhas Listas".

Esqueci-me da "Discoteca Básica". Setembro foi mês em que realmente foi o que quase nada postei. Mas não se assustem se de repente vierem três de uma pancada só, mas explicarei o motivo...

Cine Pipoca: acreditem, dificilmente eu travo em fazer alguma resenha, mas fazer do "Kamisama no Karute" confesso que está sendo uma das coisas mais espinhosas. E olha que muita gente diria que seria um filme "comum", mas não tanto quanto pensam...

Uma cenoura voando pela janela em 3, 2, 1...

Nossos Desastres Culinários. Preciso testar novas receitas pra ontem. E falta do que fazer é o que não seria. E ultimamente ando fazendo os mesmos bolos de sempre, como de milho, formigueiro, de iogurte... Certo... vamos variar e tentar pelos meus livros e revistas... Não garanto uma tampa de panela de pressão voando.

Tenho saído, claro, fotografado, mas meu flickr está parado, necessitando novas fotos. Acho que vou criar outro tumblr para elas, porque flickr tem limite de fotos a serem visualizadas. Tenho um, mas quem ver, vai surtar porque... bem, melhor nem olharem...

Mas ainda continuo com uma certa frequência colaborando para o Portal Nippon, com o que tem de novo e curioso no mundo de j-doramas e seus artistas (se bem que estou dando mais prioridade aos atores, mas calma, também falarei das atrizes).

Muita gente reclama que quase nem apareço nas fotos, mas para não assustar ninguém. Eis a autora lesada com sua caneca favorita em sua mesa de trabalho e concentração...
Recentemente, dei meu depoimento sobre coleções para o site "Clube da Necessaire", que também colabora muito para o mesmo site que eu participo. Sim, coleções, lembram das minhas canecas? (postagem de abril, relembrem!) Podem dar uma conferida aqui e também nos demais artigos que elas proporcionam de como ser linda e saudável sem gastar horrores com isso e dicas de como aproveitar amostras, brindes e cupons. E como adquirir os produtos e cosméticos daqui sem medo.

Espero que este mês eu volte a frequentar aqui com regularidade de como sempre mantive.

Agradecendo a todos pelos comentários das postagens anteriores que nem tive como responder, mas eu li, e não sabem o quanto fico gratificada pelas palavras de apoio, embora críticas, desde que sejam construtivas, são bem vindas.

Wednesday, October 05, 2011

J-Dorama: O Que Vem Neste Outono... - Parte 1

"Nazotoki wa Dinner ato de": Um mordomo desbocado e cínico e uma detetive inexperiente...

Os doramas de verão acabaram, agora as emissoras ficam de uma a três semanas com programas especiais, tanpatsu doramas, filmes, etc., para dar um tempo para os doramas de outono, que já foram anunciados uma boa parte delas. E como sempre, muita gente quer saber quem vai participar, como vai ser o enredo, quem vai fazer a trilha sonora, quem vai ter bom índice de audiência, se vai sair algum rumor de namoro, casamento, separação, ou seja lá que acontecer...

Resolvi separar os doramas principais por emissora, pois neste outono, serão trinta e dois renzoku doramas e sete tanpatsu doramas!!! Mas eu apresentarei os que as emissoras estão apostando as fichas..

Fuji Television:




- Watashi ga Renai Dekinai Riyuu (私が恋愛できない理由): História de três mulheres de profissões diferentes mas com algo em comum - não conseguem relacionamento sério com homens - uma não consegue esquecer o ex-namorado e busca o verdadeiro amor; outra, de personalidade forte, não encontra o homem ideal e a terceira, uma hostess, dá conselhos sobre amor, mas ela mesma não leva a sério seus relacionamentos. Passam a conviver juntas e procuram saber mais sobre casamento, relacionamento, amor, nem que tenham que brigar entre si para conquistar. Com Karina, Yuriko Yoshitaka, Yuko Oshima, Kei Tanaka, Akiyoshi Nakao, Izumi Inamori. Segunda-feira, nove horas da noite. Data do início: ainda não divulgado.
Curiosidades:
- Será o primeiro getsukyu de Karina e Yuko Oshima. Yuriko Yoshitaka já havia protagonizado em "TOKYO Dogs".
- Karina também estará no tanpatsu dorama special "Freeter, Ie o Kau".
- Yuko Oshima é uma dos membros do grupo AKB48.
- Yuriko Yoshitaka além de ter co-atuado no getsukyu "TOKYO Dogs" (com Shun Oguri e Hiro Mizushima), co-atuou nos dois filmes da série "GANTZ".
Site oficial: http://www.fujitv.co.jp/wataren/index.html


