Thursday, June 14, 2012

Inveja





Um dos Sete Pecados Capitais mais comuns para todos (eu acho) seria a inveja. 



Atire a primeira pedra que nunca teve uma pontinha de inveja do(a) seu (sua) colega ao lado que pode ter uma bolsa bacana, um celular de última geração ou conseguir ficar sereno perante ao caos que reina ao redor. 


Nunca neguei que tive uma ponta (ou muito mais) de inveja de pessoas que me acercam. Mas há muito tempo deixei de ter somente inveja e não fazer nada para conseguir. Se eu quisesse ter alguma coisa, que eu me esforçasse em conseguir. 


Bem, é o que eu estou fazendo. 


Quando mudei-me para Yokohama para começar tudo de novo, nove anos atrás, muitas coisas (de bens 
materiais até a mim mesma) fui conseguindo aos poucos, desde que fosse do meu alcance, claro. E para isso, eu fui pesquisando, procurando, tendo informações. Mesmo que poderia "quebrar a cara" com isso, mas nunca vou poder dizer "nunca tentei". Posso sentir inveja de pessoas que são bem sucedidas, que possuem isso ou aquilo, mas se eu não me esforçar em melhorar minha vida, ter alguma coisa que eu quero tanto, sei que vou sentir-me estagnada e frustrada. 


E isso tem que partir de mim mesma. 


Se eu quero melhorar de vida, então eu tenho que me esforçar e estudar, me atualizar, aproveitar o tempo. Sei que ultimamente ando num estado físico e emocional numa lástima, mas estou tentando me manter em pé. Se eu quero ir a tal lugar, então vou procurar saber como fazer, como ir, como se manter. Se eu quero comprar alguma coisa, então trate de fechar a mão e ter recursos para isso. 


Eu sei que a inveja existe em todo o lugar, um inveja o outro, é o ciclo. 


Do meu ponto de vista, se uma pessoa inveja a outra é porque quer ser e não consegue. Ou não tenta. Pode achar que eu esteja falando besteira, mas assim que eu penso. Cada um tem sua opinião, certo? 


Não querendo me convencer (mesmo porque não sou tanto assim), mas sei que muita gente me inveja somente pelo fato de eu estar "do outro lado do mundo", que "moro num lugar onde posso ter acesso a tudo", que "pode ir a shows de artistas famosos" e aí vai. Mas eu digo - nada é fácil e nada se consegue sem sacrifício. E para "ter acesso a tudo", precisa de fundos. E para ter fundos, precisa trabalhar. 


Existem certas coisas que obtive com muito custo. E um pouco de sorte também.


Ilustração: via flickr/google.

3 comments:

  1. eh fato q queria muito estar ai *---*
    mas como vc disse, vc esta ralando muito [ja disse q vc ta magra! me aguarde e em um dia vc recupera esses 15kg facin SHAUOSHAOHE]
    dakara, gambatte ne!

    ReplyDelete
  2. Tb já senti esta pontinha de inveja, mas só quem é próxima a mim sabe o quanto me esforço e me esforcei para alcançar metade do meu objetivo (o objetivo final e fazer minha pós aí)... poxa se eu consegui, outras pessoas podem conseguir é só se esforçar...

    Acho que é normal termos altos e baixos, este ano tá complicado... as coisas parecem não estarem saindo do lugar, mas vamos nos manter em pé, né?

    beijoooo

    ReplyDelete
  3. Sim, sorte são para poucos, mas para aqueles se sempre se esforçam, as coisas chegam.

    Inveja "boa" é bom de vez em qdo, faz vc ter incentivo de ir atrás de objetivos seus. Mas aquela inveja de qualquer coisa de qualquer pessoa, todo o tempo, não é saudável.

    Kisu!

    ReplyDelete