Friday, January 15, 2010

Miseinei (未成年) ou Antes da Maioridade


Eu sei que deveria ter escrito isso no dia 11 de janeiro, mas não foi possível, mas fica valendo o artigo.

Não sei nos outros lugares do mundo, mas se no Brasil só é tido "de maior" aos 21 anos (se bem que, aos 16 anos pode ter direito a voto, trabalhar como aprendiz e aos 18 anos prestar serviço militar (homens), tirar carteira de motorista...), aqui a maioridade é aos 20 anos. O que significa não somente poder beber e fumar legalmente, mas ter um sem-número de responsabilidades, como assumir os próprios delitos, cumprir os direitos e deveres, e tudo o mais. Existe a cerimônia do Seijin no Hi (成人の日) que é feito na segunda segunda-feira do mês de janeiro, na qual comparecem rapazes e moças que no ano da cerimônia completam 20 anos nos templos. O que seria um rito de transição da adolescência para a fase adulta.

Recentemente, assisti a um dorama (eu sei, caros leitores, que novela japonesa não tem graça por ser muito curta, ser semanal, não ter cenas calientes e beijos de desentupidor de pia, mas já cansei de falar que gosto é que nem traseiro, cada um tem o seu, então...) chamado "Miseinen" (未成年) que ao pé da letra seria "antes da maioridade". A novela é meio velhinha (1995), mas o tema continua sendo atual: conta a história de cinco adolescentes, e seus problemas individuais e acabam se conhecendo acidentalmente (embora dois deles sejam colegas de mesma classe). Lembra um pouco o filme "Stand By Me", mas "Miseinen" aborda problemas familiares, escolares, conflitos emocionais, gravidez na adolescência, o florescer da sexualidade (tardia), prostituição e outros assuntos (acho que por isso na época passou às sextas quase de madrugada).

Descobri este dorama ao assistir certa noite o programa "Utaban" (e olha que é difícil assistir, mas até ano passado coincidia com o dia que eu folgo, agora passa toda terça), num especial sobre as novelas da rede TBS. Foi no meio da conversa que Masahiro Nakai (que apresenta o programa junto com Takaaki Ishibashi) mencionou o dorama "Miseinen", que foi um dos doramas que gostou, devido ao tema abordado.

O enredo passa-se entre cinco rapazes da mesma faixa etária (entre 18 a 19 anos), que enfrentam as adversidades, conflitos e problemas antes da fase adulta. Quem assistir os onze capítulos, vão dizer que seriam cinco desajustados, mas não seria bem isso. Seria, na verdade, a omissão familiar (sempre favorecendo o filho mais velho), amor doentio, problemas financeiros, contra o sistema imposto, descontrole emocional. O que os pais não percebiam que os filhos desajustados tinham o de mais importante: a amizade, coleguismo e a vontade de viver. Perigosamente, mas eles eram jovens e queriam aproveitar a vida.

Assistindo os onze capítulos quase de uma vez só (é que a lesada aqui alugou os quatro DVDs de uma vez e esqueceu que a semana que passou estaria fazendo plantão direto), o dorama mais lembrou-me um filme (bem velho, diga-se de passagem) cujos protagonistas tinham seus problemas individuais, gerando o isolamento do grupo perante aos colegas num acampamento, com requintes de crueldade. O filme se chamava "Bless The Beast and The Children", do cineasta norte-americano Stanley Kramer. Tal como no filme, em "Miseinen" os protagonistas sofrem maus-tratos, seja por parte dos pais como dos colegas de classe. E acabam por pagar um preço alto por isso.

