Tuesday, June 05, 2012

Fotografias



Sempre gostei de fotografias, especialmente vê-las, porque, no momento, ainda precisaria aprender e muito a arte de fotografar - porque fotografia não é somente pegar a câmera, bater a foto e pronto. Teria que estar no momento certo, na hora certa e conseguir captar a imagem com a intenção que signifique algo só de olhar para a mesma. Difícil, eu sei, porque quando saio, acabo perdendo alguns momentos que poderiam ser captados numa foto porque esqueço de carregar a câmera na bolsa (isso porque a minha Olympus é velha...). Mas também quando resolvo fotografar, muitas vezes a imagem fica lamentável...



Eu precisaria aprender algumas técnicas e macetes sobre fotografia, arte deveras interessante e eu gosto (mas na verdade, eu não gosto muito de ser fotografada, depende do meu humor oscilante), mas quando tive a oportunidade, em que eu tinha dois amigos no Japão que trabalhavam com isso, eu não tinha tempo nem fundos para fazer o curso. Agora, esses dois amigos meus foram embora, tenho tempo e continuo sem fundos.

"Mas você também precisaria de uma câmera semiprofissional para poder aprender!"

Sim, eu sei. O que me impede também de tentar investir nesta área, seria a falta de um equipamento adequado, por motivos de falta de fundos! Bem que tento levantar alguns trocados, mas todo mês acontece alguma coisa inesperada e adeus economias. Mas jurei que este ano vou ter que me esforçar muito mais para atingir os meus objetivos, nem que tenha que abrir mão de muita coisa.

Voltando... No ano retrasado, fui no Museu de Fotografia em Tóquio, ao lado da estação de Ebisu, onde estava tendo exposição sobre fotojornalismo, promovido pela Asahi Shimbun, centrado nos anos 60. O interessante era que os fotógrafos desta área, arriscavam tudo mesmo para captarem as imagens.

No domingo, fui para o centro de Yokohama, mais especificamente na estação de Nihondoori, onde fica o Housou Library ou Biblioteca de Telecomunicações, dentro do prédio do Yokohama Jouhou Bunka Center ou Centro Cultural e Mídia de Yokohama, no qual está tendo uma exposição de fotos de Katsumi Ohmura.

Ohmura ficou conhecido por ter feito uma exposição na SoHo Gallery em Nova Iorque em 1999, além de ter sido premiado em publicidade. Também foi fotógrafo de artistas, incluindo Masaharu Fukuyama (na coletânea de fotos "Portrait", as fotos em que Fukuyama visita a Gunkanjima (ou Ilha Hashima), que faziam 35 anos que não era aberta ao público. Atualmente, Ohmura trabalha com fotojornalismo, tais como as matérias que fez para o noticiário da Nippon Television, "News ZERO".

Na exposição que está sendo feita em Yokohama (até o dia 16 de julho), Ohmura focou mais o que aconteceu depois do terremoto de Tohoku, em 11 de março de 2011, mostrando também os bastidores do noticiário no momento do ocorrido. E no centro da sala da exposição, um mosaico feito com as fotos que vem tirando desde o início do noticiário, outubro de 2006.

Na saída da sala, tem o logotipo (real) do programa onde pode-se fotografar e um mural para deixar recados. (Obviamente fiz as duas coisas, já que dentro da sala de exposição, foto nem pensar!)
Não resisti, já que podia tirar foto mesmo...

Podem achar estranho, mas eu gosto de ir em eventos e exposições de fotografias. Não tenho ido a muitos ultimamente devido a minha situação atual, em que aos poucos estou tentando superar. E esse do Katsumi Ohmura, fui pelos motivos: 1) Gosto de fotografias; 2) Fica perto de onde moro, e no trecho em que meu passe diário é válido e 3) Gratuito...

Exposição "ZERO Shashinten ~ Katsumi Ohmura in Yokohama", do dia 1/junho a 16 de julho no Yokohama Cultural Media Center, estação Nihondoori da linha Minato Mirai 21. Das 10 as 17 horas, entrada franca.


Fotos: todas da autora, menos a da sala onde tem as fotos, que peguei no Google.


NOTA: As fotos que constam na exposição, seriam além do resultado do terremoto de 11 de março de 2011, a reconstrução das cidades afetadas (Ohmura focou mais em Ishinomaki, uma das cidades mais castigadas da província de Miyagi), fotos de Hiroshima, 66 anos depois da bomba atômica, do mangaka Keiji Nakazawa (autor do best seller "Hadashi no Gen"), o desempenho dos atletas japoneses, como Honda e Kosuke Kitajima, os apresentadores do noticiário, como Nobutaka Murao, Sho Sakurai, Nana Suzue, Mirei Kiritani, Eri Miyamoto, Saki Yagi, entre outros; cantores como a dupla Yuzu, Masaharu Fukuyama, Kyosuke Himuro e Ayaka (motivo desses músicos estarem com fotos na exposição - Yuzu, por ter feito um show gratuito em Miyagi, na praça pública, para 3000 pessoas; Masaharu Fukuyama, além de ter posado para várias fotos para Ohmura, interpretou a música de encerramento do programa em 2009~2011; Kyosuke Himuro interpretou a música de encerramento em 2011; Ayaka interpreta o atual).


Infelizmente não pode tirar uma foto sequer da galeria, exceto o do logotipo.

3 comments:

  1. ué? virou apresentadora do NewsZERO?

    ReplyDelete
  2. Pô o Sho tinha que estar aí para vc tirar foto e depois cair desmaiada no chão! hahahaha ~

    ps. Vc tá magricela!

    ReplyDelete
  3. Ahh, que bacana a exposição! Realmente, faltou o Sho aí, kkkkk (surtada)
    Tb acho exposições de fotografias interessantes, as vezes qdo rola uma legal por aqui em São Paulo e se for gratuita, eu vou tb =D
    Tb gosto de tirar fotos, não costumo carregar minha câmera, mas aí o celular dá conta do recado de vez em qdo. Se bem que o celular muitas vezes não capta aquilo que realmente vemos, e a beleza da imagem acaba por aí mesmo. =(
    Bjos!!

    ReplyDelete