Sunday, July 10, 2011

Mais da Série das Pílulas de Conversa Fiada em Mesa de Bar ou Qualquer Lugar quando se falta Assunto...


Chegou 20 de junho no hemisfério norte, a temperatura aumenta e com isso a gente tem a certeza que sim, o verão chegou com tudo, com pancadas de chuva ocasionais (o tsuyu aqui) e muita gente se refrescando da forma que pode. Como logo as crianças entrarão de férias de verão, pais, atenção multiplicada pois com esse calor que está fazendo, não descuidar da alimentação, fazer elas beberem muito líquido e na piscina ou praia, não tirar o olho delas, pois uma descuidada... E não esquecer do protetor solar!!

Para que seu verão não se torne uma tragédia (literalmente), a empresa Suri-Emu informa as dicas de como aproveitar a estação com segurança no blog deles aqui!

****************************************************************************
Hoje de manhã (domingo no Japão), por volta das dez da manhã, uma sacudida básica aqui, sendo que na região de Tohoku (sim, o mesmo lugar onde aconteceu o Grande Terremoto de Tohoku-Oki no dia 11 de março) chegou a 7 graus na escala Ritcher. Felizmente não houve estragos nem risco de maremotos. Detalhe que faziam um bom tempinho que a gente não sentia algum tremor (tá, tem os de menor intensidade que ninguém sente, somente os equipamentos), mas ninguém entre em pânico, por favor?

****************************************************************************
Meus desastres culinários ultimamente se resumem a salada de alface, pepino, tomate ou as três coisas juntas, sem falar em onigiri caseiros recheados de umeboshi ou furikake (= tipo de tempero que é misturado com o arroz branco contendo peixe, ovo, algas ou tudo junto). E carne grelhada, porque nesse verão, comer algo mais "pesado", talvez somente o curry pois combate o natsubade (= indisposição de verão).
Vermont Curry da House Foods - este é recomendado para crianças menores e crianças maiores...
Geralmente quando eu faço o curry, eu faço o mais simples possível e usando os curry que já têm no supermercado, isto é, o curry  vem em caixas como se fosse caldo de carne ou de galinha que usamos. Cada um tem seu modo de fazer, mas eu sigo as instruções que vem na caixa. E o curry que costumo comprar é o da House Foods, o Vermont Curry (a da caixa amarela que vem uma maçã), que seria bem mais suave para o paladar (e estômago) delicado da doninha aqui. Como digníssimo costuma dizer pra mim que eu gosto de "curry para crianças"...

Prometo que o dia que eu fizer algum curry baseado nas receitas que o site da House Foods sugere, eu posto na seção de desastres culinários...

****************************************************************************
Ah, sim. Sobre os j-doramas de verão alguns já estão no ar e a maioria seriam comédias leves, mistérios a serem desvendados, remakes que muita gente aprovou e desaprovou... E um pouco de choradeira também. Em breve, a resenha dos principais doramas que estão prometendo esquentar mais essa estação. Preparem os leques, água, e lencinhos, para enxugar as lágrimas? Pode ser, mas é pra enxugar o suor também, porque com esse calor que está fazendo, tanto dentro como fora de casa é promessa de virar cozido.
"Hi wa mata noboru" (O Sol Nasce para Todos), dorama policial que promete ser mais emocionante, com Koichi Sato (no meio) e Haruma Miura (o terceiro, da direita pra esquerda, irreconhecível).

****************************************************************************
E prezados leitores, tenham um pouquinho de paciência que eu estou tentando organizar tudo mesmo estando de folga, mas espero que eu volte a programação normal como sempre.

Fotos: a que abre o artigo de hoje, da própria autora, em um dia ensolarado em Yokohama; Vermont Curry e "Hi wa mata noboru" dos sites oficiais.

8 comments:

  1. Olá Kiyomi!
    Tudo bem com você, mesmo com esse tremor? Espero que seja passageiro. Ah, eu adoro onigiri ou até mesmo um arroz branco com furikake. Eita coisinha que vicia rs. Também adoro curry. De vez em quando minha tia envia umas caixinhas dessas. São deliciosos mesmo. Mas hoje em dia é bem fácil encontrar por aqui também, em casas especializadas. E sobre j-dramas, tem várias coisas interessantes pra assistir. Ontem fiz meu resumo básico de doramas, mas demorei cerca de uma hora tentando postar ela. Minha internet ta caindo toda hora. Ontem minha paciência foi pro espaço rs. E pelo visto o problema está na fiação elétrica, pois o rapaz da telefonia checou tudo e não encontrou nada de estranho na conexão da internet e com o pc também está tudo ok. Mas vamos ver se consigo dar um jeito nessa semana.
    Bjuss

    ReplyDelete
  2. 7 graus? Caraca é muito coisa!
    Pelo visto você lida bem com os tremores. =D

    Primeira coisa que pensei: preciso perguntar de onde é essa foto do céu HAHAHAHAHA ainda bem que você já respondeu no final do post.
    Depois que eu assisti Koizora, fiquei com essa mania de olhar para o céu.
    A única coisa que eu amo aqui em Brasília é o céu, em especial o pôr-do-sol, é diferente de qualquer lugar que eu já tenha visto.

