Wednesday, September 02, 2015

[TAG] Eu tô blogando, e você?



Ok, agosto foi um mês que nem postei nada (motivo: trabalho), mas como existem temas que me fazem animar o dia (ou a noite, tanto faz), fui taggeada pela Karupin (do blog Linea Rossa, dá uma espiada lá e aproveita pra ler os outros blogs que ela linkou pra essa tag *fazendo propaganda indireta*) e quem quiser responder, estejam à vontade!

Essa tag faz parte do projeto BEDA (Blog Every Day in August), promovido pelo grupo Rotaroots.

Eis as respostas...

Qual foi o seu primeiro post? Se for considerar deste blog, foi pra começar tudo de novo mesmo. Porque antes, em meados de 2003~2004, eu tinha em um outro site (o blog se chamava "Tokaido Every Day") e do nada o dito sumiu. Daí, bora começar tuuuuuuuuuuuudo de novo. E isso se passaram quase 10 anos. Era um post bem tosco, daqueles que dá vontade de deletar, mas aí seria motivo pra deixar o lugar mais sem noção do que já está.

 Quanto tempo tem o seu blog? No dia 3 de dezembro, este lugar completa 10 anos. Sim, 10 anos de muito assunto aleatório, podem crer... Mas confesso que, de bons anos pra cá, minha frequência pra postar anda fraca, muito aquém do que eu fazia muitos anos atrás...

 Motivo para criar o blog: Como eu mencionei logo no primeiro item, em meados de 2003~2004, por incentivo de algumas colegas de trabalho, resolvi criar um blog no weblogger, que nem sei onde sumiu. As pessoas costumavam dizer (até hoje) que eu gosto de falar sobre coisas aleatórias, então porque não criar um blog sobre o que eu via, presenciava, assistia e tudo o mais e compartilhar para quem gostaria de saber? Quando o primeiro sumiu, fui eu criar um outro. E continuo com ele até hoje, e espero não deixar o coitado largado como andei fazendo ultimamente (mas a real life is hard and so tough, eu tento fazer na medida do possível ou quando o combo conexão-tempo disponível-vontade se unem).

 Segmento do blog: Vou confessar: nenhum. Posto sobre diversos assuntos e não tenho um segmento próprio. Se esta semana estou postando sobre receitas culinárias, na outra estou falando de música, no outro dia sobre mangas e por aí vai.

Bloggar para você é... Algo que eu posso fazer sem cobranças, porque tenho liberdade pra postar o que eu gostaria de compartilhar com outras pessoas. Vejo alguma coisa interessante, procuro, pesquiso e posto. Embora eu use outras redes sociais (Instagram e Twitter são os mais frequentes), aqui eu tenho quantidade ilimitada de caracteres... O dia que eu postar por obrigação, fecho tudo.

Tipo de post que lhe dá mais prazer em escrever: Normalmente são sobre música, doramas e quadrinhos. Mas o que eu mais gosto é de escrever sobre algo para que os (poucos) leitores possam se interessar ou acrescentar em suas vidas.

O que o blog te trouxe de bom: A possibilidade de comunicar com outros blogueiros com os mesmos interesses ou até muito além disso. Cheguei a conhecer alguns pessoalmente e até hoje mantenho contato com outros mesmo virtualmente, além de ter feito novas amizades. E também me fez com que eu pudesse melhorar mais sobre conteúdo e vivência. Talvez o fato de eu morar no exterior, foi um dos fatores que fizeram alguns leitores acessarem aqui para saber como é viver fora de sua terra natal.

Mas existem assuntos que eu evito de postar porque já são temas saturadíssimos nas redes sociais, como política e religião. Se é pra gerar discórdia, briga, intriga e tudo o que é ruim neste universo, melhor eu ficar naquela questão do biscoito e bolacha.

Se pudesse mudar uma única coisa no seu blog, o que seria? Pensei no layout, mas no momento eu confesso que quero mudar o nome. Sério, porque fazem três anos que saí de Yokohama e hoje moro em Kisarazu (Chiba).

Algo que tira a sua paciência no blog: Quando dá problema no blogger e acabo perdendo tudo o que eu achava que tinha sido salvo. Mas também quando você acaba tendo um post deletado sem motivo (aconteceu com três posts meus). Quanto aos comentários, depois que eu coloquei algumas opções, pelo menos evito dores de cabeça.

Projeto a curto prazo para o seu blog: Na verdade eu tenho muitos. Um deles relacionado a música (especificamente falando sobre a relação Beatles e Japão, que, querendo ou não, o Fab Four trouxe uma grande influência pro j-pop de hoje), sobre lugares diferentes na cidade e arredores (a tag da Karupin "Turista na própria cidade") e quem sabe sobre doujinshi, artigo que eu meio que reluto em postar aqui por causa dos temas... Mas serão postas em prática quanto menos se esperar.

Foto: revista MORE, janeiro de 2012, coluna "It", do Kazunari Ninomiya.

