Wednesday, May 18, 2011

Você Não Está Sozinho - Vamos Ficar Felizes!

Os brasileiros e alguns japoneses que participaram ao vivo (e virtualmente) do 4o. Encontro dos Twitteiros no Japão, na cidade de Komaki (Aichi). Conhecem alguém no painel (feito pela @suriemu e fotografado pelo @igaum_ms)?


Minha intimidade com as SNS (Social Network Services - ou: Serviços de Redes Sociais) era limitado a parcos comentários em fóruns específicos, raras visitas no orkut (sim, tenho conta, mas entro uma vez por dia porque ainda tenho amigas das comunidades do digníssimo quarentão Masaharu Fukuyama, que anda meio parado. A comunidade, não ele. E do quinteto Smap pois tenho três amigas que comunico quase sempre, além de alguns amigos no exterior), no facebook (vulgo FB) e este sítio que há um bons pares de anos atrás recebia visitas e quase ninguém comentava - eu acho.

Com o tempo, eu confesso - coloquei o link deste sítio no meio dos comentários de outros blogs que eu frequento bem como em fóruns que eu participava pra ver no que dava. Sei que seria um "golpe baixo pra blogosfera", ficar colocando link do meu blog pra todo mundo que tivesse interesse visitasse. Mas, quem me conhece sabe: meus comentários são da mesma proporção dos meus "post biblia", jamais ficou "gostei do seu blog, visita o meu" e só. E hoje, quando tenho um número x de seguidores e um número x-y de quem comenta, sinal que eu sigo o ditado "pouco, mas com qualidade". Adianta eu ter um milhão de seguidores e dez milhões de comentaristas? E vai que eu esqueço de responder um?

O twitter nem lembro como foi que eu comecei. Acho que foi com meu irmão mais novo, que falou do aplicativo e foi a bobona aqui tentar. E quem me conhece, sabe: fica difícil se expressar em 140 caracteres. Fiquei um bom tempo sem acessar direito, foi muito na tentativa e erro (quantas vezes nao tuitei pra mim mesma?), mas teve alguns tweets que valeram a pena como o Design Festa de abril de 2010 e o Festival Media Arts também no mesmo ano, que fiquei sabendo como? Twitter!

E na Copa do Mundo de 2010, foi notória a hashtag (#) "calabocagalvão", por motivos óbvios, e como teve muito gringo que queria que queria saber se era alguma espécie de animal em extinção, eis que os brasileiros com a piada pronta, já que a frase (tudo junto ou separado, nem lembro) virou trending topics na época, ou seja, estava bem em destaque no Twitter, a nível mundial...
Uma das melhores piadas prontas que surgiu nos trending topics de 2010 (via newserrado)

Mas o que me impulsionou mais a utilizar e muito o twitter foi quando teve o trágico terremoto de Tohoku, dia 11 de março deste ano. Como telefonar era tarefa impossível (só pra conseguir falar com o digníssimo, tentei vinte vezes seguidas. Consegui na vigésima primeira), e os e-mails custavam a chegar também, usei o quê? Twitter. E foi através do Twitter é que minha lista de seguidores e seguidos aumentou vertiginosamente. Muita gente querendo saber como foi, se estávamos bem, outras coisas, porque a maioria da minha TL (time line) mora a 500 quilômetros de onde foi o epicentro e como eu e mais uma dúzia de membros moramos a 200 quilômetros do epicentro, mas sentimos muito bem as sacudidas...

Depois do susto, continuamos a manter contato, seja trocar informações, avisos de emprego, de notícias, fotos e receita de bolo. E claro, os encontros reais das pessoas virtuais. Particularmente, conheci ao vivo muito pouco da minha time line, devido ao 3o. encontro de twitteiros no Japão, que foi no início do ano. Seria óbvio que teria outro, que seria o pós terremoto, onde muito mais gente começou a se comunicar mais.

Dia 15 de maio, foi realizado o 4o. Encontro de Twitteiros no Japão, na cidade de Komaki, província de Aichi. No que pensei que seriam por volta de 30 a 40 pessoas (otimista, eu, hein?), na contagem final, fiquei sabendo de quase noventa pessoas, incluindo os acompanhantes. Era twitteiro pra caramba. Os mais maldosos falariam que seria um "clube fechado de gente estranha com hábitos esquisitos". Enganam-se: pessoas das regiões de Kanto (Tóquio, Kanagawa, Nagano e Gunma) e Tokai (Aichi, Shizuoka e Gifu) encontraram-se para um almoço, bate-papo e diversão. E olha que a gente só conhecia no bate-papo na time line, pois se levar em conta nossas fotinhas dos avatares que malemal enxerga algo...

E foi possível porque todo mundo queria saber como era um ou outro, apesar que alguns já se conheciam pessoalmente por morarem perto/ ter ido a algum evento/ ou amigo de infância perdido... E acham que o assunto foi Twitter, Twitter, e mais Twitter? Que nada! Sobre tudo e mais um pouco. Sabe assunto como "de que onde veio?", "você não faz tal coisa?" e por aí vai? Tinha gente que nem imagina como eu era. Nem eu.

Apesar de termos levado quase cinco horas de viagem de carro (pensam que Yokohama fica no quintal de casa?), foi um domingo muito mas muito proveitoso. Sem falar dos brindes sorteados (uia! Ganhei um par de brincos muito lindo lindo, cortesia da Silvia Satie, que faz cada peça linda!!). E o show de stand up que rendeu ótimas risadas.

