Saturday, August 27, 2016

[J-Dorama] Relação entre sempai - kouhai da JE nos doramas (Parte 2)

Para quem não lembra da parte 1, com o Noriyuki Higashiyama, dê uma passada aqui.

Continuando a saga que, quando algum membro da JE atua em dorama, vem aquela velha pergunta: quem será o kouhai que vai ajudar? Porque, como já comentei ad nauseaum: a crença de que, se dois ou mais membros da JE atuam, é garantia de audiência lá em cima (hoje eu tenho minhas dúvidas depois de "Galileo","Kaiseifu no Mita", os taiga dorama da NHK...)

Vamos lá que a vida continua...

Takuya Kimura (SMAP)


Adivinhem quem é esse menino perdido que está ao lado do Kimura.

Até mais ou menos em 2010 ou 2011, dorama que tivesse o Kimura no elenco, era batata: audiência ia nas alturas e todas as emissoras queriam ele. Doramas como "Asunaro Hakusho", "Long Vacation", "Love Generation", "Beautiful Life"  continuam sendo os mais lembrados do público em geral, assim como "Good Luck!", "Engine", "Pride" e "HERO", em que ele conseguia ser piloto de avião, piloto de carros, jogador de hóquei e promotor acima de qualquer suspeita, ao mesmo tempo conquistar a mocinha e enfrentar as dificuldades (não exatamente nessa ordem).

Lembrando que Kimura era chamado "o rei do getsukyu" porque a maioria dos doramas que protagonizavam eram da emissora Fuji Television, no horário nobre da segunda-feira.

Pode ser impressão minha, mas depois de "Moon Lovers ~ Tsuki no Koibito", parece que Kimura errou a mão, salvo alguns posteriores como "Mr. BRAIN", "PRICELESS", "I'm Home" e a segunda temporada de "HERO", em 2014.

Uma das características nos doramas que Kimura atuava: era MUITO difícil algum kouhai da JE atuar junto (participação em um capítulo não estou contando. Diz a lenda que Kimura com os kouhais era osso duro de roer) e era raro ter a música do grupo como tema de encerramento/abertura (tópico que abordarei em breve). E quando tinha algum kouhai atuando, dependendo do papel, acabava se sobressaindo mais que o protagonista...

Jiro Kanzaki (Kimura) e as crianças do orfanato Kaze no Oka. Algumas tornaram-se conhecidas posteriormente.

Engine (Fuji Television, 18 de abril a 27 de junho de 2005): Com Takuya Kimura, Koyuki, Masato Sakai, Yuki Matsushita, Juri Ueno, Erika Toda, Kaho, Reiko Takashima, Takuzou Kakuno, Yoshio Harada, Daiki Arioka, Yuto Nakajima.

Jiro Kanzaki (Kimura) era segundo piloto de F3000 na Europa. Devido a um acidente que provocou no piloto principal da mesma equipe, acaba perdendo o emprego. Como era considerado muito velho para ser piloto na Europa, acaba voltando ao Japão para tentar voltar à sua antiga equipe, o que também não o aceita de volta. Jiro retorna à casa de seu padrasto e descobre que ele transformou a casa em um orfanato.

Embora deteste crianças, ele acaba as conquistando porque Jiro também foi uma criança órfã. Para poder ficar morando na casa, aceita ser motorista do orfanato ao mesmo tempo que tenta voltar às pistas de corrida.

Trivia:

- Pelo menos cinco crianças do orfanato "Kaze no Oka" tornaram-se bem conhecidas do público: Juri Ueno, Erika Toda, Kaho, Daiki Arioka e Yuto Nakajima. 

- O dorama, que foi getsukyu da Fuji Television, teve a média de 22,6%.

- Por ter os direitos da transmissão da F1, a Fuji Television chegou a inserir alguns trechos das corridas no dorama. 

- Na época, Kimura fazia uma série de comerciais para a Toyota. E era óbvio que os veículos utilizados nas filmagens era da marca (inclui o microonibus que dirige para levar e trazer as crianças da escola).

- O dorama utilizou duas músicas - "Angel", da banda Aerosmith (a favorita de Kimura) e "I Can See Clearly Now" de Jimmy Cliff.

- No último capítulo, o sempai Masahiko "Matchy" Kondo faz uma participação especial. Kondo chegou a dar um tempo em sua carreira musical para se dedicar ao automobilismo e, quando a Fuji Television transmite a prova da F1 no Japão, torna-se comentarista.

Kouhai(s) da JE: Para quem chegou agora, na época que participaram no dorama (em 2005), Daiki Arioka e Yuto Nakajima ainda eram de um grupo dentro do Johnny's Jr., o JJ Express. Só em 2007 passaram a integrar no Hey! Say! JUMP. 

Muito bem antes disso, Arioka chegou a atuar no tokusatsu "Gaoranger" e no curta-metragem "Fastener" (da série JAM FILMS), que está no PV do Mr. Children (procurem no YT que encontra o show ao vivo da banda). Até então era mais coadjuvante em vários doramas e especiais, até que ganhou destaque na quarta geração da série "Shonen Kindaichi no Jikenbo" (interpretou o colega de Kindaichi, Ryuji Saki) e como Nuru Narikawa, detetive e ajudante do escritório e cafeteria Sandglass no dorama "Okitegami Kyoko no Bibouroku" (2015). Em 2017, estará atuando no filme "Kodomo tsukai", como jornalista investigando caso de crianças desaparecidas.