- Nazotoki wa Dinner no Ato de (謎解きはデイナーのあとで): Uma moça de família rica (e de passado muito suspeito), é uma detetive que tenta resolver casos de assassinato, mistério e suspense. Porém, por ela ser novata demais, quem acaba resolvendo tudo seria seu mordomo de língua afiada e desbocado. Baseado no best seller do mesmo nome de Tokuya Higashigawa. Com Sho Sakurai, Keiko Kitagawa, Kippei Shiina. Terça-feira, nove horas da noite. Data de início: 18 de outubro.
Curiosidades:
- Será o primeiro renzoku dorama de Sho Sakurai pela Fuji Television. Os dois especiais que fez para a emissora - "Saigo no Yakusoku" e "Kobe Shimbun Nanokakan" foram filmes feitos para a TV (tanpatsu dorama). Tanto que pediu dicas para seus amigos Kazunari Ninomiya e Jun Matsumoto sobre a rotina da emissora Fuji Television na parte de renzoku doramas, já que os dois fizeram vários para ela.
- O livro de Tokuya Higashigawa foi um dos mais vendidos no ano passado na seção de mistério. A capa do livro é ilustrado por Yosuke Nakamura, que também ilustra as capas dos álbuns do quarteto Asian Kung-Fu Generation.
- Coincidência ou não, quando um membro do Arashi protagonizava um dorama, no último capítulo outro membro fazia participação especial e na temporada seguinte já estava protagonizando um dorama:
"My Girl" (Masaki Aiba protagonizou; Sho Sakurai apareceu no ultimo capítulo) → "Tokujo Kabachi!!" (Sakurai protagonizou, Satoshi Ohno apareceu no último capítulo) → "Kaibutsu-kun" (Ohno protagonizou, Jun Matsumoto apareceu no final) → "Natsu no Koi wa Nijiiro ni Kagayaku" (Matsumoto protagonizou, Kazunari Ninomiya apareceu no final) → "Freeter, Ie o Kau" (Ninomiya protagonizou, Masaki Aiba apareceu no final) → "Bartender" (Aiba protagonizou, só que nenhum dos quatro membros restantes apareceu).
- Em quase todos os doramas que um dos membros do Arashi protagoniza, a música de encerramento seria deles. Exceção feita, por exemplo, em "Smile" (protagonizada por Matsumoto, mas quem canta é a Yui Aragaki). A música já foi anunciada, mas ainda não lançada - "Meikyu Love Song".
Site oficial: http://www.fujitv.co.jp/nazotoki/index.html


- HUNTER - Sono Onnatachi, Shoukin Kasegi (HUNTER - その女たち、賞金稼ぎ): História policial. Um grupo formado por mulheres comuns, mas com senso de justiça, resolvem caçar recompensas de casos tido como insolúveis por meios nada ortodoxos. Com Ryoko Yonekura, Mirei Kiritani, Shosuke Tanihara, Kotaro Koizumi. Terça-feira, dez horas da noite (depois do renzoku "Nazotoki wa Dinner no Ato de"). Data de início: ainda não divulgado.
Curiosidades:
- Ryoko Yonekura estudou balé clássico dos 5 aos 20 anos. Aos 18 anos, ganhou um concurso de beleza e logo tornou-se modelo, sendo da revista CanCam por quatro anos. Seu primeiro dorama foi em 2000, em "Koi no Kamisama". Seu maior sucesso de dorama foi como a negociadora na série policial "Koshonin". Fez o papel de Roxie Hart na versão japonesa de "Chicago", no teatro, por dois anos.
- Mirei Kiritani era modelo da revista "Seventeen". Ficou conhecida recentemente pelo papel da jovem moradora de rua Nino, na versão de dorama e filme do mangá "Arakawa Under The Bridge".
- Shosuke Tanihara começou como modelo pela revista "Mens Non-no". Foi modelo exclusivo da revista por dois anos. Seu primeiro contato como ator, foi no papel de Tsukasa Doumyoji no filme "Hana Yori Dango" (1995), mesmo ano do seu primeiro dorama, que foi "Miseinen". Desde então é mais coadjuvante do que fazer papel principal na maioria dos doramas que fez. Tanihara fez um bom número de doramas com os membros do SMAP - mais com Tsuyoshi Kusanagi (4 doramas). Desde 2007, apresenta o programa de sábado "King's Brunch". Casado desde 2007 com a ex-atriz Emi Miyake, tem quatro filhos (sendo um do primeiro casamento de Miyake).
- Kotaro Koizumi é o filho mais velho do ex-Primeiro Ministro Junichiro Koizumi. Não quis seguir carreira política como o pai (mas seu irmão do meio, Shinjiro, sim). Tentou fazer faculdade de Economia na Nihon University, mas parou no meio. Desde 2000 atua no meio artístico. Seus doramas de destaque seriam "Home and Away" (seu primeiro getsukyu), "Boku Dake no Madonna (And I Love Her)", "Slow Dance", "Tenchijin", "Call Center no Koibito" e os dois últimos filmes da série "Odoru Daisosasen".
Site oficial: http://www.ktv.jp/hunter/index.html


