Monday, May 15, 2017

[Ponto de Vista] A Necessidade de Kouhais em Qualquer Coisa. Ou não.

ATENCAO!!! O TEXTO A SEGUIR E' O QUE A AUTORA PENSA, NAO INFLUENCIANDO OS DEMAIS E NEM SENDO INFLUENCIADA. APENAS A OPINIAO DA PROPRIA. 

Antecipadamente, peço desculpas aos leitores caso o texto ofenda ou gere raiva, mas não é minha intenção. Só quero que pensam e reflitam, porque isso não se aplica somente aos fãs da JE, mas de qualquer agência de talentos. 


Vamos lá que acho que o texto vai ser longo... Meio que um desabafo, sabem? Melhor, não sabem.



Desde algum tempinho, eu estava fazendo uma série da relação sempai-kouhai da JE em doramas, mas vai levar tempo pra terminar porque toda temporada sempre tem muitos doramas que saem e alguns sempre tem algum membro dessa agência. O motivo porque eu menciono os rapazes da JE na pauta, todo mundo já está cansado de saber.

Aí entrando de vez em nunca no Twitter por causa desse meu horário maluco e hora contada, acabo lendo muitos comentários sobre que "kouhai da JE no evento/dorama de sempai só serve pra aproveitar dos veteranos pra se promoverem, kouhai não sabe andar com as próprias pernas, mimimimi". Na hora eu fiquei naquelas: ou respondia ou deixava quieto, mas como já fazia algum tempo que eu queria fazer um post sobre isso mesmo, eis o momento.

Vamos lá: se kouhai aparece no evento/dorama do sempai, claro que seria pra levantar a moral e a popularidade do novato e fortalecer os veteranos, isso em qualquer lugar do mundo, em qualquer agência, não precisa ser somente na JE, minha gente. E outra, eu acredito que variar de vez em quando faz bem. Tá, reconheço que têm alguns kouhais que são um porre, mas a gente releva, porque ninguém é perfeito.

Desde que assisto doramas e curto muito j-pop (quase 20 anos, vamos dizer), vou falar uma coisa: em qualquer dorama que algum veterano da JE atua, quase sempre tem um kouhai de alminha perdidaça no meio. (Temos até uma piada interna que, se um membro da JE atua no papel principal, o segundo membro vem de brinde). E nos meados de 1999~2000 por aí, os kouhais faziam papel de estudante. De primário, porque a maioria tinha idade pra isso. E ninguém chiava, melhor, passava batido.

Eu não sei o que aconteceu ou eu que comecei a interagir mais com outras pessoas que também gostavam de doramas, j-pop e JE, porque descobri muita coisa que era melhor eu nem ter descoberto, mas alguns fandoms não suportam outros e assim vai. Claro que nem todo mundo é assim, ainda bem, mas quando se pega gente que é fanática ao extremo...

Tudo bem, eu reconheço que tive uma fase pior, mas aos poucos, felizmente, muita gente boa que ainda queria manter amizade comigo, me fizeram abrir os olhos e ver que existe vida além disso. E que a gente tem que respeitar os outros mesmo não gostando. Foi um mantra que eu acabei pondo na mente, depois de levar muita bronca. Das pesadas mesmo - "Tente não desprezar/depreciar alguém só pra beneficiar o outro que você gosta. Você também não gostaria que terceiros viessem depreciar quem você gosta, né?".

Voltando aos kouhais. Eu mencionei que kouhai em dorama, pode gerar comentários de tudo o que a gente pode imaginar: desde LEGAL, VAI FICAR DIVERTIDO até ESSE PESTE SO VAI ESTRAGAR O DORAMA TODO. Dependendo de quem for, vira a segunda opção e descamba baixaria abaixo. Daí chega a conclusão que melhor o sempai fazer o dorama sem o kouhai mesmo (exemplo clássico: Takuya Kimura). Quando anunciam os doramas da temporada, mal avisam que tal moçoilo da JE vai protagonizar, nem o cast completo tem e chove comentários - o principal é QUE NAO ENTRE NENHUM KOUHAI BESTA PRA ESTRAGAR A HISTORIA.

