Monday, May 31, 2010

[Discoteca Básica do Empório]: Algumas Cantoras Favoritas da Autora (Brasil, Japão, Internacional...)

Meio em cima, mas não deixo de fazer a "Discoteca Básica" mensal.

Desta vez, será diferente. Ao invés de comentar de um álbum de um cantor/cantora/ grupo, a deste mês será um apanhando "maiomeno" de algumas cantoras (ou vocalistas de algum grupo) e algumas músicas que eu costumo ouvir. Cantoras, sim, porque, qual a bronca desta vez? E de vários estilos, já que, bem, eu costumo ouvir de tudo um pouco mas existem algumas que não ouço nem sob tortura...

Sim, se quiserem mais, já mencionei no post sobre as cantoras (leiam "Algumas 'ídalas' da autora") que eu ouço e mais um pouco.

Ah, sim. Não está em ordem de preferência, por favor...

1 - Miyuki Nakajima - Muito embora este ano tenha lançado um single, ultimamente ela é "mulher propaganda" da linha de cosméticos da subsidiária da FujiFilm para quem "passou dos enta" (junto com a "eterna aidoru" Seiko Matsuda). Nascida em Hokkaido, Nakajima começou nos anos 70 como cantora e compositora, como tinha mencionado neste post aqui. Tenho a coletânea "Singles 2002" (recomendo ouvir), lançado quando "Chijou no Hoshi" foi recorde de vendas (devido seu uso no programa "Project X " da NHK, e sua famosa aparição dentro da construção da represa de Kurobe no Kouhaku Utagassen de 2002). E olha que as músicas de Nakajima, embora sejam de amor e coragem, seu vocal é bem marcante (pra não dizer grave, senão o pessoal aqui vai dizer que eu sou má). Foto: Miyuki Nakajima, em 2008. Ninguém imagina que nos anos 70 foi uma das cantoras mais populares no mundo folk japonês.

2 - Naomi Tamura - Muita pouca gente conhece esta cantora (se bem que anda meio sumida mesmo), mas nos anos 90 fez sucesso - aqui - com "Yuzurenai Negai", por ser tema de abertura do anime "Maho no Kishi Rayearth" (ou "Magic Knight Rayearth", no Brasil como "As Guerreiras Mágicas de Rayearth"). Não, ela não é cantora pra animês, o forte dela era j-pop com alguma pitada da música de Motown (tanto que um de seus álbuns é dedicado a esta famosa gravadora norte-americana). Tenho o "Best of..." desta cantora, que contém a música citada, o tema de abertura também do mesmo anime, mas a segunda temporada. Foto: Naomi Tamura, circa 1998. Em 1993 chegou a se apresentar no famoso Kouhaku Utagassen devido a "Yuzurenai Negai", que vendeu mais de um milhão de cópias...

3 - Elis Regina - Nem tinha entrado no ginasial quando comecei a ouvir algumas músicas dela, antes de falecer. Meu irmão mais velho ouvia através dos programas da Rede Cultura, os programas "Ensaio" e outros especiais que nem mais lembramos. Elis passou os "anos de chumbo" da Ditadura Militar com as músicas de protesto, de alegria, de tristeza. Muitos lembram dela interpretando "Aguas de Março" (com Tom Jobim) ou "O Bêbado e a Equilibrista" (famosa pela anistia, em 1979) ou "Tiro ao Alvaro" (com Adoniran Barbosa), "Romaria", "Maria Maria", entre muitas. Ela deixou de cantar abruptamente em 19 de janeiro de 1982 mas vai continuar sempre na história da MPB. Inclusive, na Tower Records encontrei alguns álbuns dos anos 60 de Elis (como Elis in London, de 1969). Foto: Elis Regina, em 1968, na capa do álbum "Elis Especial".