- Mitsu no Aji - A Taste Of Honey - (蜜の味~A Taste of Honey): Triângulo amoroso envolvendo uma jovem médica, apaixonada pelo tio que se envolve com uma pesquisadora que é a filha do diretor do hospital universitário onde os três acabam se encontrando. Com ARATA, Nana Eikura, Miho Kanno, Junpei Mizobata. Quinta-feira, dez horas da noite. Data de início: 13 de outubro.
Curiosidades:
- ARATA ou Arata Iura, começou como modelo no início dos anos 90. Tentou a faculdade de Economia na Universidade de Economia de Tokyo, mas abandonou o curso. Divide seu tempo como fashion designer e ator. Mais conhecido em filmes, como "20th Century Boys", "Hanamizuki", "Zatouichi, the Last", atuou muito pouco em doramas, o mais recente foi no tanpatsu "Saigo no Bansan" e a sequência no dorama "Hi wa Mata Noboru".
- Nana Eikura nasceu em Kagoshima, mas viveu boa parte em Sagamihara (Kanagawa). Começou como modelo na revista "Seventeen", ao ser descoberta por um scouter enquanto fazia compras na famosa loja 109 Shibuya. Desde 2004 participa em filmes e doramas. Seus filmes mais conhecidos foram "Boku wa Imouto ni Koi wo suru" (com Jun Matsumoto) e "Yomei Ikkagetsu no Hanayome" (com Eita). Em doramas, destacou-se na série "Proposal Daisakusen", ganhando o prêmio de melhor atriz coadjuvante; no especial de três partes "Wagaya no Rikeshi" e em "Good Life - Arigatou, Papa. Sayonara". Devido às suas raízes em Kagoshima, sabe tocar shamisen e conhece bem as músicas do local.
- Miho Kanno começou a atuar aos quinze anos, passando num teste para um programa de TV, o Sakurakko Club. Arriscou como cantora, mas seu single de maior sucesso foi um cover para "ZOO - Ai wo Kudasai" para o dorama "Ai wo Kudasai" e usou o nome da personagem que interpretava. Ficou conhecida no filme de Takeshi Kitano "Dolls". Mas é high prolife em doramas, como "Sommelier", "Ai wo Kudasai", "Koi ga Shitai", "Ooku" (versão de 2003), "Hatarakiman", "Kiina", "Magarenai Onna", "Guilty". Seus melhores amigos seria a cantora Ami Ohnuki (da dupla PUFFY) e Goro Inagaki (que namoraram por oito anos, e mesmo depois do término, continuam mantendo contato).
Site oficial: http://www.fujitv.co.jp/mitsunoaji/index.html


- Boku to Star no 99 Nichi (僕とスターの99日): Comédia romântica envolvendo uma estrela de cinema coreano que contrata um segurança para ser seu guarda-costas durante os 99 dias que estiver no Japão. Com Kim Tae Hee e Hidetoshi Nishijima. Domingo, nove horas da noite. Data de início: ainda não divulgado.
Curiosidades:
- Hidetoshi Nishijima ficou conhecido por ser um dos protagonistas de um getsukyu de maior sucesso em 1993 "Asunaro Hakusho" (com Takuya Kimura). Divide seu trabalho entre cinema e TV. Outros doramas que se destacou foram "Unfair", "Yama Onna, Kabe Onna", "Real Clothes", "School!". Estará no dorama no ano que vem "Strawberry Nights", no qual fez o especial.
- Kim Tae Hee, sul-coreana, ficou conhecida no Japão devido ao dorama policial "IRIS" (que foi exibido pela TBS em 2010). Para este dorama, será a primeira vez que falará em japonês.
Site oficial: ainda não saiu.

