Thursday, July 29, 2010

Obrigada, Thank You, Merci Beaucoup, Domo Arigatou...

Como ficaria meio difícil de ficar respondendo os comentários da postagem anterior, que seria a celebração do meu 40o. ano de vida (sim, assumindo que agora cheguei aos quarenta), então resolvi fazer uma postagem de agradecimento aos leitores, frequentadores, parentes que desejaram feliz aniversário por telefone, por e-mail e através de outras redes sociais. Bem, por carta, por enquanto as lojas onde mantenho meus cartões de fidelidade, o qual obrigatoriamente tem que colocar a data de seu aniversário... ahahah

Afinal, fazer mais um ano de vida, não é o fim do mundo.Conheço pessoas que, quando completam mais um ano de vida, queixam-se de cabelos brancos, engorda aqui, uma ruga ali... Agora, foi a primeira vez que eu ouvi de gente ter ficado com uma baita duma depressão depois que completou 40 primaveras...

Bem, como teve gente que acabou dando os parabéns antecipado mesmo, pois eu não tinha falado a data do meu aniversário...

Elisa (Elisa no Blog): O importante é mantermos o espírito e a mente sempre renovados, procurando aprender algo de novo e aproveitar a vida. Junto com as nossas responsabilidades do dia-a-dia como trabalho, casa e contas a pagar. Mas a gente vai batalhando, aprendendo e aproveitando o que a vida nos oferece. Admiro sim, a sua criatividade, sua dedicação e carinho que tem pela sua família e de e para todos. Fico mesmo feliz em tê-la conhecido e trocarmos sempre novas dicas (ainda vou procurar aquele livro das "50 coisas para se jogar fora")!
Bah (a.k.a. Romina, Bah Blog): Chegar aos quarenta foi uma proeza mas também foi um piscar de olhos. Se até dia 25 eu ainda estava na casa dos 30, hoje estou nos 40. Mas não esquento: o importante é o espírito, como disse. Se já sobrevivi a tanta coisa, ainda tenho fôlego pra encarar mais ainda. Mas corajosa foi você de ter retornado e estar conseguindo terminar sua pós graduação, ter um emprego e ainda ter aquela energia pra assistir as sitcoms! Exemplo a ser seguido!!

Desabafando (Desabafando e Sonhando): Eu nem comentei seus últimos posts sobre o amor (mas eu li, viu?). Eu fiquei muito muito muito feliz mesmo em você ter encontrado alguém que possa compartilhar mais do que um trocar de olhares. O importante ser feliz, o que cura qualquer depressão que se preze. Espero que essa felicidade perdure, sim.

MaiK (cawaii) : Ter ganho as amostras de um produto recém chegado no mercado aqui próximo ao meu aniversário foi mesmo coincidência. Não lembro se eu informei a minha data, não... Geralmente, um mês antes do meu aniversário costumo receber cartões e cupons de desconto das lojas onde tenho os (abençoados) point cards, aí pra receber é um pulo. O que mais uso são do yakiniku onde costumamos ir (ganho ¥1000 de desconto), da Body Shop e da Mary Quant, que ganho 10% de desconto além de aumentar os pontos na compra feita.

Lolipop (Banzai): Eu tenho que tentar lembrar agora onde foi que eu encontrei o seu blog (muito interessante e bem feitinho por sinal! Acho que foi através do Alexandre ou da Bah.), mas pode deixar: ainda vou continuar mantendo o mesmo espírito e continuar procurando novas coisas seja aqui ou acolá! Afinal, se ficar parada, tudo estagna e aí vira uma chatice (monotonia) só! Claro que ainda vou continuar ouvindo Beatles, meus ídolos da j-pop, meus ídolos do rock Brasil anos 80 (ô tempo que não volta...), indo ao cinema, voltar a ir ao teatro (é, novembro se eu conseguir, eu vou!), me acabar em shows hahaha.

Denise e Carlos (Tabeteimasu): Claro que ainda vou continuar assistindo muito desenho animado (das antigas, reprisadas, mas e daí), lendo muito gibi e de quebra, vibrando como nunca nos shows aqui (tá bom, tá bom: do quarentão mais fofo, vitaminado, faz-tudo-e-um-pouco Masaharu Fukuyama e do quinteto que ainda continua firme e forte Smap). Quanto a alimentação, eu me controlo devido ao histórico familiar (leia-se meu pai e meu irmão mais velho, que têm tendência de engordar, colesterol e hipertensão, e diabetes), mas eu saí tudo ao contrário: consigo emagrecer mesmo tendo engordado, minha pressão é baixa a ponto do médico ficar perguntando "como ainda está em pé", minha taxa glicêmica é baixa, meu colesterol está com taxa baixa também... Mas eu não abuso, senão onde vou parar? haha Mas como vocês disseram, o importante é sentir-se bem fazendo o que gosta. E vou manter assim.

