Tuesday, February 15, 2011

O Fenômeno do "Getsu Kyu" em Novelas Japonesas


"HERO" (2001), um j-dorama cuja audiência vai ser MUITO difícil de ser batida...
Quando eu consigo, eu posto sobre j-doramas no site do Portal Nippon. Infelizmente, o assunto sobre os tipos que existem no j-dorama acabei nem publicando aqui, por relapso da autora, mas acessem o site e prestigiem também os outros, o administrador e a equipe antecipadamente agradecem a visita. Atenção que o artigo vai ser longo...

Tenho notado de alguns anos para cá que a mídia japonesa na parte de doramas ficam muito em cima no assunto que se trata de "audiência do getsu kyu", qual vai ser a próxima novela da temporada seguinte, quem seriam os protagonistas, etc. Ah, explicando pra quem não lembra o que era o getsu kyu ou nos jornais e noticiários japoneses aparece o "月9" em ideogramas garrafais: foi um termo "adotado" pela emissora Fuji TV para as novelas que passam no horário nobre, que seria segunda-feira (月= getsu, de getsuyoubi ou segunda-feira), nove horas da noite (9 em japonês se lê kyu). E a novela para ser encaixada no getsu kyu, geralmente conta com roteristas e diretores de respeito e atores bem conceituados. E o enredo muito bom a ponto de elevar a audiência, que ultimamente não passa da média de 17 a 18%.

Nos anos 90, época da "bolha econômica", as novelas que passavam no horário do getsu kyu geralmente eram românticas, seja com temática adulta, ou junsui  (amor puro, sem maldade), ou rennai (romance). O que dava uma audiência média de 20 a 21%. Começou a aumentar quando a novela "Sunao no mama de" (primavera de 1992), que tinha a cantora Akina Nakamori como protagonista, teve a média final de 26,4% - para a época já era surpreendente.
"Tokyo Love Story" (1991) com Honami Suzuki, Yuji Oda e Yosuke Eguchi - uma das primeiras "getsu kyu" a passar 20% de audiência 
Depois em diante, existiram muitos doramas que passavam facil facil a porcentagem de 20%. Descobriram como tempo que, se a novela tiver atores bem populares, a audiência poderia disparar. Desde que o enredo também agradasse o público, muito mais que óbvio. Quem era certeza de audiência alta eram os atores Yosuke Eguchi, Yutaka Takenouchi e Takuya Kimura. E as atrizes variavam, mas Miho Nakayama, Nanako Matsushima, Takako Matsu e Hikari Nishida também eram garantia de audiência alta, desde que elas fossem as mocinhas boazinhas.
"Asunaro Hakusho" (1993), o primeiro "getsu kyu" de
Takuya Kimura 

Um ano ou outro, a audiência do getsu kyu poderia cair, mas ficava na média de 15 a 18%, não muito preocupante. Mas quando os doramas "Hitotsu Yane no Shita" (primavera de 1993) e "Asunaro Hakusho" (outono de 1993) passaram de 25%, já estavam prevendo que as próximas getsu kyu os roteiristas teriam que pensar que enredo e que atores colocarem. "Long Vacation" (primavera de 1996) atingiu quase 30%, mas foi com "Love Generation" (outono de 1997) em que realmente o getsu kyu passou a ser importante para a emissora. Mas até hoje, não houve getsu kyu que batesse a audiência obtida com o dorama "Hero" (inverno de 2001), que teve audiência altíssima para a emissora - 34,2% .

Depois disso, a maior audiência que teve foi os doramas "Galileo" (outono de 2007) que teve 22,0% na média e "Change" (primavera de 2008), que foi de 21,7%. Depois disso, a audiência despencou vertiginosamente. Um dos piores índices de audiência média foi "Konkatsu" (primavera de 2009), que foi de 10,9% - uma vergonha para um getsu kyu. As mais recentes, não está passando da média que mencionei - 17 a 18%. O que aconteceu?

