Wednesday, March 16, 2011

Estagiários, esses seres incompreendidos

Atire o primeiro peso de papel quem nunca foi um estagiário ou teve vontade de esganar um.

Durante nossa recente time line no twitter, nem lembro se foi o @mauj77 ou a @PriAmelie que mencionou sobre os estagiários (mas os dois estavam na conversa sobre jornalistas). Daí lembrei de um artigo bem antigo (sete anos, vai) do finado blog que eu amava, o "Garotas que Dizem Ni!", que eram três jornalistas muito bacanas e manteram esse site até 2008. Uma pena, pois era muito divertido e emocionante ler os artigos. Restou alguns posts creditados em outros blogs e o livro "Impossível Ler Um Só", que ganhei de mamãe quando tirei merecidas férias. Tá bom, ela só me deu o dinheiro.

Navegando no seo gugol, encontrei o post na íntegra no site "O Blog da Elfa Jaqueline", obviamente assunto sobre a trilogia de J.J.R. Tolkien, "O Senhor dos Anéis" (cuja trilogia bem que tentei ler e dormi no meio do filme por cansaço, não que o filme fosse longo). Gostaria de compartilhar com vocês sobre o assunto. Ah. Estagiários, porque eu também fui uma.

Frodo, vai buscar carbono pautado? 

Só quem já teve um estagiário sabe como é recompensador para a alma torturar essas pessoinhas. E só quem já foi estagiário sabe como dá vontade de estripar e pendurar as vísceras de chefes assim numa árvore. E eu tenho a nítida impressão de que, ao escrever o personagem Frodo para o "O Senhor dos Anéis", Tolkien pensou nessa gente que une muita garra com pouca formação. 

Vai por mim, a teoria é quente. Frodo, o hobbit de bom coração, foi inspirado nos estagiários de escritório com toda a certeza desse mundo. Nem vou me alongar muito aqui. Divido em tópicos, como um memorando. 

Ele é inexperiente 
O mocinho nunca saiu de seu condado e observa tudo com os olhos de um bebê. Tal qual um jovem no primeiro dia de trabalho. Se ninguém indicar onde está o prato, é capaz dele morrer de fome, de tão bobinho 

Ele recebe uma missão impossível 
Assim como se faz com o trainee novo no pedaço, deram ao pobre Frodo a tarefa mais casca-grossa de todas sem perguntar se ele achava que podia cumprir. Destruir o anel na montanha de Mordor? É sacanagem equivalente a mandar o rapaz pagar as contas da amante do dono da firma no Bradesco no dia 05 do mês.

Ele é perseguido 
O garoto não inventou o anel, não usou o anel para o mal, não pediu para ficar com o anel. Mas todos os orcs e espectros querem acabar com a raça dele por isso. É como quando a secretária esquece de colocar um pacote no correio e culpa o estagiário. Na dúvida, cortam a cabeça do mais fraco, sempre. 

Todo mundo manda no coitado 
Desde o anão bobão até a elfa da floresta, todo mundo dá pitaco na vida do Frodo. A missão é dele, mas todo mundo quer dizer para o garoto o que ele deve fazer, onde deve ir, que caminho tomar... Pegar a porcaria do anel e ir lá dar cabo nele ninguém quer, né? 

Ele só tem um amigo chegado, e que é de sua espécie 
Estagiário só pode confiar em outro estagiário. E hobbit ferrado só pode confiar em outro hobbit ferrado. Por isso, quando todos os coleguinhas se separam, é o Sam, amigo gordinho, que fica para segurar a barra do Frodo. Fidelidade é comportamento típico nas castas mais baixas, ainda bem. 



Créditos: Garotas que Dizem Ni! (Clara McFly, Fla Wonka e Vivi Griswold), texto original de 2004.


Sabe que podemos contar com nosso estagiário... ops, com Frodo...

