Wednesday, May 11, 2011

A Volta das Novas Pílulas de Conversa Fiada para Confabular em Uma Roda Quadrada em uma Mesa de Bar (ou qualquer lugar, oras!)


Eu sei que faz tempo (acho que desde o dia 11 de março?) que dei um tempo nas pílulas de conversa fiada, na discoteca básica (este, quando voltei, já mandei ver no album quadruplo do Masaharu Fukuyama, pra desespero de uma metade e alegria de outra), e sei lá que mais assuntos estão meio parados (dos j-doramas volta e meia apareço, sim), vamos lá que a fila anda...

Felizmente a rotina aqui está voltando ao normal, ainda bem. As cidades atingidas sendo recuperadas, o trem-bala que passa na região de Tohoku já voltou antes do Golden Week, as primeiras casas "provisórias" (quando falo assim, vi a reportagem no Mezamashi Seven da Fuji TV, as casas são novinhas e muito bem estruturadas, com ofuro e ar condicionado, com pia e fogão!) sendo habitadas, estudantes voltando às aulas... E os moradores da cidade de Kawauchi (Fukushima) voltaram depois de dois meses, para reaver bens pessoais e tentarem retomar a vida normal de sempre. Mas donativos continuam sendo bem-vindos, com certeza!

*************************************************************************
Quem vai comigo em churrascarias, deve ficar horrorizado quando ouvem meu pedido de picanha bem passada. Acho que até o churrasqueiro fica passado (no sentido figurado) quando eu peço a parte mais torradinha da carne. Bem, gosto é quem nem traseiro né... Depois que soube do incidente do yakiniku nas regiões de Hokuriku e algumas lojas em Kanagawa (inclusive uma das lojas da mesma rede onde houve o incidente, fica perto de casa!), em que a iguaria yukhoe (tipo de um prato coreano onde come-se tudo cru - desde o ovo até a carne) vitimou fatalmente 4 pessoas e internou mais de 35, sendo 20 em estado grave. Pois a carne, matéria prima do prato, estaria com as bacterias O-157 e O-111. Mais detalhes, no artigo do Japan Times (em inglês).

***************************************************************************
Vai ter gente comentando, vai ter gente achando que seria desespero, mas o atual premie japonês Naoto Kan, renunciou ao seu próprio salário de primeiro-ministro até que a crise nuclear esteja sob controle (o que muitos otimistas acreditam até o próximo ano). Se o CEO da SoftBank (operadora de telefonia celular e fixa) Masatoshi Son doou seu salário como diretor para a reconstrução da região Tohoku enquanto estiver no cargo...

***************************************************************************
Diversão News ( e quem vai gostar vão ser o pessoal do The Doramas, Gesiane e eu mesma): ontem, dia 10 de maio, teve a premiação do 19゚Hashida Prize, da autora de vários doramas Sugako Hashida, que premia várias categorias na seção de entretenimento - especialmente doramas, já que ela foi roteirista de vários sucessos na TV japonesa, como "Oshin" (NHK, 1983-84), "Ai to Shi o Mitsumete" (TBS, 1964), "Japanese Americans" (TBS, 2010). Entre os premiados que receberam o certificado foram Osamu Mukai  e Nao Matsushima (melhores atores novos, devido ao seus papeis em "Gegege no Nyoubo", asadora de 2010), Masaharu Fukuyama (melhor ator veterano por "Ryomaden", taiga dorama de 2010) e Tsuyoshi Kusanagi (prêmio máximo por "Japanese Americans", especial pelos 60 anos da TBS, em 2010). Mukai agradeceu pelo prêmio, reconhecimento pelos seus esforços como ator no asadora de maior audiência no ano passado. Fukuyama teve que agradecer via vídeo, pois estava no meio da turnê que teve que remarcar devido ao terremoto de Tohoku, pedindo desculpas a Sugako Hashida e aos espectadores por não estar presente aos demais e que gostaria muito de estar junto a eles. Kusanagi chorou em pleno palco, dedicando o prêmio ao povo japonês que "embora agora estejamos numa situação difícil, mas que vamos nos recuperar com força e coragem".



Osamu Mukai, Masaharu Fukuyama e Tsuyoshi Kusanagi - eles merecem!


Fotos: que abre o post é da própria autora, no parque Kosuzume, perto de casa. O resto, via gugol mesmo.

7 comments:

  1. Carne contaminada: O Yukhoe parece ser a variação coreana do Steak Tartare/Bife Tártaro, onde a carne crua moída ou finamente picada é temperada com alcaparras e arrematada com um ovo cru. Na Europa é considerada uma iguaria. Se bem que o problema estava na carne contaminada com Escherichia coli e não no suspeito habitual: O ovo cru. O risco de pegar uma salmonelose é enorme.