4 - Mika Nakashima - Embora eu tenha parcos singles desta cantora, comecei a ouvir devido a "Yuki no Hana", mas foi como "Sakurairo mau koro" que comecei a ouvir mais. Ainda não tive a oportunidade de ter assistido "Nana" (a qual faz o papel principal, a Nana punk). Recentemente - com o visual estilo anos 50 - seu último sucesso foi tema do filme "Sayonara Itsuka", o que trouxe Miho Nakayama de volta as telas e o single - "Always" - ficou em 3o. lugar nas paradas de sucesso em janeiro deste ano. Só pra lembrar: Nakashima ainda continua sendo garota-propaganda dos cosméticos da Kanebo, a linha "Kate" (cujo slogan continua sendo "No More Rules"). Foto: Mika Nakashima, em 2005, no lançamento da primeira coletânea - "Best".

5 - Yuko Hara - Poucos devem conhecer ou ter ouvido dela, mas é a tecladista do grupo Southern All Stars (e mulher do vocalista Keisuke Kuwata). No grupo, ela pouco cantava, mas paralelamente ao grupo, lançou três álbuns solo e um de covers. Uma de suas músicas, escrita por Kuwata, foi impedida de tocar nas rádios, devido ao teor nada convencional ("I Love You Wa Hitorikoto"), mas tocavam nos shows. A mais conhecida nem é 100% solo - tem a companhia do conterrâneo Shingo Katori (que também nasceu em Yokohama, tal como Yuko) em "Minna iiko" (1996, mas na coletânea "Loving You", tem a versão de Kuwata, como "Waruiko Version"). O album de covers "Tokyo Tamure", Hara "desenterra" muitas músicas dos anos 60, cantadas por mulheres, exceção de "Itsudemo Yume wo", cujo original era de Sayuri Yoshinaga e Yukio Hoshi (no álbum é Yuko e Kuwata). Junho deste ano sai outra coletânea - "Haraddo", trocadilho com "Baraddo" (Ballad). Ah, tá: na foto, Yuko Hara (agora Kuwata) com Shingo Katori, na época da divulgação do single "Minna iiko", devidamente caracterizados com o clima da cidade natal deles (Yokohama, sendo que Hara morava no distrito de Naka e Katori, em Tsurumi).

6 - She and Him - Na verdade é uma dupla formada pela vocalista/atriz Zooey Deschanel (sim, é o nome verdadeiro dela sim) e Matt Ward. A maioria das músicas é composta e interpretada pela Zooey, que mistura country, folk e alguma coisa das girl groups dos anos 60. Se puderem ouvir os dois álbuns da dupla (o último "Volume Two" traz "In the sun", deliciosa de ouvir), vale a pena ouvir algo diferente. Inclusive, no primeiro álbum, têm dois covers dos Beatles ("I Should Have Known Better" e "You Really Got A Hold on Me". Ok, a última é cover da cover pois os Beatles regravaram de Smokey Robinson) e o primeiro single (que fez parte do filme de Deschanel - "500 dias com Ela") "Why Do You Let Me Stay Here?", cujo PV traz um humor negro que nada tire a fofura da música. Foto: Zooey Deschanel e M.Ward, a dupla de músicas fofinhas do mundo alternativo. Não, eles não são marido e mulher - Deschanel é casada com o líder de outra banda alternativa "Death Cab for Cutie".

7 - Hitomi Yaida - Ela deu um tempo nas atividades para se dedicar a maternidade, desde ano passado, mas quem já ouviu os primeiros trabalhos desta cantora, sabe como ela se apresenta: tocando violão, toda descolada e descalça. Mas não deixa de ser ao mesmo tempo uma boa cantora, compositora e interprete: tanto que fez relativo sucesso na... Inglaterra! Quem não se lembra de "My Sweet Darlin'", a rocker "Andante" e a balada "Over the Distance"? No lançamento em japonês do desenho animado "Robots", é ela quem assina e canta a música "Mawaru sora". Foto: Hitomi Yaida - ou Yaiko - em meados de 2003 ou 2004, com seu inseparável violão. Nota: ela nasceu em Osaka, formou-se em Língua Francesa e não tem sotaque de Kansai...

Antes que vocês vão reclamar "p%$#@ Kiyomi, tá faltando cantora aí!!!", eu sei: é que têm tantas que daquelas que gosto de uma ou outra música. Pra falar a verdade, no post que falei de cantoras, este seria um complemento do anterior, se é que me entenderam. Tem cantora brasileira no meu repertório? Claro que tem! Tem cantora americana, européia, que seja? Tem. Tem cantora japonesa? Na minha atual situação marital, vocês nem imaginam...