Isso pode, Arnaldo? Quem lembra do "cala boca galvão", deve lembrar dessa pergunta que o narrador Galvão Bueno fazia ao ex-juiz Arnaldo César Coelho durante a Copa (ou qualquer jogo que eles estivessem transmitindo). E a pergunta acabou virando piada pronta (literalmente), pois toda vez que a gente fazia essa pergunta na brincadeira, logo ele respondia. E foi com essa pergunta que virou parte do sorteio no evento. Queremos mais encontros como esse. Isso pode, Arnaldo? Certamente ele responderia - Como não só pode, como deve.

Sim, encontros como esse, unem pessoas e acreditamos que o mundo não está tão perdido assim, pelo menos entre a comunidade brasileira no Japão, pra quem pensa que a gente veio somente atrás de bufunfa e mais nada, sabemos nos divertir e como.

Próximo encontro desse pessoal animado? Se depender de todos, vai ser o mais rápido possível, em agosto, em Hamamatsu.

Foto do @alexsantosjp, que peguei da @PriAmelie (Just a Ride) porque a foto que pedi pra tirar da minha máquina saiu uma tremedeira só. Detalhe: eu não bebi sequer uma gota de álcool, tá? Bem, a foto contem todos os blogueiros, twitteiros, usuários de alguma rede social e seus acompanhantes e familiares. Se alguém puder me ajudar a identificar todo mundo, eu agradeço, porque teve gente que nem tive tempo de bater um papinho...

Matéria completa no Portal Nippon aqui! E fotos do evento no flickr do Portal.

Saiba sobre o twitter na série feita por @nando_caco no Portal Nippon, na seção de tecnologia e informática (são quatro partes - parte 1, 2, 3 e 4).

Fotos: do painel, por Igor Massami via Portal Nippon. Do Galvão Birds, via newserrado. E do pessoal completo no Tertullia Grill Komaki, por Alex Santos.

8 comments:

  1. Wowww foi gente pra caramba nesse encontro! O twitter sempre me mantém informada sobre tudo...até devaneios alheios kkkk
    As vezes fico 1 semana sem entrar no Orkut, e facebook entro de vez em quando. Só tem uma coisa que eu entro todos os dias: Blogger.
    bye bye

    ReplyDelete
  2. Que legal! Que delícia!! Nossa, que vontade de participar de coisas assim... Aqui no BR rola um medo do que s epode encontrar em encoNtro de twiteiros. HAHAHAHA Não sei se conheço muita gente aí da foto, a Pri eu consegui achar, além de vc, é lógico. Na foto que está todo mundo, vixe, impossível! HAHAHA E eu adooooooro seus comentários Bíblia. Fazem cada post valer a pena! kiss

    ReplyDelete
  3. Kiyomi!
    Poxa, que texto delicioso de ler!
    Nossa, foi gente pra caramba e esse cartaz é lindo demais!
    Eu queria ele aqui na minha parede pra sempre! "Pode isso, Arnaldo?!"
    Juro, eu não usava esse bordão pq eu não sabia de onde ele tinha saído!
    Agora me segura, pq eu quero usá-lo!
    Hahahahahaha!
    A gente vai se ver logo logo, tenho certeza!
    Não sei onde e nem como, mas nõs vamos...
    Ah, eu já comprei as sementinhas de papoula... Vou plantar, ops... Fazer os bolinhos que vc ensinou!
    E eu comprei no Kaldi mesmo, é lá que compro o pó pra fazer Chai também, só misturar água. É bão...
    Obrigada por estar sempre com a gente, e sobre estar aqui pela bufunfa... Ihhhh, isso já acabou faz tempo, né?!
    Estamos vivendo no e o Japão!
    Valeu por acompanhar a entrevista no Clube da Necessaire, as meninas são mesmo muito bacanas! ^^
    Um beijão!
    =^.^=

    ReplyDelete
  4. Olá Kiyomi!
    Que encontro bacana... parece que todos se divertiram muito né? Juntar tanta gente assim não deve ser fácil. Adorei o registro!

    ReplyDelete
  5. que dez esse encontro,deve ser o maximo participar de um encontro e conhecer tanta gente bacana ne?esses tempos tive a sorte de conhecer alguns amigos do blogguer, e ainda vou conhecer alguns mais,entre eles a bah.
    Espero te encontrar tambem viu?ja que nao foi ai no japao,que seja quando vc retornar.
    beijaooooo.

    ReplyDelete
  6. Nossa, que legal esse encontro hein? Poderíamos fazer um desses num futuro breve hein?

    Kisu!

    ReplyDelete
  7. Quanta gente! xD
    Bom, do painel eu só conheço você e o Hiro (não que eu converse com ele nem nada, mas é que eu gosto dos vídeos toscos dele do "Aqui Pode" hahahaha).

    ReplyDelete
  8. Meninas, nem imaginem o sucesso que foi esse encontro. Acho que nunca reuniu tanto twitteiro junto, e olha que não era "recinto fechado limitado pra quem mora só na mesma cidade" - tinha gente de Tokyo, Kanagawa, Nagano, Shizuoka, Gifu, Aichi, Mie... Pra ver como rede social une pessoalmente gente virtual!

    Se tudo correr bem, espero em breve encontrar com os blogueiros e twitteiros do Brasil, nem que a gente faça um flashmob reunindo em tal lugar pra fazer um para para hahahahaha

    Eu também nem sabia essa "isso pode, Arnaldo?" até o dia que me explicaram hahaha

    Esperamos que em agosto tenhamos a Quinta Edição! E espero conseguir ir, mas a gente consegue!

    Beijao a todas!

    ReplyDelete