    Eu também prefiro o carê de criança, bem levinho, e se o Aiba-chan quiser preparar um pra mim, eu ficaria muito feliz. ♥

    Eu sou tão viciada em furikake que toda minha família sabe que desde pequena eu escondia furikake (e nori) no armário. HAHAHAHAHAHA é porque eu não queria dividir com ninguém. (Até hoje eu faço isso HAHAHAHAHA)

    E vamos aos doramas da temporada de verão! \o/

    ReplyDelete
  3. Oi Cacá!
    Sobre o tremor, aqui senti pouco, mas ainda bem que no epicentro não foi motivo para pânico, felizmente nada foi afetado e mensagem de maremoto durou muito pouco, ainda bem.

    Onigiri é algo fácil e rápido de se fazer (e comer), recomendado para quem viaja, faz piquenique e no dia a dia. Tirando recheio de amataro e ikura e natto, o resto ok. Furikake não falta em casa, pois como o digníssimo não aguenta comer somente arroz branco, ele come com furikake mesmo.

    Cheguei a enviar seis caixas de curry pra minha mãe no tempo em que isso era dificil de se obter em casas especializadas. Mas também demorou mais de um ano para eles comerem tudo, porque em casa ninguém tinha comido isso, pode?

    J-doramas: assisti somente ao "Soredemo, ikite yuku" e perdi "Don Quixote". Os que não posso perder é "Zenkai Girl", "Arakawa" e "Hi wa mata noboru" (assisti ao especial "Saigo no Banzan" pelo torrent mesmo), além de "Ikemen desu ne".

    Internet falhando por causa de problema elétrico é de matar qualquer um, né? Felizmente aqui não tenho esse problema, exceto quando passei um mês todo com esse problema de rodízio de energia entre março e abril...

    Beijao e boa sorte com a internet!

    ReplyDelete
  4. Oi Isa!
    Isso porque em Kanagawa deu 4 graus, mais ou menos, felizmente nada de mais. Ultimamente, quando dá um ou varios tremores menores, a gente sente ou não, nada mais nos abala, ainda bem.

    Eu também gosto de ficar reparando o céu, mas hábito desde criança. A foto eu tirei perto de casa mesmo. Devia ter tirado ontem, que o céu estava bem mais azul (e o clima quente pra caramba!)...

    hahaha Por que acha que eu coloquei a foto ilustrando sobre o Vermont Curry? Bem, é uma das minhas marcas prediletas quando compro. Tentei outras, mas curry ardido não é comigo e olha que já comi o indiano que é bem mais condimentado... (ué, quem foi que falou que o Aiba é mais ou menos na cozinha? =D)

    Viciei em furikake quando morei em Hyogo, pois feijão era algo raro de se encontrar e me recomendaram experimentar algo que substituísse - por ora - o tradicional feijão. Hoje é um item que não pode faltar na lista de compras, porque são dois viciados na iguaria!

    J-doramas de verão, por enquanto assisti ao "Soredemo...", mas ainda bem que "Arakawa" e "Hi wa mata noboru" vão passar nas próximas semanas. E tem o "Ikemen Desu Ne" e "Zenkai Girl"...

    Beijao!!!

    ReplyDelete
  5. Da hora teu blog
    parabéns.
    Seguindo certo,me segue ai tbm.
    http://www.hiphopface.org/
    abçs
    @Ativista2

    ReplyDelete
  6. Comentários das Pílulas

    Novo terremoto: Fiquei sabendo, mas logo me tranquilizei porque não houve nenhum dano.

    Curry: Um amigo meu que dá aula de nihongo (e passou 6 meses no Japão, voltou recentemente, um dia depois do Terremoto de Tohoku) costuma fazer quando alguém "trafica" o tablete de curry de São Paulo ou do Japão. Fazemos a famosa "cota" do arroz, da carne (ou frango) e do refrigerante e vamos para a casa dele. Sempre fica bom.

    Furikake: Eu gosto e, surpreendentemente, minha mãe também. Sempre que algum amigo vai para SP eu dou o $ e peço para passar na Liberdade. É assim que não se desperdiça o arroz.

    ReplyDelete
  7. Claro que o Aiba fazendo carê deveria entrar para a tag dos Desastres Culinários. Mas a vida é uma aventura, então vamos nessa! HAHAHAHAHA

    ReplyDelete
  8. Não sou muito de karê sabe? Mas até como quando não tiver mto apimentado. Acho que eu peguei um trauminha quando criança dessa comida. Acredita que eu nunca comi um prato de karê enquanto estava no Japão? De trauma que eu tive rs... agora oniguiri de kombini minha filha... faz uma falta danada pra mim aqui :(

    Kisu!

    ReplyDelete