A Autora

Foto atualizada dia 29 de maio de 2011...
Muito prazer, hajimemashite, nice to meet you!

Meu nome: Eliane Kiyomi Iwasaki (é, pelo menos é que consta na minha certidão de nascimento, carteira de motorista, registro geral, carteira de estrangeiro, passaporte...), mas muita gente me conhece como Kiyomi, Iwasaki, Iwa-chan, Miss Piggy, Kiki-chan, Nane (é, esse vem da minha infância)... Isso quando algum(a) aloprado(a) erra o meu nome...

Tenho sangue 100% nipônico, sendo que 25% vem de Kagawa, 25% Hokkaido e 50% Kumamoto. Nasci no interior de São Paulo, numa cidade "de primeira" (pois se engatar a segunda, está saindo da cidade), onde semáforo é sinal, grampo de cabelo é ramona, tiara pra prender cabelo é arquinho. Com direito a puxadas de erre possíveis. Mas entre um sushi e outro adoro churrasco, pizza (de frango com catupiry, please!) e feijoada.

Sou viciada em sorvete mesmo no inverno e apoia a vinda do biscoito Passatempo.

Formei em Magistério, sou técnica em Administração de Empresas, graduei-me em Processamento de Dados pela Unesp-Bauru. Consegui ter a proeza de ter lecionado, trabalhado como analista de sistemas e escrever artigos em um jornal local ao mesmo tempo.

Vim parar no arquipélago nipônico em 1998 pela curiosidade de conhecer a terra dos antepassados, com plano de ficar dois anos, mas esse tempo estendeu-se por seis vezes mais. Nota mental: nunca planeje tempo, nunca dá certo [pelo menos pra mim...].

Morei em Hikami (Hyogo), Minamiashigara (Kanagawa) e agora estou há oito anos e seis meses... em Yokohama.

Tenho um kinguio de 1,78 metro que se atende pelo nome de Roberto. Ele me atura há onze anos.

Gosto de filmes, desenhos animados e ler quadrinhos: desde os gibis da Turma da Mônica até tiras feitas pela web.

Tive a coragem e a cara de pau de ver o Sir Paul McCartney no Maracanã (quando ele ainda não era Sir ), fui espremida no show do U2 no Saitama Super Arena, vibrei no show de Franz Ferdinand no Tokyo International Forum e fui três vezes no show do Masaharu Fukuyama...Update grave: em setembro do ano de 2010 finalmente conseguiu ir ao show do quinteto Smap no Tokyo Dome e prestes a ir pela quarta vez ver o Masaharu no Saitama Super Arena em novembro de 2011...

Possuo gosto duvidoso para música o qual divido em fases:
- Anos 60: Beatles (number one!), Rolling Stones, Beach Boys, rock dos anos 60 que vier...
- Anos 70: Carpenters, Police (do tempo que o Sting era legal), U2, e sei lá, algo tosco da época?
- Anos 80: Cyndi Lauper, Madonna (eu confesso, ouvi muito na minha adolescência!)...
- Música brasileira: Bossa Nova (Nara Leão), alguma coisa da Jovem Guarda, Beto Guedes, Milton Nascimento, passando pelo rock brasileiro, como Legião Urbana, Titãs, Paralamas do Sucesso... (e parou por aí)
- Música japonesa: vai desde Hibari Misora, Yuzo Kayama, group sounds, passando por algumas aidorus dos anos 80, e emenda com Noriyuki Makihara, Kan, Dreams Come True, Every Little Thing e - vai lá, podem me bater, espancar e me assar pra alimentar metade de uma nação faminta - Masaharu Fukuyama e Smap. Upgrade novamente: como se não bastasse gostar do Masaharu e do Smap, inclui agora um outro quinteto fofo o Arashi!

Frequento liquidações, não resisto a uma oferta de supermercado, usuária contumaz de point cards com a finalidade de ganhar descontos e pontos, coleciono cupons para ver se a compra sai mais barata.

Tenho um iPod nano de segunda geração, meu PC de "trabalho" é um Sony Vaio que saiu de linha, meu aparelho celular é um HTC querendo ser iPhone e ainda não troquei minha TV com tanajura para uma magrinha algo que tenho que fazer até julho de 2011, depois do dia 23 vai acabar a transmissão analógica mas já consegui resolver o problema graças a um aparelhinho de conversor de sistema analógico pra digital!

Meu senso fashion às vezes falha. Maquiagem, só não uso no verão, senão tudo derrete.

Não tenho paciência para novelas do Brasil, mas bem que assito aos doramas japoneses, que duram até um ano, em doses semanais, com pouco elenco e sem embromação. Programa de variedades, tenho saudades do Jô Soares e suas entrevistas, do tempo que Matéria Prima era legal; sempre que posso assisto SmaStation!, Music Station, noticiários (Mezamashi Seven, Tokudane Times e News Zero), SmapXSmap, VS Arashi e alguns programas de sábado e domingo à noite quando quero melhorar - vai - meu senso de entendimento em língua japonesa.

Gosto de cozinhar quando a paciência e a disposição permitem.

Mesmo depois de doze anos morando aqui, não deixo de cometer toupeirices, gafes e alguns foras, que estão sendo relatados neste sítio - forma lusitana e pouco usada para site. Afinal, quem nunca cometeu alguma gafe mesmo dentro da própria casa?

Defeito: adoro conversar muito e com detalhes.

Idade: assumindo a casa dos "enta" mas com espírito sempre jovem!

Signo: leonina que late com ascendente dela mesma. Explicando: no horóscopo sou de Leão, meu ascendente dá Leão mesmo e no horóscopo chinês sou cachorro. Não, não acredito em horóscopos...

Intenção de ter criado este sítio - finalidade de dividir experiências e compartilhar os foras... ops, o cotidiano que alguém que mora no exterior vive. A fim também de estar por dentro do que está no mundo através de outras pessoas. E quem sabe conhecer pessoalmente os autores de demais blogs (se alguém tiver coragem).

Qualquer coisa, mais sobre mim mesma, estarei montando 101 fatos da Piggy Sakura, em breve...