Thursday, October 13, 2016

[TAG: Roteiro Gastronômico] Cafeterias

Antes de mais nada, dia 29 de setembro foi o Dia Nacional do Café.

Quem me acompanha nas redes sociais (Twitter, Instagram e FB quando eu resolvo compartilhar algo) e quem me conhece pessoalmente, sabe que eu sou aquele tipo de pessoa viciada em café, já tentei cortar esse hábito porque sei que sempre que recebo resultado do exame médico, dá carência de ferro, médico já me deu bronca e acho que só vou parar de vez quando for desta pra melhor, porque nem mesmo quando quase fui parar no hospital porque quase me deu úlcera na etapa final do TCC, eu cortei esse hábito. Posso ter diminuido, mas TODO DIA eu tenho que, ao menos, beber uma xícara ou copo da bebida.



E a situação permanece o mesmo quando tiro o dia de folga e vou passear. O certo seria, nas minhas idas por aí, era conhecer lugar novo, mas nãoooooo: acabo fazendo as mesmas coisas, e quando vou em lugar diferente, esqueço de registrar pra voltar mais uma vez.

Bem, vamos lá: eu sei que o café da sereia (aka Starbucks) virou arroz de festa no meu Instagram, mas dois motivos fortes me fazem dar uma parada no lugar porque sei que é certeza quase toda loja da rede ter: 1) tomada para carregar o celular e 2) wi-fi "gratuito". Tem um terceiro, que seria encontrar azamiga pra experimentar bebida sazonal e botar assunto em dia.


Strawberry Delight Frappuccino foi um dos itens sazonais que apareceu em meados de junho. Com morango e calda de morango, ideal pra quem gosta da fruta, como eu, por isso sou a pessoa mais suspeita em dizer que essa bebida compete com o Sakura Frappuccino, que só aparece em meados de fevereiro e quando põe pra vender, faz fila, sem brincadeira.


Mas antes do Strawberry Delight Frappuccino, teve o Cantaloupe Melon & Cream Frappuccino, que era, obviamente, melão amarelo, mas aqui a gente conhece como musk melon. Achei meio doce, mas eu gostei por se tratar de uma fruta que dificilmente colocam em alguma bebida (até mesmo sorvete dificilmente encontro de melão amarelo. O verde, encontro fácil na época que lançam, especialmente no verão), e espero que eles voltem a colocar no mercado na próxima temporada.


O mais recente, o Nectarine Peach Cream Frappuccino, com pedaços de pêssego e nectarina, essa iguaria é mais refrescante e achei menos adocicado, apesar dos pedaços das frutas. Ainda estarei para experimentar a versão quente - o Nectarine Peach & Cream Tea, que vai chantili no topo.

O lado ruim - para mim - é que as bebidas sazonais só vêm em um tamanho - o tall size. (350ml). Ok, as outras bebidas têm todos os tamanhos (quem me conhece, quase sempre peço o venti size, ou seja 590ml de bebida, especialmente quando se trata do Dark Mocha Chip Frappuccino ou White Mocha versão quente e ainda peço com leite de soja).

Claro que eu não fico somente no café da sereia. Quando posso, vou em outros lugares.

O Tully's Coffee, por exemplo, compete com o do Starbucks, mas o forte deles seriam as bebidas quentes e ... COMIDA!!! Ok, no Starbucks também tem, mas o menu do Tully's nesse quesito, achei melhor. Como macarronada, lanches quentes e panquecas. Outro diferencial do Tully's, seriam algumas bebidas que usam a fruta açaí, inclusive tem o açai bowl para quem quer mais energia pra encarar o dia.


Outro diferencial do Tully's seria o curso que eles oferecem, mediante pagamento, claro, mas no final você acaba ganhando muitos produtos deles, cujo valor seria maior do que o curso que pagou. Cheguei a frequentar um, valeu a pena, mas gostaria de ter continuado se não fossem as mudanças e guinadas que a vida nos proporciona....

Só que, todas as vezes que tento ir em alguma loja da rede, ou está lotado, ou esqueço do horário do funcionamento e chego quando está fechando (o mais próximo para mim, fica em Nagoya, na saída da estação pelo lado Taiko-doori, onde costumo ir antes de viajar). Recentemente dá pra aproveitar e carregar as baterias do celular/note/tablet e usar o wi-fi, mas claro, tem que pedir alguma coisa para não ficar aquela coisa constrangedora, né.

Muito tempo atrás eu ia quase TODO DIA no Tully's Coffee. Quando digo isso, não é exagero: perto do antigo lugar de trabalho, tinha uma loja da rede no meio do caminho. E quando tinha o point card, a coisa piorava: sempre saía da loja com um coffee latte quentinho pra aguentar o dia. Mas era raro eu comprar bebida gelada lá, porque eu não consigo encarar uma bebida onde tem mais gelo que café.

