Thursday, December 29, 2011

62o. Kouhaku Utagassen - Quando a Ordem Faz A Diferença

Em 2010, o Shirogumi (time branco) levou o estandarte com todas as faixas dos eventos anteriores. Este ano, será que conseguirão repetir a proeza?

Atrasadíssima com o assunto Kouhaku Utagassen, eu sei.

Era para ter postado logo que a lista das músicas e ordem de aparição saiu, mas devido a alguns contratempos, já teve bastante blog que já se encarregou, mas como deve ter gente que nem acessa a todos os blogs, venho eu fazer a minha parte, já que desde 2009 venho fazendo a resenha  do evento mais esperado do final de ano japonês...

Muitos esperam QUEM vai participar, apesar que muitos nomes seriam bem óbvios. Depois, esperam QUAL música que vai cantar e ao mesmo tempo EM QUE ORDEM vai aparecer. Epa! A ordem de aparição importa? Vocês nem imaginam o quanto!

Muita gente aguarda quem vai abrir o evento e quem vai encerrar. Geralmente, quem começa o evento, seria a representante do Akagumi (ou Equipe Vermelha, formado por mulheres ou grupos em que mulheres se sobressaem) e quem encerra seria o representante do Shirogumi (ou Equipe Branca, formado por homens ou grupos em que homens se sobressaem). Bem, o meio também conta. E as músicas, para que ninguém fique perdido.

Vamos por partes: sobre as músicas, geralmente os artistas apresentam a música que fez sucesso durante o ano corrente ou fazem um medley dos sucessos passados. Há quem ainda interprete a mesma música anos a fio. Vamos à lista e depois os comentários de algumas delas...


1 – Ayumi Hamasaki
(Progress)
2 – NYC
(100% Yuuki )
3- Angela Aki
(One Family)
4 – flumpool
(Akashi)
5 – AKB48 (Kouhaku 2011 AKB48 Special Mix ~ Gambarou Nippon!)

Mana Ashida e Fuku Suzuki (Maru Maru Mori Mori!)
~ Disney Special Medley ~
6 – FUNKY MONKEY BABYS
(Soredemo Shinjiteru)

7 – Kana Nishino
(Tatoe Donnani…)
8 – AAA
(CALL)
9 – Miyuki Kawanaka
(Nirinsou)
10 – Ken Hirai
(Itoshiki Hibi yo)
11 – Ayako Fuji (Ayako no Okuni Jiman da yo ~ Ganbarou Tohoku!! Kouhaku SP)
12 – Takashi Hosokawa
(Nebuta)
13 – Nana Mizuki
(POP MASTER)
14 – Pornograffitti
(One More Time)
15 – Inawashirokos
(I Love You & I Need You Fukushima)
16 – Natsuko Godai
(Kinmokusei)
17 – L’Arc~en~Ciel
(CHASE)
18 – Kaori Mizumori
(Shounai Heya Kaze no Naka)
19 – Shinichi Mori
(Minatomachi Blues)
20 – Ringo Shiina
(Carnation ~ Akagumi Nara Daredemo)
Rimi Natsukawa & Masafumi Akikawa
(Asu to Iu hi ga)
21 – KARA
(KARA 2011 Special Medley)
22 – Hideaki Tokunaga
(Jidai)
23 – Perfume
(Laser Beam)
24 – TOKIO
(Miageta Ryuusei)
25 – Shojo Jidai
(GENIE)
26 – Hiromi Go
(Go Smile Japan!!)
27 – aiko
(Koi no Super Ball)
28 – Yuzu
(Hey wa)
29 – Kumi Koda
(Ai wo Tomenaide)
30 – Tohoshinki
(Why? Keep Your Head Down)
Ashita wo Utaou ~ Nippon no Arashi [Furusato] ~ Arashi - Furusato
31 – Ayaka Hirahara
(Ohisama ~ Taisetsu na Anata e)
32 – Masao Sen
(Kitakuni no Haru)
Sekai kara no Message ~ Makoto Hasebe / Jackie Chan / Lady Gaga
33 – Sachiko Kobayashi
(Onna no Sakaba)
34 – Toshiyuki Nishida
(Ano Machi ni Umarete)
35 – Ayaka
(Minna Sora no Shita)
36 – Tsuyoshi Nagabuchi
(Hitotsu)
37 – Akiko Wada
(Ano Kane wo Narasu no wa Anata)
38 – Arashi
(2011 Kouhaku Special Medley)
39 – ikimonogakari
(Aruite Ikou)
40 – Hiroshi Itsuki
(Furusato)
41 – Seiko Matsuda & Sayaka Kanda
(Ue wo Muite Arukou)
42 – Kiyoshi Hikawa
(Jounetsu no Mariachi)
43 – Fuyumi Sakamoto
(Yozakura Oshichi)
44 – Masaharu Fukuyama
(Kazoku ni Narou yo)
45 – Yumi Matsutoya
(Minna no Haru Yo, Koi)
46 – EXILE
(Rising Sun)
47 – Yoshimi Tendo
(Ai Sansan)
48 – Saburo Kitajima
(Kaero Kana)
49 – Sayuri Ishikawa
(Tsugaru Kaikyo Fuyugeshiki)
50 – SMAP
(SMAP AID Kouhaku SP)


Aí vai ter gente querendo comer o fígado dos organizadores... Mas se pensarmos bem, algumas coisas fazem sentido...

1 - Ayumi Hamasaki sempre é a primeira que abre o evento: motivo - todo final de ano ela costuma fazer seu Countdown Live pela gravadora a que pertence. Então, ela se apresenta e vai  para o local onde faz o evento.

2 - Mana Ashida e Fuku Suzuki têm que se apresentar antes das 8 horas da noite, por isso que vão ser os primeiros da lista: caso muita gente não saiba, aqui no Japão, crianças não podem trabalhar (no ramo de entretenimento) após 8 da noite. Por isso que no especial FNS Kaiyosai, a dupla foi uma das primeiras que se apresentou.

3 - O trio NYC (Yuma Nakayama, Ryosuke Yamada e Yuuri Chinen) só vão se apresentar porque eles cantam a música tema do anime "Nintama Rantarou" que é transmitido pela NHK Educativa. E vão ser um dos primeiros também a se apresentarem porque depois terão que comparecer no Tokyo Dome para o Johnny's Countdown.

4 - Teoricamente será o último Kouhaku de Angela Aki e Kumi Koda. Motivo: maternidade. Aki está grávida de nove meses e Koda de dois meses.

5 - A cantora Ayaka volta depois de dois anos ausente por motivos de saúde.

6 - Vai ser a primeira vez também da cantora Ringo Shiina. Embora tenha mais de dez anos de carreira, a presença dela deve-se devido a sua música "Carnation" ser tema do asadora do mesmo nome.