Nakajima, logo após o término de "Engine", atuou no drama especial do 24 Hour Television - "Chiisana Untenshi Saigo no Yume". Embora tivesse atuação quase frequente, incluindo a co-atiuação com Masato Sakai em "Hanzawa Naoki", e ter protagonizado seu primeiro filme - "Pink and Gray", foi somente na temporada de verão de 2016 que conseguiu ser protagonista em um dorama em horário nobre pela Fuji Television ("HOPE"). 

Em janeiro de 2017, Nakajima protagonizara seu segundo filme - "Bokura no gohan wa asu de matteru"



Daiki Arioka e Yuto Nakajima: eram respectivamente Tooru Sonobe e Shuhei Kusama, as crianças do lar "Kaze no Oka". E faziam parte do mesmo grupo - o JJ Express. Depois, fizeram parte do Hey! Say! Seven, que teve curta duração, para depois fazerem parte do grupo Hey! Say! JUMP. 

Além de terem atuado juntos em "Engine", Arioka e Nakajima estiveram em "Sensei wa erai!!" (primavera de 2008) e "Scrap Teacher" (inverno de 2008).




Acreditem se quiserem: 

- Arioka é dois anos mais velho que Nakajima (esqueçam o quesito estatura, porque, bem, nem precisamos dizer nada, basta dar uma olhada nas revistas como Myojo e duet quando o grupo aparece.. Mas que fica difícil acreditar que Arioka tem 25 anos e Yuto 23, isso fica).
- Fizeram o colegial na mesma escola, a famosa Horikoshi High School. Em anos diferentes, claro (Nakajima formou-se no mesmo ano que Ryosuke Yamada e Yuri Chinen).
- Nakajima é considerado o rei dos hobbies, porque faz de tudo um pouco e ainda consegue fazer bem: pratica equitação, toca bateria, fotografa...
- Além de ser o DJ do grupo, Arioka é MC do programa "Hirunandesu!", às terças-feiras, junto com Hikaru Yaotome. Desde 2015, mantém uma coluna na revista mensal "with" com Kei Inoo.






PRICELESS ~  Aru wake needarou, nanmon ~ (Fuji Television, 22 de outubro a 24 de dezembro de 2012): Com Takuya Kimura, Kiichi Nakai, Karina, Naohito Fujiki, Taisuke Fujigaya.

Fumio Kindaichi (Kimura) era um gerente de marketing de uma empresa e se dava muito bem com seus colegas. Um belo dia, acaba sendo acusado de espionagem industrial e acaba sendo demitido. Além de sem emprego e sem dinheiro, acaba ficando sem casa.

Acaba conhecendo duas crianças (Oshiro Maeda e Kanau Tanaka) que ensinam como sobreviver nas ruas, e conseguir os 500 ienes diários para pagar o albergue mantido por Ichirin Marioka (Mari Natsuki). A partir daí, Fumio começa a ter uma outra visão que o dinheiro pode proporcionar.

Trivia:

- Foi o primeiro dorama que Kimura protagonizou que logo no primeiro capítulo não passou a audiência de 20%, esperado pela emissora (no mesmo horário, a TV Asahi estava passando o dorama "Doctor X").

- A cena onde corre os créditos finais, foi filmado no COSTCO Warehouse em Kawasaki (Kanagawa). 

- Haruna Kojima (AKB48) aparece em 4 capítulos, como Moe Tomizawa, artista idol.

- Oshiro Maeda, junto com seu irmão mais velho Kouki, faz a dupla humorística Maedamaeda. Um de seus trabalhos mais recentes foi no filme "Chokosoku Sankikotai" (2014).

- A música de encerramento do dorama foi "Jumpin' Jack Flash" da banda Rolling Stones.

Kouhai(s) da JE: Taisuke Fujigaya é um dos membros do septeto Kis-My-Ft2 (por seis anos os membros eram tidos como um grupo dentro dos Juniores, até que conseguiram debutar, em 2011). Dos sete, Fujigaya é o mais prolífico em doramas e filmes.. Depois são Hiromitsu Kitayama e Yuta Tamamori (os três são considerados "a comissão de frente do grupo", porque se destacam mais).




Antes de "PRICELESS", atuou em doramas como "Ikemen Desu ne!" (o primeiro que atuou como protagonista, com Yuta Tamamori e Hikaru Yaotome), "Misaki Number One" (antes do grupo debutar), "Ritsu no Musuko" (era um dos coadjuvantes; o protagonista era Ryosuke Yamada) e"Beginners" (junto com Hiromitsu Kitayama). Co-atuou em "Nobunaga Concerto" (tanto no dorama como no filme) e recentemente no live version do mangá "MARS: Tada, Kimi o aishiteru", cujo filme saiu recentemente, em junho.

Fujigaya já ganhou dois anos seguidos o prêmio "Best Jeanist" (2014 e 2015), pelo voto popular. Se ganhar a edição deste ano, na nova regra do prêmio, entrará no seleto grupo "Eternal Jeanist" (e não pode mais concorrer, assim como aconteceram com seus "sempais": Takuya Kimura, Tsuyoshi Kusanagi, Kazuya Kamenashi e Masaki Aiba)



Fontes: DramaWiki, J-Wave, The Doramas, blog udn, girlschannel. 

No comments:

Post a Comment