Thursday, August 25, 2011

Thirty Day Song Challenge (Desafio dos Trinta Dias Música): Décimo-Terceiro Dia

A terceira - e mais famosa - formação da Morning Musume. Na primeira fileira, ao alto, da esquerda pra direita : Kaori Iida, Kei Yasuda, Yuko Nakazawa e Aya Ishiguro; na segunda fileira, abaixo, da esquerda pra direita: Mari Yaguchi, Natsumi Abe, Maki Goto e Sayaka Ichii.


Dia 13 - uma canção que é um "Guilty Pleasure": Love Machine (Morning Musume - terceira formação)


"Guilty pleasure", ao pé da letra, seria aquele prazer proibido, expressão usada quando se trata de música, cinema, comida... Melhor dizendo: quando 99% das pessoas não gostam e 1% aprecia, sendo que você faz parte desse 1%. E gosta entre quatro paredes, porque fora dela, você não tem coragem de assumir direito que gosta sob constante medo de ser esculhachado(a) em praça pública... Quando perguntado, você faz aquela cara de nada e diz: "ah, legal, né?" ou "Razoável".

Confessemos: todo mundo tem seu guilty pleasure para tudo. Eu também tenho e olha que não é pouco. Se falar de música, então... sai de baixo!!! Felizmente existem fones de ouvido. Bem, como no tópico a respeito de música que eu odeio eu disse que tem certos tipos de música que não desce pra mim nem forçada (e se me amarrem em uma cadeira eu denuncio por cárcere privado e tortura), existem alguns que ainda ouço e uma ou outra música vai lá, eu engulo. Dependendo compro o single (no caso aqui no Japão, comprei muito single porque gostei da música, mas dificilmente comprei o álbum todo)...

Agora, o que teve muita gente que não acredita, mas é verdade porque até em karaoke já fiz isso, é um dos meus guilty pleasure que assumo sem um pingo de vergonha, mesmo porque felizmente encontrei gente que também assumiu que gostava, é a música "Love Machine", do grupo Morning Musume, do tempo em que elas estava na terceira formação e justamente esta formação eu acho a melhor (porque depois foi um troca troca de membros que todo mundo se perde), quando elas eram apenas oito - Yuko Nakazawa, Aya Ishiguro (que saiu logo depois deste single), Kaori Iida, Natsume Abe, Kei Yasuda, Mari Yaguchi, Sayaka Ichii e Maki Goto (que estreiou), em setembro de 1999.

E não tinha como não ficar parado com o ritmo da música e inevitável tentar fazer a coreografia. Mas também da Morning Musume pra mim é só esta música e acabou (apesar que "Renai Revolution 21" foi bem parodiada pelos meninos da Amuse no show "Handsome Live" no ano passado, melhor que a original), porque depois, parece que o produtor Tsunku (ex-Sharan-Q) errou na mão e passou a fazer mais músicas muito bobas demais - na minha opinião - sem falar da constante troca de membros, que hoje nem sei que geração está.

Embora o sucesso anterior "Daite! Hold on me!" tivesse feito bom sucesso, ainda sem Goto, o que alavancou o estrelato das Momosu (como elas são conhecidas aqui) foi realmente o million seller "Love Machine". E quem vê o vídeo de 1999, até hoje eu não consigo acreditar como elas conseguiam dançar com aquelas botas de salto plataforma (que deu na época no que falar, pois teve gente que morreu por causa do uso desse tipo de sapato, acreditem se quiser). Atualmente, as oito membros da terceira geração que mais fez sucesso fazem...

