Saturday, October 23, 2010

"J-Dorama", as novelas japonesas para todas as audiências

Segundo o Wikipedia, blogs do assunto e concepção furada da autora que vos posta, "J-Dorama" seria a forma romanizada para "drama" (ドラマ - "do-ra-ma"), e o "J" de "Japanese". Seriam novelas, séries, filmes feitos pra TV, casos especiais. Mas não se compara com as do Brasil e as sitcoms norte americanas pois nos "J-Doramas":

1 - Duram uma estação do ano, ou seja, de dez a doze capítulos. Exceções seriam os "Taiga Drama" (que duram um ano, em capítulos semanais), o "Asadora" (novelas matinais da rede NHK, que são capítulos diários - exceto domingos - de quinze minutos cada e duram um ano também), e alguns de outras emissoras que excepcionalmente, acabam tendo também de vinte a quarenta capítulos.

2 - Temas variados em todas as emissoras (NHK, FujiTV, Nippon TV, TBS, TV Asahi, TV Tokyo e alguns de canais pagos, cable channels e até pela internet), pouco elenco (acho que até vinte pessoas sem contar as participações especiais em alguns capítulos) mas todo mundo é creditado. Desde o superstar até quem serviu a comida pra produção.

3 - Eu sei que muita gente mesmo vai querer me pegar na esquina, mas os "J-Doramas" não tem enrola-enrola, fica estendendo a trama, cenas tórridas, calientes, do tipo "pega-aqui-que-eu-aperto-ali" (tá, pode ser que tenha, mas debaixo das cobertas, nada explícito). Nem beijo de desentupidor de pia. Falso moralismo? Whatever mas as novelas daqui não apelam pra isso para ganhar a audiência.

Para ganhar audiência, as emissoras apostam no fator enredo + atores e atrizes + química com o telespectador. Tem novela que foi ruim de doer, mas tem novela que se o enredo não dá certo por mais que os atores sejam muuuuito bons, a audiência despenca. Mas existem os casos sui generis em que o enredo é uma droga, mas se os atores se desempenham, a emenda sai melhor que o soneto. Mas também tem aquela em que o enredo por ser muito bom, mas os atores não dão conta do recado. Bem, nada é perfeito, né?

4 - Quando falei que tem J-doramas para todas as idades, eu não exagero: crianças também podem assistir, se bem que se eu tivesse um(a) filho(a) eu ia assistir desenhos animados com ele(a). Voltando, os temas são variados. Desde aqueles romances água-com-açúcar até de ação, passando por casos reais, ficção e absurdo. Quanto também falo sem enrola-enrola, dez, doze capítulos dá pra contar mais ou menos bem uma trama.

5 - O bom também dos J-doramas é que muitos se ambientam em lugares diferentes do Japão (e até locações no exterior, diga-se de passagem), o que faz a gente querer ir e conhecer melhor, agora se loja x ou y existir lá, nos créditos finais sempre tem que passar a mensagem: "Esta novela é ficção, quaisquer semelhanças com nomes de pessoas, de lugares, de comércios, etc., é mera coincidência".

6 - O outro lado bom também (pelo menos no meu caso) é que pode-se aprender a entender a língua japonesa. Alguns J-doramas que assisti ao menos melhorou (em partes) minha compreensão em língua japonesa. O resto tem que ser na prática mesmo.

Eu sei, leitores, que muitos dos j-doramas pode não ser 100% da realidade, mas se pararmos para pensar, existem novelas que fazem a gente pensar mais na vida, nos valores e também entreter.

Existem dois bons blogs (em português) que falam sobre o tema, resenhas e novidades, como o "Drama's Inn" e "The Doramas", além do d-addicts, onde eu encontro as novelas do tempo em que eu ainda nem pensava em vir pra cá. Fora ainda que tenho ainda a cara de pau deslavada de ir ao Tsutaya alugar "de baciada quando tem promoção alugue quatro DVDs por 1000 ienes"...

Nota da Autora: Isto é o prenúncio do estrago que vem por aí - em fase experimental neste sítio, estou pensando em dedicar um dia da semana para resenhar alguns J-doramas que assisti com a finalidade de tentar passar um pouco sobre isso aos leitores. Sei que 90% não vão entender, mas quem sabe? Claro que vou aceitar colaborações de leitores que assistiram a outros j-doramas diferentes do que eu assisti, porque gosto é que nem traseiro, cada um tem o seu. Meu e-mail está no item "contato", mas por favor, não me enviem spams (a não ser que seja de presunto light ou de peru), correntes, propagandas de como aumentar o que eu não tenho, dietas milagrosas, mensagens de powerpoint, etc...

Foto: via seogugol, do DVD "Beautiful Life", a novela de maior audiência que já teve no Japão em todos os tempos - último capítulo bateu 46% de audiência e média de 36% .