Tanpatsu Dorama - "Freeter, Ie o Kau - SP" (フーリター、家を買う SP): Depois de ter conseguido comprar uma casa para sua família, Seiji Takei agora funcionário da construtora a qual começou como temporário, tenta resolver seu problema amoroso com Manami Chiba. Devido ao trabalho de ambos, tiveram que partir caminhos separados. Capítulo especial do dorama que passou em outono de 2010. Com Kazunari Ninomiya, Karina, Naoto Takenaka. Será exibido no dia 4 de outubro, nove horas da noite, com uma hora e meia de duração.
Curiosidades:
- Ryuhei Maruyama (Kanjani Eito), que estava no renzoku dorama, não estará no especial.
- A música de encerramento e incidental "Hatenai Sora", do Arashi, permanece.
Site oficial: http://www.fujitv.co.jp/ie-wo-kau/index.html

Saturday, October 01, 2011

Thirty Day Song Challenge (Desafio dos Trinta Dias: Música): Décimo-Quarto Dia

Dia 14 - uma canção que ninguém esperaria que você gostasse: "Alright" , "Dancing on the Fire" e "Rollin' Days" (Superfly)

Ok, eu sei que estou muito relapsa nas minhas postagens, mas setembro pra mim foi o caos. Em tudo. Espero sair logo desta tempestade (porque a última tempestade que aceito é um dos meus grupos favoritos, mas isso é uma outra história).

Voltando a vaca congelada, que nessas alturas já deve estar fossilizada, tenho que voltar ao desafio dos trinta dias que já virou três ou quatro meses e nem foi a metade. Daqui a pouco vai ter gente enviando carta bomba na minha residência, porque é triste receber carta anônima...

Okay, muita gente que me conhece seja pessoalmente ou virtualmente, sabe do meu gosto duvidoso para música, mas ninguém é perfeito, fazer o quê. Ultimamente eu estou dando uma pequena atualizada em outros artistas, frequentando semanalmente a Tower Records, lendo a Orista On Line, programação de TV, etc., mas enquanto ainda posso, porque depois não poderei reclamar da falta de tempo...

Alguns poderão se espantar, mas ultimamente ando ouvindo as músicas do grupo itinerante (porque a vocalista é a mesma) Superfly.

A primeira vez que ouvi a música "Alright!" devido ser tema de abertura do dorama "BOSS" (a primeira temporada), passei batido, eu juro. Bem como o grupo. Apesar da vocalista Shiho Ochi ter um visual bem riponga, demorei um bom tempo para ouvir outras músicas dela.

"Dancing on the Fire" (2009) ganhou o melhor Vídeo pela MTV Awards. "Wildflower", que foi do dorama "GOLD", também segue a mesma linha - o vocal forte de Ochi, o ritmo que não deixa ninguém parado, que foi sucesso na Oricon no ano passado. "Rollin' Days", sucesso deste ano por causa do dorama "BOSS 2" que passou na primavera, ainda continua tocando nas rádios, se bem que  os maiores sucessos do Superfly tocam nas emissoras, basta dar uma sintonizada.

A vocalista do grupo, Shiho Ochi foi convidada a participar de um documentário nos Estados Unidos, em 2008, sobre a vida de Janis Joplin, sua maior influência. No ano seguinte, participou no show em Bethel, Nova Iorque, no mesmo lugar onde foi realizado o festival de Woodstock - o "Heroes of Woodstock Tour", onde interpretou algumas músicas de Janis, com a banda original dela, o Big Brother and the Holding Company.

Se quiserem ouvir algo diferente, ouçam os três álbuns desta banda - "Superfly", "Box Emotions" e "Mind Travel" e a coletânea de covers "Wildflower & Cover Songs: Complete Best 'TRACK 3'". Nunca o pop japonês teve uma voz rocker da Shiho Ochi.

Foto: via goggle. A vocalista do Superfly, Shiho Ochi com os membros remanescentes da primeira banda de Janis Joplin, o Big Brother and the Holding Company, no documentário feito em 2008.