Fica difícil explicar, mas há quem diga que houve pessoas que "enjoaram" de novelas. Ou que o enredo não está sendo convincente ou os atores não foram bem encaixados nos papéis. Ou porque os atores não criaram  lá aquela empatia com o telespectador. Ou as novelas estão perdendo espaço para as novelas via internet ou para celulares. E o investimento pra um getsu kyu é alto - além do horário ser nobre, é um dos mais caros da emissora.
Esperança pro próximo "getsu kyu" de primavera pra ver se a audiência aumenta (da esquerda pra direita): Shingo Katori, Meisa Kuroki e Naohito Fujiki
Recentemente, assistindo ao noticiário, soube que a Fuji TV já está com a próxima novela do getsu kyu já definida com enredo e atores principais idem. O enredo seria uma agência matrimonial e um triângulo amoroso entre o atendente da agência, a candidata e para quem a agência estaria indicando para a mocinha. Os atores? Shingo Katori (o atendente da agência matrimonial), Meisa Kuroki (a mocinha que procura a cara metade) e Naohito Fujiki (para quem a agência está tentando juntar com a mocinha). O nome do dorama ainda não foi definido ainda no fechamento deste artigo.

Alguns getsu kyu (desculpem-me, mas não dá pra citar todos) que tiveram audiência acima de 20%, desde 1991 (entre parênteses, a temporada, o ano e a porcentagem média da audiência):

- Tokyo Love Story (inverno de 1991/ 22,9%): com Yuji Oda, Honami Suzuki e Yosuke Eguchi. Uma das novelas que se caracterizou pelo way of life dos salarymen no início dos anos 90. Os ternos que Oda e Eguchi usaram na novela viraram moda entre os assalariados japoneses.

A família Katsuragi, em "Hitotsu Yane No Shita" (esquerda pra direita): Koyuki (Noriko Sakai), Koumi (Megumi Oji), Tatsuya (Yosuke Eguchi), Kazuya (Issei Ishida) e Masaya (Masaharu Fukuyama). Na frente, Fumiya (Koji Yamamoto)

- Hitotsu Yane no Shita (primavera de 1993/ 28,2%): com Yosuke Eguchi, Noriko Sakai, Masaharu Fukuyama, Issei Ishida, Megumi Oji e Yoji Yamamoto. Drama familiar - sobre união, tragédia e conflitos internos - que fez muita gente se emocionar, os atores principais estavam em início de carreira (como Eguchi, Fukuyama e Yamamoto). Teve a sequencia em 1997, audiência de 26,7% e com os mesmos atores.

- Asunaro Hakusho (outono de 1993/ 27%): com Hikari Nishida e Takuya Kimura. Sobre amizade durante os tempos universitários, com conflitos emocionais e tragédia. Muita gente conhece o dorama devido a música "True Love", balada de Fumiya Fujii (ex-Checkers) que fez muito sucesso. Aliás, a música faz sucesso até hoje.

- For You (inverno de 1995/ 21,5%): com Miho Nakayama, Hiroko Moriguchi, Katsunori Takahashi, Shingo Katori e Megumi Yokoyama. Naquela época, Nakayama fazia mais sucesso como atriz do que como cantora; Moriguchi era famosa pelo programa "Mori Mori"; Takahashi fez mais sucesso como o herói em "Tokumei Kakaricho Tadano Hitoshi" e "Salaryman Kintarou"; foi o primeiro getsu kyu de Shingo Katori, apesar de ele ter sido coadjuvante; Yokoyama participa até hoje no programa semanal "SMAPXSMAP" desde o início.

Audiência média de... 29,2%!!
- Long Vacation (primavera de 1996/29,2%): com Takuya Kimura, Tomoko Yamaguchi, Yutaka Takenouchi, Izumi Inamori e Takako Matsu. Foi a partir daí que, ter Kimura e Takenouchi em algum getsu kyu era certeza de audiência boa (embora as últimas novelas de ambos não foram tão bem sucedidas). Curiosidades: Tomoko Yamaguchi é casada com o ator Toshiaki Karasawa (que também atuou em alguns getsu kyu como "Oishii Kankei", "Brothers" e "Galileo"). Takako Matsu contracenaria com Kimura mais duas vezes - "Love Generation" e "HERO".

Dorama que muita gente lembra até hoje
- Love Generation (primavera de 1997/30,7%): com Takuya Kimura, Takako Matsu, Norika Fujiwara, Masaaki Uchino. Novela que até hoje muita gente lembra de ser uma "das melhores novelas de romance" que  a Fuji TV já teve. Se perguntarem para muita gente da época, vão responder esta novela e também "Beautiful Life" (2000/TBS), apesar de ser outra emissora, mas também teve Kimura como protagonista.

- Yamato Nadesico (outono de 2000/ 26,1%): com Shinichi Tsutsumi e Nanako Matsushita. O dorama cujo tema era "moça pobre procura rapaz rico para sair da pobreza", acabou ganhando versão coreana para "My Fair Lady" em 2006.

