Friday, March 24, 2017

Seis anos



Onze de março de 2011, duas e quarenta e seis da tarde.

Para muitos, ainda será uma data que dificilmente será esquecida (bem como desde o terremoto de Kanto, de 1923, cuja data tornou-se "oficialmente" sendo o dia nacional de prevenção contra desastres naturais), porque foi algo que mudou a vida de muita gente (tanto aqui como no mundo).

Muitas vezes eu lembro do ocorrido e agradeço por ainda estar aqui. E orar para aqueles que pereceram ou desapareceram. Orar para agradecer pelo dia de hoje, perdoar pelos erros cometidos e seguir a vida.

Sequelas ainda existem, mas lições são tomadas para que evitemos cair no mesmo erro.

Quando assisto às reportagens que relembram a data, uma parcela de pessoas vai pensar que "mas ainda ficam cutucando na ferida?", mas outra parcela prefere ver o lado positivo da vida - como nascimento de novas vidas, formatura, e recomeço.



Nos dias 9 e 10 de março deste ano, o programa matutino da Fuji Television, "Mezamashi Terebi" (nota: um dos primeiros programas que assisti aqui no Japão logo que eu cheguei), fizeram um especial em duas partes com dois newcasters. No dia 9, Kei Inoo (que participa nas quintas-feiras), apresentou a matéria em Miyagi. No dia 10, a apresentadora Yumi Nagashima, esteve em Fukushima.

A matéria era sobre as crianças que nasceram no mesmo dia em que aconteceu o terremoto, em questões de horas antes ou depois. E como elas estão hoje. No dia em que a reportagem foi ao ar, as crianças que nasceram em 2011 estariam ingressando no primeiro ano escolar no mês de abril.

Apesar desse infortúnio que pereceram milhares de vidas, outras perdidas, as pessoas ainda têm esperança de um dia melhor, e aos poucos estão refazendo a vida, tentando reconstruir o que perderam.

Sobre a história de pessoas que presenciaram o terremoto e maremoto na região de Tohoku, é de emocionar, e as imagens recentes da cidade de Ishinomaki partem o coração de qualquer um, mas ao ver crianças que nasceram depois da tragédia, e pensando no futuro (e sorrindo), a gente acaba vendo que nem tudo é tristeza nessa vida.

Fotos: via twitter por @jump_peta

Se ninguém tirou do YT, ainda deve ter o video do programa Mezamashi News do dia 9 de março de 2017 (user Rika JUMP), que tem a parte completa de Miyagi.








No comments:

Post a Comment