Sunday, July 12, 2009

Como Fazer um Bom PV sem torrar Milhões


Ou: Como economizar nos tempos de recessão.

Só pra explicar os mais desavisados, quando cito "PV" neste pobre mas humilde sítio, não é sigla de Partido Verde, nem Partido Vermelho, nem outros genéricos. Apenas para não ter que ficar escrevendo "Promotion Video" toda hora. "Promotion Video", aqui no Japão, seriam os famosos videoclipes para divulgar a música de muita gente por aí. Mesmo sendo tosco, acabam ficando na memória de muita gente.

Tem muito artista por aí que torra milhões pra fazer um PV de no máximo cinco minutos, pois envolve desde o cachê do artista até transporte para o local de onde vai ser feito o video, incluindo no meio os efeitos especiais a la Spielberg.

Querem saber? Video bom, é video que não precisa dessas "frescurites" todas. Nada contra os PV que trazem efeitos especiais, dependendo de quem faz, até que fica bonito. Mas em excesso acaba estragando tanto a música que poderia ser boa e o artista que poderia ser bem criticado.

Eis alguns exemplos em que basta uma câmera, um bom editor de vídeo e muita cara de pau...

Matt & Kim: "Lessons Learned" - Esta dupla norte-americana fez o inusitado: enquanto andam em plena Times Square de Nova Iorque, interpretam e... tiram a roupa!!! Só o que precisaria era avisar aos transeuntes desavisados que se trata apenas de uma performance para divulgar um CD, nada mais. Só que, quem não gostou muito foi a polícia...

The Beatles: "Rain" - Já citei em algum artigo perdido neste sítio, mas vale a pena ver de novo. Antes que vocês falem que, "mas é 1966, queria o quê? Sai tosco deste jeito mesmo!", este PV, precursor da MTV, deveria servir de exemplo pra muita gente. No auge da fama e milionários, os Beatles, pra divulgar o PV de um novo single, não precisaram gastar muito: bastava ter autorização no parque para filmar. Bom, resta saber se precisaram desembolsar muita grana para fazer tal proeza.
Hã... eu cheguei a falar do dente quebrado do Paul nos 0:49 do vídeo?

SMAP: "Dynamite" - Ok, ok. Novamente o PV já mencionado. Talvez tirando o custo do salário de todo mundo e dos extras, outro exemplo que pro PV ficar bom não precisa de efeitos mirabolantes. Bastam uma câmera, uma camioneta, dois pallets e um tambor de óleo vazio e rodar pelas ruas de Shibuya. Só que teria que tomar cuidado se houvesse alguma freada brusca, alguém cair de cima (mais provável seria o Shingo Katori, que fica em cima da cabine do veículo, dentro do tambor, carregando o mesmo...), mas se as prestações do seguro estiverem rigorosamente pagas em dia, tudo bem.

Franz Ferdinand: "Can't Stop Feeling" - Outro exemplo (atual) de que video bom é video sem precisar de efeitos especiais, taí este do grupo escocês mais indie do pedaço. Incrível que eles conseguiram na montagem feita por eles mesmos interagirem com as cenas, apesar que eu não entendi o que a gelatina tem a ver com a história. Afinal, até que as aulas de educação artística na Universidade foram de grande valia. Pra comprovar o quanto o grupo quis fazer um PV legal sem ter que gastar muito (outro exemplo foi a versão número dois de "No You Girls", que já mostrei), sim, eles repetem as roupas que já usaram em PVs anteriores. Só que alguém compre urgente um novo colete pro Kapranos, porque o do PV parece que as traças tomaram conta (ou é mostrar que eles realmente estão com a verba tão curta mas tão curta que só compram roupas no brechó mais próximo da casa deles?).

5 comments:

  1. Passando pra desejar um ótimo domingo pra vc...=]
    Mto interessante o post, como sempre td por ai é diferente neh hehehe....

    Miquilisss
    Bru

    ReplyDelete
  2. Ahhhh eu sabi q em alguma hora desse post ia ter uma menção aos beatles rs... pq será né?

    Kisu!

    ReplyDelete
  3. Incrível *____*
    To pra ver vc fazer um post sem falar do F.F e dos B's.

    Entendi, então não vamos gastar dinheiro com PV e sim, tirar a roupa, chama mais atenção e sai baratinho baratinho...a única coisa q pde acontecer, é pegar um resfriado por andar com a buzanfa de fora ! xD

    ReplyDelete
  4. Bru e Qui, obrigada pelas visitas, Miss Piggy agradece eheh.

    Bah, esqueci de esclarecer...Eh que sou fã dos Beatles, daquelas que pra ir no show do Paul McCartney quase ficou em DP de Matematica... E usou todos os pontos possiveis no cartao da Tower Records pra conseguir o Anthology ahahahah

    Leo, o dia que o Sir Macca resolver reunir os Beatles em outra dimensão, vais me ver de preto por uma semana...

    ReplyDelete