Sunday, February 23, 2014

Mimachi Doori ~ Kisarazu City

Faz um bom tempinho que eu não posto absolutamente NADA da cidade onde agora estou residindo. Um ano, pra ser mais exata.




Na verdade, quando eu folgo, eu acabo indo para outros lugares, porque verdade seja dita: pra quem folga aos domingos e quando dá, durante a semana, ou você tem que dar uma geral no seu lar apertado lar ou descansar. E quando eu saio, vou para a capital, ou Tóquio ou Yokohama.

Num daqueles dias em que resolvi ficar por aqui mesmo, fui dar uma espiada do outro lado da estação de Kisarazu.



De tempo em tempo (não sei dizer se é duas vezes por mês ou mensalmente, nunca parei pra contar), uma associação que fica em Kisarazu, faz exposições de ikebana em uma das saídas da estação. Eu sempre vejo quando atravesso o local para pegar o ônibus que vai para onde trabalho. Na época que tirei as fotos, era final de dezembro, logo os arranjos eram compostos de poinsettia (ou "bico de papagaio"), flor muito usada (pelo menos aqui) no Natal.

Um dia desses vou tentar tirar mais fotos desse mostruário (os arranjos ficam dentro de uma vitrina, por isso que, dependendo do ângulo, acaba refletindo a imagem do lado de fora...).



Mimachi Doori. 

Quem assistiu ao dorama e os dois filmes da série "Kisarazu Cat's Eye", provavelmente vai se lembrar desse bairro. Era um bairro comercial onde tinham várias lojas de roupas, comidas, floricultura, barbearia, loja de quimonos, botecos e casa de fotografia. Digo "era", porque, quem for visitar, vai sentir uma diferença enorme. Já começa pela antiga loja de departamentos Aqua que só não abandonaram de vez porque lá abriga a Agência Pública de Empregos, um karaokê e uma academia. E algumas lojinhas aqui e ali.

Logo que entra nesse bairro, encontramos duas estátuas de tanuki (texugo) recepcionando os visitantes e moradores. 

Devo dizer que a cidade está repleta de estátuas deste simpático animal que seria símbolo de prosperidade e fartura.


Tem um estabelecimento que tem quase todos os souvernires da série a venda. E possui fotos, recortes de jornais, revistas e tudo o que imaginar, da época (o que mais estourou de popularidade foram os dois filmes - "Kisarazu Cat's Eye Nihon Series" e "World Series"). A foto acima traz um mostruário de dois lugares que não existem mais - o bar do Master (ficava perto do terminal Kisarazu-Kaneda, lado oposto de quem vai para o Mitsui Outlet Park) e a famosa barbearia Tabuchi.


Uma visão de quem vai para a estação, da Mimachi Doori. Do lado direito da foto, ficava a barbearia Tabuchi (pra quem não lembra, era o pai do personagem Bussan), hoje restou apenas um terreno vazio.


Uma outra parte do shotengai (que seria uma rua onde abriga muitas lojas e mercadinhos de bairro). Certo que a hora que fotografei, eram oito horas da manhã e muita coisa estava fechada. Se bem que no horário comercial, não muda muito.


A famosa foto do quinteto Kisarazu Cat's Eye (E->D: Hajime "Ucchi" Uchiyama (Takanori Okada), Kisachi "Ani" Sasaki (Takashi Tsukamoto), Kouhei "Bussan" Tabuchi (Junichi Okada), Futoshi "Bambi" Nakagomi (Sho Sakurai) e Shingo "Master" Okabayashi (Ryuta Sato)) na casa de fotos Sasaki (onde eles tiraram várias fotos antes da partida de Bussan). O que está no estabelecimento, é a foto original.


O Sasaki Photo ainda existe, fica no final da Mimachi Doori. Mantém quase a fachada original. Mas uma pena que parece estar abandonada (mesmo em funcionamento).


Diante da Sasaki Photo, uma estátua de tanuki representando Bussan. E' que na série, Bussan e seus amigos jogavam beisebol durante o dia e praticavam o politicamente incorreto pro bem durante a noite. A pose da estátua seria a posição de Bussan no time - ele era o catcher.



O tanuki representando uma senhora usando quimono que fica em frente a loja de quimonos Hanazawa. No filme, era a loja de quimonos da família de Bambi, o "Nakagomi Kimono Shop". Ela se situa em uma das ruas paralelas da Mimachi Doori.


