Friday, January 14, 2011

O Festival do Vermelho e Branco - Kouhaku Utagassen - Saldo Final - Primeiro Bloco


Nao Matsushita, o quinteto Arashi (da esquerda pra direita - Jun Matsumoto, Satoshi Ohno, Masaki Aiba, Kazunari Ninomiya e Sho Sakurai) e atrás deles as mascotes simbolizando as duas equipes - Vermelho e Branco

Confesso: passei a noite do dia 31 de dezembro assistindo ao evento pela tevê. Mas queriam o quê? Com o frio que estava de gelar os ossos lá fora, eu ainda me recuperando daquele resfriado que me deixou até de cama! Também não estava a fim de passar o resto da minha folga ardendo de febre e hibernando, sendo que no dia 2 eu tinha compromisso inadiável. Mas mesmo assim, depois que acabou o evento, eu e namorido kinguio saímos para comemorar a virada de ano em algum restaurante em Sakuragicho mesmo.

Bem, voltando. Como eu sei que tem muita gente que não assistiu ao evento do 61゚. Kouhaku Utagassen por motivos diversos (desde não estar em casa até o canal não funcionar), vou tentar fazer um pequeno resumo do evento (quem me conhece, sabe como vai ser esse resumo né...), mas em duas partes, pois o Kouhaku acabou dividindo em dois blocos (das 19:15 as 21:25 devido ao noticiário e das 21:30 as 23:45).

A Cerimônia de Abertura... Bem, quase nunca muda, exceto o apresentador, os supporters e os convidados especiais. Como muita gente sabe e acompanhou os noticiários, os supporters das equipes Vermelha (Akagumi) e Branca (Shirogumi) são respectivamente a atriz (e cantora) Nao Matsushima e o quinteto Arashi. E quem iniciou o programa foi o golfista (mais bem pago do Japão via comerciais) Ryo Ishikawa. E as equipes entrando para se apresentarem no palco (ops, esqueci se era por ordem alfabética - do Japão - ou por ordem de apresentação mesmo).

Ayumi Hamasaki, abrindo o evento 
Pela segunda (ou terceira) vez consecutiva, abrindo o evento... Quem lembra da resenha do último evento, quem abriu o festival foi Ayumi Hamasaki e o grupo EXILE. Pois bem, novamente eles se encarregaram de abrir o evento e com grande estilo. Ayu, quem sabe da carreira dela, sabe que ela faz uma bela duma hiperprodução. Só que desta vez ela fez diferente: começou da porta da entrada do NHK Hall, vestida de noiva com um véu quilométrico, cobrindo desde onde começa a última fila do teatro até o palco. Fazendo jus ao nome da música - "Virgin Road", que no inglês significa o caminho onde a noiva passa na igreja (ou salão) até chegar ao altar. Detalhe, que todo mundo ficou sabendo na manhã do dia 1゚. de janeiro - casou-se rapidinho com um ator austríaco - Manuel Schwartz - que participou de dois PV dela - e no citado "Virgin Road", ele é o noivo...

Masaki Aiba (esq.) e o grupo EXILE
Quanto ao grupo de quatorze rapazes do EXILE, parabéns a eles, por terem conquistado pelo terceiro ano consecutivo o Nippon Record Taisho, um dos prêmios máximos da indústria fonográfica japonesa. E não seria pra qualquer um, não! Ah, sim. A premiação foi feita na noite anterior ao Kouhaku Utagassen... E apresentaram-se com estilo com a música que os fizeram ganhar o prêmio "I Wish For You" (que também é do comercial de carros da linha Wish da Toyota, que eles fazem propaganda). Prova que, mesmo com a confusão que aconteceu no início de 2010 em relação a pagamento de impostos (por parte do escritório que os gerencia), e todos achando que seria "a maldição do bicampeonato do Record Taisho", blá, blá, blá... Mas superaram tudo e quem sabe este ano será o tetracampeão?

Quando 48 viram 130 meninas...
O Milagre da Multiplicação O ano de 2010 o grupo de 48 meninas que formam o AKB48 foi bem produtivo até demais. Onde deu pra encaixar uma ou mais (senão todas) integrantes do grupo na TV, mídia, etc., o Akimoto Atsushi deu um jeitinho. E claro que a trupe de 48 meninas não poderia faltar no evento, com  o medley  com "Beginner", "Heavy Rotation", "Pony Tail no Shu-Shu". Detalhe: no meio da música, as 48 meninas se transformam em 130! Como? Juntando as 48 meninas do SKE48 (de Nagoya) , mais 16 meninas do NBM48 (Osaka) e 18 estagiárias do AKB48 pra serem do grupo (qual delas sei lá) e no final formando a frase AKB RED V (Ou seja: Vitória para o Vermelho pelo AKB).