7 - O grupo Inawashirokos é formado por músicos nascidos em Fukushima, e o nome da banda vem do lago Inawashiro, situado na província de Fukushima. O quarteto - formado por Shinji Matsuda (baterista do  The Back Horn), Takashi Yamaguchi (vocalista e guitarrista do Sambomaster), Toshimi Watamame (guitarrista do TOKYO N.1 SOUL SET) e Michihiko Yanai (guitarrista do Kaze to Rock) - gravaram a música em homenagem a província e cujo PV trazia 47 artistas representando cada província do Japão interpretando a música, incluindo o ator e cantor Toshiyuki Nishida, que é de Fukushima e também estará no evento.

8 - Sayaka Kanda é filha da cantora Seiko Matsuda e do ator Masaki Kanda. Chegou a ser cantora sob o nome SAYAKA, atriz, mas acabou dedicando-se ao teatro. Estará ano que vem no elenco da peça "Endless SHOCK", protagonizado pelo Kinki Kids Koichi Domoto.

9 - As duplas mais esperadas pelo evento infelizmente não poderão comparecer este ano por motivo de saúde - Dreams Come True (Masato Nakamura e Mika Yoshida) e Kobukuro. Nakamura foi operado recentemente e pediram repouso absoluto, tanto que tiveram que cancelar alguns shows e Kuroda está em tratamento médico desde agosto, com problema de coluna.

10 - Pelo terceiro ano seguido, Masaharu Fukuyama não estará no palco do NHK Hall, mas ao vivo no Pacifico Yokohama, onde quase todo final de ano faz sua apresentação. Foi memorável o ano passado, quando Teruyuki Kagawa cortou a longa cabeleira de Fukuyama, que ostentava desde que começou a gravar o taiga dorama "Ryomaden".

11 - Pelo segundo ano consecutivo (e quarta vez), o quinteto SMAP é quem vai encerrar o evento, com um medley das músicas do álbum "SMAP AID", cuja seleção foi feita através de votação dos fãs no site oficial da gravadora do grupo. Não foram divulgadas quais músicas seriam apresentadas. Muita gente espera sempre o "Ootori", que seria o encerramento do Kouhaku Utagassen, antes de sair o resultado final.

12 - "Furusato", música interpretada pelo quinteto Arashi (que será pelo segundo ano consecutivo os representantes do Shirogumi) em 2010, será interpretada novamente - desta vez com Sho Sakurai tocando ao piano que foi restaurado dos destroços do terremoto de Tohoku. O piano levou mais de seis meses para ser recuperado.


62o. Kouhaku Utagassen - transmitido ao vivo pela NHK dia 31 de Dezembro as 19:15~23:45.

Monday, December 26, 2011

Agradecimentos



Como ultimamente ando mais pra lá do que pra cá, acabei esquecendo de agradecer e comentar nos comentários, mas vou aproveitar aqui...

O 62o. Kouhaku Utagassen (3 de dezembro de 2011)




- Carlos (Tabeteimasu): Se estivessem no Japão, eu acho que não seria diferente - com certeza vocês acabariam saindo do mesmo jeito no mesmo horário do Kouhaku para poderem jantar fora, ir ao templo pro hatsumode e voltar de trem na madrugada. Sim, teve alguns anos que fiz isso... Os dois ultimos anos acabei ficando em casa porque passei mal de resfriado e fui fazer o hatsumode dois dias depois do ano-Novo, porque fazer no dia primeiro, com aquele movimento nos templos, ninguém merece...

- MP Kouhaku, hisashiburi!! Eu também andei sumida, é verdade... Esse ano estava prevendo mesmo os artistas coreanos. No FNS, você sabe... Ainda bem que as previsões da Oricon Style foram bem furadas, porque tem artista que vou te falar... Mas o que eu fiquei feliz foi a volta da Ayaka no cenário musical, se bem que alguns meses atrás, ela interpretou a música pro comercial em que o marido dela, o Mizushima Hiro, patrocinava.

Maaaas, você sabe que Kouhaku é uma caixinha de surpresas. Só pra ter uma idéia, no ano passado, a presença de Kuwata Keisuke foi anunciada cerca de dois dias antes do evento. E quem iria fazer o "Ohtori" do Shirogumi, o SMAP foi anunciado seis dias antes, mas naquela altura do campeonato, o Nakai Masahiro já estava escalado para apresentar o Countdown TV Special na TBS. Pelo menos meia hora do programa ele teve que apresentar no meio do caminho ainda com a mesma roupa que se apresentou no Kouhaku...

China House Keikarou (4 de dezembro de 2011)


- Andreia Inoue (Papiando): Se você ainda estivesse no Japão, eu juro que te levava lá, nem que tenhamos que passar três horas na fila para garantir o almoço! Mas valeu a pena e faria novamente! Agora, preciso encontrar algumas doidas que se arrisquem a ficar comigo na fila, conversando, fofocando, trocando idéias... Quanto a maquete do Arashi Jet da Japan Airlines, pra conseguir, teria que participar de um sorteio, na compra da passagem. O que a chance seria mínima. Não rola a Tamiya (empresa que faz réplicas de carros, aviões, etc.) fazer um desse em série, nem que seja limitada a 100 mil unidades?

- Carlos (Tabeteimasu): Muita gente pode pensar que os pratos teriam porções pequenas, mas muito pelo contrário - pra ter uma idéia, os gyozas eram duas vezes maiores do que a gente conhece e os bolinhos de carne eram bem grandes, tendo que comer aos pedaços. Verdade - encarar mais de três horas de fila, só se estiver em boa companhia e ter comido antes, mas vale o esforço, mesmo se não encontrar o Masaki lá, mas a mãe dele é muito simpática! Fiquei sabendo do restaurante o ano passado, sendo que a casa existe há 25 anos!!!

- Sah Arashi (Claudia): Estou te aguardando em 2014 e a gente vai acampar na fila do restaurante! Eu sei que você estava teclando F5 toda hora pra ver se eu tinha atualizado. Apesar que demorei um pouquinho para postar, mas eu tinha que preparar as fotos, o texto, pegar dados técnicos... Mas vale mesmo a pena também a comida, pois assim a gente sai do trivial de vez em quando, né?

- Romina-chan (Bah Blog): Acredita que toda vez que assisto ao dorama "Kisarazu Cat's Eye" eu lembro de você? E o pior que até hoje nem pra ir até essa cidade não fui e olha que tive tempo pra caramba, mas o problema foi o outro tipo de "tempo", se me entendeu... Mas minha ida para Hanamigawa foi especial porque fui a convite, com direito a três horas de espera na fila, mas valeu a pena mesmo. Faria tudo de novo, agora preciso encontrar algumas doidas pra me aturarem! Sobre meu novo trabalho, vou esclarecer nos próximos posts, aguardem!