A famosa estátua de Ossie, personagem lendário da série. Ele era considerado o às no beisebol, mas um incidente fez com que ele perdesse a memória. A estátua existe e fica perto de um estabelecimento que tem um memorial da série completa.


Eu disse que só na Mimachi Doori encontramos diversos tipos de tanukis. No centro turístico de Kisarazu, tem um panfleto de onde pode encontrar TODOS os tanukis. Se bem que o panfleto que me deram era da época em que saiu o filme Kisarazu Cat's Eye World Series, portanto, pode acontecer de algum tanuki ter mudado de lugar ou sumido.


O tanuki que ficava em frente a barbearia Tabuchi, agora fica em frente de outra barbearia (claro!), mas é do lado oposto à direção da casa de quimonos que eu mencionei há pouco.


Este tanuki fica na rua da entrada/saída da Mimachi Doori. Não sei dizer se a orelha esquerda dele foi depredada ou era assim mesmo.

Na verdade, quando chegamos em Kisarazu em fevereiro do ano passado, tive a impressão de que a cidade tem ar de abandono. Muitos estabelecimentos comerciais fechados e outros funcionam precariamente. Embora o bairro onde eu moro tenha um pouco mais de movimento, aos finais de semana a estação fica vazia.

Disseram-me que, depois que o túnel Aqualine ficou pronta, os administradores pensaram que iriam trazer muitos visitantes, mas aconteceu o contrário: por facilitar o tempo, muitos moradores de Kisarazu e região (Kimitsu, Sodegaura e Futtsu, por exemplo) acabaram indo para Tóquio e Yokohama. Hoje, a cidade tenta se reerguer (apesar de ter um outlet e futuramente um Aeon Mall), mas talvez demore muito mais tempo que se imagine.

O que me deu pena também é não terem divulgado muito mais a cidade através da famosa série. Recentemente, o filme de Kazuya Kamenashi - "Ore Ore" - teve algumas cenas filmadas em Kisarazu, mas não informaram em que parte da cidade foi. Quem costuma mencionar Kisarazu nos programas é o grupo Kishidan, que começou fazendo sucesso nesta cidade.

Fotos: da própria autora via celular mesmo, por isso que a qualidade das mesmas está aqueeeeeeeeeeela maravilha (* ironic mode on). Post que eu estava procrastinando em fazer desde faz tempo e por questões de pedidos desesperados de pessoas que moraram aqui (Romina e casal Tabeteimasu), vou tentar postar aos poucos o que eu conseguir capturar da cidade.... ou o que restou dela.

8 comments:

  1. Ahhhh que saudade! MELDELS! Obrigada por publicar algumas fotos... nesse mesmo lugar é que rolava umas feirinhas, acho que na época do matsuri.. ai quanta saudades..
    Obrigada por me dar memórias boas!

    Kisu!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Oi, Ro!! O matsuri de Kisarazu ainda continua firme e forte em agosto, o famoso "Yassai Mossai", no mesmo lugar. Não fui no ano passado porque me botaram pra trabalhar nesses dias, mas vou tentar este ano conseguir folga pelo menos em um dia hahaha, quem sabe participar.

      Não sei como era na época que você morou, mas hoje este lado da estação, está quase morta. O outro lado também não muda tanto (só pra ter uma ideia, a doceria Fujiya que o Carlos mencionou no ano retrasado, fechou).

      Acredite: so fui DUAS vezes no Outlet nesse tempo todo que estou aqui.

      Aos poucos vou tentar postar mais do que restou aqui.

      Beijao!!!

      Delete
  2. Pior que eu só ouvi falar desse dorama/filme e não vi xD
    Mas é legal saber que tu mora onde foi filmado... E nossa, eu me surpreendi com as ruas. São bonitinhas (me lembram aquele verso de The Sound of Silence "In restless dreams I walked alone. Narrow streets of cobblestone"~ xD
    Invejei essas ruas limpinhas aí. É "tudo" assim? ><

    E sim, é bem estranho eu comentar. Sou preguiçosa e nunca tenho nada de útil pra comentar <//3

    ReplyDelete
    Replies
    1. Petit, se ver o dorama já é o suficiente pra boas risadas, porque é tão nonsense que se torna cultuado.
      A maioria das ruas daqui são quase limpas, a maioria os moradores quem limpam (em cidades pequenas) e quase todo mundo respeita.

      Embora eu tenha fotografado por volta das oito da manhã (comércio aqui a maioria abre depois das 10), em dia normal é bem deserto aqui. Dá pra ver movimento do outro lado da estação, onde tem bancos e um pouquinho de comércio.

