Thursday, September 27, 2007

Se você está querendo vender alguma coisa....

Aqui, a facilidade de se vender alguma coisa é tão grande, que até no Yahoo! Auctions tem o espaço pro pessoal se desfazer daquela mala que não sabe porque comprou até aquele CD de uma-música-só que já deu no saco. Quem não gosta muito de publicar seu espaço na mídia impressa nem pra vender uma caneta usada, tem a alternativa dos "free markets", ou "venda de garagem" ou na pronúncia do inglês correndo "mercado de pulgas".



Esses mercados ao ar livre são feitos por pessoas comuns para pessoas comuns, que podem estar a procura de alguma coisa útil. Aqui no Japão tem data e local certo e tem que garantir seu cantinho com antecedência, pagando uma taxa simbólica, mas depois que limpar seu cantinho, o que vier é lucro. Nem que for pra comprar uns cinco cafés no Starbucks (ou Dean and Deluca) como minha amiga me sugeriu certa vez. Ah, ia esquecendo: além de disponibilidade de tempo e dinheiro, tem que ter muita cara-de-pau (o que eu não tenho).



A outra alternativa seria (tentar) vender nas lojas de usados, ops, de segunda mão, quero dizer, "recicle shops". Marido kinguio encantado sabe muito bem o que já andei fazendo logo que mudamos pra Yokohama: vendi na Book-Off muitos mangás encalhados, dois computadores estourados e fora-de-linha... e outras miudezas que agora me fugiu à memória.

Roupa, eu já aconselho: faça uma boa ação e faça a doação em entidades não-político-governamentais daqui. Exemplo, a rede de lojas UNIQLO solicita todo ano, nos meses de março e setembro, aos clientes que têm roupas da marca da loja mencionada, que não servem mais, acha que o destino seria ser pano-de-chão, a UNIQLO agradece.

Dia 27 e 28 de Outubro, a loja Marui de Ikebukuro (Tóquio) também fará a campanha. Aí pode ser roupa de qualquer marca, desde que em condições de uso.

Se não dá pra ganhar alguns trocados, ao menos sua vaga no Paraíso poderá estar garantida!

No comments:

Post a Comment