Tuesday, June 30, 2009

Retrospectiva Metade do Ano 2009 - Parte 1

Ou: tudo que você queria esquecer mas não tem como não lembrar

Janeiro: Ano novo, tudo velho. Não se falava em outra coisa a não ser crise, crise, crise. Virem o disco, a vida continua e de braços cruzados nada se produz. A nova ortografia no Brasil só veio pra complicar. Linguiça, preguiça, pinguim ficam sem trema. Aqueles dois pontos horizontais em cima da letra "u". Sem falar acentuação, hífen... A gente leva mais de quinze anos de vida escolar aprendendo a ortografia, pra depois tudo cair por terra. Ekiden passou perto de minha casa e novamente não fui acompanhar ao vivo e ter a chance de dar um tchauzinho pra mamãe na frente das câmeras... Visita em casa e fui com ela bater perna em Tóquio, agradecer pelo ano que passou e rezar para que o novo ano melhore. E muito. Só que nem com exorcismo fez ressuscitar meu velho PC que foi desta pra melhor. Resultado: fiquei 15 dias desconectada.

Fevereiro: Batendo perna em Tóquio, peguei uma oferta-relâmpago em uma hipermegastore de eletrônicos em Akihabara. Sim, comprei um novo PC e depois vendi o velho. Não pagaram aquela fortuna, mas melhor do que eu pagar pra ter que jogar fora. Ao menos fará um nerd feliz. Mas a doninha aqui é alérgica master ao kafunshoo e foi inevitável que este ano novamente fiquei com os olhos coçando, espirrando para caramba e o nariz mais vermelho que o do Rodolfo, a rena do nariz vermelho. Tudo bem que o Oscar de melhor filme deste ano foi sobre "Como Ser um Milionário" made in India, mas o que surpreendeu foi o do Melhor Filme Estrangeiro. Cansados de ver tragédia de holocausto, tragédia de Oriente Médio, tragédia de tango argentino, os votantes resolveram escolher um filme onde a tragédia se torna algo onírico e tocante. Não, ainda não assisti "Okuribito" (em inglês, Departures; em português, "A Partida"), mas vou assistí-lo assim que conseguir encontrar uma cópia disponível na locadora.

Março: O famigerado iPhone "de grátis" para todos. Nem tão rápido assim, gafanhoto. Se cancelar antes do término do contrato, tem que pagar. De graça, nem injeção na testa. Aumentei os pontos do meu point-card de uma rede mundial de lojas de CDs, DVDs e livros, detonando minha pobre economia com CDs, algo que fazia muito tempo que eu não fazia. Auxílio de doze mil do governo pra quem tem entre os 18 ao 65 anos? Virou realidade. Eu pensava que excomunhão fosse conversa nas aulas que tive de catecismo nos anos 80, mas depois que soube do caso envolvendo estupro de uma menor, incesto, aborto legalizado, eu acredito. Mas excomunharam as pessoas erradas. E justo no mês em que nós, mulheres, batalhamos incessantemente contra as injustiças do poder machista.

Abril: Gripe suína ou H1N1, ou shin-kata infuruenza, que seja, mas assolou todo o mundo. Aqui, ao menos em Kanagawa, não soube de nenhum surto. Não, seo Leo, não o paciente zero como você apregoa. Ajuda do governo pros desempregados latinos (entenda-se brasileiros...) para voltarem ao país de origem. Mas com a condição de devolver o visto. Só que agora parece que mudou e pode retornar depois de não-lembro-quantos-anos. Tristeza tricolor, Rogério Ceni de molho até outubro. Algo envolvendo um buraco e torção e pinos no tornozelo. Alegria nipônica, o time montado por Tatsunori Hara ganhou o World Baseball Classic e quem foi o astro principal foi o famoso Ichiro Suzuki. E o pessoal apostando no novato Yu Darvish... Quando soube nem eu acreditei: Tsuyoshi Kusanagi (o preferido pelas donas-de-casa, jovens, senhoras em geral) detido na madrugada. Motivo: esvaziou a adega do izakaya e resolveu se refrescar num parque como veio ao mundo. Resultado: comerciais cancelados, programas interrompidos, suspenso por tempo indeterminado e milhares de cartas, e-mails, telefonemas, recados amarrados em pedra para a delegacia criticando a atitude dos policiais, pois não se revista casa sem mandado judicial, além do mais Kusanagi estava sozinho, quem foi que viu?! Parece que... ninguém, oras!!!

Maio: Juri popular para julgamento de crimes hediondos. Talvez seria uma forma mais humana de se julgar um acusado. Vamos ver se funciona. Yokohama e as comemorações do sesquicentenario (tá bom: 150 anos) da abertura dos portos para o exterior. A aranha gigante construída para o evento não a vi caminhar pelas ruas. Neste mês só fui pro Akarenga. O resto me esperem. Liberou geral! Desde o Golden Week o pedágio ficou em 1000 ienes nos finais de semana para quem viaja mais de 100 quilômetros. Menos do que isso, fica até 30% de desconto. Maaaaaaaaaaas, desde que tenha o famigerado aparelhinho ETC, o que gerou congestionamento nas vendas. Volto do Golden Week e no dia que era minha folga, mas tenho aula, todos os trens pararam. Gente se matando? Não. Freios defeituosos. Depois de 35 dias de molho, a mulherada pediu e ele foi perdoado: sim, Kusanagi volta nas telinhas, telonas e revistas novinho em folha. Desde que ele não fique esvaziando a adega, a gente agradece. Hanabi fora de época, cortesia do doido porco-espinho do presidente vitalício da Coréia do Norte.

Junho: A queda do avião da Air France deu no que falar nos quatro cantos do planeta. Como eu diria, pro Brasil virar notícia mundial, ou é no futebol ou é na tragédia. Mas o que abalou o mundo e tudo ficou pro segundo plano, foi a repentina morte de Michael Jackson. No que estava se preparando para "dar a volta por cima"... Eis que agora seu falecimento envolve especulação de inventário, filhos que não são filhos dele, causa mortis e de tudo um pouco. Sei que vão me tacar pedras, mas o cara já faleceu, custa deixá-lo em paz? Tão simples: falar que morreu de parada cardio-respiratória devido abuso de remédios e colocar uma pedra no assunto. E pronto. Mas não...

Se a autora sobreviver e o seu PC novo também, em dezembro vai haver a parte 2...

4 comments:

  1. O Ano está passando voando neh? Ou ai a passagem do tempo é mais lenta, aqui parece cada dia mais e mais rápido argh.....

    Boa sextaaaaa

    Miquilisssss
    Bru

    ReplyDelete
  2. Que legal! NUnca tinha visto uma Retrospectiva de 6 meses rs... eles deviam fazer isso e assim dar mais ênfase nos detalhes...

    ReplyDelete
  3. Humm.. kikki tem sempre bouas ideias mesmo! xDD

    ReplyDelete
  4. Bru e Qui, quando chega o mês que namorido fica mais maduro, eu já digo que o ano acabou...

    Bah, o ano passado esqueci de fazer a retrospectiva semestral mas este ano eu vou fazer, pois retrospectiva só no final do ano, cansa, vou te falar. Se bem que a semestral cansa do mesmo jeito...

    Leo, sabe que muita gente tem memória curta, existem tópicos que nem vale a pena comentar, pois está sempre em evidência e o povo lembra...

    Beijos e abraços a todos!

    ReplyDelete