Thursday, December 17, 2009

Gente que Faz...

... tudo errado. Lembrei-me de certo artigo no finado blog "Garotas Que Dizem Ni" (meu favorito e talvez minha fonte de inspiração por ter criado o meu) sobre "Gente que Irrita". Lendo e relendo (sim, tenho o livro, que ganhei de minha mãe quando tirei meu um mês de férias merecidas), não é o que Vivi escreveu acontece em qualquer lugar do mundo? Ah, vocês duvidam (exceto o pessoal que já mora aqui há muito muito muito tempo)? Então vamolá...

Quando você já sai de casa, pra ir ao trabalho, e precisa pegar o coletivo, já encaramos a Gente que Empaca na Fila. Os ônibus daqui de Yokohama, pelo menos no bairro onde moro, logo que começa até dez da matina, paga-se a passagem na entrada. Depois, tem que pegar um bilhetinho na porta de entrada ou passar o cartão pra catraca eletrônica saber de que ponto você pegou o ônibus pra na hora da saída pagar o trecho. Confesso que no começo me atrapalhava toda, mas hoje dificilmente eu erro (ninguém é perfeito, oras!). O problema é que tem gente que até hoje empaca na fila de entrada perguntando pro motorista se é pra pagar na entrada ou na saída! Isso porque na frente do ônibus já está escrito "前払" (paga-se na entrada) ou "後払" (paga-se na saída). E quando é pra pagar, o(a) indivíduo(a) ao invés de deixar o dinheiro contado na hora de pagar, tem que parar na entrada, obstruindo a passagem do resto do pessoal pra colocar trocado por trocado na caixinha da catraca...

Mesmo dentro do ônibus (ou trem também serve) tem a Gente que Usa o Banco pra Colocar as Compras. Se estivesse vazio, vazio, ainda vai lá, mas o problema acontece sempre que o coletivo está abarrotado e o cidadão nem se toca em desocupar o lugar para aliviar um pouco a lotação. Mas pior que isso, tem a Gente que Fica com o Celular na Mão no Coletivo Lotado. O ônibus (ou trem) já está feito lata de sardinha e tem gente que fica com o celular na mão sei lá fazendo o quê, e fica incomodando quando se está em pé no recinto abarrotado. Sei lá se a Gente que Fica Lendo Jornal (ou revista) em Coletivo Lotado é pior. Acho que sim. Eu fico impressionada até hoje, no trem lotado que pego toda santa manhã pro meu trabalho, com esse tipo de gente. Sete anos depois e não consigo acostumar. Se bem que Gente que Fica Na Porta do Trem e Atrapalha na Saída esse sim, eu considero pior ainda. Chega na estação e essa gente fica na porta do trem atrapalhando quem vai sair e quem vai entrar. Sabendo que quando a musiquinha pára de tocar, a porta logo fecha.

Situação que comecei a presenciar com mais frequência depois que passei a levar namorido pra estação de carro, é com Gente que Dirige Devagar e Gente que Não Dá Sinal de Virar a Direita ou Esquerda. Ah, e com Gente que Dirige Cinquentinha e Corta na Sua Frente Sem Dar Sinal. Não acreditam? Experimentem pegar a Rota Um a partir das seis da matina e depois me contem. Se quiserem andar comigo, primeiro providenciem um seguro de vida sendo eu a beneficiária e depois me comuniquem....

Nem no seu dia de passeio, escapamos da espécime Gente que Empaca na Rua. Aqui as calçadas quase nem existem, se existem somente nos grandes centros. O que acaba fazendo surgir esse tipo de gente que falei. Além de párar no meio da calçada pra ver o e-mail que chegou no celular, ultimamente surgiram a Gente que Anda de Mala de Rodinhas no Meio da Rua. Esse tipo de gente, geralmente as meninas, ficam com essa maldita maleta no meio da rua, e do nada param pra fazer nem sei o quê e a gente acaba é tropeçando nelas. E essa gente acaba se tornando Gente que Nem pra Pedir Desculpa Serve.

No supermercado eu e namorido costumamos ir quase uma hora antes de fechar justamente para aproveitar as ofertas. Mas eis que acabamos por deparar com a Gente que Ocupa o Corredor com o Carrinho de Compras, Gente que Estapeia Outra na Liquidação e Gente que Coloca A Prole de Meia Duzia de Filhos nos Caixas. E o dia que fui pra comprar um ítem e deparo com Gente Sem Noção que Está com o Carrinho Lotado e Não dá Passagem pra Outra que tem Um Item Apenas?

E também encontramos com Gente Que Fala no Celular Dentro do Coletivo, Gente Que Dorme no Seu Ombro na Ida e Volta pra Casa no Coletivo, Gente Que se Maquia Dentro do Coletivo, Gente Que Pisa no Pé da Gente e Nem Pede Desculpa, Gente Que na Fila do Caixa Eletrônico faz Tanta Transação Monetária que Parece Que Está Fazendo pra [Qualquer Multinacional Aqui], Gente Que Escolhe Demais no Restaurante, Gente Que Pergunta Mais o Que Deve Sobre um Item... Mas é melhor eu ir parando por aqui, antes que muita gente acabe me enquadrando no tipo que a Viviana mencionou que seria Gente Que Reclama Demais Por Qualquer Motivo Besta.

