Wednesday, April 03, 2013

Passatempo

Pessoa: "Quer que traga alguma coisa do Brasil?"
Eu: "Ah, não precisa..."
Pessoa: "Aproveita pra pedir alguma coisa que você não encontra aqui, porque depois vai ser difícil de vir pra essas bandas!"
Eu: "Tá bom. Biscoito Passatempo!"
Pessoa: ...

Quase sempre assim: quando alguma amiga minha do Brasil vem pra passear aqui, perguntam pra mim via rede social se eu quero alguma coisa. Já conheci gente que pedia roupa (especialmente roupa íntima, se me entenderam), feijoada enlatada, revistas, salame, mortadela... Mas, quem me conhece muito bem, sabe que eu adoro o biscoito Passatempo.



Explico melhor: o dito biscoito não pode ser comercializado aqui, devido a alguns ingredientes tido como proibidos (talvez o corante ou conservante, vai saber). E se alguém tentou comercializar, no precinho final, ficou mais caro que um copo enorme de frappuccino no Starbucks. 

Por isso, para matar minhas solitárias, ou eu peço pros meus pais enviarem quando preciso de alguma coisa ou prazamiga que vêm passear e aproveitam pra nos encontrarmos. Ah, por favor, nem é um pedido exorbitante! Poderia ser pior. Se eu pedisse salame ou feijoada enlatada, por exemplo.

Nessas alturas do campeonato, vão me dizer: "PQP, Kiyomi, no Japão tem tanto doce gostoso, tanto biscoito, bolacha, chocolate... e vai pedir justo o biscoito Passatempo???" 

Na verdade, meu vício por esse biscoito vem desde que o dito cujo foi lançado no mercado, acho que na época em que eu estava procurando emprego logo depois de eu ter terminado a faculdade. 

Enquanto fazia meus freelas, muitas vezes tinha que ter alguma coisa pra enganar o estômago. Eis que minha mãe comprava biscoitos para eu levar dentro da bolsa e comer quando desse vontade. Aí morava o perigo.

O biscoito Passatempo, quando foi lançado, tinha duas versões: o simples e o recheado. Mas onde estava a diferença? Por que eram decorados com figurinhas (que na época eram personagens da Disney ou do Peanuts)? Por que o recheio era de chocolate que lembrava um pouco o bombom Alpino? Por que não era doce a ponto de ser enjoativo? Ou tudo isso junto?

Sério: eu viciei mesmo nesse biscoito. Quando comecei a trabalhar, chegava a comprar quatro pacotes num dia só e acabava com eles num final de semana, ou enquanto assistia filmes ou estudando.

Mesmo estando aqui, às vezes consigo matar as solitárias quando minhas amigas trazem de presente para mim. Sempre falo: quer me presentear? Traga uma quantidade generosa de pacotes de biscoito Passatempo, que seria a melhor coisa.

Fotos: via google.

7 comments:

  1. Eu enviei uma para o meu japa agora no niver dele.... ele só comentou "os doces do Brasil são doces, né?" hahahahaha ~ no segundo semestre te levo um pacote! ^^

    ReplyDelete
    Replies
    1. Obaaaaa!!! #olhaagordasafadiceae
      Nossa, e eu achava que o biscoito Passatempo fosse MENOS doce! Imagine se o seu japa experimentasse um quindim ou um pudim de leite condensado!!!
      Assim como eu e você sabemos, os doces daqui do Japão são menos doces e enjoativos. Acho que por isso eu consigo comer varios bolos sem enjoar, mas depois a gente acerta as contas com a balança...
      Te aguardando pra depois de junho, hein!
      Beijao!!!

      Delete
  2. Trouxe muito na última viagem, e também paçoca "Amor" , que hoje em dia muito difícil de encontrar no Brasil.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Oi Hugo!
      Todo mundo fala dessa bendita paçoca, mas o que encontrei muito foi a Paçoquita.
      Uma vez comi essa paçoca, mas lembrou-me o famoso "creme de amendoim Campineira". E eu adorava...

      Delete
  3. Já sabe da minha história pelo Face rs... mas é isso mesmo. Aqui ainda não encontrei uma loja brasileira pra ver se eles vendem tb... eu gosto do biscoito passatempo por causa da textura dele, que é diferente de muitos biscoitos. Acho que é pq é feito com leite ninho.

    Kisu!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Hahaha, Ro, eu li! XD
      Bem, no meu caso, amo o biscoito Passatempo porque eu nao acho tão doce como os outros biscoitos do Brasil.
      Tinha um tempo que ate as lojas 100yen shop vendiam biscoito recheado Bono e Negresco, hoje nem se encontra mais...
      Nossa, se encontrar uma na Inglaterra, aproveita. Em Kisa, de vez em quando um caminhao aparece para ver se o pessoal mata as saudades de uma feijoada...

      Delete
  4. Nossa!! Quando eu era criança comprava muito passatempo , mas na hora da divisão era uma briga srsrsr pq eu queria a tartaruga ai minhas primas tbm rsrssr ( bons tempos!)

    Esse biscoito é muito gostoso!

    ReplyDelete