Sunday, September 29, 2013

Wake Me Up When September Ends...

(OK, é o título de uma das músicas de um trio chamado Green Day, e vi essa menção no Twitter quando entramos em setembro...)




Quando o mês de agosto terminou, eu dei um suspiro de alívio, porque foi um mês longo. Tudo bem que mês de 31 dias torna-se longo, mas agosto costuma ser um mês quente, abafado e chega a ser cansativo. Bem, isso que eu tenho essa impressão. E eu não suporto calor.

Aí entramos no mês de setembro, e sabemos que aqui no Japão é época de tufões. E logo chega o outono, onde as folhas mudam de cor e algumas árvores começam a ficar sem elas. E o clima começa a ficar mais ameno.

Antes fossem os tufões que ocasionalmente aparecem por esses lados de onde eu moro, antes fosse a temperatura que despenca de um dia pra outro. Setembro, pra mim, até um tempo atrás, eu lembrava que era o mês que meus grupos e bandas favoritas despontaram pro sucesso; que no Brasil era a primavera... Mas depois de 11 de setembro, tenho que repensar em muita coisa.

Só que recentemente, aconteceram algumas coisas bem desagradáveis que dá vontade de fazer como o título supracitado. Certo que eu tive uma parcela de culpa nisso tudo, mas...

- Por causa de um comentário infeliz que soltei numa rede social, logo em seguida recebi uma mensagem de outra (não cheguei a ler porque recebi no meio da madrugada via celular, e costumo deixar o mesmo ligado para usar como despertador). Mas quando recebi outra mensagem de duas amigas minhas, eu não hesitei em ficar sem dormir e trocarmos mensagens até a hora de eu ir trabalhar. Desnecessrio dizer o estado que fui trabalhar naquele dia.

Neste caso, eu tive uma boa parcela de culpa: deveria ter feito o comentário em mensagem privada. Prova que stalker tem tudo o que é canto. Pior: aquele tipo de stalker que não contente em ler comentário alheio, faz que nem criança de primário: corre pra contar tudo para a professora o que o outro fez.

- Justo quando eu tirei três dias de (merecida) folga, no último dia, quando marquei de ir no evento ajudar uma conhecida minha, o tufão veio com tudo na região, parando trens e alagando onde imaginar. Ainda que consegui chegar por eu ter saído BEM mais cedo de casa, mas imaginando o estrago que o tufão fez em outras regiões.

- Se no mês anterior eu estava trabalhando até nos meus dias de folga, este mês estou mais folgando que trabalhando. Trabalhar com assistência técnica dá nisso: um mês, mesmo não querendo, acaba trabalhando nos dias de folga; noutro, chegamos até a sair mais cedo porque não chegaram as peças...

Falando em redes sociais, lembrei do que a Petit comentou comigo: "Pra que servem as redes sociais senão pra compartilhar o que tu pensa/sente e dar tua opinião?" Se bem que ultimamente, pra mim, as redes sociais se voltam contra todos. Se comento alguma coisa, leva paulada; se discordo, outra paulada; se não opino, fico quieta, novamente outra paulada. Desse jeito assim não dá, então, pra que pertencer a uma rede social?

Daí que eu paro e penso: não existe a liberdade de expressão? Não podemos discordar de certos pontos que logo levamos o rótulo de hater, chegando até a perder a amizade (virtual e até pessoal)? Temos que concordar 100% com tudo para sermos aceitos e ficarmos numa boa?! Existem pontos que eu  não gosto e discordo, mas respeito quem gosta.

Não somos obrigados a gostar de tudo, a concordar com tudo. Temos nossos motivos e pontos de vista diferentes.

Da mesma forma que agora, ninguém é obrigado a concordar 100% de tudo isso que mencionei neste post. Por mais que possam dizer "eu te odeio", ao menos lembrou de mim. Por ora.

Sunday, September 22, 2013

I Don't Want To Spoil the... End of the Movie!!!

(Editado em 22 de Setembro de 2013 bas 8:43 am)

Se existe uma coisa que eu fico revoltada (na hora, porque depois fico chateada), é gente contar o final de um filme que muita gente não assistiu e quer assistir quando sair em DVD pra alugar/vender. Quero dizer, depois que contam o final do filme, mudamos o tempo verbal para "queria assistir"...

- O segredo do final do filme foi quebrado!!!

Ultimamente eu tenho ido ao cinema (mas comentar sobre o filme pra compartilhar com mais gente, que é bom, nada, né dona Kiyo?), mas o filme mais recente que comentei aqui no Empório, foi... "Kamisama no Karute"?!? E foi no ano retrasado ainda por cima...

Depois desse filme ainda fui ver "Strawberry Nights" e "Nazotoki wa Dinner no Ato De ~ The Movie". Eu sei que eu deveria ter ido mais vezes, mas cinema mais perto daqui, fica a meia hora de trem. E risco de não conseguir voltar pra casa, caso eu pegue o Late Show (porque o ingresso custa mais barato neste horário).