Ok, eu sei que nem tem como agradar todo mundo, mas ao menos segure os ânimos exaltados e deixe a gente assistir o dorama em paz.

Opinião pessoal: Durante muito tempo que assisto dorama (mesmo quando eu não pego em tempo real, assisto depois no aplicativo das emissoras), quando existem esses casos, eu procuro mais ver o lado positivo da inclusão de um ou mais kouhais da JE na trama. Se for dorama escolar, isso nem temos o que discutir. Mesmo em doramas triviais, às vezes um kouhai é escalado para dar um apoio moral pro protagonista (ou puxar o saco do mesmo hahahaha, como em "Hope" e "Sekai Muzukashii no Koi"), ser o lado ruim da coisa (vide "Maou" e "Orthos no Inu"), ou o companheiro nas horas de aperto ("Yamada Taro Monogatari", "Kisarazu Cats Eye", "Nobuta o Produce"), ou passar mensagem subliminar (nisso o Arashi era mestre durante os doramas de 2003~2011). E muita gente fica feliz quando a coisa funciona direitinho. Se pegar membros do mesmo grupo para atuar, a shippagem rola entre os fãs (exemplos: o dorama "Yamada Taro Monogatari" que depois muitas fãs, pra resumir a interação de Sho Sakurai e Kazunari Ninomiya, mencionam "YamaTaro Pair"; por causa de terem atuado juntos em "Risou no Musuko", muitas fãs amam a dupla Ryosuke Yamada e Yuto Nakajima; e por aí vai). E se deu certo uma vez, bota reprise (caso de Kazuya Kamenashi e Tomohisa Yamashita, que fizeram juntos "Nobuta, o Produce", a dupla ficou tão marcada na memória de quem assistiu o dorama que, quando onze anos depois os dois voltaram a atuar juntos, a timeline do Twitter vibrou de alegria).

Teve casos em que tiveram que incluir em cima da hora, nos 45 do segundo tempo, como foi o dorama especial do programa 24 Hour Television de 2016 - faltando dois ou três dias para o programa entrar no ar, um incidente grave com um dos participantes do programa fez com que a NTV reformulasse a grade de programação (no caso as partes gravadas, já que o resto do programa é feito ao vivo, inclusive nas participações em outros programas da emissora) e regravasse a parte em que atuou no dorama. No caso, foi o dorama que Shigeaki Kato protagonizava e Keiichiro Koyama teve que regravar as partes onde o outro ator estava... em menos de dois dias!!!

O que às vezes me deixa meio irritada é quando leio muitos comentários de fãs em doramas implorando para que coloquem seu ídolo favorito na trama só porque gosta da interação entre eles. Muitas vezes nem tem necessidade. (Arashi é caso a parte, porque quando um membro aparecia fazendo cameo em um episódio, era para divulgar subliminarmente um programa da emissora, ou indicava que o próximo dorama ou especial seria com esse membro) E quando esse favorito não aparece, vira um inferno. Eu também tenho meus favoritos, mas eu não fico [mais] reclamando que não entrou na trama, essas coisas. Primeiro, porque nem precisa. Segundo, vai saber se não tem outro trabalho agendado e nem tem como participar?

Mesma coisa acontece em eventos e shows, quando repentinamente algum kouhai ou sempai aparece do nada. Ou quando anunciam eventos anuais, como o FNS 27 Hour ou 24 Hour Television - "TEM QUE SER TAL GRUPO, PORQUE A GENTE AMA mimimimimi PORQUE ESSES DAI NAO VAI DAR PUBLICO *mais mimimimimi*" Aí dá vontade de deletar todo mundo e começar do zero, mas tento relevar porque é ânimo exaltado só na hora, porque depois ninguém fala mais nada.