- Gesiane (Suki-yo): O dia que o Sakurai aparecer de surpresa no restaurante, eu juro que levo ele pra casa (até parece)!!! Brincadeira, se ele aparecer, eu quero um autógrafo na minha revista "an-an" (aquela do ensaio que ele fez) e alguns bons minutos de prosa, conversar sobre o trabalho que ele faz junto ao News ZERO! Quando você retornar em junho ou julho, já vou te arrastando para um final de semana para lá e almoçarmos! A comida é excelente, minha gente! Acho que porque a comida estilo chinesa que serviram era bem diferente do que eu já comi, claro que autêntica comida chinesa mesmo tem que ser em Chinatown (Yokohama), mas vale a espera, sim! Sem falar que a Michiyo-san é uma mulher adorável!!


Somente o Nome é Igual, porque o Recheio...(13 de Dezembro de 2011)


- Felipe, muito embora no mundo anime e tokusatsu ter muita música de nome igual mas conteúdo nada a ver, confesso que eu abordei mais no mundo pop, pois é mais fácil do pessoal assimilar. Mesmo porque, a maioria do pessoal que eu conheço, quase nem presta atenção em trilha sonora de anime. Confesso que tive que apelar pro Wikipedia para encontrar mais música de nome igual mas conteúdo diferente, tal como foi "Niji", que eu conhecia apenas duas (a do Masaharu Fukuyama e a do Arashi) e no fim acabei encontrando a do grupo L'Arc~en~Ciel e a da dupla Yuzu, ambas que eu já tinha ouvido mas não sabia o nome da música!

- Ryo (J-Station): Se encontrar duas músicas de nomes iguais, mas artistas diferentes, tem duas possibilidades - ou é cover ou é diferente. Minha surpresa, acredite, foi com "Gimmick Game" - pensei que Nana Mizuki tivesse feito cover da música do Ninomiya (que eu já tinha ouvido antes), mas quando fui ouvir a música dela, era completamente diferente! Mas também me surpreendi quando ouvi pela primeira vez a música "It's Only Love" do Masaharu Fukuyama, achando que fosse uma cover de uma música dos Beatles, mas não era...

- Isa-chan, só eu e você sabemos a história de "Gimmick Game" ha, ha, ha! Lembro que eu perguntei pra você se sabia de alguma música de nome igual mas conteúdo diferente, e imediatamente você me fala "Niji"!! Outra música que lembrei só depois que postei foi "Hello Goodbye", que é música dos Beatles e também música solo do Masaki Aiba (o seu ichi), e vai ficar pra uma segunda parte, porque com o tempo vou acabar descobrindo mais...


O Tempo Passa... Seguiremos Adiante!!! (14 de Dezembro de 2011)


- Priscila Novelini, é verdade: fazem SEIS anos que eu mantenho esse Empório no ar, em funcionamento mais ou menos, porque desde outubro que parece que desandei um pouquinho (demais) e ficou quase às moscas, mas a partir de agora, se tudo der certo mesmo, voltarei a carga total! Ainda mais chegando final de ano, temos o Kouhaku Utagassen, e espero eu conseguir fazer uma postagem decente, igual a do ano passado, o que eu acho que vai ser meio difícil, mas farei o possível para divertir e entreter os fiéis leitores (ou leitores fiéis, tanto faz)!!

- Andréia Inoue (Papiando): E pensar que criei esse blog por puro entretenimento, mas a medida que fui descobrindo algumas coisas e curiosidades, quis dividir com outros. E nada melhor que blog para divulgar e compartilhar o que a gente sabe (ou não), tanto que ganhei muitos seguidores e ganhei muitas trocas de informações por meio de outros blogs e inclusive Twitter, o que ultimamente estou mais no Twitter do que no blog. Apesar de dois ou três meses pra cá minha frequência de postagens diminuiu drasticamente por uma série de fatores, agora estou aos poucos voltando a meu ritmo normal. Eu também ganho muito com minhas postagens - a alegria e troca de informações de leitores!!!

- Romina (Bah Blog): Tadinho do meu Empóriozinho, ainda nem entrou no Jardim da Infância... Mas eu mesma fiquei surpresa por eu manter tanto tempo no ar, nem que seja para postar um "oi, ainda estou viva". Quando revejo algumas postagens antigas, percebo o quanto eu descobri nesse mundo. Descobri muitas novidades, muitas curiosidades e muita gente boa! Mesmo nas dificuldades, nas tristezas e nas alegrias, felizmente ainda mantive a esperança de melhorar tanto profissionalmente como pessoa. E tenho que agradecer muito a vocês, leitores, comentaristas e também blogueiros. E que venham mais seis anos!!!

- Isa-chan: Até parece que foi ontem que fiz minha primeira postagem, né? Mas aos poucos fui aumentando a medida que fui descobrindo o que seria de interessante para compartilhar com as demais pessoas. Nosso way of life no Japão, o dia a dia, música, entretenimento, culinária (ops! Preciso fazer logo o bendito do rocambole de maçã e o katayakisoba ankake devida e hilariamente ilustrada!) e outras coisas que vou achando interessante e postando. E é claro que continuaremos juntas por muito mais tempo, sim! Pensam que ficarão livres de mim tão cedo? Eh, eh, eh...

Vinte e Cinco de Dezembro (25 de dezembro de 2011)


- Felipe e Romina, desejo-lhes um Feliz Natal (atrasado, eu sei), mas que mantemos a chama da esperança acesa para muitos e muitos Natais, e que essa chama nunca se apague mesmo diante das dificuldades!

Sobre meu trabalho, Romina, como disse, explicarei no decorrer das postagens, apesar de ser um trabalho bem exaustivo, já tracei metas a serem cumpridas no ano que vem pra ontem!!!


Agradeço muito o apoio e carinho de todos os leitores que comentam (ou não, mas sei que visitam sempre) neste pobre mas limpinho Empório!

Ainda vocês podem me encontrar dando meus surtos no twitter: @kiyomiiwasaki (detalhe: eu mudei meu avatar, que antes era um porquinho rosa de óculos, por uma foto de mim mesma e "bem acompanhada", se me entenderam)...

Sunday, December 25, 2011

Vinte e Cinco de Dezembro!



Passando rapidinho, mas nunca esquecendo da data porque mesmo estando do outro lado do mundo e sendo um dia "qualquer", não posso deixar de desejar paz e felicidades para todos que me acompanham, me apoiam e me aturam também!


Feliz Natal para todos!!!

Quanto as minhas postagens e respostas, eu ainda farei nesta semana, depois eu explico melhor no decorrer desta semana! 

