Thursday, August 09, 2007

Sintomas da Idade....

"...é uma desgraça envelhecer..."

Na música "Mother's Little Helper" dos Rolling Stones, circa 1965, já no início já solta esse lamento que narra a história de uma dona-de-casa entediada viciada em calmantes. Tirando o vicío de calmantes, envelhecer, para muitos pode ser uma verdadeira desgraça. Dependendo do ponto de vista, claro.

O lado ruim de envelhecer, seria quesito saúde: começam as tais dores estranhas e exames médicos mais complexos, tais como o do estômago, ir ao ginecologista a cada seis meses (pra mim, a cada dois anos, dependendo da sensação pós-consulta), eletrocardiograma e se deixar, eletroencefalograma (ou como diria um amigo meu, exame pra ver se não falta ou sobra parafuso na minha cabeça).

Depois, o quesito aparência: os cabelos brancos que começam a aparecer. Dependendo de cada um, prefere deixá-los do jeito que está, pois significaria "amadurecimento". Mas no meu caso (e do meu kinguio encantado), a cada dois meses (ou dependendo da situação) tenho que gastar quase dez mil (ienes) pra cobrir os cãs que me aparecem. E tem horas que fico pensando se compensa, pois a tintura custa a pegar no meu cabelo.

Rugas não me preocupo, acho que tá pra existir mulher mais desleixada no quesito tratamento facial: lavo o rosto pela manhã e só uso sabonete facial. E do mais simples (o da Shiseido). Vez em quando uso tônico (da minha marca predileta, a "The Body Shop") pra limpar a pele, e neste calor dos infernos que assola a região, tenho que usar um protetor solar. Fator 25. Para a noite, a mesma coisa, tirando o protetor solar. Detalhe: não tenho nem um vinco no rosto dedurando a minha real idade...

Agora, o que estou cismada, é que engordei mesmo. Em questão de cinco anos, engordei cinco quilos, o que seria um quilo por ano. Se eu não tomar providências drásticas, daqui a dez anos vou parar com quantos quilos??? Sem falar que não é qualquer roupa que está me servindo, apesar que não saio do meu básico calça e camiseta ou camisa, quando vou trabalhar.

Se bem que, todo dia, ao me olhar no espelho, não aparento ter 37 anos (a não ser que muito amigo meu candidato ao engraçadinho do ano dizer que aparento 38 ). Vamos dizer: mesmo se eu usar um vestido simples, ou jeans e camiseta, tão cedo não aparentarei tão velha assim.

Depois que eu retocar as madeixas que teimam em clarear para quase-transparente.

No comments:

Post a Comment