Saturday, June 18, 2011

Placas de Boas Maneiras

Vendo a postagem da JuMinako sobre as plaquinhas japonesas do que não deve se fazer nos metrôs e suas dependências (se bem que uma minoria faz mesmo, na maior cara lavada do mundo, atire a primeira pedra quem nunca andou em trem, metrô e/ou ônibus aqui) e que deveriam ser adaptados em muitos países, inclusive onde eu nasci, estudei e trabalhei. Essas placas eram da campanha do Tokyo Metro Bunka para conscientização dos usuários em geral com o lema "家でやろう" (Faça isso em casa), em forma bilingue (inglês e japonês).

Eram placas ilustrativas do que alguns usuários fazem no trem o que deveriam fazer em casa ou em outro lugar, menos dentro dos vagões ou nas dependências das estações, como "Não retoque a maquiagem no trem" (tá, eu também já fiz isso, confesso), "Não faça piquenique no vagão", "Ceda seu lugar para quem precisa" e por aí vai. Um pouco tempo depois, saíram placas com a campanha "またやろう" ou "Por favor, faça isso sempre", ilustrando pessoas cedendo lugares, não obstruindo passagens, desligando o celular...

Ajudando a senhora pegar a bolsa/sacola que está na prateleira do trem...
Não fique conversando com seu(s) amigo(s) na porta do trem, dê passagem para quem entrar ou sair.
Não ocupe todo o espaço livre do banco - dê uma vaga que cabe.
Ceda seu lugar para alguém que precisa.
(Essa muita gente queria que cumprissem:) Diminua o volume do seu MP3 em respeito ao passageiro ao seu lado

Esses cartazes ficavam nas paredes das plataformas das estações do metrô de Tóquio, para conscientização dos usuários (e de quem mais quisesse saber). Em algumas partes tinha o "Por favor, faça isso em casa/praia/academia" e em outras "Por favor, faça isso novamente". 
Fotos: via gugol, porque a lesada aqui raramente pegava metrô, e quando pegava, esquecia de fotografar essas pérolas...

8 comments:

  1. Essas plaquinhas são muito engraçadas. Mas eu fico indignada por saber que algumas pessoas não tem o minimo de respeito para com as outras e por isso campanhas assim são necessárias. Acho que nem é uma questão de educação, é questão de civilidade.

    ReplyDelete
  2. Isa, é verdade: muito embora tanto no metrô como nas estações dos trens tenham um monte de cartazes para o pessoal se conscientizar, infelizmente ainda existem pessoas que nem estão nem aí.
    Uma das coisas que me deixa danada da vida quando eu pegava o trem na volta pra casa - devido ao horario, a companhia disponibilizava um vagão exclusivo para mulheres (geralmente depois das oito da noite). Sempre tinha um ou meia duzia de homens que se faziam de desentendidos e entravam no vagão, sendo educadamente convidados a se retirarem quando a mulherada falava ou quando o fiscal passava.
    Queria saber se no BR essas campanhas fariam sucesso!
    Bjs!

    ReplyDelete
  3. mata yarouuuuu

    amei!!(L)

    kiyomi, parece q no trem tem um vagao para mulheres, não sei como funciona!

    na linha verde do metro de SP, o primeiro vagão é reservado, e tem cordinha para separar as pessoas!!

    beijusss

    ReplyDelete
  4. JuMinako, em algumas linhas da JR, Keio e Tokyu Toyoko possuem sim, o vagão especial para mulheres. Em determinado horário, o vagão é reservado para elas, salvo se tiver algum deficiente acompanhado ou meninos até o primário. O vagão da Toyoko é inteirinho com etiquetas em pink avisando que é exclusivo para mulheres (durante a semana, horario determinado e trem expresso), bem como na plataforma, mas nem sempre é cumprido.

    ReplyDelete
  5. Eu não sei como é o sistema público de transporte aqui em Brasília. Pra falar a verdade eu nunca andei de ônibus e nem de metrô por aqui.

    Quando eu morava em Londrina, andei de ônibus algumas vezes, o problema que eu percebi era não ceder o lugar para os mais velhos e as grávidas e a superlotação. Se bem que os motoristas de ônibus, pelo menos uma parte deles são uns sacanas e também não respeitam os passageiros.

    Eu acho que esse tipo de campanha seria interessante, e talvez ajuda a educar um ou outro babaca.

    ReplyDelete
  6. Adoro estes cartazes!!! Os desenhos são muito bons e as cores bem escolhidas!!Muito Legal!

    Gigi

    ReplyDelete
  7. É, se isso funcionasse no Brasil... male male o pessoal cede o lado esquerdo da escada rolante pro povo que tem mais pressa subir e mesmo assim... sempre tem um q empaca... eu fico com ódio disso...

    Kisu!

    ReplyDelete
  8. Olá Kiyomi,
    Aqui deveria haver muitas placas como essas pois educação e bons modos são coisas raras hoje em dia...e o pior é que mesmo com plaquinhas as pessoas não seguem as recomendações por aqui...difícil viu...

    Abs e boa semana!
    Carlos

    ReplyDelete