Fotos: fanart via pixiv do meu tumblr. Da árvore, foto da autora na loja de departamentos Hankyu, que fica em Center Minami (Yokohama). Ficou meio longe porque fotografei do celular...

Wednesday, December 14, 2011

O Tempo Passa... Seguiremos adiante!!!

Costumo dizer quase sempre que, quando meu dignissimo kinguio faz aniversário (em junho), nossa! Já estamos na metade do ano! Pior quando chega o meu aniversário, digo - caramba!!! O ano já acabou!

E quando menos se espera, chegamos em dezembro e faltam dezessete dias para acabar o ano!

E com tudo isso, fui lembrar que este mês este sítio - agora Empório - acabou de completar SEIS anos! Sim, minha gente! Seis anos de postagens, apesar que desde outubro anda em ritmo de tartaruga, mas espero mesmo que daqui por diante eu volte as atividades normais, com as novidades, curiosidades, fotos e tudo o mais, que os amados leitores fiéis gostam.

Nesses seis anos, dividimos alegrias, tristezas, raivas, risos, curiosidades, besteiras, culturas inúteis e úteis, receitas deliciosas, gostos suspeitos...

E espero que daqui por diante também eu continue melhorando nas postagens, para alegrar os leitores, porque são vocês, leitores, que fazem este lugar ser um dos mais felizes na face da blogosfera e tenho que retribuir a altura, porque eu também sou leitora de muitos blogs que existem!

Muito obrigada, queridos leitores!

(Ok, o bolinho tinha que ser um porquinho, que caracterizou o meu avatar, mas como não tinha...)

Tuesday, December 13, 2011

Somente O Nome é Igual, porque o Recheio...

... e eu achei que Masaharu Fukuyama havia feito cover de uma música pouco conhecida dos Beatles...

Quem tinha lido minhas postagens sobre capas de álbuns que um pode ter copiado do outro seja para homenagear ou parodiar (ou também tem a alternativa de que "juro que não sabia", mas duvido quem acredite), de uns tempos para cá, reparei em nomes de música também, muito embora o título seja igual, mas a música é completamente diferente.

Sim, eu parei para me perguntar "será que foi falta de criatividade na hora de pôr título na música ou foi pra confundir e vender mais?", porque eu já cheguei a comprar single achando que a pessoa fez uma versão diferente da música que eu conhecia, mas no fim...

Em música brasileira, eu não lembro se teve artista que tem música com título igual mas o conteúdo é totalmente diferente, mas como eu ouço mais j-pop e música em outra língua estrangeira, eu não tive como evitar de fazer essa comparação - besta, eu sei, mas não deixa de ser muito curiosa. E também tem título de música que a gente lê na pressa e pensa que é, mas quando para pra ler melhor... ops! Por uma palavra ou alguma letra pensou que fosse!

Desconheço também se em caso de direitos autorais, um artista poderia processar outro por fazer uma música com título igual, mas como o conteúdo da letra e melodia são totalmente diferentes, eu acredito que não teria problema. Nem daria pra dizer que um plagiou outro, mas que pode confundir muita gente leiga, como eu, isso eu tenho certeza.

Vou exemplificar pelo menos alguns casos que eu lembro no mundo internacional, ouvindo (e pesquisando) nas minhas idas aos Tower Records da vida... Mas não vou disponibilizar as músicas aqui porque tenho meus motivos (primeiro: retiram rapidinho do ar e segundo: tive um post excluído justamente por causa disso), portanto, minha gente, se quiserem ouvir, por favor, procurem no óraculo ou qualquer site de busca.

Títulos iguais, mas conteúdo nada a ver...


1 - "All My Loving".
Obviamente muita gente conhece a famosa música dos Beatles de 1963, do álbum "With The Beatles" e que ganhou versão em português no tempo da Jovem Guarda como "Feche os Olhos", mas quem estiver no Japão há muito mais tempo que eu, vai lembrar do single do mesmo nome de Masaharu Fukuyama. Embora os títulos são iguais, o conteúdo, claro, é bem diferente. Mas a música de Fukuyama não ficou muito conhecida, porque a música que seria o "lado B" do single fez mais sucesso - "Koibito" (恋人). O mais engraçado é que ambas as músicas do Masaharu foram usadas para o comercial da Panasonic, mas só a segunda música o público conhece mais!

2 - "Good Night".
Novamente outra música dos Beatles, mas essa pouca gente conhece, por ser a última música do álbum duplo "The Beatles" (ou "Album Branco"), cantada por Ringo Starr, em 1968 e tem uma gravação rara dos Carpenters em 1969 para um programa de rádio. Vinte e cinco anos depois, Masaharu Fukuyama lançou um single com o mesmo nome e fez sucesso. A diferença, seria que, enquanto a dos Beatles seria um tipo de canção de ninar, a do Fukuyama seria uma balada de despedida de um amor, que foi usada para o j-dorama de 1992 "Ai o douda", protagonizada pelo cantor.

3 - "It's Only Love".
Olha novamente coincidência! Em 1965, no álbum "Help!", dos Beatles, essa música era do lado "B" do original, uma balada sobre timidez, por John Lennon, que passou meio despercebida na época (porque em . Quase trinta anos depois, lá vem Masaharu Fukuyama lançar um single com o mesmo nome, mas seria uma declaração de amor. Foi usada num comercial de café enlatado...

4 - "Happiness"
Em 2000, o quarteto de visual key (muito embora atualmente nem sejam tanto assim) GLAY, fez tremendo sucesso com essa música, ainda com o subtítulo "Winter Mix", porque, claro, lançaram no inverno. Em 2006, o cantor Hideaki Tokunaga também lançou um single com mesmo nome. Em 2007, o quinteto Arashi também (foi tema de encerramento do dorama "Yamada Taro Monogatari"e o PV é um dos mais divertidos e alegres que se viu). Mas claro que o conteúdo difere e como, tanto que o título da música do GLAY é escrita em caixa alta ("HAPPINESS ~ WINTER MIX").


5 - "One Love"
No álbum "Carpenters", de 1971, "One Love" seria uma balada escrita por Richard Carpenter e John Bettis, mas não era muito tocada devido aos sucessos que levaram a dupla de irmãos - Richard e Karen - a ganhar o Grammy de Melhor Grupo Contemporâneo de Musica Pop em 1972, como "Rainy Days and Mondays" e "Superstar". Mas uma música com o mesmo nome, mas com conteúdo diferente, foi do Arashi, em 2008, como tema de encerramento do filme "Hana Yori Dango". "One Love" também foi nome do álbum do quarteto GLAY em 2001.