9 comments:

  1. Olá! Sou a Cacá do “The Doramas”, e fiquei muito feliz com a sua visita em meu blog. Sem contar, é claro, da sua citação no post acima. Mas me conta, você esta gostando de morar aí? Adorei suas matérias, e o modo como você escreve. Sua sinceridade me impressionou, rs. Pode ter certeza que virei sempre por aqui, e aos poucos vou ler todos os posts anteriores. Ah, e já coloquei seu link no meu blog.

    Bjuss e até mais!

    ReplyDelete
  2. Olá, Cacá ("The Doramas")! Agradeço mesmo tambem a visita no meu. Sobre morar aqui, estou há doze anos, mas entre altos e baixos, não tenho do que reclamar... Mas vai ter paciência pra ler meus posts bíblia!!
    Obrigada mesmo!
    Beijao!
    ps.: o blog que voce(s) mantem é muito bom mesmo!

    ReplyDelete
  3. Oi, tô assistindo pela primeira vez um dorama, o nome em inglês é : innocent love ( イノセント・ラヴ), já viu esse? Eu ganhei de presente e tô adorando assistir ;)

    ReplyDelete
  4. Não é que eu não gosto. Na verdade nem tenho o que falar sobre doramas pq nunca assisti um bom... um pedaço daqui outro de lá... mas como disse, meu negócio é seriado americano, tão viciante quando j-doramas... mas aqui muitas pessoas gostam e acho interessante esse lance de não ser apelativo...

    Kisu!

    ReplyDelete
  5. Georgia, "Innocent Love" ainda não assisti, mas vai ficar na lista! Pelo enredo, vai ser de emocionar!!
    Beijao!

    Bah, sobre os sitcoms, eu confesso: assisti em partes o "Friends" (o que eu diria que eu deveria criar vergonha na cara para assistir todas as temporadas). O bom tambem dos sitcoms é que a grande maioria a historia nunca seria continuação da anterior, o que seria "uma historia diferente por dia". Bom que nao cansa e tambem ninguem fica taaaaaao ansioso esperando "ai minha nossa, que será que vai acontecer?"
    Eh, eu sei: tanto os j-doramas e os sitcoms são viciantes que fica impossivel de ver um só!
    Beijao!!!

    ReplyDelete
  6. Olá Kiyomi
    eu não resisto a posts sobre novelas japonesas.
    Beautiful Life foi a minha primeira novela japonesa (Beautiful Days, a primeira coreana).
    É com o Takuya e é muito boa mesmo.
    Deu até vontade de revê-la. Isso é uma coisa que me acontece de vez em quando também. Como vejo novelas, meio correndo, às vezes deixo de captar alguma mensagem subliminar, então vejo de novo e de vez em quando, de novo... ai! confessei uma coisa que nem meu marido sabia...
    Gosto da cena em que eles vão ver o Monte Fuji... bjs amiga...

    ReplyDelete
  7. Eu gosto bastante de Dorama mas ultimamente não tenho assistido por falta de tempo. Eu costumo pegar as doramas no site http://tracker.jdrama-fansubs.com/login.php
    A qualidade é muito boa e para quem não domina o nihongo como eu, todos episódios apresentam legendas em português o que ajuda bastante.

    Bjo,
    Carlos

    ReplyDelete
  8. Sou super a favor de suas resenhas sobre os doramas!
    Se bem que vou morrer a cada citação do Kimura... Ai ai ai

    ReplyDelete
  9. Nozomi, "Beautiful Life" assisti ainda quando estava morando em Hyogo, depois que mudamo-nos para Kanagawa, ficou meio dificil de assistir todos os doramas que queria, mas felizmente a locadora fica perto de casa rs.
    Sem falar do sistema de torrents que eu consigo os favoritos e guardo para a posterioridade, pois a maioria nem em DVD encontro a venda nem de segunda mão!
    E olha que conheci gente que lembra de "Hitotsu Yane no shita"...
    Beijao!

    Carlos, obrigada pelo link, vou eu procurar e sabendo que é legendado, ao menos não fico interpretando errado algumas coisas (é, já dei muito fora ao comentar de doramas para as amigas japonesas, mas como sabem que eu sou brasileira, elas entendem. Acho). Quem sabe eu consiga acompanhar melhor os doramas de outono, mas vai ser dificil...
    Beijao pra voce e a Denise!

    Fabiana Yoko, eu sei que voce queria ser a Tokiwa Takako na capa do DVD, confessa! Mas se for assistir esse dorama, prepara o estoque de lenços de papel + lençol: voce chora! E nao vai morrer sem antes da gente se ver ao vivo, viu?! hahaha
    Beijao!

    ReplyDelete