- Hero (inverno de 2001/34,2%): com Takuya Kimura, Takako Matsu, Hiroshi Abe. Olha novamente a dupla Kimura-Matsu num dorama bem diferente para um getsu kyu. Geralmente os getsu kyu seriam de romance, amor, drama familiar... Mas o enredo - sobre investigação criminal com pitadas de humor - conquistou muita gente. A novela estava fazendo tanto sucesso que, a cantora Hikaru Utada - que interpretou a música tema - fez uma ponta no episódio 8, que teve uma das maiores audiências na história.

- Last Christmas (outono de 2004/21,8%): com Yuji Oda, Akiko Yada, Hiroshi Tamaki e Nana Katase. Os últimos capítulos passaram em dezembro, o que deu a esse dorama um índice bom de audiência. Foi um dos poucos doramas que o tema principal era romance em época de final de ano. Foi o último getsu kyu que Oda chegou a protagonizar. Yada fez mais dois doramas antes de casar e ter um filho (e depois separar-se) do ex-ator Manabu Oshio.

"Saiyuuki" - refilmagem dos anos 70 com tema incomum mas garantiu ótimo índice de audiência. Da esquerda pra direita os atores Atsushi Ito (Cho Hakkai), Teruyoshi Uchimura (Sagojo), Shingo Katori (Son Goku) e Eri Fukatsu (Sanzou Hoshi)
- Saiyuuki (inverno de 2006/23,8%): com Shingo Katori, Eri Fukatsu, Atsushi Ito e Teruyoshi Uchimura. Baseado na lenda chinesa "A viagem para o Oeste", teve a primeira versão nos anos 70 com Masaaki Sakai. A versão de 2006 foi tão bem sucedida que chegou a ser filme, com os mesmos atores do dorama. A empresa aérea Japan Airlines, para promover o filme,  teve o personagem de Katori - Son Goku - estampado nos aviões para vôos domésticos em 2006. Eri Fukatsu chegou a raspar o cabelo para viver a monja Sanzo Hoshi. Teruyoshi Uchimura é a outra metade da dupla humorística "Un-chan, Nan-chan".

- Galileo (outubro de 2007/22%): com Masaharu Fukuyama e Kou Shibasaki. Baseado nos dois livros do renomado escritor de novelas policiais e suspense Keigo Higashino, o enredo era diferente também para um getsu kyu (casos semelhantes foram "Hero" e "Saiyuuki") - um renomado físico que resolve casos difíceis com o codinome de "Detetive Galileu". Sua companheira para resolver os mistérios, é uma investigadora policial temperamental mas com grande senso de justiça. Cada episódio não era ligado a outro, e tinha suspeitos... ops, convidados especiais, como Toshiaki Karasawa, Ryoko Hirosue, Shingo Katori, Miki Mizuno, Maki Horikita, Kyoko Fukada. A música tema era interpretada por Koh Shibasaki e produzida por Masaharu Fukuyama.

- Change (primavera de 2008/21,7%): com Takuya Kimura, Eri Fukatsu, Hiroshi Abe, Akira Terao. Foi o último getsu kyu que teve audiência acima de 20% (porque depois, nem com "Tsuki no Koibito", Kimura conseguiu segurar). Outro tema incomum: sobre eleições para Primeiro Ministro, a estratégia para eleger e também como derrubar.

Algumas curiosidades:


- Quase todas as novelas do getsu kyu em que Takuya Kimura protagonizou, tiveram audiência acima de 20%. Exceção feita foi a recente "Tsuki no Koibito" (primavera de 2009 correção: primavera de 2010...), que além de ter sido uma das mais curtas da emissora (oito capítulos), a audiência deu na média de 17%, apesar que no primeiro episódio ter tido 23% de audiência.

- Todos os membros do quinteto SMAP já protagonizaram algum getsu kyu - já os citados Kimura e Katori,  Masahiro Nakai ("Brothers" e "Konkatsu!"), Goro Inagaki ("Hatachi no Yakusoku" e "Nagareboshi") e Tsuyoshi Kusanagi ("Oishii Kankei" e "Jinbe").

- "TOKYO DOGS" (Outono de 2009) com Shun Oguri e Hiro Mizushima, foi a primeira novela policial de verdade a passar num getsu kyu.Curiosidade: Mizushima mal tinha terminado as filmagens do j-dorama "Mr. Brain", que passou na primavera do mesmo ano, mas era outra emissora.