Mitsuko (no meio) e o quinteto TOKIO (bem à frente)
Ajuda muito bem vinda: A cantora Mitsuko Nakamura novamente apresentando-se bem ao estilo de matsuri, como no ano passado. E com a ajuda dos cinco integrantes do grupo TOKIO e a presença da... do... ah, que seja, Haruna Ai (sim, a que ganhou o concurso da transexual mais bonita do mundo, torcendo para ambas as equipes) e também das mascotes deste ano, os gorilas Uta-Ukki, que estavam em forma de marionetes pelos convidados. A coreografia também se estendeu até a platéia, que estavam com os discos vermelho e branco e acompanhavam a música intercalando as cores. (Nota: os discos que estavam com a platéia são usados para contar os votos no final do evento)

Natsuko Godai e parte das meninas do AKB48...
...que logo acompanharam também Takashi Hosokawa
Natsuko Godai e Takashi Hosokawa também tiveram a ajuda das meninas do AKB48 na coreografia das músicas. Godai apresentou-se com "Hitori Sake", com 1/3 das AKB48 trajando hakama (vestimenta típica de quem se forma na faculdade), pelo menos elas saem um pouco daquelas roupas repetitivas de xadrez. Hosokawa, conhecido por errar quase sempre a letra de "Naniwa Bushidayo Jinsei wa", desta vez cantou certinho. E acompanhado pelas meninas do
AKB48 - é que logo que Godai encerrou a apresentação dela, logo Hosokawa apareceu, no canto do palco, passando pelo corredor feito pelas
meninas e no palco as mesmas que se apresentaram junto com Godai, apresentaram junto com ele, com os mesmos trajes e também coreografando. (Opinião de quem vos posta: as demais meninas deveriam estar também com o hakama, que variassem as cores ou padronagens, ficaria mais de acordo com a apresentação, mas e depois pra todo mundo trocar de roupa e participar no meio do evento?)

Novos garotos propaganda: Chideshingo e Chideshika
Aprendendo com o veterano: já trocaram o sistema da casa?
Pausa pros nossos comerciais... A partir de 24 julho de 2011, o sistema de transmissão de TV passará a ser digital, então antes que seu programa favorito saia fora do ar, é providenciar trocar a antena, o televisor, ou adquirir o conversor... Quem é o rapaz propaganda para divulgar e lembrar a população disso é Tsuyoshi Kusanagi, que esteve no palco junto com o Arashi para lembrar novamente o pessoal, e no meio da platéia a mascote Chideshika (shika= veado) e... Shingo Katori, parodiando a mascote, com a camiseta amarela e as anteninhas na cabeça, para ajudar o companheiro de grupo, como Chideshingo, que anunciava que a partir de julho de 2011 toda casa vai ter que ter uma antena de transmissão digital. (Nota: naquele bloco, Satoshi Ohno não estava pois tinha acabado de se apresentar no bloco especial sobre desenho animado como Kaibutsu-kun, personagem que protagonizou no j-dorama do mesmo nome)



Convidados Especiais: Quem lembra de uma postagem do ano passado do evento de 2009, eu mencionei o trio Funky Monkey Babys que eles costumam fazer PVs e colocar na capa de seus singles e álbuns, fotos de personalidades famosas, como por exemplo o governador da província Miyazaki (e comediante) Hideo Higashikokubaru, a atriz e comediante Hanako Yamada. O novo single - "Ato Hitotsu" - traz o jogador de beisebol do Rakuten Eagles, Masahiro Tanaka (na mídia ele foi conhecido como "Ma-kun") inclusive o próprio estava no palco junto com o veteraníssimo cantor Saburo Kitajima.

E todo mundo dançando igual a abertura da novela!
No caso da apresentação de Miyuki Kawanaka, a presença do elenco do novo asadora da emissora NHK - "Teppan", que entrou no lugar do sucesso "Gegege no Nyoubo" - reforçou a apresentação no palco, com a dança semelhante ao da abertura da novela.

O quarteto L'Arc~en~Ciel apresentou-se quase no final do primeiro bloco, com "BLESS", que foi música-tema da NHK para a transmissão dos Jogos Olímpicos de Inverno em Vancouver (Canadá). Quem comentou antes do grupo aparecer, foi o patinador no gelo Daisuke Takahashi (que ganhou a medalha de bronze na categoria).

Mantendo as tradições seculares
Tradição e Paz: O quinteto vindo de Okinawa - o HY - não negou as raízes ao fazer a apresentação da música "Toki wo Koe", com direito ao shamisen típico da província (feito de pele de cobra), os músicos de apoio com os trajes típicos e instrumentos idem. E as bandeiras feitas pela população da cidade natal do grupo (daí o nome do grupo - Higashi Yakena). A avó da vocalista Izumi Nakasone estava no meio da platéia para prestigiar a neta, tanto que antes do evento, a NHK fez um quadro especial do quinteto e apresentou a família de Nakasone, contando sobre as dificuldades que passaram na pós-Guerra e após a devolução de Okinawa ao Japão em 1972.