Muitas vezes a presença de um kouhai para interagir (ou não) com o sempai na história, é pra ganhar experiência, porque ele não vai ficar eternamente sendo backdancer em shows e apresentações. Aos poucos, ele pode ganhar notoriedade e começar a ganhar mais espaço. Lembrem-se: TODO sempai já foi kouhai de outro, já foi coadjuvante em dorama ou filme com ator/atriz de grande nome, já foi backdancer, já sofreu no tablado, passou em cada situação constrangedora (se bobear, passa até hoje) em frente às câmeras... (Nessas horas que eu queria que a JE lançasse em DVD o filme "Johnny Film Festa 2013 ~ License Shima Totsunyuuseyo!" para que muita gente assistisse para fins de que os sempais também passaram em situações difíceis e dão maior apoio para os kouhais de alminhas semiperdidas).

Mas enquanto o mundo show business existir, vai ter muita gente reclamando e criticando, o que a gente pode fazer é ficar só observando (Trademark from Tathy). Eu apenas estou postando o que eu acho disso tudo, mas claro que todo mundo vai ter opinião diversificada, eu entendo isso tudo, eu também fico revoltada, tenho vontade de reclamar, existem coisas que não concordo, mas se a gente souber como expôr sem cair na baixaria e quebrar amizade de anos, o debate pode gerar bons frutos.

E quando existem debates civilizados, a gente sai no lucro e todos felizes. Afinal, ninguém tem opinião igual, cada um tem seu ponto de vista. Se algum leitor aqui chegar pra mim e falar que não concorda, tudo bem, mas desde que seja educado e ponderado, porque vir com vinte pedras na mão, aí não dá mesmo, concordam?

Por isso que, de uns tempos pra cá, nas minhas postagens de doramas, shows, programas de variedades, etc., eu acabo pondo um aviso: vá se quiser, assista se der na telha, não estou forçando ninguém, apenas expondo algo que pode ser interessante para alguém que não conhece, sei lá, porque existem nichos a serem explorados.

* Vários motivos me levaram a fazer essa postagem, especialmente quando leio minha timeline no Twitter (@kiyomiiwasaki), que é trancado):

- Toda época de novo dorama, gera discussão chegando a baixaria, só faltando pedir pra tal pessoa morrer. Literalmente na vida real!!!

- Getsukyu (N.da A.: dorama de segunda-feira, nove da noite, da Fuji Television, considerado um dos mais caros e até anos atrás dava audiência de 30% em um episódio).

- A versão live action de "Hagane no Renkinjusshi - Fullmetal Alchemist" que sai em dezembro de 2017. Alvo principal: Ryosuke Yamada como Edward Elric. Mas esqueceram que tem muitos mais atores de ponta envolvidos no projeto como Dean Fujioka, Kanata Hongo, Yu Oizumi, Ryota Sato, Fumiyo Kohinata, Yasuko Matsuyuki, entre outros.

- Waku Waku Gakkou, evento que o grupo Arashi faz anualmente desde 2011. Desde 2015 resolveram incluir alunos aka kouhais para interagir nas aulas. O que está dando pano pra manga de discussões chegando a baixaria mesmo.

- 24 Hour Television.

- Muitos kouhais se destacando cada vez mais em outros programas de variedades, tornando-se MCs de alguns programas, mesmo que semanalmente, o que está gerando discussões de que "quem presta pra ser MC ou apresentador é [inclua o nome do sempai aqui]".

- Já cheguei a ler post no twitter de gente que deu RT de outro que mencionava que tal grupo não deveria existir, que tal membro deveria morrer, que só botam kouhai em evento de sempai pra puxar saco e que sempai só serve de escada pros kouhais subirem.

Novamente, peço desculpas aos leitores por essa postagem. Não tenho a intenção de ofender ninguém, porque cada um tem seu ponto de vista, seu modo de pensar. Mas somente gostaria que muita gente parasse para pensar e tentar se exaltar menos. Porque ultimamente, fandoms de todos os lados estão entrando em atrito por causa dessas coisas e isso não vale a pena.







No comments:

Post a Comment