A equipe de resgate via helicóptero - Erika Toda, Yui Aragaki, Yosuke Asari, Manami Higa e Tomohisa Yamashita
- "Code Blue" (2008/2009), com Tomohisa Yamashita (NEWS), Yui Aragaki, Erika Toda, Manami Higa e Yosuke Asari, teve um fato bem curioso - a primeira temporada foi transmitida no verão de 2008 mas toda quinta-feira, dez da noite. A segunda temporada - com o mesmo elenco - é que tornou-se getsu kyu. Detalhe: os serviços de resgate e  primeiros socorros via helicóptero foi legalizado a partir de 2007 no Japão. Aproveitaram para fazer um dorama com o tema para divulgar o serviço. Embora a audiência ficou na média de 16%, ainda teve entre uma temporada e outra um tanpatsu de duas horas. Detalhe: tanto nas duas temporadas e no tanpatsu, quem se encarregou das músicas temas foi o quarteto Mr. Children.

- Grande maioria das músicas temas dos getsu kyu fizeram sucesso e chegaram ao top one da Oricon: "Love Story wa Totsuzen ni" (Kazumasa Oda, de "Tokyo Love Story"); "Saboten no Hana" (Kazuo Zaitsu, de "Hitotsu Yane no Shita"); "True Love" (Fumiya Fujii, de "Asunaro Hakusho"); "Kimi ga Irudakede" (Kome Kome Club, de "Sugao no Mama de"); "La La La Love Song" (Toshinobu Kubota, de "Long Vacation"); "Taisetsu" (SMAP, de "Brothers"); "Can You Keep a Secret?" (Hikaru Utada, de "Hero"); "Sea of Love" (Southern All Stars, de "Boku Dake no Madonna"); "Tokyo" (Masaharu Fukuyama, de "Slow Dance"); "Hanabi" (Mr. Children, de "Code Blue 2"); "Love Rainbow" (Arashi, de "Natsu no Koi wa Nijiiro ni Kagayaku"); "Ryusei" (Kobukuro, de "Nagareboshi").
"Tokyo Dogs" (2009), primeiro policial a ser um "getsu kyu", com Hiro Mizushima, Yuriko Yoshitaka e Shun Oguri

(Lembrando que, os atores e atrizes que fizeram novela na emissora Fuji TV, eles têm a total liberdade de atuarem em novelas de outras emissoras, pois eles são de agências particulares e não contratados diretos da emissora x ou y como nós já sabemos, em certas emissoras do mundo.)

Fotos: pesquisados via google

14 comments:

  1. Olá Kiyomi!
    Tenho notado mesmo que nessas últimas temporadas o “Getsu 9” vem sofrendo com a baixa audiência. E confesso que não fiquei empolgada ao ler a sinopse da próxima aposta da Fuji TV. Como diz aquele velho ditado, já não fazem mais novelas como antigamente. Fiz as contas e assisti exatamente 10 produções que passaram nesse horário. No geral, quase todos me agradaram. Recentemente li em um site que a Fuji Television estaria até pensando em trocar esse horário destinado as novelas por um programa de entretenimento, caso a audiência não aumentasse. Vamos aguardar.
    Bjuss

    ReplyDelete
  2. aqui o público não tem esse perfil cativo qto no Brasil, que não importa o lixo de novela está lá, acompanhando toda noite, às nove... se as novelas começam a se repetir, o pessoal foge mesmo rs.

    mto legal o post. tá bem caprichada sua coluna lá no pn! eh isso ai kiyomi!
    bjs

    ReplyDelete
  3. Que saudade dessas novelas, acho que vi quase todas. O título do seu blog mudou?

    Sim, vi cartaz do filme lá na Wilton. Me disseram que fizeram um collaboration. Queria muito ver esse filme.

    ReplyDelete
  4. Oi Cacá!
    Eh verdade: alguns doramas do Getsu 9 ainda se salvavam ("Code Blue 2", "Tokyo Dogs"...) Parece que maior audiência está sendo os doramas de terça-feira e de quinta!! Eu também vi num site (não lembro qual) que a FujiTV pensa em trocar o horário do Getsu 9 por algum de entretenimento. Acho que depois de "Hero", pra chegar nos 20% tem que ser um enredo MUITO bom mesmo...
    Beijao!