Detalhe: os tsuru também na roupa de Kumiko
A cantora Kumiko - outrora era atriz de teatro e cantora de pequenos lugares (tanto que acho que muita gente nem conhecia). Acabou sendo nacionalmente conhecida com a canção "Inori" ("Oração"), e o PV mostra vários origami de tsuru. Motivo - a canção foi composta pelo sobrinho de Sadako Sasaki, símbolo da tragédia de Hiroshima (Sadako ficou conhecida pela preserverança de um dia poder voltar a ser sã, e na crença de que fazer 1000 origami de tsuru estaria curada. Infelizmente, faleceu ao terminar 600 origimi e suas colegas de escola terminaram para ela e puseram em sua lápide. Em Hiroshima, existem duas ou três estátuas simbolizando Sadako e o tsuru).

A audiência no primeiro bloco foi a média de 35,7% segundo o Tokyo Research, sendo que 40,8% foi quando o grupo AKB48 apareceu.

Notas: 


1. Não postei desta vez os vídeos porque toda vez que posto, em algumas horas eles desabilitam.


2. Quase nem falei dos cantores de enka, pois confesso - quase sempre é a mesma coisa, mas pelo menos felizmente Shin'ichi Mori não cantou pela enésima vez a batidérrima "Ofukurosan", cuja letra foi levemente modificada sem consentimento do autor que deu a maior dor de cabeça.


3. Quis comentar mais os artistas que tiveram alguma performance bem destacada mesmo.


Logo loguinho, a parte final, espero não ter que demorar muito (se o pessoal tiver paciência pra ler tudo).

Fotos: via gugol e do vídeo que a autora conseguiu torrentar. Por isso algumas sairam meio desfocadas, com letra da música junto...

5 comments:

  1. deixei gravado e vi trechos, pulei qse tudo.
    achei um pouco melhor que do ano passado, mas ainda tava cansativo. não gostei do cenário, enjoou, era luz demais hahaha
    pra variar o enka foi tudo repeteco. e a música nova, do Hikawa Kiyoshi, prefiro nem comentar o que foi aquele "baião".
    afff

    seu review ta otimo, adorei.

    ReplyDelete
  2. Olá Kiyomi! Adorei o resumão que você fez do primeiro bloco do Kouhaku. Como você deve saber, infezmente meu pacote de canais pagos não inclui a emissora NHK. Por isso, o jeito foi recorrer à internet. O difícil foi achar algum site que já tivesse disponibilizado algum trecho das apresentações, ainda mais no último dia do ano (aqui pra gente né, pois no Japão já era Ano Novo!). O primeiro vídeo que consegui assistir foi com as garotas da AKB48. Achei belíssima, principalmente por reunir tantas meninas. O desfecho foi maravilhoso. Me surpreendi com o vestidão da Ayumi e também soube depois do seu casamento. Nada mais apropriado né! Achei engraçado seu comentário sobre a cantora que erra sempre a letra da música. Temos também nossa representante nacional. Ano passado, o vídeo em que a cantora Vanusa canta errado o hino nacional se espalhou em tudo quanto é site. Mas voltando ao assunto, só cheguei a assistir algumas apresentações. E como você mesmo disse, muitos dos vídeos acabaram sendo desabilitados. Mas no geral, adorei. Agora esperando ansiosa pela segunda (e melhor) parte. Bjuss!!!

    ReplyDelete
  3. Alexandre, tudo bem?
    Na verdade, achei normal, mas... ficou aquela "poderia ser melhor".
    Percebeu porque quase nem falei de enka no primeiro bloco, né?
    Ah, mas aguarda que o segundo bloco talvez esquente. E já que você não comentou do Hikawa Kiyoshi, deixa comigo, acho que vai render boas risadas, pois nem eu e nem a @linastyle no twitter aguentamos.

    Calma que tem a segunda parte eheheh

    Beijao!

    ReplyDelete
  4. Cacá, no d-addicts, colocaram o 61 Kouhaku pra torrent. So que vai acabar virando uma pasta com dois arquivos. Eu tive que rever para pegar os captions dos videos, pois nem no seogugol encontrei mais do que poderia.
    Aguarda o segundo bloco que vai esquentar, talvez eu demore um pouquinho, apesar da minha folga, eu tenho outras coisas rs
    Beijao!

    ReplyDelete
  5. O pessoal só entendeu a apresentação da Hamasaki Ayumi no dia seguinte, quando ela anunciou que casou com um ator austríaco. Assim ela entra para o time de cantoras japonesas que casaram com um estrangeiro.

    AKB48, vieram com força e devem permanecer no Kouhaku por muitas edições. E só pra constar, no TOP 10 de singles mais vendidos de 2010, nada menos que quatro são delas. E os outros seis são do Arashi, nunca um TOP 10 da Oricon foi tão concentrado.

    ReplyDelete