Wednesday, April 15, 2015

[Cine-Pipoca] "Ansatsu Kyoshitsu" (2015)

"Eu espero realmente que vocês consigam me matar até a formatura - nurufufufu ~"





Um belo dia, a lua teve 70% dela destruída por uma criatura amarela em forma de polvo, e fará o mesmo com a Terra em um ano. Mas, para tentar reverter essa situação, essa criatura oferece para dar aulas para a classe do terceiro ano ginasial (3-E) de uma escola preparatória, o Kunugigaoka High School. Ao mesmo tempo que essa criatura dá aulas, ensina formas de assassinato, já que o governo japonês ofereceu um prêmio de 10 bilhões de ienes para quem conseguir matá-la, o que não será uma tarefa muito fácil. Primeiro, porque o professor é muito rápido demais - move-se com a velocidade de mach-20. E segundo, porque acaba sendo um dos melhores professores que a classe já teve.

Por ser uma criatura muito difícil de matar, ela recebe o apelido de "Koro-sensee", um trocadilho de "korosenai" (impossível de matar) com "sensei" (professor).

A história, escrita e ilustrada por Yuusei Matsui, traz o dia a dia dos alunos da classe 3-E do colégio Kunugigaoka e Koro-sensee (ou sensei), é publicada semanalmente pela Weekly Shonen Jump desde 2 de julho de 2012 e já está no 14o. volume, com um total de 10 milhões de exemplares vendidos. O sucesso foi tanto que, o manga está entre os 10 indicados para o "Tezuka Osamu Cultural Prize" deste ano.

A classe 3-E do curso ginasial da escola Kunugigaoka é tida como "Classe Encerrada", onde os alunos que não se encaixam nos padrões impostos pela diretoria, vão estudar no antigo campus, que fica a um quilômetro da sede principal, num lugar que fica literalmente no meio do mato, sem infraestrutura nem condições para se estudar, sem contar que eles são discriminados até pela própria direção da escola.

Embora Koro-sensee fosse o responsável confesso por ter transformado a lua em um eterno quarto crescente, ele ensina os alunos além das matérias básicas, as formas de assassinato - sempre com um complemento para elevar a auto estima dos alunos. Aí que mora o perigo - de tanto que os alunos ganham a confiança do professor e vice-versa, fica difícil querer que Koro-sensee morra.

Mesmo que todo dia, antes da aula começar, o professor é carinhosamente recepcionado com uma saraivada de balas especiais disparadas pelos alunos (mas nenhum acerta o alvo devido a sua alta velocidade).


***

O sucesso foi tanto que não demorou para anunciar uma série animada para a TV e um filme. A versão anime está sendo exibida pela Fuji Television nas madrugadas de sexta-feira, mas não são todos os capítulos do manga (que já tem 132 capítulos). A versão filme foi exibida no dia 21 de março de 2015.

Claro que, como a série está em andamento, o filme não está completo e obviamente ninguém ia ser doido o suficiente em forjar o final (o anúncio do filme foi em agosto de 2014 e as filmagens começaram um mês depois. O que no decorrer da história, estaria no capítulo 100, mais ou menos). E também vai ter uma continuação, porque muita coisa está em aberto - quem é realmente Koro-sensee? Pra quem ele fez a promessa de ser um professor para a "Classe Encerrada"? Quem era a mulher que estaria sobre os escombros? Por que ele reduziu a lua num quarto crescente e depois quer acabar com a Terra?

O filme, dirigido por Eiichiro Hasumi (o mesmo diretor da série "Umizaru" e "MOZU"), teve o roteiro escrito pelo mesmo autor do manga, Yuusei Matsui. Levou quase dois meses para ser filmado, com locações em Miura e Atsugi (Kanagawa) e Maebashi (Gunma). Sem contar o tempo que levou para fazer as edições - principalmente do Koro-sensee, que em partes foi usado uma pessoa e outras foi uso de computação gráfica.

Personagens principais: 



Koro-sensee (voz: Kazunari Ninomiya): Personagem principal da série. Além de ser o professor dos alunos da classe 3-E, foi o responsável pela explosão da lua que a transformou em eterno quarto crescente, e é alvo constante dos alunos, já que está com a cabeça a prêmio. Embora seja uma criatura que lembra um polvo, ele diz que nasceu e foi criado na Terra. Resolveu ser professor da classe por causa de uma promessa que fez. Apesar de tudo, Koro-sensee acaba sendo um dos melhores professores que a classe já teve, e entre uma tentativa de assassinato ou outro, ele consegue transmitir muito mais do que as aulas tradicionais - a cada tentativa frustrada do(s) aluno(s) em matá-lo, Koro ensina COMO fazer, além das lições para a vida. De onde veio, porque resolveu dar aulas e porque transformou a lua em quarto crescente e ainda quer acabar com a Terra, continua sendo uma incógnita. O nome "Koro-sensee" foi dado pela aluna Kaede Kayano, que seria um trocadilho com "korosenai" (impossível de matar) com "sensei" (professor). Move-se com a velocidade de mach-20, fazendo com que ele consiga ir para o outro lado do mundo em minutos, fazer diversas atividades ao mesmo tempo e fugir dos ataques dos alunos.