6 - "Mermaid"
Em 2001, no álbum "ONE LOVE", o quarteto GLAY conseguiu ganhar o platina duplo pelas vendagens do single, que seria um hard rock, em contraste ao single anterior "HAPPINESS ~Winter Mix~" que era uma balada. Em 2007, o quinteto SMAP lançou a música "Mermaid" como música tema para a TV Asahi na divulgação do campeonato mundial de natação no mesmo ano. A música não saiu em single, somente no álbum "super.modern.artistic.performance" no ano seguinte.

7 - "Best Friend"
Em 1992, no single "Makenruna Baby! ~ Never Give Up" do quinteto SMAP, tinha a segunda música que acabou sendo utilizada para o programa da NHK "Minna no Uta" - "Best Friend", que fala sobre amizade. Até hoje o quinteto reluta em lançar em single como principal, muito embora faça sucesso - ninguém consegue cantar ao vivo sem chorar (motivo que já havia explicado - era a música favorita de Katsuyuki Mori, que saiu do grupo em 1996 para ser piloto profissional de motos, e quando cantaram na despedida, foi uma choradeira só). Existem mais duas músicas famosas com o mesmo título, mas conteúdo diferente - da dupla Kiroro (2001) e da cantora Kana Nishino (2010).

8 - "Butterfly"
Existem várias músicas e álbuns com o mesmo nome, mas citarei três conhecidas... A primeira, de 1997, faz parte do álbum "Su", do quinteto SMAP, no qual cantaram algumas vezes no programa semanal. A outra, seria da cantora Kumi Koda, de 2005, que foi tema do dorama "Cosme no Majou 2" e devido ao sucesso, foi o ano em que Koda foi ao Kouhaku Utagassen pela primeira vez (o promotion video é bem o estilo da Koda, sensual e colorido). A terceira música de nome igual, mas conteúdo diferente, seria da Kaela Kimura, em 2010, que foi utilizada para o comercial da empresa Recruit, para a revista "Zexy", especializada para casamentos. Tanto que naquele ano, a música de Kimura foi eleita como uma das músicas ideais para cerimônias matrimoniais - porque o tema da música era sobre união.

9 - "Arigatou"
Uma palavra obrigatória no nosso dia a dia, virou título para muita música, mas podemos destacar pelo menos duas que fizeram sucesso - a versão do SMAP (2006), que foi para comemorarem quinze anos de carreira. Foi tema de encerramento do j-dorama "Boku no Aruku Michi", protagonizado por Tsuyoshi Kusanagi, lançado somente em single (e foi lançado no recente CD "SMAP AID"). A outra música de mesmo nome mas conteúdo diferente, é ao trio ikimonogakari, que foi tema do asadora da NHK e sucesso em 2010 "Ge Ge Ge no Nyoubo".

10 - "Niji"
Em japonês, arco iris. Também um nome de música que existe muito conteúdo diferente, mas eu particularmente conheço quatro músicas de nome igual mas conteúdo diferente - do quarteto L'Arc~en~Ciel (banda que começou como visual-kei e continua na ativa, com VINTE anos de estrada!), da dupla Yuzu (em 2009 foi utilizada como música de fundo para a companhia de seguros Nihon Seimei), do Masaharu Fukuyama (em 2003 foi tema de encerramento do j-dorama "Water Boys") e do solo de Kazunari Ninomiya (álbum do Arashi "Time", de 2007, onde ao vivo, Ninomiya toca piano).

11 - "Gimmick Game"
Tradução literal seria "jogo hábil". E essa música só quem entende mesmo de j-pop, porque é um título curioso e jurava que seria impossível ter alguma música de nome igual (com conteúdo diferente). A música em questão, seria uma das músicas solo de Kazunari Ninomiya (Arashi) no álbum "Dream 'A' Live", de 23 de abril de 2008. Só que eu nunca imaginei que teria uma música de mesmo nome com a cantora Nana Mizuki, que está no álbum dela "ULTIMATE DIAMOND", que lançou em 3 de junho de 2009 e foi tema de um anime - "Card Gakuen". Houve gente que pensou que Nana havia feito cover da música do Nino (já que ele lançou bem antes). Mas são músicas completamente diferentes e compostas por pessoas diferentes, claro (do Arashi, a composição é do próprio Ninomiya; da Nana, seria de Hibiki).

Eis uma amostra do que eu lembrei no momento. Eu sei que devem ter dezenas de milhares de músicas que têm o mesmo nome mas com conteúdo diferente, mas fica difícil de lembrar e comentar de tudo, certo? Mas se souberem de alguma, podem falar nos comentários ou no twiiter (@kiyomiiwasaki). Detalhe: NAO pode ser cover...

Sunday, December 04, 2011

Roteiro Gastronômico: China House Keikarou


Fazia um bom tempo que eu não postava nada sobre minhas idas a restaurantes, lanchonetes, ou cafeterias diferentes, mas devido a alguns contratempos, passei a frequentar tais lugares de vez em quando, se não uma vez por mês (e outros 29 ou 30 dias tentando improvisar na cozinha). E quando vou, normalmente com muito mais gente, porque ir almoçar, jantar ou tomar café sozinha não tem a menor graça.

No dia 26, fui com mais cinco meninas que conhecemo-nos no twitter e me convidaram para almoçar em um restaurante que servia comida chinesa, bater perna em Harajuku, ir ao cinema em Shibuya e jantar curry. Quando falaram o nome do restaurante, eu sabia que estaríamos indo na sorte, porque o lugar, de muitos anos para cá, chega a receber mais de 300 clientes por dia de funcionamento. Eu vou explicar depois o motivo.

O restaurante fica a duas ou três quadras da estação de Makuhari Hongo (linhas Sobu JR e Keisei), num lugar residencial e tranquilo da cidade de Chiba, distrito de Hanamigawa. Na verdade, necessita fazer reserva, a não ser que queiram se dispôr a acordar de madrugada e estar plantada na entrada do restaurante até abrir e ir na sorte, como disse. Se conseguir almoçar (ou jantar), muito bem. Mas aconselho mesmo fazer reserva com um mês de antecedência. E se for, melhor irem em grupo acima de quatro pessoas (estávamos em seis e mesmo assim fomos divididas em grupos de três). O tempo na fila de espera voa, conversando sobre qualquer coisa. Inclusive comida.


O restaurante existe em Chiba desde 1986, servindo comida chinesa. Mas quem olhar a fachada do restaurante, não tem absolutamente nada que lembre a China, exceto a comida.

Depois de três horas esperando na fila, conseguimos lugares, mas antes devidamente atendidas pelos funcionários do estabelecimento, pedindo desculpas pelo inconveniente, entregando o menu (bilingue japonês e inglês), anotando os pedidos para que a cozinha agilizasse no preparo dos pratos e também explicando o "menu do dia", com a devida paciência, educação e pedindo desculpas.