O dorama trouxe os atores Issei Ishida, Takashi Sorimachi, Shingo Katori, Sosuke Tanihara, Masaki Kitahara e Gamon Kai ainda em início de carreira. Foi também a primeira novela de Ayumi Hamasaki (irreconhecível no papel da colegial grávida). No final de 1995, a novela ganhou quatro prêmios no 7o. The Television Drama Acadamy (melhor ator para Ishida; coadjuvante para Katori; direção, para Shinji Nojima; e melhor canção - "Top of The World"). Quem puder torrentar, alugar, pedir emprestado, assistam.
Foto que ilustra o post de hoje: a capa do dorama que saiu em DVD em 2006 (by seo gugol)
Atualização em 21 de janeiro: Devido aos e-mails que recebi, perguntando que fim deram os atores principais deste dorama, vamos lá...
- Issei Ishida (o protagonista Hiro), filho do ator Junichi Ishida (aquele que está pra casar mas o pai da noiva é contra), ainda teve papel de destaque na continuação de "Hitotsu Yane no Shita", como o irmão encrencado da família Katsuragi, mas não aguentou a pressão, chegou a ser detido por posse de substâncias ilícitas, ter tido um filho extraconjugalmente, mas agora está tentando retomar a carreira no teatro.
- Takashi Sorimachi (Goro, o projeto de yakuza de bom coração) ainda continua na TV, mas não com tanta frequência como nos anos 90 e 2000, depois que casou-se com a atriz Nanako Matsushima (que se conheceram nos bastidores da novela GTO - Great Teacher Onizuka), tem duas filhas e recentemente fez comercial da Kirin Fire.
- Masaki Kitahara (Ibbo, o amigo pervertido de Hiro) pode ser visto no especial feito pra TV contando a vida do lutador Daisuke Naito, em 2008.
- Gamon Kaai (Kamiya, cuja mãe o superprotegia), acabou sendo dublador (do animê Naruto) e esporadicamente aparece como convidado especial em novelas.
- Shingo Katori (Jin, aka "Deku", de idade mental de 7 anos), ah, por favor, todo mundo sabe o que ele ainda faz até hoje: canta, dança, atua, faz novelas ( a última foi como Ryu-san em "Kochikame"), apresenta o "SmaStation"...
- Sachiko Sakurai (Moka, o amor platônico de Hiro), continua a atuar em novelas. A última aparição foi em "Konkatsu Rikatsu", ano passado.
- Sosuke Tanihara (o irmão mais velho de Hiro), aparece em comerciais, aos sábados no matutino "King's Brunch" e esta temporada em "Magerarenai Onna", junto com Miho Kanno.
- Ayumi Hamasaki (a colegial Hitomi), acabou por ser cantora e hoje ainda continua sendo a "top one" da Avex Trax.

7 comments:

  1. Vou discordar um pouco de vc rs.
    Sabe que na verdade eu acho dorama japa mto melhor q novela? E muitos que conhecem o "dorama" passam a preferi-lo no lugar das loooooooooongas e arrastaaaaaaaaaaaadas novelas.
    Justamente por ser curta, rápida. Acho um saco assistir a mesma história uma hora por dia durante quase um ano! Acho que na vida só vi tres novelas... (Roque Santeiro, Tieta, Xica da Silva)...as outras só pinceladas (pra fazer companhia p minha mãe rs).

    Fiquei com vontade de ver esse dorama. Parece ser bem legal.

    ReplyDelete
  2. Alexandre, eu confesso: pra novela do Brasil, se assisti Roque Santeiro foi muito. Eh que desde o colegial, eu ficava com o horário da noite totalmente tomado. Eu gostava das minisséries, eram os "doramas" daqui rs.
    Se for assistir "Miseinen", vá aos poucos, porque se fizer como eu fiz (maratona de uma madrugada completa), vai achar maçante. Mas eu aviso: as opiniões serão totalmente diferentes, escreva embaixo...
    Bom final de semana!

    ReplyDelete
  3. Ahh, eu prefiro mil vezes dorama a novela, novela tem muita enrolaçao, muitas historias paralelas, nem gosto... e ja ouvi falar desse dorama, mas nao sabia que ayu tmb participava, tu sabe se tem ele pra torrentar? me deu vontade de assistir..

    ReplyDelete
  4. Gabriela, tem sim. Só nao garanto o quanto tempo vai demorar, pois como se trata de um dorama de 15 anos atrás, uma boa alma caridosa postou aqui:
    http://www.d-addicts.com/forum/torrents.php?search=miseinen&type=&sub=View+all&sort=

    Beijos e enjoy it!

    ReplyDelete
  5. Engraçado que essa capa parece disco de boys band rsss... Nunca tinha ouvido falar desse dorama, aliás, nem bem conheço muito pra dizer pq quase todos que vc posta eu nem sei rsss... mas aprendo com os posts, pois se algum dia algum deles me chamar a atenção, vou assistir.... Isso dá mais gás pra vc ir atrás de coisas novas e postar rs...

    Kisu!

    ReplyDelete
  6. Hisashiburi, Bah!!
    ahahahah Quando vi a capa do DVD pensei que estava alugando errado, pois eu vi um trecho do filme no programa "Utaban" (entrevistas sobre música e músicos) mas não mostraram a capa do DVD (ou em fita, que seja).
    Eh, eu entendo que muita gente possa não conhecer muito dos doramas que menciono (isso porque esse dorama passou num ano que nem pensava em vir aqui) porque tem a questão de entender o que falam e a questão da paciência (tem que esperar uma semana para ver o proximo capítulo).
    Dependendo do enredo e às vezes de quem atua, eu assisto. Isso se o horario da novela bater com a da minha folga, pois meu aparelho celular que eu assistia a TV, foi pras cucuias...
    Beijos!

    ReplyDelete
  7. Oie! Respondi teu email, viu. Depois abre sua caixa postal do Yahoo ;D

    Bjos e forca na peruca, menina!

    ReplyDelete