Alguns pontos fracos, observados pelo aluno Nagisa Shiota: quando se exibe muito, se complica todo; não sabe perder; puxa-saco de superiores; gosta de ler revistas eróticas; adora fofocas...

Muda de cor conforme seu humor: se o aluno faz algo correto, ele fica alaranjado; se o aluno comete algum erro, fica de cor roxa; seu rosto ganha listras verdes quando fica irônico; quando fica bravo, fica vermelho; quando está mais relaxado (ou vê peitos ou revistas eróticas), fica cor de rosa; quando fica possessivo de raiva, fica de cor bem escura.

Koro-sensee (pulando no telhado): "Vocês não vão conseguir chegar até aqui, seus bobões!" 

Tadaomi Karasuma (Kippei Shiina): Funcionário do Ministério da Defesa, é o responsável pela missão de matar o Koro-sensee, fornecendo as armas especiais (facas e munição). Torna-se professor de educação física para ensinar os alunos as técnicas de defesa e ataque. Por ser frio e muito sério, é considerado um dos melhores funcionários da corporação. Um dos poucos que consegue perceber que Nagisa seria um assassino em potencial. Suspeita-se que Karasuma saiba mais sobre o passado de Koro-sensee, apesar de não mencionar muito a respeito.

Irina Jelavic (Kang Ji-yoon): Assassina profissional que usa técnicas de sedução para atrair seus alvos. Na tentativa de assassinar Koro-sensee, Irina acabou sendo humilhada diante dos alunos. Ao mesmo tempo que tenta armar algum plano para matar o professor, ensina os alunos como atrair o alvo aprendendo outras línguas. Ganhou o apelido de "Bitch-sensei" após Karma ter abreviado seu sobrenome quando Irina pediu para que a chamassem de "Jelavic-oneesama". O final "vic", na pronúncia japonesa vira "bicchi", daí o estrago já estava feito. Irina tem uma queda pelo Karasuma, mas toda vez que ela tenta se aproximar dele para algo mais, ele sempre está envolvido no plano para assassinar Koro-sensee.



Nagisa Shiota (Ryosuke Yamada): Praticamente o narrador da história. Fisicamente seria o mais fraco entre os alunos do 3-E devido a sua estatura, mas é bom observador e pode ser um assassino em potencial. Anota os pontos fracos de Koro-sensee com a finalidade de todos poderem ter uma abordagem mais direta.

Karma Akabane (Masaki Suda): Amigo de Nagisa e um dos melhores alunos da classe 3-E. Embora tivesse boas notas, o motivo de Karma ter parado na "classe encerrada" foi pelo seu comportamento rebelde. Ao defender um aluno da classe 3-E de ser molestado pelos alunos da classe superior, Karma foi repreendido pelo professor que antes o admirava. Foi o primeiro a ter conseguido ferir Koro-sensee logo no primeiro encontro. Ao perceber que Koro-sensee era completamente diferente dos demais professores que teve, Karma aos poucos começou a ganhar confiança nele.

Kaede Kayano (Maika Yamamoto): Amiga bem próxima de Nagisa, foi ela quem batizou o estranho professor de "Koro-sensee".

Manami Okuda (Miku Uehara): Aluna do 3-E especialista em química. Embora tenha tentado envenenar Koro-sensee com suas fórmulas, oferecendo para ele, seu problema é a forma de se comunicar. Koro-sensee ensina Okuda que por mais que tenha o veneno mais poderoso a oferecer, se não souber comunicar de forma adequada, o veneno pode falhar.

Yukiko Kanzaki (Mio Yuki): A mais popular entre os alunos da classe, bem disciplinada. Por gostar de arcade games, suas notas decaíram e foi parar na classe 3-E. Koro-sensee aconselha Kanzaki em ter autoconfiança e ser quem realmente ela é.

Rio Nakamura (Seika Taketomi): Fluente em inglês e tida como gênio no primário. Mas por querer ser uma pessoa normal, suas notas caíram e foi parar na classe 3-E. Ao mesmo tempo que quer voltar a ser uma pessoa inteligente para agradar seus pais, Rio quer continuar com seus colegas da classe 3-E por querer ser como elas.

