Saturday, January 25, 2014

32


Dia 25 de janeiro, para muita gente normal, seria um dia como qualquer outro no calendário; para os paulistanos, a cidade de São Paulo completa mais um aniversário de fundação (neste presente ano, ela completa 460 anos!); agora, para quem gosta de j-pop (incluindo a que vos posta), esta data o newscaster, rapper, ator, cantor, economista, membro do grupo Arashi, Sho Sakurai, completa 32 anos. E', leram certo. Trinta e dois anos.

Wednesday, January 22, 2014

A Obrigação de Não Dizer Nada

★ Certa vez, por eu ter comentado de um determinado assunto via twitter com outra amiga minha, não demorou muito para que eu recebesse via twitter mesmo um link contendo um post a respeito do que eu havia comentado. Nem cheguei a ler o post, mas quem leu, mandou mensagem para mim no meio da madrugada pedindo para que eu não o lesse. Até hoje nem sei o que se tratava, e acho que tampouco vou querer saber. Em termos o erro foi meu em não ter comentado no reservado, mas em outros termos, a gente não pode dar nosso ponto de vista?

★ Mal de pessoas que nascem sob o signo de Leão: elas são orgulhosas. E inflexíveis em suas opiniões. Acredito que por isso virei persona non grata em algumas comunidades e blogs devido a algumas opiniões que eu tive...

★ Falando em persona non grata: existem blogs e foruns que não posso mais comentar, sob a probabilidade enorme de ter meu comentário 1) ser retrucado por um anônimo que eu tenho uma grande desconfiança de quem seja e/ou 2) ser deletado. Especialmente quando o assunto envolve doramas e um certo quinteto que eu gosto.

★ Estou evitando o máximo que posso em comentar sobre certos assuntos no FB. Levei uma resposta pra lá de mal educada de uma pessoa quando eu justifiquei o meu ponto de vista sobre diferenças de estilos de cada grupo musical (não vou mencionar, apesar que, quem me conhece MUITO bem vai logo de cara saber de quem se tratam). Em breve, mas breve mesmo, irei deletar. Não minha conta do FB, mas as pessoas que já estão ficando inconvenientes. Bem, não sei porque até hoje não fiz isso.

★ Para que não perdessemos a chance de mudar de emprego (e melhorar de vida também), sem hesitar, vendi para uma loja que compra e vende produtos de segunda mão, três CDs duplos dos Beatles ("Live at the BBC", e as duas coletâneas "vermelha" e "azul"), dois CDs do Arashi ("Here We Go", edição regular e "5X10", edição regular) e três DVDs ("CxDxG", os dois volumes, e "Around Asia 2006", o duplo), para conseguir fundos o suficiente para que eu e namorido fossemos até o escritório para assinar a confirmação do novo emprego. Sim, eu estava num estado de desespero para cair fora do emprego anterior e namorido desempregado porque foi enganado do tal emprego.

Se eu não tivesse feito isso, jamais conseguiria ter recuperado 50% do que eu havia vendido, nem ter ido a eventos como vou hoje e tampouco ido ao cinema e shows. E não estaria melhor como estou hoje. No sentido de menos estressada.

★ Eu DETESTO quando tem gente que fala que "sambo na cara da sociedade" quando posto algo que comprei/ganhei/gostei/whatever for hell. Se eu comprei, foi com meu esforço. Se ganhei, porque eu mereci. Se gostei, deixa compartilhar porque vai que tem gente que gosta também. Mesmo porque sou mal em dança. Oras...

★ Outra coisa que eu ODEIO é quando entro no FB e me deparo com fotos de gente e/ou animal estropiado e aquela pergunta (maldita): "Quantas curtidas essa pessoa merece?" Da próxima, eu juro que deleto a pessoa que me passou isso (nem vai ser nem a foto, vai a pessoa junto). Mesmo se for parente meu. Assim vale para aqueles jogos também. Enviar dinheiro, passagem de avião pra Europa,  e fotos de comida, Beatles, Masaharu e Sakurai que é bom, ninguém faz, né?

★ O que eu acho estranho que, quando comento que consegui ingresso pra show/evento/filme de artista x, y ou z, a maioria faz pouco caso. Ok, tudo bem. Mas quando comento que consegui ingresso para show/evento/filme de um artista de popularidade a nivel nacional, etc., a maioria pergunta como consegui, se eu sou associada, se eu não andei comprando em sites clandestinos, se dá pra comprar isso, se dá pra tirar foto...

E é por essas e tantas que, muitas vezes eu perco o ânimo de entrar nas redes sociais, comentar, e postar. Inclui aqui neste lugar e no segundo blog que eu tento administrar, mas só não desisto de vez porque sei que existem pessoas que podem pensar quase o mesmo que eu e que eu tenho uma boa frequência nos comentários. Certo que vez ou outra podemos discordar, mas sempre chegamos a uma mesma conclusão. Não sei vocês, mas para mim seria uma grande injeção de ânimo nessa vida às vezes dura.

Friday, January 17, 2014

Aquisições em Dezembro...

Dezembro, mês que realmente muita gente acaba estourando no orçamento. Inclui aqui a pessoa que vos posta. Claro que esse estrago eu faço depois que pago as contas, porque seria muita cara de pau de minha parte eu ficar gastando por aí e não pagar as contas que todo santo mês tenho que pagar (telefone, internet, imposto...).

Wednesday, January 01, 2014

Feliz Ano Novo! Happy New Year! 明けましておめでとうございます!



Mais um ano se passou e cá estamos iniciando mais um. Clichê, eu sei.

Todo ano que termina e todo que se inicia, sempre fica aquela velha e batida história, promessas que na hora a gente faz e depois pra cumprí-las... Eu me incluo nisso, eu sei.

Não posso reclamar de 2013, porque foi um ano que eu chamaria de "renovação", "superação" e "reflexão". Muita coisa aconteceu na minha vida porque eu fiz com que acontecesse. Sair do marasmo, jogar tudo pro alto e encarar um novo desafio, porque não foi fácil tomar algumas decisões e enfrentar mesmo sabendo que poderia ter um preço muito alto nisso tudo.

E' fácil dizer que o ano seguinte será melhor. Mas para que o ano seja melhor, quem tem que fazê-lo somos nós. Deixarmos de ser egoístas e mesquinhos, pararmos com mimizices em redes sociais. Passarmos a ter mais amor, tolerância e paciência. Compartilharmos coisas úteis que nos fazem bem, e não fotos de animais mortos, gente mutilada, como a gente vê no Facebook. 

E evoluirmos, porque se ficarmos na inércia, jamais faremos algo de produtivo na vida.

(Isso também vale pra mim, eu sei.)


Foto: na exposição "Ever and Never: the art of PEANUTS" que realizou-se de Outubro de 2013 a Janeiro de 2014 no Mori Museum of Art, Roppongi, Tokyo.