4 comments:

  1. Hoe, Kiyomi-chan! ♥

    Obrigada por responder à tag, mesmo estando tão ocupada... >///<
    Só de ter o toque no Bloglovin de que você tinha publicado esse post já fez o meu dia! :D

    Nossa! 10 anos de Empório! Omedetou! Talvez seja interessante aproveitar o aniversário para lançar um novo nome, que tal? Confesso que já me refiro ao seu blog como "Empório" na minha cabeça, então lamentaria um pouquinho se fosse tirado do título, mas sei que pode ser um sacrifício para melhor :3

    E não pude evitar o sorriso nos lábios e a admiração quando li sobre seus projetos a curto prazo. Estou particularmente ansiosa pelos doujinshi (*insira uma risada kimoi perva aqui*), mas fico feliz que a tag "Turista na própria cidade" tenha raminhos em Kisarazu ♥

    Ganbatte, demo karada kowashicha dame dazo!
    Beijos, Kiyomi-chan!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Karupin, eu logo que vi que fui taggeada e tentei postar assim que desse, tipo, pra ontem. Mas como nada na vida real sai como queremos, olha quando eu fui postar.

      Preciso te adicionar no Bloglovin, lá eu recebo as notificações também, porque se depender do FB... vish!

      Sim, em dezembro esse pobre mas limpinho sítio completa 10 anos. Já pensei em dar uma bela repaginada aqui e inclui mudança de nome: quando criei esse lugar, eu contava com quatro anos de Yokohama. Nota mental: nunca batize seu blog com o nome da cidade onde vai morar, porque a vida é uma caixinha de surpresas...

      Hahahaha sobre doujinshi - estou pensando muito seriamente em postar sobre os que eu tenho, que, obviamente você já sabe que tipo são, portanto tou nessa de criar coragem e muita vergonha na cara pra fazer uma série sobre eles sem chocar ninguém XD

      Sobre a tag "Turista na Própria Cidade", vai ter sim, não somente Kisarazu mas outras cidades da província, pois já tive reclamação de leitor inconformado que quase nem tem nada de Chiba. Pra isso, terei que fazer quando eu folgar, ou seja, vai ser em doses bem homeopáticas meeeesmo....

      Itsumo arigatou!! <3

      Beijao!!!!

      Delete
  2. Oi Kiyo! Vim xeretar as suas respostas, hahaha

    Na verdade, essa tag surgiu de algum outro blog pelo que eu entendi, e a Dani (amiga da Karupin) aproveitou pro BEDA. O BEDA na verdade não tinha tema definido, os dias eram livres e bastava postar todo dia (coisa que eu não consegui, mas enfim...)

    Eita, outra do time oldschool, toca ae! o/ E acho que blog pessoal é aquela coisa, por mais que a gente pense "vou escrever sobre assunto X" acabamos fazendo mesmo é uma boa salada de tudo. :) Mas acredito que assim que é bom, isso que dá a cara de um blog e o torna mais autentico, porque vamos combinar... ultimamente tá cheio de blog forçado por aí... e concordo com você: o dia que o prazer vira obrigação, é porque tem algo muito errado aí... (experiência própria)

    Sobre o nome do seu blog - a chata metendo o bedelho - tira só o "Yokohama" e deixa "Empório" mesmo :) *ok, parei de me intrometer xD* Mas também vou confessar que assim como a Karupin, quando eu penso no seu blog ou vou me referir a ele, na minha cabeça também é o "Empório" da Kiyomi.
    E aproveito pra fazer um jabá pessoal, mas se quiser uma ajuda com o layout, grita aí que a gente vê o que pode fazer. ;)

    Bjos!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Tathy, eu nem tentei fazer o BEDA porque ultimamente estou sendo um desastre total em matéria de postar. E se eu for postar por obrigação, aí como eu disse, fecho este lugar.

      Mas eu acredito que divulgação de blog funciona como antigamente: "olha, eu vi esse assunto no blog tal" aí a gente vai lá, segue e indica pro resto do pessoal. Foi dessa forma que acabei conhecendo muitos blogs bons. Sou daquelas que não quero ganhar $$$ blogando, porque aí se torna obrigação e não vai sair nada que preste.

      Pra falar a verdade, cadê os blogs oldschool? Felizmente o grupo Rotaroots resgatou a arte de blogar sem forçar a barra. Arte que poucos fazem ultimamente. Mas infelizmente não tive como participar do BEDA por falta de tempo mesmo. Tanto que eu tenho uns 10 posts no rascunho que estão na fila de espera XP

      Sim, como eu mencionei, estou pensando seriamente em mudar o nome do blog, porque como falei pra Karupin: nunca mais batizarei nome de blog pra nome da cidade onde resolveu morar, porque nunca se sabe quando vai ter que se mudar de novo...

      Talvez eu vá precisar de algumas dicas e como mexer no HTML *apanha, forma em computação e ate hoje tem medo de queimar a placa mãe*

      Beijao!!!

      Delete