Nos dias quentes, quando vou em algum evento ou encontrar azamiga, tento variar. Em uma delas, acabei pedindo o Swirkle Caramel Choco Cream - tamanho ENORME, estou falando sério. Imaginaram 590ml de bebida ou será que só eu que consigo encarar um tamanho desses?!



Particularmente, eu já acho o café expresso do Tully's bem mais forte e encorpado que o do Starbucks, porém como gosto é gosto...

Assim como outras cafeterias, o Tully's possui menu sazonal. O mais recente está sendo Pumpkin Latte com creme de batata doce roxa, em clima de Dia das Bruxas.

Fugindo um pouquinho no conceito café, variar faz bem. E um dos lugares que frequento quando eu posso, é o nana's green tea, loja especializada em chá verde (durrrrrrr) e azuki.

Quem me conheceu anos atrás, sabem que eu não conseguia encarar chá verde ou matcha, por mais que já tentaram me fazer mudar de idéia. Acho que depois de tanto procrastinar, quando saiu no Starbucks o Matcha Brownie Frappuccino, a partir daí, consigo tomar chá verde sem torcer o nariz como eu fazia anos atrás.

Recentemente, quando posso (e encontro) vou no nana's green tea para experimentar algo novo. Se bem que, para quem passava reto e direto na loja, tudo se torna novo.



Uma das bebidas que gostei foi o Matcha Choco-Crunch Soft Cream Latte, que vai creme e calda de chocolate. Na verdade, precisaria experimentar o matcha sem algum complemento, até mesmo no Starbucks eu acabo pedindo Matcha Frappuccino com pedaços de chocolate. Mas eu chego lá, basta encontrar o mais próximo de onde me escondo (no site oficial da empresa, os mais próximos seriam as lojas que ficam no Aeon Mall Kisogawa e no Nagoya Parco)

Coincidentemente, as duas vezes que fui na loja, foi na que fica perto do Tokyo Dome, e sempre quando tem show (a primeira vez, foi no show do Paul e agora no show do Masaharu), ou seja, preciso frequentar mais para ter uma melhor opinião (daí descobri que tem no Aeon Mall do Nagoya Dome e...)

Recentemente, assistindo ao Mezamashi TV logo pela manhã (por enquanto ainda estou conseguindo assistir quase todo o programa devido ao horário), saiu uma matéria no quadro "InoShira" sobre concept cafe, ou seja, cafeterias que possuem um "algo a mais", como Neko Cafe, Hammock Cafe (que você fica em redes), entre outros, apresentaram dois que seriam interessante de conhecer: o N3331 que fica no meio entre três linhas de trem (Sobu Line, Yamanote Line e Chuo Line) e o FabCafe.



O FabCafe eu fiquei de ir mais uma vez para conhecer melhor o ambiente e os pratos. O diferencial do lugar é que você mesmo pode fazer seus goods, como estêncil para decorar cafe latte (ou qualquer outra coisa, tanto faz) e personalizar doces e outros petiscos.

O ambiente é moderno, simples e espaçoso. Você pode levar seu notebook e carregar seu celular sem problema algum. Aliás, é costume aqui no Japão você ir em cafeterias para estudar, desde que não esteja muito cheio e com fila de espera muito comprida. Soa estranho, mas é verdade (confesso que eu também faço muito disso quando viajo: paro em uma cafeteria e fico tentando fazer traduções até dar a hora de ir pegar o trem/ônibus).



O menu é impresso no próprio local, bem como alguns acessórios, como a prancheta que vai a conta para pagar no caixa. Feito com papel reciclado e impresso no local.

Obviamente o menu traz café (orgânico), mas no dia que eu fui, estava mais precisando de algo diferente, experimentei um dos smooties para ver se me deixava um pouco mais... hã... leve (porque andei exagerando demais na comida, aliás, estou exagerando isso sim). A casa possui quatro tipos - Green (kiwi, komatsuna, limão - para desentoxicar e renovar seu corpo), Orange (laranja, manga e cenoura - para dar mais energia), Pink  (framboesa, maçã e beterraba - para manter seu organismo bonito) e Yellow (banana, laranja e pimentão amarelo - para dar energia).



Na minha atual situação, provei o Green e, olha, muito bom. Aquelas: se eu pudesse, beberia esses sucos todo dia (na verdade, eu deveria fazer isso mesmo, ô procrastinação, viu).

Em resumo, eu teria que frequentar mais lugares diferentes quando eu vou por aí, inclusive onde moro atualmente: existem algumas cafeterias diferentes, lugares minúsculos, mas até hoje me pergunto porquê eu não vou, porque preço por preço, não difere muito. Mas um dia eu supero esse detalhe e quem sabe apareço com alguma resenha diferente...

Fotos: todas da autora, via celular mesmo.

Sites: 
- starbucks coffee : http://www.starbucks.co.jp/
- Tully's Coffee: http://www.tullys.co.jp/
- nana's green tea: http://www.nanasgreentea.com/
- FabCafe: http://fabcafe.com/tokyo/


No comments:

Post a Comment