16 comments:

  1. Uhu!! Mika! MIka! Tô gostando que vc tá postando mais coisas sobre ela rs... assi seus leitores começam a ter bom gosto tb rss... Ahhh e Elis tb tudo de bom.... "Como Nossos Pais" é tão recente ;)

    Kisu!

    ReplyDelete
  2. A unica que eu conhecia aí era Elis..rsrsrs...mas fui xeretar o link da She&Him e acho que conheço o rosto dessa cantora Zooey de algum filme. Ela já fez filmes? Não me é estranha.

    ReplyDelete
  3. Dessa lista eu gosto e conheço Nakajima Miyuki, Nakashima Mika e Tamura Naomi.

    Engraçado que a Naomi eu conheci na época em que "caçava" músicas japonesas de Pokémon há sei lá quantos anos. Adoro "Aratanaru Chikai" na versão acústica cantada por ela.

    Elis Regina eu conheço, mas não gosto. Aliás, não sei se existe música brasileira que eu goste de verdade.

    O resto, desconhecido para mim =P

    ReplyDelete
  4. Adoro a Miyuki Nakajima. Principalmente a fase folk.

    Nunca ouvi Naomi Tamura, não conhecia.

    Elis não tem nem o que falar.

    Mika Nakashima eu gosto, mas faz tempo que não ouço, nem sei q musica ela canta agora rs.

    Os outros cantores eu conheço muito pouco... ando bem por fora do J pop atual. Preciso me atualizar

    ReplyDelete
  5. Comentando a listinha.

    1. Nakajima Miyuki: Além de ser uma das artistas que resolveu tomar para si as rédeas da carreira desde muito cedo, ainda é uma excelente compositora, que o diga Kudo Shizuka, que teve sua carreira marcada (até hoje) por músicas de autoria da Nakajima Miyuki. A mesma coisa digo para a atriz e cantora Ken Naoko, que nos anos 70 e início dos 80 emplacou alguns superclássicos de autoria dela: Kamome wa Kamome, Abayo, Jidai e Wakare Uta. Essas quatro músicas são indispensáveis em qualquer coletânea de sucessos dos anos 70. Tokunaga Hideaki só não regravou Abayo em sua prestigiada série "Vocalist"

    2. Tamura Naomi: É verdade que não é cantora de música de anime (gênero que eu abomino até a raiz dos cabelos) mas o "Yuzurenai Negai" infelizmente cresceu demais. Aí tem gente que confunde a Tamura Naomi com essas cantoras de "Otaku Music" que costumam bater ponto no Brasil.

    5. Hara Yuko: A senhora Kuwata Keisuke é também a "vocalista reserva" do Southern All Stars, assumindo os vocais de algumas músicas que o marido compôs para cantoras e que também eram gravados nos CDs do SAS. As performances mais conhecidas da Hara Yuko são em duas músicas compostas pelo Kuwata Keisuke para a cantora/idol Takada Mizue: "Watashi wa piano" e "Sonna HIROSHI ni damasarete".

    7. Yaida Hitomi: Passei a ouvir depois que me perguntaram se eu conhecia. Uma garota que estudou comigo e passou 1 ano em intercâmbio no Japão adora as músicas dela. E foi mais uma a emplacar na Inglaterra: Na outra ilha onde também se toma chá, também é monarquia parlamentarista e também tem metrô cruzando toda a cidade, o antiquíssimo grupo The Checkers já se apresentou e foi na Inglaterra que a dupla Chage & Aska gravou o seu Acústico MTV.

    ReplyDelete
  6. Nakashima Mika, já foi meu sonho de consumo,rs....sério agora, ela é super talentosa, adorei sua seleção! Pura cultura este blog eim?!!!

    ReplyDelete
  7. Correção: Disse que o Tokunaga Hideaki não tinha ainda gravado "Abayo" de autoria da Nakajima Miyuki. Errei. Gravou sim, está no "Vocalist 4".