Apesar da grande variedade de pratos da culinária chinesa, na verdade eu e mais duas amigas escolhemos o "menu do dia" (ou "Honjitsu Lunch"), que consistia de arroz, salada, bolinhos de carne com ankake (tipo de caldo espesso com legumes e cogumelos), renkon manju (bolinho cozido com recheio de flor de lótus), sopa de milho e sobremesa - pudim de coco ralado com abricot. Como uma delas queria comer maabodofu (cozido de carne moída, legumes e tofu, mas é apimentado pra caramba) e outra além do honjitsu lunch, queria karagee (frango frito) e gyoza, resolvemos dividir os pratos também.


A salada era simples, tempero bem suave. A sopa de milho era feita na hora, bem espessa, até dava para sentir os grãos (rs). Para o paladar dos brasileiros e outros estrangeiros, podem achar estranho o gosto da sopa, pois o milho daqui é mais doce que a gente conhece. Mas eu gosto.

Maabodofu - prato da culinária chinesa, feito a base de tofu (soja), com calda feita de legumes picadinhos e cogumelo, num molho que é BEM apimentado. Experimentei, e se não fosse o fato de eu não ser muito chegada a comida extremamente condimentada, eu teria gostado mais.

 Suigyoza - pastéis feito com massa de farinha e água, recheados com uma pasta feita de carne moída, nira (um tipo de cebolinha), cebola e cozidos no vapor ou na água. Foi servido num molho com cebola picada e ra-shuu, a base de pimenta e gergelim (sim, o molho também é bem picante).

 A salada que vem no Honjitsu Menu, ou prato do dia, com molho rose, bem suave para paladares delicados como o da autora aqui.

Bolinhos de carne (nikudango) com ankake (tipo de molho feito a base de maizena, condimentos, incluindo acelga, cogumelo, kombu, komatsu). Parecem pequenos, mas os bolinhos eram, pelo menos, três vezes maiores do que uma almondega que a gente conhece por aí. 

 Karage - sobrecoxa de frango picado, empanado e frito. Mesmo em três pessoas, acredita que a gente quase não conseguiu comer tudo? O molho ao lado é catchup.

A sobremesa - feita pelo filho mais novo dos proprietários - era pudim de coco ralado com abricot (ou anzu). Parece ser maria-mole, mas a consistência era de mousse. Quando comentei no Ohmiya Lovers sobre a sobremesa, pensaram que a fruta era inclusa DENTRO do pudim, mas era complemento da sobremesa...

O lugar não é tão grande - comporta cerca de 30 a 50 pessoas. Nos fundos, tem uma outra sala para quem for reservar para festas, com mais de dez pessoas. Mas o ambiente é simples, claro e parece ser amplo, devido ao pé direito da casa ser bem alto. Existem mesas para duas e quatro pessoas. Se for casal, bem, tem que negociar com seu cara-metade se encara duas a três horas de espera...

O restaurante também vende lembrancinhas com o logotipo da casa, como strap para celulares, enfeites para bolsas e também biscoitos de caramelo e de milho, feitos no próprio local.

A dona do restaurante costuma atender pessoalmente os clientes e ficar no caixa. Mas infelizmente não pude fotografá-la (porque na verdade nem pode), mas deu para agradecer pelo atendimento, porque nem dava para ficar tanto tempo por causa da fila. Mas fiquei de voltar novamente, trazendo o digníssimo (e quem mais quiser) a tiracolo, nem que tenhamos que passar a madrugada na fila de espera.

China House Keikarou
Acesso: Cinco minutos a pé da estação Makuhari Hongo da Linha Chuo-Sobu JR ou Keisei Line.
Horário de atendimento: almoço - 11:00 as 14:45. Jantar - 17:00 as 21:00.
Folgas: todas as quartas-feiras e nos três primeiras quintas-feiras do mês, mas melhor consultar por telefone ou no site oficial.
Preço: Honjitsu Lunch - 1000 ienes por pessoa. Mas os preços variam conforme o prato ou combinação desejada.
Tem estacionamento (nove lugares).
Home Page Oficial: http://www.keikarou.com/

Agora vou explicar o motivo porque o local de alguns anos para cá ficou muito frequentado...

O restaurante pertence aos pais de Masaki Aiba (do quinteto Arashi), que nasceu em Chiba. Devido a popularidade do grupo ter aumentado, o movimento do restaurante também aumentou, e geralmente quem estão vindo seriam fãs do grupo, na esperança de encontrar um deles no local (o que seria muito difícil). Apesar do grande movimento, as fãs não tumultuam o local, mesmo porque como eu disse, o restaurante fica bem em um bairro residencial de Hanamigawa.

Quem atende os clientes no restaurante e fica no caixa, seria a mãe dele, a sra. Michiyo Aiba. E realmente - Masaki herdou tudo dela, tamanha a semelhança física entre os dois, inclusive o inconfundível sorriso que é a característica dele.

Felizmente pode-se fotografar o interior do restaurante, desde que não fotografe os funcionários nem os frequentadores (motivos de privacidade, compreensível). Entre quadros de paisagens fotografados pela sra. Michiyo, inclui quadros e presentes de fãs e das empresas em que Masaki Aiba participa em comerciais - seja junto com Arashi, ou separado.

Réplica do boeing da Japan Airlines do verão de 2011, na promoção do álbum "Beautiful World". A própria JAL quem deu a réplica para a família de Aiba.
Na entrada do estabelecimento - a macaquinha de estimação que é símbolo do restaurante; a caneca do bar "Lapin", onde se ambientava o último j-dorama de Aiba - "Bartender" - e a coqueteleira. No fundo, Masaki.com, quadro que possui no programa de sábado pela Nippon Television - o Shimura Dobutsuen (ou Shimura Zoo - desnecessário dizer que Aiba adora animais). E a réplica da combinação que fez no último Mannequin Five no programa semanal "Himitsu no Arashi-chan!", que ganhou o terceiro lugar.
 Quadro parabenizando pelos 25 anos do estabelecimento. Fica ao lado do caixa.

 O nome de Masaki Aiba em kanji, mas em caligrafia ilustrativa - presente de fã (este quadro estava atrás de onde eu estava sentada)
E visitantes ilustres frequentaram (e frequentam) o lugar e fizeram questão de deixar registrado. (Pela data - foi no aniversário de 18 anos de Masaki Aiba)

Fotos: todas elas tiradas pela autora.

Saturday, December 03, 2011

O 62o. Kouhaku Utagassen



Coletiva de imprensa quando foram anunciados os representantes das Equipes Vermelha e Branca - da esquerda pra direita - Mao Inoue, Satoshi Ohno, Sho Sakurai, Kazunari Ninomiya, Masaki Aiba e Jun Matsumoto.