8 comments:

  1. Menina, a vida tá cheia dessas pessoas. Acredita que ontem, a minha mãe estava num ônibus, e simplesmente entram duas idosas e chegam pra um casal que estava sentado num banco NÃO RESERVADO e falam que os dois tem que se levantar pq elas são idosas, blá blá whiskasachê...Absurdo.
    Fora o pessoal que anda de metrô. Qdo chega no terminal, rola o que eu chamo de ESTOURO DA BOIADA. E sempre tem os FDPs que ficam colados na porta, coisa totalmente insegura, e reclamam qdo quase são derrubados. Fora que as pessoas do Rio (onde moro), não respeitam o sentido de entrada e saída. Eu sei, era bem mais fácil antes, quando era adesivado(ainda que tivessem uns e outros sem-noção), aí o pessoal da empresa do Metrô Rio simplesmente resolveu tirar o adesivo, o que fez a coisa toda desandar e o povo despirocar de vez, cada um faz o que bem entende, não respeita o fluxo e ainda por cima fica encostado na porta. Que raiva!
    Menina, tenho que falar, hj é a estreía da minha 1a peça de teatro, estou quase vomitando minhas tripas, aff.
    Depois eu conto se tudo deu certo.
    Beijocas

    ReplyDelete
  2. hahhahahaa isso me lembrou de qdo estava no Japão e tinha uma obassan numa bicicleta, mas ela era muito devagar, estava perdendo a paciência. De repente ela pára e desce da bike, ela caiu rsss tipo ela era uma daquelas tiazinhas toda curvada sabe? Eu levei um susto pq na bicicleta ela tava normal, ela desceu, ela se curvou toda... Nem tive mais pressa depois daquilo de tanto q eu fiquei impressionada rss... Mas entendo o que vc quer dizer, falta de educação é uma coisa que tem em qq parte do mundo, mas acredite, aqui ainda é bem pior. Qdo o busão lota ai vc tem até lugar pra segurar, mas aqui, o cobrador manda apertar até não ter mais onde se enfiar... é uma coisa de doido... fora o cheirooo pleo menos japa é bem limpinho....

    Kisu!

    ReplyDelete
  3. Kiyomi,
    Tá cheio de gente assim. Parece que aumentam os caras de pau no Japão, não acha?
    A Bah é gentil com velhinhos, vc viu?
    beijos

    ReplyDelete
  4. Fernanda, eu sei como é o chamado "estouro da boiada" pois eu presencio isso todo santo dia quando vou fazer baldeação nas estações pra ir trabalhar/voltar pra casa. E o que sua mãe presenciou, teve um caso aqui, dentro do vagão lotadissimo (pegar o trem na hora do pico ninguém merece), uma senhora lascou o guarda-chuva num rapaz que estava era dando o lugar dele pra ela (tudo bem, ele estava no lugar reservado, mas ele teve simancol, mas...)
    Boa sorte na sua peça de teatro! Nao fique nervosa e tire as borboletas no estomago. Imagine que nao tem ninguem na plateia e va em frente!!
    Beijos!

    Bah, eu sei como anda o coletivo aí: quando voltei pras minhas curtas férias, encarei algumas vezes. Sabe aqueles ônibus que ainda tem que puxar a cordinha? Então, vai imaginando o drama que passei. Agora, quanto ao cheiro, é que aqui, no verão, sexta-feira a noite e época de bounenkai, ninguém merece o cheiro de suor, de saquê ou as duas coisas juntas. Ah, mas a da bicicleta, já presenciei cenas assim. E levava cada susto que nem te conto...

    Beijocas!

    Elisa, eu encaro esse tipo de gente todo santo dia, no momento que eu já saio de casa... Nem no dia de folga eu escapo! As meninas de mala, juro mesmo, queria tanto saber o que tanto carregam. Se forem as Lolitas, eu sei...
    Ah, sim...

    Beijos!!!

    ReplyDelete
  5. No final da contas até que deu tudo certo!!!
    Bem, essa história do guarda-chuva eu tinha lido...

    ReplyDelete
  6. rs...
    Um post desses é bem legal, desabafar coisas que irritam.
    Comigo: as japas que pensam que falar "bom dia" é cantada e já te olham daquele jeito. Depois se tocam e vem todas sem graças pedir desculpas.
    Japonês bisbilhoteiro. Muitos nem disfarçam pra ficar espiando o que a gente tá fazendo.
    Os "véios" que acham que trem é sala de tv. Entram, já deitam no banco, colocam do lado salgadinho de ika, tomam cerveja e fumam.
    Ou aqueles que sem cerimônia alguma arrotam, soltam pum na sua cara, afff.

    G-zuis, realmente é gente que faz m.!

    ReplyDelete
  7. Outra coisa q me irrita
    Comer lamen em restaurante lotado.
    Por causa do "somlivre" do povo chupando o macarrão.
    Afff. O ruim é que a mania pega, o povo chupa até macarrão italiano.

    ReplyDelete
  8. Fernanda, que bom que deu certo!! Tudo de bom procê!
    Bom findi rs

    Alexandre, bem lembrado da Gente Que Bisbilhota o Livro/Revista/Jornal/Celular/PSP do Vizinho, Gente Que Faz Sinfonia com Lamen...
    O ruim é que aqui é normal o pessoal comer lamen fazendo barulho, senão não está gostoso... Por essas e tantas que eu não consigo mais ir comer lamen fora de casa.

    Beijos e Abraços e bom final de semana!

    PS: Nao estranhem a hora: acabei de chegar em casa...

    ReplyDelete