Felipe (Meio Cozido): Não fique preocupado e desanimado perante a situação, senão o desânimo toma conta do seu espírito e aí tudo desanda de vez. E também não esquentar a moringa com isso ou aquilo. Se você está feliz por aquilo que você faz, não ligue para chacotas de terceiros, que provavelmente fazem isso porque eles nunca tiveram a coragem de tentar fazer uma vez para entender "por que gosta disso ou daquilo". Da mesma forma que teve gente que não me entendiam porque eu gosto de doramas a novelas brasileiras (muitos tentaram e falaram: "realmente, os doramas aqui ficam sem enrola-enrola de 94590 capítulos), mas gosto é que nem traseiro: cada um tem o seu. Ou como diz o Alexandre: cada um em seu quadrado. O importante é ser feliz naquilo que mais gosta!

Alexandre (Lost in Japan): Obrigada pela ovada virtual dupla (é, recebi via e-mail também)! Concordo que tudo mudou, ninguém precisa tomar atitudes só porque a idade chegou, mas o bom senso também tem que prevalecer. Não é porque chegou aos 40 anos é que vai significar : deixar de ir assistir "Toy Story 3" no cinema,  deixar de ir a shows dançantes, deixar de ir em algum barzinho da moda pra ouvir música lounge, deixar de bater pernas em lugares inusitados e começar a usar vestido de cortina com permanente de mafioso. Confesso: nem sinto o peso dos quarenta anos, pois ainda continuo mantendo a mente ligada, o espírito vivo e fazendo as mesmas coisas que eu fazia nos meus 30 anos. A responsabilidade aumenta, eu sei...

Nozomi (Yuntaku Tiampuru): Um dia, menos dia, a gente chega na turma dos "enta"! O importante também é saúde mesmo, o resto a gente corre atrás rs. O livro que mencionei em algum post sobre as "pílulas de conversa fiada", o filme sairá final deste ano aqui. "Norwegian Wood" eu tenho em inglês. Aliás, qualquer livro de Haruki Murakami vale a pena ler, sim.

Fabiana (Yoko e Seu Mundo Multicolor): Emocionei-me pelo seu artigo pré aniversário. Perante às dificuldades que você passa (no sentido de saúde, eu entendo), eu fico admirada o quanto você consegue, sim, levar uma vida normal: trabalhando, indo ver "a maior banda de todos os tempos", viajando, cuidando de seus amigos de quatro patas e ter alguém que possa estar ao seu lado. A frase que você cita no final, foi quando minha mãe disse-me uma semana antes do meu aniversário quando telefonei para ela. E ela estava certa. E sabe que leonino que é leonino, sempre acaba brigando para obter o que quer. E vamos continuar batalhando para isso!
Andreia Inoue (Papiando): Claro que ainda vou manter esse humor pra cima como tenho nos posts, na minha vida cotidiana. Ficar sempre deprimida, mal humorada e chorando pelos cantos, aí que nada dá certo mesmo. Eu sei que às vezes bate aquela choradeira, mas eu e muitas de nós, mulheres, podemos pôr a culpa na temida, detestada, perigosa TPM. Ou assistir pela enésima vez "As Pontes de Madison" com uma caixa de lencinhos ao lado.

MP Kouhaku (infelizmente, ele não possui blog...): Apesar dos problemas cotidianos, do trabalho que às vezes chega a ser estressante, eu tento no máximo manter o humor e alegria no alto. Dia de TPM ninguém merece, mas tento do mesmo jeito. Não é porque ter um ano a mais é que vou começar a esmorecer, não... Bem, pra começar, se setembro eu sobreviver no show no Tokyo Dome, então nada mais me abalará ahahah... Mas este sítio vai continuar ativo enquanto a autora ainda estiver com aquela energia. Isso se não sumirem com nada antes...

Fabiana (Sonho Doce, Sonho): Eu não posso ler seu blog antes das refeições, pois tudo que você faz é tentador (pessoal, visitem o site dela: é de encher a boca de água de tanta comida gostosa....). Entendo o quanto você passou ao retornar ao Brasil e ter um segundo filho. Somos três irmãos, sou a única mulher e a do meio. Imagina o que eu passei, né? Pra completar, meu irmão mais novo, é onze anos mais novo do que eu. Mas o importante é que você é feliz com seus dois filhos, fazendo o que mais gosta, e vivendo o dia a dia com eles, acompanhando o crescimento e educação deles.

Eu sei, eu sei que devo ter esquecido uma ou uma dúzia de pessoas, mas pacientemente agradeci a todos que enviaram mensagens via sites de comunidades, pessoalmente e alguns por telefone. Agora, vamos trabalhando, vivendo, curtindo a vida...