O 62o. Kouhaku Utagassen - Hana Yori Dango Feelings?


Quando chega meados de outubro e novembro, muitos expectadores - especialmente AS mais jovens - aguardam quem serão os representantes das equipes brancas (Shirogumi, onde apresentam-se cantores ou grupos cuja predominância seria masculina) e vermelhas (Akagumi, onde apresentam-se cantoras ou grupos cuja predominância seria feminina). Ultimamente a representante do Akagumi estaria sendo uma atriz que fez algum dorama pela emissora NHK, seja no asadora (dorama matinal) ou no taiga dorama (dorama de época, que passa aos domingos), talvez exceção feita tenha sido em 2008, com Yukie Nakama que tinha sido destaque no filme "Watashi ha Kai ni Naritai", junto com Masahiro Nakai, que protagonizou o filme e foi representante do Shirogumi naquele ano.

Ano passado, a atriz Nao Matsushima foi representante do Akagumi devido ao sucesso do asadora "Gegege no Nyoubo", fazendo o papel da esposa do mangaka Shigeru Mizuki, interpretado por Osamu Mukai. E representando o Shirogumi, pela primeira vez na história do Kouhaku Utagassen, foi um grupo completo (e não grupo formado na hora, como aconteceu em 2007), o quinteto Arashi (com o quinteto SMAP auxiliando durante o programa, tal como eu fiz uma postagem aqui).

Ao anunciarem quem iria representar as equipes branca e vermelha (cores do Kouhaku, que também seriam as cores da bandeira japonesa), foram inevitáveis os comentários de que seria "a volta de 'Hana Yori Dango'", ou "Makino e Doumyoji juntos novamente" e por aí vai. Explicando: Mao Inoue, que foi a protagonista do asadora "Ohisama", foi a Tsukuji Makino, e Jun Matsumoto (Arashi) foi Tsukasa Domyoji, que acabaram por ser o par romântico das duas séries e o filme.

O que levaram a produção do Kouhaku Utagassen este ano a chamarem Mao Inoue e Arashi para representarem o Akagumi e o Shirogumi, foram os fatos de que Inoue era protagonista do asadora da emissora de boa audiência "Ohisama" e que Arashi é o grupo de maior popularidade e representante de várias campanhas de estímulo ao turismo japonês, incluindo, claro, as músicas que animam qualquer platéia (pra exemplificar: a música "Hatenai Sora" foi a mais pedida depois do terremoto de Tohoku).

Além disso, o que o público fica ansioso em saber, quem vai comparecer para o evento, pois o Kouhaku Utagassen seria o evento máximo da virada do ano japonês - mesmo ultimamente tendo que batalhar para a audiência manter nos 40% pois outras emissoras resolveram incluir luta livre, campeonatos de K-1 e alguns Countdown Music Live no meio (ano passado, o "Countdown Music TV" da emissora TBS teve artistas que também estavam no Kouhaku. Quem tinha se apresentado antes, deu tempo para sair da NHK Hall e ir para Akasaka, onde ficam os estúdios da TBS, mas Masahiro Nakai teve que apresentar o programa no meio do caminho, pois o grupo SMAP, a qual pertence, foi o último a se apresentar no Kouhaku e nem ficou pra saber quem tinha ganho e justo naquele ano foi ser o apresentador do programa da TBS) e o Countdown do Johnny's (TOKIO e NYC conseguiram chegar antes no Tokyo Dome porque apresentaram-se do começo pro meio, mas o Arashi teve que se apresentar no terraço do NHK Hall porque foram os apresentadores do Kouhaku).

Quando a lista dos prováveis candidatos a comparecer no evento saiu na imprensa, alguns nomes eram óbvios, outros foram surpresa e outros... bem, melhor nem comentar...

A Lista Provisória quando saiu em 12 de Novembro (via Oricon Style, by The Doramas e Yukari, do Ohmiya Lovers):


Equipe Branca (ou Shirogumi):

- Akikawa Masafumi
- Arashi
- Inawashirokosu
- NYC
- Kanjani 8
- SMAP
- Jang Geun Suk
- TOKIO
- Tokunaga Hideaki
- AAA
- Naoto Inti Raymi
- Nagabuchi Tsuyoshi
- Hirai Ken
- Fukuyama Masaharu
- flumpool
- Pornograffitti
- Yuzu

Equipe Vermelha (ou Akagumi):


- aiko
- Ashida Mana e Fuku Suzuki
- Angela Aki
- ikimonogakari
- AKB48
- KARA
- Koda Kumi
- JUJU
- Shojo Jidai
- Dreams Come True
- Natsukawa Rimi
- Nishino Kana
- PERFUME
- Hamasaki Ayumi
- Hirahara Ayaka
- Mizuki Nana
- Moriyama Ryoko
- Matsuda Seiko
- Matsutoya Yumi
- Lady GaGa

Como a lista era apenas uma previsão, e a Oricon Sytle dá muito enfâse para a música pop (por isso que artistas enka não constam na lista) a lista definitiva de quem comparecerá no evento sairia somente no dia 30 de novembro, ao vivo pelo streaming da emissora NHK, no site oficial do Kouhaku Utagassen, mas a lista da Oricon foi o suficiente para sair uma boa guerra de ânimos nos comentários de muitos fóruns e no twitter.

No dia 30 de novembro, as 16 horas do Japão, foi dada a lista definitiva de quem compareceria no evento. Muitos eram óbvios, outros, foram surpresa. E muitos disseram que foi merecida, por darem destaque aos músicos nascidos nas províncias atingidas pelo terremoto de 11 de março (Miyagi, Fukushima e Iwate), tanto que o tema deste ano seria sobre renovação.

Lista DEFINITIVA dos participantes do 62o. Kouhaku Utagassen em 31 de Dezembro de 2011:
(Entre parênteses, o número de vezes que participaram, incluindo o evento deste ano - fonte: The Doramas)

Novos participantes do 62o. Kouhaku Utagassen, na coletiva de imprensa em 30 de novembro - da esquerda pra direita - Shoujo Jidai (as seis primeiras), Sayaka Kanda, KARA (três das cinco membros), Inawashirokosu. Na frente, Fuku Suzuki e Mana Ashida.