Ritsu (Jiritsu Shikou Kotei Houdai - Artilharia de Inteligência Automática) (Kanna Hashimoto): Inteligência artificial criada na Noruega com a finalidade de matar Koro-sensee com precisão computadorizada. Após ter sido duramente criticada pelos próprios colegas porque a máquina agia sempre no meio da aula e eles não conseguiam ouvir nada que o Koro-sensee explicava, o professor resolve fazer algumas modificações nela e torna-se uma máquina amigável e torna-se amiga dos alunos, ganhando até um apelido. Graças ao seu poder de processar dados, ela consegue comunicar com os colegas através de um aplicativo instalado no celular.

Itona Horibe (Seishiro Kato): Segundo aluno transferido com a missão de matar Koro-sensee. Diz ser irmão do professor por possuir também tentáculos que foram inseridos em sua cabeça. Itona tem como guardião, o cientista Shiro, que usa um manto com propriedades de poder ferir Koro-sensee. Obcecado por eliminar o professor, Itona usa os tentáculos para ferí-lo, mas é derrotado. Abandonado pelo Shiro e tendo seus tentáculos removidos de sua cabeça para maior segurança, Itona torna-se um aluno mais sociável.

Muito prazer, fui eu quem explodiu sua lua.

Akira Takaoka (Masanobu Takashima): Ex-militar que teve treinamento junto com Tadaomi Karasuma, e foi designado para ser professor de educação física para os alunos da classe 3-E. Devido aos seus métodos sádicos, Takaoka é intimado a se retirar, após ter sido derrotado num desafio feito por Nagisa. Jurou vingança, envenenando alguns alunos e solicitou entregar Koro-sensee em troca do antídoto. Mas foi derrotado novamente por Nagisa e demais colegas da classe.

Curiosidades:

- "Ansatsu Kyoshitsu" foi o primeiro filme que Ryosuke Yamada protagonizou (até então, ele protagonizava doramas - um dos mais conhecidos foi a quarta versão da série "Shonen Kindaichi"). Ainda em 2015 também co-atuará com Toma Ikuta no filme "Grasshopper". (Para quem não sabe ou chegou agora, Yamada pertence ao grupo Hey! Say! JUMP, formado por nove membros nascidos na era Heisei, daí o trocadilho).

- Até o dia da estréia do filme (21 de março de 2015), a pessoa que fez a voz do Koro-sensee era um mistério, inclusive no site oficial do filme, constava interrogações nos créditos. Quando saiu um dos vídeos promocionais em que o Koro-sensee falava, muita gente já desconfiava quem seria. Alguns dias antes, no Twitter, fotos contendo a capa da revista "Weekly Shonen Jump", revelava que o autor da voz do professor era Kazunari Ninomiya - confirmado quando o próprio apareceu de surpresa na estréia do filme, com a presença do elenco principal no Roppongi Hills. Ninomiya já tinha feito dublagem nove anos atrás, como Kuro, na animação "Tekkon Kinkrett". Nem o próprio Yamada sabia, e olha que ambos são da mesma agência. Ninomiya disse na coletiva que "quem protagoniza o filme é o (Ryosuke) Yamada".

- Tanto que no panfleto do filme, o nome de Ninomiya nem aparece nos créditos (normalmente, os panfletos são vendidos antes do filme entrar em cartaz, o que estragaria a surpresa). Mas, no filme, durante os créditos finais, quase no fim, o próprio Koro-sensee se encarrega de fazer a mudança.

- Kippei Shiina, que interpreta Karasuma, ficou mais conhecido recentemente por ter interpretado o excêntrico detetive Kyoichiro Kazamatsuri, na série e filme "Nazotoki wa Dinner no Ato De". Mas também atuou em filmes como "Unfair", "Outrage", "The Last Princess" e protagonizou doramas como "Over Time", "Antique", "SPEC" e "Kamo, Kyoto e iku". Gosta tanto de futebol que, já fez comercial para um rede de lojas de esporte e tem um time amador formado por artistas.

- Kang Ji-young (a sexy assassina profissional Irina Jelavic, aka "Bitch-sensei") foi membro do quinteto coreano KARA. Saiu do grupo em abril de 2014. No mesmo ano, participou do dorama "Jigoku Sensei Nuubee", como Yukime, a dama da neve que era apaixonada pelo professor Nuubee (Ryuhei Maruyama). "Ansatsu Kyoshitsu" é seu primeiro filme. Atualmente, Ji-young é modelo para a revista mensal non-no (para promover o filme, na edição 5/2015 da revista, ela fez dois comerciais - um como Irina e outro como ela mesma).