7 comments:

  1. Olá Kiyomi! Já passei por esse “período” de aprendizado. Não tenho do que reclamar não. Realmente tinha que me desdobrar, fazer coisas que nunca tinha visto e nem ouvido falar, mas foi um grande aprendizado. O patrão era um amor de pessoa. Até hoje, quando esbarro com ele na rua, vem cheio de sorrisos e puxando conversa. O duro era aguentar os dois filhos dele, quase da mesma faixa etária que a minha, achando que já sabiam de tudo rs. Esse blog, o “Garotas que Dizem Ni”, deveria ser bem engraçado. Pelo visto, elas eram fãs de “Monty Python”. Bjuss

    ReplyDelete
  2. Cacá, sorte sua da vida de estagiaria, pois a minha, foi um tal de pedir envelope redondo pra carta circular... Mas trabalho mais ferrado nunca me passaram (trabalhava no Banco).
    O blog infelizmente saiu do ar, mas as autoras querem colocar novamente, para que os leitores voltem a relembrar os bons tempos. Era bem divertido. Se encontrar o livro que falei, vale a pena.
    Sim, elas adoravam o filme "Em Busca do Calice Sagrado"!!!

    Bjs!!!

    ReplyDelete
  3. Oie Kiyomi,
    desculpe minha ausência por aqui, é que o pouco tempo que sobra eu fico presa no twitter lendo as informações, pois eu pouco entendo oq a tv japonesa diz...
    Adorei o texto, incrível como o Frodo é um exemplo de estagiário... Nunca tinha o visto desta maneira, rs!
    Grande beijo!

    E que dias de paz voltem a reinar por aqui, não é?!
    #fé

    ReplyDelete
  4. Oi Pri, eu tambem volta e meia estou ora no noticiario tentando assimilar as coisas, ora no twitter... Falei que eu ia encontrar esse texto dos estagiários? Se for assistir ao filme e associar aos estagiários, pior que é igual mesmo.
    Bem, eu fui uma daquelas estagiárias em que me mandar buscar envelope redondo pra carta circular...
    Nada melhor um texto de humor pra animar aqui hahaha

    Melhores dias estão vindo!!!

    Beijao!

    ReplyDelete
  5. Kiyomi, quando comecei a trabalhar aprontaram ate pouco comigo, 90 % foi trote telefônicopediam cada orçamento sem noção e eu caia em todos, mas teve um rapaz da transportadora que eu trabalhava que sofreu coitado, lembro até hoje do dia que pediram pra ele passar tinta de carimbo no carbono pois disseram que estava fraco, na época os notas ou eram preenchidas a mão e na máquina de escrever, impressora e nota fiscal carbonada era coisa ainda rara, só de lembrar ele tentando limpar todo aquele azul das mãos, e da mesa já lembro e começo a rir e ficar com pena, o coitado sofreu, agora seu envelope redondo pra circular é muito criativo. Ate.

    ReplyDelete
  6. Olá Kiyomi,
    Acho que os estagiários que se enquadram nessa descrição são aqueles que trabalham em grandes empresas pois acabam sendo apenas mais um e sempre sobra a pior parte.

    Mas no caso de pequenas e médias empresas, existem aquelas que contratam apenas por ser mão de obra barata e aquelas que contratam pensando no futuro para moldar o funcionário do seu jeito, sem os habituais "vícios".

    Mas em todo caso o que vejo nos dias de hoje é muita gente mal preparada, que mal sabe escrever um e-mail corretamente quanto mais mexer no computador (salvo Twitter, Facebook, Orkut, etc...). Já fui estagiário há muito tempo mas na época eu estudava bastante e lia revistas e jornais para me manter informado além de treinar a escrita. Hoje em dia eles não estão nem aí...Já trabalhei com vários estagiários e poucos deles puderam ser aproveitados...

    Abs,
    Carlos

    ReplyDelete
  7. Carlos, onde eu estagiei era o Centro de Processamento de Dados de um banco, então imagina o primeiro mês de adaptação. Depois foi uma maravilha trabalhar, mas infelizmente devido aquela maravilha de plano em 1990, todos os estagiarios foram cortados.
    Foi um periodo bem legal mesmo, apesar do envelope redondo rs
    O texto das Garotas, foi em 2003, e elas foram estagiarias de uma empresa de internet que cortaram as tres de uma vez só sem contarem o real motivo pra elas (nas historias, elas contavam varias versões diferentes uma mais comica que a outra, uma pena que o site saiu do ar), acho que por isso que calhou tambem a época do sucesso do filme "Senhor dos Anéis".
    Abração e beijao pra Denise!

    ReplyDelete