Equipe Branca (Shirogumi):

- Akikawa Masafumi (4)
- Arashi (3)
- Itsuki Hiroshi (41)
- Inawashirokosu (1)
- EXILE (7)
- NYC (3)
- Kitajima Saburo (48)
- Go Hiromi (24)
- Suzuki Fuku (1)
- SMAP (19)
- Sen Masao (16)
- Tohoshinki (3)
- TOKIO (18)
- Tokunaga Hideaki (6)
- AAA (2)
- Nagabuchi Tsuyoshi (3)
- Nishida Toshiyuki (4)
- Hikawa Kiyoshi (12)
- Hirai Ken (7)
- FUNKY MONKEY BABYS (3)
- Fukuyama Masaharu (4)
- flumpool (3)
- Hosokawa Takashi (35)
- Pornograffitti (10)
- Mori Shinichi (44)
- Yuzu (4)
- L'Arc~en~Ciel (5)

Equipe Vermelha (Akagumi):


-  aiko (10)
- Ashida Mana (1)
- Ayaka (5)
- Angela Aki (6)
- ikimonogakari (4)
- Ishikawa Sayuri (34)
- AKB48 (4)
- KARA (1)
- Kawanaka Miyuki (24)
- Kanda Sayaka (1)
- Koda Kumi (7)
- Godai Natsuko (18)
- Kobayashi Sachiko (33)
- Sakamoto Fuyumi (23)
- Shiina Ringo (1)
- Shoujo Jidai (1)
- Tendo Yoshimi (16)
- Natsukawa Rimi (6)
- Nishino Kana (2)
- PERFUME (4)
- Hamasaki Ayumi (13)
- Hirahara Ayaka (8)
- Fuji Ayako (17)
- Matsuda Seiko (16)
- Matsutoya Yumi (2)
- Mizuki Nana (3)
- Mizumori Kaori (9)
- Wada Akiko (35)

Mais sobre o 62o. Kouhaku Utagassen, durante o mês de dezembro neste Empório, comentando sobre artistas, algumas curiosidades e motivo de porquê tal artista ter comparecido e os "injustiçados".

Friday, December 02, 2011

Sessão Pipoca: "Kamisama no Karute"


Na cidade de Matsumoto (província de Nagano), o Hospital Honjo funciona 24 horas durante 365 dias, sem descanso, pois era um dos poucos hospitais que poderia comportar pacientes de vários lugares e com vários problemas, desde um simples corte no dedo até caso de vida ou morte.

Era a rotina dos médicos que trabalhavam na ala de emergência - quase sem descanso, correndo entre uma maca e outra e fazendo o (im)possível para atender todos, inclusive os que chegavam na extrema urgência.

Um dos médicos que foi transferido de uma hora pra outra da ala de clínico geral para emergência, Ichito Kurihara, trabalhava incansavelmente, chegando a ficar três dias sem dormir devido ao grande número de pacientes que tinha que atender na emergência e também como clínico geral.

Kurihara pensa em pedir transferência para um outro hospital, numa melhor posição, mas como o Hospital Honjo tem uma falta constante de contingente médico e tem uma certa familiaridade no tratamento de seus pacientes, reluta entre mudar para melhorar de vida ou ficar por causa do contato humano. Conta com sua esposa, a fotógrafa Haruna.

O casal Kurihara dividia um casa - bem no estilo antigo - com o artista plástico "Danshuku" e o universitário "Gakushi" (nunca souberam os nomes reais). Entre refeições e bebedeiras, conversavam sobre a vida, sobre aspirações e desejos.

Em um de seus estágios no Hospital Universitário de Shinano, no qual Kurihara e seu colega e veterano Jiro Sunayama participavam de seminários, conhece uma paciente que está com câncer em estágio final, Yukino Azumino. Kurihara obtém os relatórios médicos dela e tenta enviar uma carta de recomendação para que ela prossiga o tratamento na universidade. Ela acaba fazendo o tratamento no Hospital Honjo porque Azumino sentia que havia "calor humano" no local e que pudesse ter alguma esperança em sua recuperação.

A partir daí, Kurihara começa a repensar no trabalho e na vida. Por mais que quisesse tentar mudar de rotina, o que seria mais importante para ele - trabalhar em um lugar onde os pacientes são tratados como se fizessem parte de uma família ou num lugar frio e que os pacientes seriam meros pacientes?

***********************

O filme foi baseado no best seller de 2010 do mesmo nome, escrito por Sosuke Natsugawa. São dois volumes, mas o diretor Yoshihiro Fukagawa tomou base do primeiro livro. Com Sho Sakurai, Aoi Miyazaki, Mariko Kaga, Jun Kaname, Michiko Kichise, Akira Enomoto, Yoshinori Okada, Taizo Harada.

Curiosidades:

- O filme foi inteiramente filmado na cidade de Matsumoto, província de Nagano.
- Para compôr o personagem Ichito Kurihara, que era um médico, Sho Sakurai teve que visitar alguns hospitais para saber a rotina de um centro cirúrgico, inclusive como fazer uma endoscopia.
- Aoi Miyazaki é mais conhecida por mais fazer filmes do que doramas para a TV. Ficou mais conhecida como Nana Komatsu no filme "NANA". Mas foi bem premiada pelo seu desempenho no taiga dorama "Atsuhime" em 2008.
- Por pouco o filme não foi lançado em 27 de agosto de 2011 devido às declarações do marido de Miyazaki, o também ator Sosuke Takaoka, criticando a Fuji Television por dar mais ênfase aos doramas coreanos. Como as declarações nada tinham a ver com o filme, relevaram o fato.
- A empresa de seguros de saúde Aflac fez uma campanha especial para o filme, já que também o patrocinava - Sakurai e Miyazaki fizeram uma série de comerciais juntos. Atualmente somente Sakurai faz o comercial da empresa.
- Mariko Kaga, que faz Yukino Azumino ficou mais conhecida pelo papel de Kaede Domyoji, mãe de Tsukasa (interpretado por Jun Matsumoto) na série e filme "Hana Yori Dango". E é a terceira vez que contracena com um dos membros do grupo Arashi - apareceu no capítulo 10 no dorama "Haikei Chichiue sama", protagonizado por Kazunari Ninomiya.
- Jun Kaname começou na TV no papel do protagonista da série "Kamen Rider Agito", mas ganhou destaque nos doramas "Boku to Kanojo to Kanojo no Ikiru Michi" (2003), "Good Luck!" (2003), "Ryuusei no Kizuna" (2008), "Ryomaden" (2010). Recentemente, participou de um comercial de sua província natal - Kagawa - como "governador da província de Udon" para promover o turismo local.
- Yoshinori Okada e Sho Sakurai já trabalharam juntos na série e dois filmes de "Kisarazu Cat's Eye". Okada era o esquisito "Ucchie" Uchiyama, que acabava resolvendo todos os casos que surgiam.
- Taizo Harada é um dos membros do trio humorístico Neptune.
- A música tema "Kamisama no Karute" foi tocada pelo pianista Nobuyuki Tsujii. Detalhe: Tsujii é deficiente visual, e mesmo assim, aos 17 anos ganhou um concurso em Varsóvia.


(*) O filme sairá em DVD em 24 de fevereiro de 2012.