    ReplyDelete
  8. Eu só conheço a Elis. Pode ser? Vou dar uma olhada nas outras do seu playlist! :)

    Beijo

    ReplyDelete
  9. Bah, voce viu o video que eu postei do ultimo sucesso dela? Esta com visual bem diferente da epoca de Nana, tanto que no Kouhaku anterior levei um susto (nao me leve a mal, lembrou-me a Jessica Rabbit). Elis é eterna, pode crer!
    Beijao!

    Desabafando, a Zooey Deschanel fez um filme bem conhecido o "(500)Dias com Ela". Eu conheci a cantora devido a um site de musica que eu costumo frequentar - "Move That Jukebox". Acho que porque eu tambem tenho meu lado meio "indie" ou alternativo. rs

    Felipe, nao conhecer o Southern All Stars, ainda mais você, vou te trancar numa sala e fazer ouvir todos os albuns e carreira solo deles. hahaha Mas como conhece a Miyuki Nakajima e a Mika Nakashima, a gente perdoa rs

    ReplyDelete
  10. Alexandre, não se desespere por não estar tao atualizado em materia de j-pop porque eu tambem estou. Preciso voltar a bater ponto na Tower Records.
    Miyuki Nakajima, sem comentarios: comecei a ouvir antes da conhecida Chijo no Hoshi... Mika Nakashima, foi devido a "Yuki no Hana", que namorido que gosta. Naomi Tamura foi por causa do animê, mas o "Best of" que tenho dela tem músicas melhores.
    Yuko Hara quase não lança muito album solo como o marido Kuwata. Tenho o "Tokyo Tamoure" que regrava musicas do tempo em que toca discos era vitrola. Eu consegui o video em que ela canta com Shingo Katori, no especial "Utaban", mas pra disponibilizar, nem pensar (retiraram, mas eu consegui, bem, gravar no meu HD)...

    ReplyDelete
  11. MP Kouhaku, ja pensou em abrir um sítio sobre raridades e fatos da j-pop? rs
    Vamolá:
    - Sobre a quadrilogia "Vocalist" do Hideaki Tokunaga, estou enrolando pra comprar. Quero ver se encontro num preço acessível pra comprar de uma vez (a edicao especial rs).
    - Da Naomi Tamura, tem uma música que ela regravou de John Lennon, tem na coletanea "Thanx for a Million", que eu tenho.
    - Yuko Hara: o ultimo single foi no ano passado, devido a novela "Akahana no sensei", inclusive ela faz uma ponta como medica. O "Best of" dela sai final de junho. Algumas de suas músicas foram "lado B" em singles do Southern All Stars...
    - Yaiko está de "licença maternidade" (teve uma filha ano passado, o marido, como ela disse, é "um rapaz comum"), mas logo ela volta. Realmente, uma das poucas a conseguir fã clube na ilha dos Beatles (tem um album que ela regravou em ingles especialmente pro fa-clube dela!)

    ReplyDelete
  12. Nishida-san, pelo jeito quase todo mundo conhece/ouve a Mika Nakashima! Mas nao se preocupe, Edu: iuchubi tambem ajuda e se ainda voce lembrar do japones, da para acessar a Oricon, fuçar nos blogs... Bem, o meu não é 100% perfeito, mas quebra o galho pro pessoal rir um pouco rs

    ReplyDelete
  13. Yoko, esteja a vontade pra procurar os artistas e as músicas citadas! Por isso que eu tento no maximo possivel colocar em romaji, pois, quem sabe encontra. So que meu problema é que estou meio desatualizada, como disse pro Alexandre, ida a Tower Records de Shibuya URGENTEEEEEE!
    PS: Tsuki no Koibito estou na base de torrentagem. Motivo: o horario que passa, estou saindo do trabalho :(

    ReplyDelete
  14. Adoro a Mika Nakashima tb!!!
    A voz dela é única né?
    Vou baixar essa seleção que vc fez pra ver se gosto pois não conheço nenhum com exceção da Elis, que tb é incrível.
    Bjs!

    ReplyDelete
  15. Dessa lista eu só conheço a Mika, acho que tô um pouco desatualizada rss.. mas ela é muito boa, gosto dela como atriz tmb, em Nana :)

    ReplyDelete
  16. электронные сигареты в махачкале - курение детей презентация

    ReplyDelete