- Yuko Nakazawa: vinha desde a primeira formação do grupo, saiu do grupo original em 2001. Continuou fazendo parte do Hello! Project, entidade mantida pelas membros do Morning Musume e derivados, tornando-se líder do projeto até 2009. No início deste ano, faz parte do grupo das ex-veteranas chamado "Dream Morning Musume". Nesse intervalo chegou a lançar algumas músicas e fazer teatro, sem muita relevância, apesar de ter participado no dorama "Gokusen", como Kikuno Kawashima, mas recentemente apareceu nos comerciais do café enlatado Georgia (2010) e nos produtos de beleza da DHC (ela faz comercial de produtos emagrecedores).
- Aya Ishiguro: também vinda desde o início do grupo, ficou até o lançamento de "Love Machine". Quase nem apareceu muito na mídia, mesmo depois de casar-se com o baterista Shinya, do Luna Sea, em maio de 2000. Recentemente faz o programa "Arigatou", pelo Kanagawa Television (somente para a região), toda quinta-feira.
- Kaori Iida: também vinda desde o início do grupo, Iida era facilmente reconhecida no grupo por ser a mais alta (170 cm). Quando Nakazawa saiu, Iida passou a ser a líder do grupo. Até 2005 - quando saiu do grupo - chegou a lançar três albuns solo, fora do projeto Morning Musume, cantando covers em inglês, francês e grego (o primeiro álbum, "Osavurio: Ai wa Matte Kurenai" chegou a ficar em oitavo lugar na primeira semana da Oricon), algo muito raro - se não único - entre as membros da Morning Musume. Kaori carrega uma tragédia pessoal - seu filho faleceu de problemas renais aos cinco meses de idade (mas ela só foi tocar no assunto quatro meses depois). Recentemente, junto com Nakazawa, faz parte do Dream Morning Musume.
- Natsumi Abe: participa desde 1997, do grupo Morning Musume. Em 2004, foi acusada de plágio ao lançar um livro de ensaios dizendo que era dela sendo que muita coisa era de outra pessoa. Ficou dois meses sem aparecer na mídia. Voltou em 2005 ainda fazendo parte do Hello! Project, que saiu em 2009. No ano seguinte, junto com Nakazawa e Iida, formaram o Dream Morning Musume. Recentemente, está no dorama e logo no filme "Arakawa Under The Bridge". Abe faz a personagem P-ko.
- Kei Yasuda: começou em 1998, na segunda formação do grupo. Foi a sub-lider do grupo após a saída de Nakazawa. Também faz parte do grupo formado pelas veteranas no Dream Morning Musume. Yasuda mais se dedicou ao teatro que na TV.
- Mari Yaguchi: começou junto com Kei Yasuda, em 1998. Em 2005, saiu do grupo repentinamente ao descobrirem que estava saindo com o ator Shun Oguri, cujo relacionamento durou um ano. Yaguchi preferiu mais focar na área de TV do que cantar. Seu programa Yaguchi Hitori faz sucesso no Nico Nico Douga. Após quatro anos depois de ter parado de cantar, lançou sua música "Seishun Boku/ Seishun Ore" durante o programa "Quiz! Hexagon II" em 2009. Em 2010 anunciou que casaria-se em março do ano seguinte com o ator Masaya Nakamura (D-Boys), mas adiaram para maio devido ao terremoto ocorrido naquele mês. O que chamou atenção na época do casamento de Yaguchi foi a grande diferença de... altura!!! Enquanto Namakura tem 1,92 metro (algo muito incomum no Japão), Yaguchi tem 1,44 metro!
- Sayaka Ichii: também da segunda geração da Morning Musume (junto com Yasuda e Yaguchi), ficou até 2000, quando saiu do grupo e formou outro, como "Sayaka Ichii in Cubic-Cross". Casou-se com o guitarrista do grupo Naoki Yoshizawa, tornando-se mãe de dois filhos. Ichii ficou afastada do meio artístico, totalmente desvinculada do Morning Musume e Hello! Project. Voltou ao meio artístico em 2009, na MX TV (somente para região Kanto). Em junho de 2011 separou-se de Yoshizawa.
- Maki Goto: começou em 1999, no mesmo ano que Ishiguro estaria se retirando. Saiu do grupo em 2007 por decisão dela própria, pois estava sendo bem sucedida em carreira solo, tanto que o CEO da gravadora avex trax, Max Matsuura se interessou por Goto e ela também já estava entrando em conflito com o grupo. Justamente nesse mesmo ano, seu irmão envolveu-se em uma acusação de furto e Maki ficou afastada da mídia por mais de um ano. Desde 2008 faz parte do festival a-nation, promovido pela avex anualmente e em 2009 participou do desfile da Tokyo Girls Collection. Apesar de estar bem sucedida musicalmente, Maki Goto anunciou que em 2012 estaria se retirando da carreira artística - devido aos episódios trágicos que lhe afetaram: seu pai morreu em 1996 escalando montanhas; seu irmão mais novo Yuki foi preso em 2007 acusado de furto; em 2010, sua mãe cometeu suicídio, jogando-se do terceiro andar da casa onde moravam.

3 comments:

  1. Morning musume é mtoooo famoso aqui entre os fãs de animê.
    Teve até um grupo de meninas que fizeram as dancinhas!

    Gente, adorei a explicação pra letra. dirty!!

    beijus

    ReplyDelete
  2. Ju, acredite, mas depois desta formação, foi tanto troca-troca que ja nem sabia quem era do grupo original ou nao. E as musicas decairam tanto que elas ficaram meio que sumidas.
    Eu ainda prefiro elas na fase inicial, as musicas eram um pouco mais maduras e dançantes. Depois ficou muito cafona...
    Acho que uma das mais parodiadas, inclusive feita por rapazes da agencia Amuse Ent. foi "Renai Revolution 21", que ficou muito engraçada!

    Beijao!!!

    ReplyDelete
  3. momusu é meu grupo favorito, gosto tanto das musicas antigas quanto de algumas atuais, mas que elas perderam o "carisma" pra cativar as pessoas isso é fato, tanto que perderam muita popularidade por causa disso acho, as musicas tb mudaram, acho que sempre foi cafona, mas antes elas eram mais empolgantes como love machine e love revolution 21

    sobre guilty pleasure eu não tenho muito problema com isso, tento escutar de tudo, tanto as coisas boas quanto coisas que são claramente ruins, mas quando vou no karaoke o que mais canto é musica de johnnys, momusu e AKB48. pelo menos eu acho bem mais divertido de cantar com a galera e tb acho as musicas bem mais fáceis de cantar

    ReplyDelete