Por mais que tenha vontade de contar toooooooooodo o filme, melhor morder a língua e não contar o final, pra deixar a pessoa curiosa e ir assistir pra ter sua opinião. E por aí vai. Bem, exceto filmes baseados em histórias reais, cujos finais a gente já espera (e aí o que ficou interessante foi o desenrolar da história), o resto...

Teve o caso de um filme (não citarei nome) que entrou em cartaz em um certo mês, sendo que desde o ano anterior era largamente comentado. Daí que o dito filme saiu para as locadoras primeiro e pra vender seria dentro de algumas semanas. Ok, eu achei meio estranho, porque seria o contrário, mas vai saber o que as distribuidoras devem estar planejando.

Não me perguntem como, mas teve gente que conseguiu o filme, assistiu e, ao invés de somente comentar "o filme foi bom", "poderia ser melhor", entre outros adjetivos, teve a coragem e cara de pau de postar a caption DO FINAL DO FILME avisando "a cena final do filme". Pô, avisasse "CUIDADO, SPOILER!"

Nem comentei com a pessoa que fez isso porque seria perda de tempo. Ok, não quer ler os comentários? Então fecha o site e tudo bem. Foi que eu fiz, mas comentei no Twitter que sempre tem gente que gosta de estragar tudo (e depois levei esporro dos grandes, ganhando lindos apelidos de invejosa, chata, recalcada daí por diante). Ao menos avisasse que teria spoilers, que a gente fica mais ou menos preparado, porque muitos sites que comentam filmes, avisam (caso que aconteceu comigo: fui pesquisar sobre o anime "Ookami Kodomo no Ame to Yuki" no wiki mesmo, porque eu queria saber sobre a história mais a fundo e... bem que avisaram que tinha spoilers).

E' difícil, mas não é o de hoje que existem pessoas que gostam de contar todo o filme, mesmo sabendo que o outro lado nem sequer lembra o que comeu na semana passada.

Mas, tem o outro lado: existem pessoas também ansiosas pra saber como é o filme, sem se importar em saber o final mesmo não tê-lo assistido. E acabam por assistir mesmo assim. Acontece.

(E como disse, não quer ver spoilers? Clica onde tem o "X" que fica no lado direito da tela, vai comprar um balde de pipoca, passe na locadora e senta pra assistir o filme...)


Sunday, September 15, 2013

5X14

Quem diria que, quando eles surgiram no dia 15 de setembro de 1999, como image sponsor para divulgar o Campeonato Mundial de Voleibol no Japão, muita gente pensou "ah, mais um grupinho que logo cai no esquecimento..."

E ninguém botou muita fé nesses cinco meninos, que passaram bons anos suando (literalmente) para conseguirem algum reconhecimento, fazendo shows em lugares de médio porte (em meados de 2000~2004 conseguir lotar o Yokohama Arena já era um milagre), participando de programas de variedades, fazendo comerciais de refrigerantes e para uma famosa rede mundial de fast food, e dividindo o palco com mais gente da mesma agência no final de ano (mesmo que pra isso tenham que sofrer bullying dos sempais, que na verdade sofrem até hoje)...
Em 2003 uniram o útil ao agradável: ao mesmo tempo que fizeram campanha para um certo refrigerante, a capa do single (versão limitada) de "Hadashi no Mirai" tinha o recorte no formato da garrafa...

Quatorze anos depois, os cinco meninos - que agora estão na casa dos trinta (menos um, porque estacionou nos dezessete) - são os mais populares, lotam grandes estádios, quando lançam um single, logo na primeira semana já atinge um milhão de cópias vendidas, quando protagonizam um dorama na tevê, consegue boa audiência...

"Go-nin o atsumete ~ ARASHI DESU!!!"... 

Apesar da (maldita) agência não permitir certas coisas com eles, serem pessoas difíceis de conseguir uma foto ou um autográfo, eles não se importam de pagar mico, passarem situações vergonhosas (até hilariantemente constrangedoras) e fazer besteiras para divertir o público(e eles mesmos) em seus programas de variedades.

Os dois mais velhos tentando pôr ordem no reinado e... não, pera....

Acredito que por isso os cinco continuam conquistando o público até hoje, com seu carisma, entretenimento, sem medo de serem felizes (mesmo pagando mico, tanto na TV como nos shows...)

Feliz 14o. aniversário, Arashi, e que continuem sendo essas pessoas maravilhosas que trazem alegria para seus fãs (e até quem não são).


Fotos: todas via tumblr, desconheço a autoria.

Saturday, September 14, 2013

Minhas Aquisições de Junho a Agosto...

AVISO: Não estou ganhando nem um tostão para divulgar o que adquiri, mas nós precisamos citar onde conseguimos, quem sabe outras pessoas possam se interessar, não é verdade?

Friday, September 06, 2013

Gente que Desmotiva

Daí que na última segunda-feira, na hora do almoço, eu recebo um e-mail e logo publiquei no Empório (sim, porque os comentários aqui são moderados e como eu só posso usar o aparelho celular antes de entrar no trabalho, no horário do almoço e voltando pra casa, por isso que muitas vezes os comentários demoram para aparecerem no post).