Thursday, February 16, 2012

Fase de Reflexão (Ou: Divagando novamente)


Lá vem eu novamente com essas fases...

Certo. Desde o ano passado atravessei algumas fases boas e algumas ruins. Como numa montanha russa, onde existem altos e baixos, teve época que passei uma fase baixa e ruim do caramba, mas felizmente, a curva está sendo cada vez mais ascendente.

Essa fase de transição que eu passo no momento, seria de reflexão, na verdade. Muitas vezes eu me pego pensando no que será o amanhã, sendo que nada espero, nem alimento esperanças. Nem planejo, porque quase todas as vezes que planejo algo, acaba dando errado. Mas o correto seria eu traçar um objetivo e uma meta a ser cumprida, e uma das vezes que fiz isso, foi quando consegui retornar de férias, seis anos atrás.

Pelo jeito vou ter que fazer isso novamente, quem sabe eu levando muito mais à sério eu consiga atingir alguns de meus objetivos?

Os seis meses que fiquei de férias permanentes, levaram-me a concluir que existe muita coisa a ser feita e a ser trabalhada. E quando voltei ao mercado de trabalho, decidi que este ano terei que dar uma guinada de 360 graus na minha vida, mesmo sabendo que vai doer muito, mas existem lições a serem aprendidas. Se eu quiser me reerguer, terei que me esforçar. E muito.

Recuperar o tempo perdido? Desatar nós feitos ou atar as pontas soltas?

Nunca é tarde recomeçar. Na verdade, parti quase do zero. E aos poucos recuperando o que perdi. Mas nunca perdi a esperança de melhorar, nem o ânimo (por mais que eu continue dormindo tarde e acordando mais cedo do que antes). O caminho vai ser árduo, eu sei, mas sei que vou superar muitas dores.

Mesmo que custe noites insones e lágrimas amargas, mas seguirei adiante.

E nada melhor que a família e os melhores amigos para entenderem e apoiarem, nem que seja conversarmos e surtarmos de rir juntos.

O que têm horas que faz uma falta danada...

Foto: via tumblr



5 comments:

  1. Mas uma guinada de 360 graus não faz voltar ao ponto que partiu?

    ReplyDelete
  2. This comment has been removed by the author.

    ReplyDelete
  3. Hugo, depende muito do contexto.
    Pode ser uma volta completa, partindo de onde iniciou, mas dando uma trajetória diferente.
    Abraços!

    ReplyDelete
  4. ola querida,
    posso copiar esse post?
    :D
    eh justamente pelo que estou passando.
    Assim como vc,estou me esforcando muito para atingir objetivos,principalmente no campo profissional.
    um beijao e desejo muita força e confianca para vc.

    ReplyDelete
  5. Oi Kiyomi! Td bem?

    Nossa, sou mais uma passando pela mesma situação!!!

    Mas nada acontece por acaso. Se aconteceu, tem que passar por isso e bola para frente, só não pode desanimar e desistir.

    Tenho passado por uns perrengues dos grandes, mas ao mesmo tempo tenho aprendido muito a valorizar pequenos detalhes e as pessoas que realmente gostam de mim.

    Siga a voz interior e esteja certa de que as coisas se ajeitarão! Ganbatte!!!

    Beijão!
    Denise.

    ReplyDelete