    ReplyDelete
  5. Alexandre, eu sei que ficou o post pra lá de extenso, mas o Getsu Kyu pra FujiTV é a menina dos olhos deles! Como uma vez disse, o bom dos doramas daqui é que pode escolher e não fica no enrola-enrola, estica ali que puxo aqui... Acho que exceção de que na trama inserir alguns convidados especiais foram "Hero" e "Galileo". Taiga dorama não conta no quesito "novela loooonga", dura o ano todo mas é semanal rs
    Que é isso, o cantinho é modesto, pobre mas limpinho rs
    Beijao!!!

    ReplyDelete
  6. Oi Elisa! Dos doramas que postei, eu assisti mais ou menos o "Love Generation", o "Code Blue 2" e algumas partes de "Nagareboshi". Eh que quase toda segunda eu trabalho até nove da noite!!!
    Ah, o filme chama-se "Yuokashiya Coandoru" (Patisserie Coin de Rue). Já está em cartaz!
    http://www.coin-de-rue-movie.com/

    Beijao!!!

    ReplyDelete
  7. Parabéns por mais um mega post Kiyomi!
    Lendo o post deu saudades dos doramas antigos como Hitotsu Yane no Shita e da época do Kimutaku com a Matsu Takako. Eu jurava que os dois iam se casar... rs
    Ainda não assisti Asunaru Hakusho mas vou baixar assim que der. A música do Fumiya me rendeu uns prêmios em concursos de karaokê... rs
    Bjus!

    ReplyDelete
  8. Oi Hide!!! Pensei que tivesse o "Hitotsu Yane no Shita 1&2" por motivos obvios (Sakai Noriko). Eu assisti em VHS mesmo porque sair em DVD que é bom, acho que só depois da Sakai sair da condicional, coitada...
    Acredita que so agora consegui assistir ao Long Vacation e Love Generation?!
    Bem que o Kimura poderia ter casado com a Matsu Takako, né? Mas ele foi casar com a Kudo Shizuka...
    Arigatou pelo apoio e pela paciência e... pela correção tambem, estou corrigindo aqui rs
    Abração!

    ReplyDelete
  9. milhão (ou milhões) de cópias.

    1991 e 1992 foi forte nas vendas. Três aberturas de novelas vendem quase 8 milhões de cópias e até hoje lembradas e cantadas
    - Love story wa totsuzen ni (Oda Kazumasa) (Mais vendido de 1991, com 2,6 milhões)
    - Say Yes (Chage & Aska) (segundo mais vendido de 1991, com 2,5 milhões)
    - Kimi ga iru dake de (Kome Kome Club) (mais vendido de 1992 e vencedor do Record Taisho, com 2,7 milhões)

    Sem contar essas outras aqui
    - Ima sugu kiss me (Lindberg)
    - You are the only (Ono Masatoshi) (rendeu o Taisho de estreante de 1992 ao Ono Masatoshi)
    - Doukoku (Kudo Shizuka)
    - Saboten no Hana (Zaitsu Kazuo)
    - True Love (Fujii Fumiya)

    ReplyDelete
  10. Todas acima citadas foram tema de Getsu kyu.

    Acho que nem a melhor música de novela das oito (ou das nove, ou das sete, tanto faz) brasileira chegou a vender tanto.

    ReplyDelete
  11. é kiyomi. Até nisso os nihonjins são mais seletivos que os brasileiros. Aqui, novela do horário nobre sempre fará sucesso independente do enredo. Tem autor que mata a personagem se ela não agradar o público. Tudo pro índice de audiência não cair... Beijo

    ReplyDelete
  12. Muito legal essas curiosidades, sempre fui fan de dramas mas nunca me preocupei nos horarios e audiencia deles.

    ReplyDelete
  13. Oi Fabi! Pelo menos, até onde sei, as novelas aqui já fazem o enredo pra durar doze semanas no máximo. Mas já imaginou se uma novela aqui no meio do caminho a audiência despencar e resolverem matar todo mundo?!? (Imagina matarem o Kimura, o Takenouchi, por exemplo? Isola!!!)
    Beijao!

    ReplyDelete
  14. Noooossa, assisti quase todos que vc citou. A primeira que assisti e acompanhei foi Tokyo Love Story.

    Parei por um bom tempo e voltei a assistir com Natsu no koi wa niji iro ni kagayaku, segui com Nagareboshi que amei e agora estou acompanhando Taisetsu na koto wa subete kimi ga oshiete kureta que acho que está muito cansativo, estou preferindo a da TBS de domingo com o Kusanagi Tsuyoshi e Imai Miki "Fuyu no sakura" essa está muito boa.

    Beijos!!!

    ReplyDelete