- Seishiro Kato, que interpreta Itona Horibe, ficou conhecido por protagonizar uma série de comerciais para a rede de lojas da Toyota, como o "Kodomo Tenchou" e como Masamune Date na série de comerciais da Toyota-Reborn, com Beat Takeshi e Takuya Kimura. Também atuou no taiga dorama "Teichijin" (como Kanetsugu Naoe quando criança), doramas em "Ninkyo Helper", "Yamato Nadeshiko Shichi Henge", no live action "Nintama Rantaro" (ele foi o Rantaro) e dublou a voz do pinguim em "Happy Feet".

- Ninguém havia comentado, somente descobriram nos créditos finais - quem interpreta a professora (Aguri) Yukimura, nome mencionado durante a cena do hanabi visto do telhado da escola e ela aparece nos escombros durante passagens na memória de Koro-sensee, é a atriz, modelo e newscaster Mirei Kiritani (nota da autora: nem eu percebi, pois as cenas em que ela aparece, eram bem na penumbra e mal dava para ver o rosto).

Hey! Say! JUMP voltando com dez membros? Não - Senseetions e Koro-sensee!!! 


- A música de encerramento - "Korosenseetion" - é interpretada pelo grupo "Senseetions", que nada mais seria o grupo Hey! Say! JUMP (sim, o grupo que o Yamada pertece) usando pseudônimos. O promotion video traz a participação especial do Koro-sensei.

Opinião da Autora: Fui assistir 10 dias depois do lançamento (eu havia programado para ir no dia da estréia, mas não tive condições logísticas), mas mesmo antes de estrear, já estava ansiosa para assistir pois um mês antes eu havia ganho um panfleto do filme contendo o primeiro capítulo do mangá original. Aquelas: só fui prestar atenção no enredo do mangá depois que já estava no volume 11!!!

Eu nem desconfiava que a voz do Koro-sensee era do Ninomiya, quando saiu o trailer. Claro que na dublagem a pessoa faz de tudo pra disfarçar. Mas no Twitter muita gente já estava achando que era ele mesmo. Independente de quem estava por trás da voz do professor, o enredo já valia a pena (Nota da autora: tive que assistir os capítulos anteriores do anime para entender melhor a trama.)

Como disse anteriormente - como a série ainda não acabou no Weekly Shonen Jump, obviamente ninguém seria doido o suficiente em forjar um final, que seria a morte do Koro-sensee. Tanto que podem esperar pela segunda parte do filme.

O filme pega pedaços dos capítulos do mangá, colocando os essenciais e resumindo.

Spoiler: Vai até a parte da segunda derrota do professor Takaoka.

Tem momentos de muito humor (especialmente quando Koro-sensee faz uso de cosplay para ouvir fofocas das meninas), emoção e choradeira. Porque a gente já começa a gostar tanto do professor que ninguém, mas ninguém mesmo (isso inclui até o frio Karasuma) quer que ele morra, mesmo sabendo que tem uma grande quantidade de dinheiro envolvido nisso.

Quando fui, 10 dias depois do lançamento, achei que o cinema nem iria estar lotado - fui numa quarta-feira, dia de semana, e dia em que as mulheres pagam mais barato. E na sessão da tarde, vamos dizer assim. Qual foi minha surpresa que tinha fila pra comprar o ingresso, tinha fila na pipoca e tinha fila pra comprar o panfleto!!! E na hora de comprar o ingresso, quase nem tinha mais lugar (felizmente consegui no meio da sala). E a maioria eram estudantes do ginasial pra cima e mulheres (eu disse que quarta-feira em alguns cinemas no Japão, mulher paga mais barato?). Mas a maioria, pelo que ouvi comentários depois da sessão, foi por causa do enredo - já que antes do filme, o mangá era um dos mais vendidos no ano anterior.

O mais triste que andei lendo na timeline do Twitter foram comentários de algumas pessoas que iriam assistir o filme só por causa de quem dubla, nem por causa do enredo (que traz subliminarmente uma lição de moral - mesmo os fracassados conseguem trazer uma luz para o sucesso).

"Para todos, durante o tempo que lecionei, nunca fui tão feliz" - Koro-sensee, antes de ser soterrado por uma tonelada de balas anti-sensei desenvolvida pelo governo.

Fontes: Shonen Jump, site oficial do filme Ansatsu Kyoshitsu, site oficial do anime, wikipedia japan.

Fotos: Site oficial do filme Ansatsu Kyoshitsu, J-Storm.

No comments:

Post a Comment