Sunday, October 05, 2014

Ever and Never: The Art of Peanuts (2013, Mori Arts Center Gallery)

Na verdade, eu era para ter postado sobre esse evento logo que eu soube, em outubro de 2013, quando vi o noticiário, mas acabei esquecendo e fui na exposição bem no penúltimo dia do ano, justamente o dia em que estava bem lotado, mas enfim...





Cartaz na plataforma da estação de Chiba, JR Line.


Charles Monroe Schulz ficou mundialmente conhecido por ter criado a famosa tira "Peanuts", protagonizado por Charlie Brown e seu cãozinho de estimação, o beagle Snoopy. Mas o que muita gente não sabia que, mesmo antes de ter criado os personagens que são conhecidos até hoje, Schulz já produzia outra tira, sem muita repercurssão, além de ter feito alguns cartuns na época da Segunda Guerra Mundial, onde serviu no exército norte-americano.

A exposição - "Ever and Never: The Art of PEANUTS" - ficou no Mori Arts Center Gallery (no complexo Roppongi Hills, em Tóquio), do dia 12 de outubro de 2013 a 5 de janeiro de 2014. Mais de 100 itens, inclusive muitos jamais vistos no Japão, foram trazidos para a mostra, pois estes itens são de propriedade do espólio da família Schulz, nos Estados Unidos, inclusive alguns no Charles M. Schulz Museum. Inclui, desde rascunhos até objetos pessoais do autor.

Inclui também colaborações de marcas e estilistas conhecidos, comerciais e filmes. Para quem achava que Schulz só era Peanuts, quem foi na exposição, foi surpresa para muitos quando viram rascunhos e outras obras, como a tira "Li'l Folks", que poderia ser até uma pequena prévia para "Peanuts".



No caminho para o Mori Arts Center Gallery, tinham os anúncios da exposição...















Painel que vinha do teto ao chão ~ na saída da exposição, os corredores eram decorados com algumas tiras mais conhecidas da turma.


Em algumas partes do hall tinham lugares onde podiam fotografar (como nas fotos acima), inclusive cartazes e alguns promotion goods e brinquedos, como bonecos e brindes de empresas. Desde os anos 60, Charlie Brown e sua turma são image characters da empresa de seguros MetLife Alico (com filiais no Japão).

Uma das coisas que eu tenho que aprender quando se tem exposições que ficam meses aqui: ir em dia de semana, fora de feriados e férias escolares. Finais de semana, o lugar fica insuportavelmente difícil de andar, ver tudo e querer fotografar. Só consegui por muita sorte mesmo, porque eu fui no penúltimo dia do ano (porque foi o único dia que consegui ir para Tóquio, aproveitando o mesmo dia que teve o Comic Market de inverno), peguei uma hora de fila pra comprar o ingresso (se tivesse comprado antecipado, era mais rápido, mas acabei esquecendo) e fiquei duas horas tentando ver tudo (estava lotado).

Apesar desses contratempos, eu gostei da exposição, mostrou o outro lado de Schulz. E também outros objetos que não se limitavam a tiras de jornais e livros.

Nos Estados Unidos, de tempos em tempos tinha uma mostra ao ar livre dos principais personagens customizados por diversos artistas (como o "Cow Parade"). Algumas réplicas em tamanho menor (claro!!!) chegaram a ser comercializados em lojas como a Snoopy Town no Japão.

O Charles M. Schulz Museum fica na cidade de Santa Rosa, California. Mais detalhes, podem ser conferidos no site oficial (em inglês).

Fotos: todas da autora, via celular mesmo. Se saíram tortos, embaçados e meio fora de foco, parte da culpa é minha mesmo, porque era tanta gente querendo fotografar que, quando eu conseguia uma brecha, seja lá o que Deus quiser...

2 comments:

  1. Aii que lindo! Que pena que eu ainda não estou aí rs... eu adooooro Peanuts, principalmente o Linus, meu favorito.

    K!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Oi, Romina!!!
      Eu espero que esta exposição volte, porque vale muito a pena mesmo!!! Tem MUITA COISA relacionada ao autor, desde objetos pessoais até rascunhos diferentes do que a gente imagina. Eu sei que esta exposição durou quase três meses, mas aquelas que eu fui deixando pra quase no final e sabe no que aconteceu, né? Apesar da fila de espera e muita gente, deu para aproveitar.
      Os unicos lugares que dava para fotografar eram os bonecos e a parte do merchandising. Ah, e os corredores da saída.
      Linus também é um dos personagens que eu admiro,especialmente pelo seu paradoxo: ao mesmo tempo que ele dá conselhos para Charlie Brown, ele vive agarradinho com seu cobertor.

      Beijao!! <3 <3

      Delete