      Arigatou pelo comentário, venha mais vezes nem que seja pra um chazinho! ^^

      Delete
  3. Olá Kiyomi,
    Nem preciso falar da saudade que dá ao ver essas fotos...P continuar compartilhando esses registros que eu vou gostar! rsrs

    Mas realmente a cidade está meio abandonada pois quando estivemos aí em 2012 já deu para ter essa impressão. O Aqua que tinha bastante coisa na época que moramos, só tinha um mercado e mais um andar ocupados...Do outro lado da estação o McDonalds tinha fechado e o depato que tinha na frente também. Vi que você comentou com a Rô que o Fujiya fechou. Sério mesmo? Nem ela escapou? Da última vez ainda conseguimos comer alguns doces lá...

    Passamos também onde moramos e os apatos estavam vazios com placa de aluga-se, assim como muitas casas ao redor.

    Ficamos um pouco tristes na época ao ver a cidade assim e pelo visto continua assim. Vi muitas notícias sobre o outlet mas ele fica meio afastado do centro, próximo do Aqualine né? Acho que não vai aumentar o movimento para a cidade...

    Vamos torcer para que a cidade não fique ainda mais abandonada e que se possível volte aos bons tempos.

    Abraço,
    Carlos

    ReplyDelete
    Replies
    1. Carlos, pode deixar que na medida do possivel, vou tentar descobrir esta cidade hahaha
      E' que eu moro num bairro do outro lado da estação, nao sei se voce lembra da locadora da rota 16 (hoje é o Tsutaya), entao certos lugares vou demorar um pouco pra ir...

      O mercado que ficava dentro do Aqua fechou. So restaram o Daiso e algumas lojinhas dentro e la funcionam o Hello Work Kisarazu e uma academia.

      Sim, o Fujiya da Humming Street fechou. Comprar bolo agora, ou no Chateraise ou no Orandaya (ficam um pouco depois de onde moro) ou no Cozy Corner (no Apita).

      O Outlet so fui duas vezes porque é LONGE DEMAIS!!! Fica quase na entrada/saida do Aqualine.

      Em outubro está previsto abrir o AOEN Mall, perto da Sony (do outro lado da pista), vamos ver no que vai dar ne.

      Abraços.

      Delete
    2. Até o mercado que tinha no térreo no Aqua fechou?? Que triste...na nossa época era um chamado Maruei que tocava umas músicas (que ficaram na cabeça até hoje...rs...). Da última vez que passamos pela cidade tinha mudado para outra rede que não lembro o nome mas era bem mais simples que o Maruei. E agora não tem mais nada :(

      Desse jeito logo logo o Aqua vai virar um prédio abandonado...

      Que pena que a loja da Fujiya fechou. Nem ela resistiu...Ainda tem Orandaya? Pensei que tivesse fechado tb. Acho que mudou de lugar então. Antes ficava naquela calçada coberta da rua ao lado do Aqua que vai em direção à ponte. Às vezes comíamos alguns doces lá.

      O Apita é bacana mas íamos de vez em quando pois era meio longe do nosso apato. Acho que sei onde é esse Tsutaya.

      Lembro onde ficava a locadora. É bem afastada de onde moramos. Passávamos ali só quando íamos passear no Apita e no Donki (que tb mudou de lugar...agora é uma loja do Book).

      Vai abrir um AEON Mall? Que legal...quem sabe não dá uma animada na cidade né?

      Abraço,
      Carlos

      Delete
  4. O seu comentario e' tipico de gente de Yokohama ou de quem morou em cidade grande. Nao e' critica, e' so um comentario. Na verdade a maioria das cidades pequenas de todo Japao, de norte a sul, estao como Kisarazu, "abandonadas". Em cidades grandes isto fica mascarado.

    Sao marcas que o estouro da bolha deixou 20 anos atras. Sim, Kisa esta assim ha 20 anos. E nao vai voltar a melhorar. A Historia nao se repete. Uma revitalizacao da economia nao vai revigorar Kisarazu.

    Ha' um caro que ficou muito famoso porque ele, assalariado, montou um imperio de imoveis e hoje e ele vive de aluguel. Perguntado porque a maioria dos imoveis estava em Kisarazu (ele e' de Tokyo), disse que Kisarazu e' a cidade em que o terreno mais se depreciou com a bolha.

    Mas amo Kisa. Volto pra la ou pra Tateyama quando me aposentar.

    Kisarazu Forever!!

    ReplyDelete