Muito obrigada mesmo.

A autora lesada e agora um ano mais lesada ainda pede também desculpas em responder aos comentários e desta forma. No dia seguinte ao aniversário, teve uma segunda comemoração com o pessoal mais lesado do trabalho e acabou voltando pra casa muito tarde. Pro desespero do namorido, o qual já tinha comemorado no dia mesmo. Quarta-feira foi dia de trabalho e mais fofoquinhas e, só a essas horas da noite é que conseguiu postar...

Foto: Do Hanabi do dia 18 de Julho deste ano, em Osambashi Pier, Yokohama. Uma das poucas fotos que se salvaram, pois a combinação câmera lenta e fotógrafa ruim, deu no que deu...

11 comments:

  1. Que bonito vc agradecer e cumprimentar cada amigo que te felicitou. Pq sei q vc tá na maior correria e isso te tomou tempo, certamente. Ou seja, reforça ainda mais o carinho no seu ato.

    bjs e bom descanso

    ReplyDelete
  2. Ah, querida! Você fez meus olhos ficarem totalmente marejados!

    Que bonitinho você responder cada desejo de aniversário!

    Uma das melhores coisa que a internet trouxe é poder conhecer e dividir alegrias e tristezas com pessoas que te entendem mesmo que ela esteja do outro lado do mundo!

    Beijos

    ReplyDelete
  3. Kiyomi,
    Puxa, fiquei muito feliz, com tantos elogios ao meu blog.
    Obrigada!
    E vc nem vai acreditar....mas somos em 3 irmãs, e eu sou a do meio, a diferença de idade entre eu e a caçula é de 11 anos...kkkkkk
    Qdo li o seu post, nem acreditei....
    quantas coincidências!!!!
    bjs(vou parar por aqui, porque geralmente eu me empolgo..kkk)

    ReplyDelete
  4. Obrigado pelas palavras! Muito mesmo! ^^

    ReplyDelete
  5. Alexandre, tive que fazer um post a parte porque senão eu não ia dar conta mesmo. Final de mês é uma desgraça: correria em casa, correria no trabalho... E olha que eu acho que ficou faltando gente...
    Beijao e obrigada mesmo!

    Fabiana, realmente, a internet tem o poder de aproximar as pessoas de tal forma que um dia podemos tornar o virtual, em real. E dividir e compartilhar sentimentos, dramas, alegrias...
    Beijao e se cuida mesmo...

    Fabiana (Sonho Doce, Sonho): coincidência mesmo - tirando o fato de eu ter dois irmãos. Mas sugoi ter tanta paciência pra fazer tanta coisa gostosa (e a Elisa ter paciência para artes).
    Beijao e obrigada !!!

    Felipe, não desanima, nao que tu é muito jovem ainda, viu? Vamos que a fila tem que andar!
    Se cuida mesmo.

    ReplyDelete
  6. Ah, obrigada por lembrar de mim aí e por torcer por mim e pela minha felicidade. Tenha certeza que pude sentir o carinho e a sinceridade das suas palavras e que isso é mto importante pra mim.

    ReplyDelete
  7. Ficamos todos felizes por vc... tenho certeza.... mas a vantagem de se envelhecer é adquirir mais experiência :)

    Kisu!

    ReplyDelete
  8. Obrigada por ter se lembrado de mim nos seus agradecimentos. Fiquei contente. Obrigada tb pela visita, pelos docinhos, todos adoraram.
    beijos
    Elisa

    ReplyDelete
  9. Desabafando, eu torço para que as histórias tenham um final feliz, seja de que forma for. Espero também que tudo dê certo em sua vida, seja profissional, seja pessoal...
    Beijao!

    Bah, é verdade: a gente vai amadurecendo mais com a idade. Mas a gente não deixa de fazer as coisas que mais gostamos, e isso que nos deixa mais jovens!
    PS: Você está melhor depois daquela experiência com aquela, aquilo, que se chama de sopa?
    Beijao!

    Elisa, eu que tenho que agradecer muito por tudo. Pela companhia, pela conversa, e pela paciência... Adorei mesmo o presente, o almoço e a conversa. Isso que faz a vida ser bem melhor!!!
    Que bom que gostaram dos docinhos! Eu recomendo a loja!
    Beijao!!

    ReplyDelete
  10. É isso aí!

    Um forte abraço!

    ReplyDelete
  11. Oi Kiyomi!
    Ah que legal que foi parabenizada não só pelo pessoal da blogosfera, mas por muitos parentes e amigos, isso é muito bom né!
    O mais bacana foi o seu gesto, ficamos muito felizes por ter se lembrado de cada um!
    Sempre será querida em nosso blog!
    Obrigado pelo carinho!
    Bjs

    ReplyDelete