    Kan Naoto abrindo mão do salário: Algo impossível nos políticos brasileiros. Quando aquele ex-ministro japonês se enforcou por ter sido flagrado em atos de corrupção, eu estava defendendo a minha monografia na faculdade, sobre direito de nacionalidade, comparando Brasil e Japão. Após a banca examinadora tecer seus comentários, um dos professores repercutiu o caso, dizendo que no Brasil faltaria corda.

    E parabéns a Mukai, Fukuyama e Kusanagi pela premiação.

    ReplyDelete
  2. Olá Kiyomi! Já estava sentindo falta das suas “conversas fiadas” rs.

    Você frequenta muita churrascaria por aí? É bem raro eu ir, e se for rodízio então, é prejuízo na certa. Como não consigo comer muita carne, é dinheiro jogado fora. E também prefiro as carnes bem passadas. Nossa, é que notícia triste e essa, vitimando 4 pessoas... por isso sempre é bom ter cuidado onde e o que você come.

    Agora vamos à parte que me interessa rs. Achei super merecido os prêmios a estes atores (ou seriam também cantores!). O Masaharu sempre naquela correria de sempre rs. Ah, e lembrei da Gesiane. Ela é apaixonada pelo Mukai Osamu né? E ainda não vi o Kusanagi atuando... mas com certeza é super talentoso.

    Bjuss Kiyomi-senpai!

    ReplyDelete
  3. Oi MP Kouhaku! Essa iguaria eu vi o modo do preparo, e quando falaram do incidente, pensei tambem no ovo cru, mas está sendo mesmo a carne, pois a fornecedora do produto é a mesma para todas as lojas da rede Ebisu!!!
    Ah, o caso do ex-ministro da Agricultura que se enforcou deu no que falar mesmo... Inclusive um amigo meu falou a mesma coisa que seu professor...

    ReplyDelete
  4. Cacá, apesar que aqui no Japão tem churrascarias, acredite: raramente eu vou e olha que em Yokohama tem em plena Chinatown e em Toquio tem o Barbacoa, Que Bom e Copa Tokyo, e a última vez que fui em churrascaria foi no começo do ano.
    Costumo mais ir em yakiniku tabehoudai (pague tanto e se esbalde de tanto comer), pois não é somente carne que me esbaldo rsrsrs
    Mas o caso do yukke ou yukhoe foi mesmo a carne que estava contaminada e a fornecedora era a mesma para todas as lojas dessa rede... Inclusive uma delas fica perto de casa!!!

    Agora vamos ao nosso assunto predileto: sim, o Mukai Osamu é o preferido da Gesiane (que vira pra ca em breve), o menino está crescendo! Nao vejo a hora de ver aquele especial que ele fez com o Smap haha
    Fukuyama sempre ocupado: se nao faz comercial, faz programa de rádio (2 vezes por semana), faz shows, anda de moto, produz alguma música hohoho
    Majide??? NUNCA viu um dorama do Kusanagi??? Vai receber 100 chibatadas hahaha Menina, tem que ao menos ver a trilogia "Boku", que esse sim foi um dos melhores dele (nao que os outros não fossem, mas essa trilogia vale muito a pena).
    Beijao!!

    ReplyDelete
  5. Eu acho o Tsuyoshi Kusanagi tão emotivo...

    Quanto a decisão do 1º Ministro, eu achei super digna. Só não sabia que o CEO da SoftBank tinha feito praticamente a mesma coisa.

    ReplyDelete
  6. Oi, Isa! A doação do Son Masatoshi para as vítimas de Tohoku foi bem comentada, pois foi uma das mais altas que ouvimos (junto com o CEO da Uniqlo, rede de roupas mais comuns - e boas - daqui).

    Quanto aos doramas do Tsuyoshi, recomendo a trilogia "Boku..." (Boku no Ikuru Michi/ Boku to Kanojo to Kanojo no Ikuru Michi/ Boku to Aruku Michi), so nao falei quadrilogia porque o DVD do filme "Boku to Tsuma no 1778 no Monogatari" so vai sair dia 9 de julho. Ao mesmo tempo que ele faz a gente rir no programa semanal de segunda e terça, ele é muito, mas muito emotivo, tadinho.

    ReplyDelete
  7. Olá Kiyomi,
    O pessoal fica horrorizado quando vc pede picanha bem passada? Isso não é nada...imagina a cara das pessoas quando eu digo que não gosto de picanha...Pois é, e nem de churrasco eu gosto muito...rs...Não sou muito chegado em carne, só se for um bom hambúrguer mesmo....rs...

    Sobre o Naoto renunciar ao seu salário, pensar que isso possa acontecer aqui algum dia é utopia....

    Abs e boa semana,
    Carlos

    ReplyDelete