Monday, May 18, 2015

Compartilhando Novidades


Recentemente, li um artigo do blog "Mulher Vitrola" (que eu leio ocasionalmente, dica da Lominha) sobre o motivo porque a autora não frequenta eventos blogueiros.

Recomendo a leitura: "A busca desenfreada do sucesso (e porque eu não vou mais a eventos blogueiros".

A última vez que eu participei de um evento do gênero foi há exatamente quatro anos atrás, quando os twitteiros brasileiros (e alguns japoneses) que moram aqui resolveram fazer um encontro a fim de nos conhecermos melhor pessoalmente (até então, a maioria era tudo virtual). Eu tinha ido a um anteriormente, em Tóquio, antes do terremoto de Tohoku, mas foi na semana do ano Novo, então, nem deu pra encontrar tanta gente como esperávamos.

Mas o encontro feito na cidade de Komaki (Aichi), reuniu a grande maioria dos twitteiros (e alguns blogueiros) e até hoje não esqueço do dia. Naquela época, para comunicar com o restante do pessoal que morava aqui quando ocorreu o terremoto em 2011, foi na base do Twitter (sim, a gente usava - e usa até hoje - naquela época), porque telefonar era inviável, mas a internet funcionava, apesar de ter ficado muito lento, mas funcionava. E foi através do Twitter que muita gente que morava quilômetros e quilômetros distante do epicentro, que puderam saber o que havia acontecido e, o mais importante, respirarem aliviados por estarem bem.

Depois disso, não lembro mais se teve algum outro encontro, porque se teve, infelizmente nem pude comparecer. Na verdade, uma boa parte dos brasileiros que moram aqui não possuem blog, e quem possui, bem... fica difícil eu descrever que tipo de assunto eles tratam, porque é um pouco de tudo (viagens, modo de vida, cosplay, dicas de beleza, cinema, diversão, receitas culinárias, curiosidades, etc.).

Eu entendo o real motivo de não ter esses eventos: muita gente mora muito longe, e quem mora na região, possui outros compromissos e nem sempre o dia de folga coincide com o de todo mundo. Mas se a gente resolve fazer, obviamente temos que fazer a divulgação nos principais meios de comunicação e sabemos que vai ter gente reclamando de que seria perda de tempo em fazer esse tipo de evento. Na verdade, quando fizemos, foi um encontro num restaurante, sem patrocínio algum. E quem bloga, só pensa em transmitir o que a gente acha de interessante e mais nada. Até onde sei, os brasileiros que aqui residem nem visam ganhar dinheiro com blogs. Somos daquela filosofia "vi, gostei, bora fazer resenha". Pelo menos os blogs que costumo seguir seguem dessa forma.

A maioria que bloga aqui visa apenas transmitir o que tem de interessante aqui, desde a visita de um lugar pitoresco até como participar de um evento de cosplay. Até fazemos resenha de um produto de beleza que pode prometer milagres, de um chocolate diferente, mas sem fins de ganhar $$$ como eu já cansei de falar.

Tenho este Empório há quase dez anos, e se eu quiser ganhar alguns trocados com isso, tem a alternativa de usar o AdSense e olhe lá, mas alguém me pagar pra fazer resenha de algum produto ou qualquer coisa que seja, aí, não. Eu posto conforme o momento. Ou daqueles dias em que "vi, gostei e vamos mostrar pros leitores". Eu sei que ultimamente estou em dívida com muita postagem, mas vamos combinar que, a gente aqui também trabalha direto e temos nossos afazeres, por isso que nossas postagens nunca serão diárias.

(Claro que eu admiro gente que posta tutoriais, gente que posta quase que diariamente e, principalmente, gente que posta resenhas sem fins lucrativos.)

Teve uma época que eu postava muito mais, aquelas que eu via algo novo e interessante, ia pesquisar e logo estava postando. Mas, depois de alguns problemas pessoais, eu passei a postar muito pouco, ao ponto de eu parar pra pensar se estava postando por postar ou postando porque eu gostava. Mas também já recebi cada indireta (em comentários em outros blogs) de que eu estaria sendo paga para postar sobre doramas e filmes que eu assistia, o que me deixou irritada, nervosa e desanimada tudo ao mesmo tempo.

Mas com o tempo, a gente faz a egípcia e segue em frente, porque gente que faz esse tipo de comentário, nem merece um pingo de atenção. E', eu sei.

Enfim, quando li o post do blog da Mulher Vitrola, eu parei para pensar sobre esses eventos. Mas não cabe o nosso caso, entre o pessoal que bloga aqui. O nosso intuito seria postar o que para muita gente seria novidade. Não era pra isso que os blogs servem? Informar, divulgar e compartilhar?

Não sei vocês, mas ainda sou daquelas que vejo algo de novo/interessante/legal e quero mostrar pra todo mundo. (Mesmo que custe algumas críticas destrutivas em comentários alheios, mas a gente fica triste na hora, se acalma, tira a poeira e não vamos desanimar, porque gente assim quer ódio pra cultivar o coraçãozinho, se é que tem coraçãozinho, né?)




No comments:

Post a Comment