Wednesday, March 13, 2013

Montando o Quebra Cabeça aos Poucos...



Neste caso seria colocar a mudança em seu devido lugar no novo lar.

Fazem três semanas que estamos no novo lar, mas sabe quando ainda as peças do quebra cabeça ainda estão se encaixando? Pois é.

E uma coisa eu vos digo: quando encaixotar, identificar o quê tem dentro de cada uma delas, porque namorido lesado achou que ia dar muito trabalho (além de que, "todo mundo vai saber o que tem dentro") e seria muito mais divertido abrir as caixas e ter uma surpresa, eis que nesse meio tempo, a última estante não foi montada porque cadê os parafusos?

Eu sei que muita gente vai falar "você deveria guardar num saquinho em separado e identificar". Bem, eu fiz isso, mas justo nas últimas estantes e o prazo para virem buscar a mudança no grito (além de ter que deixar logo o antigo apertamento, chamar o serviço de limpeza, etc.), encaixotamos o restante na pressa e jogamos o saquinho dos parafusos em alguma caixa aleatória e... bem, o resto nem precisa explicar.

Apesar de termos montado quase todas os móveis que foram desparafusados, e descobrirmos na tentativa e erro quais eram os respectivos parafusos e pinos, desmontando as caixas das mudanças (e juntando para que, quando o serviço de coleta vir no bairro, mandar ver). E nada dos benditos parafusos de uma estante aparecerem.

O jeito vai ser, no meu próximo dia de folga ir num home center (lugar onde encontra-se de tudo ~ desde material de construção até comida) e comprar os ditos parafusos. O tamanho? Basta procurar a estante parecida com a minha e vai no olhômetro mesmo. Sim, já dei três vivas pro São Longuinho, mas...

Numa dessas, quando menos se espera, os ditos cujos aparecerão do nada, e enquanto isso, vou terminando de fazer o que eu preciso, incluindo separar mais roupas para serem jogadas fora (porque furaram de velha), recicladas (uma certa rede de fast-fashion recebe roupas usadas da marca dela para serem recicladas e enviadas para países menos favorecidos), doadas e vendidas...

Ilustrção: via Pixiv.


10 comments:

  1. Ahhh mudanças são assim mesmo. Perdi as contas de quantas vezes eu mudei dentro do Japão rss eu deixava as caixas dentro do armário pra próxima auhauahuaa... mas não se preocupe, daqui a pouco vcs estarão estabelecidos por ai e será só alegria... E o que achou da cidade?

    Kisu!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Bah, se eu deixar as caixas desmontadas guardadas, bem... desta vez nem posso reclamar da falta de espaço, porque agora tem e sobra hahaha
      Sobre a cidade, agora está tranquila, mas acho que no tempo que você morou, devia ser muito movimentada.

      Beijao!

      Delete
  2. Ola Kiyomi, também fiz mudança de casa e também tive alguns probleminhas que ainda continuam pendentes mesmo depois de mais de 4 meses. Agora, estou de férias, é hora de organizar o que não consegui antes. Antes, resolvi ver os blogues... tudo de bom no seu novo home... mudança sempre dá grandes esperanças de tudo melhorar!!! Nozomi/Yuntaku

    ReplyDelete
    Replies
    1. Nozomi, agora estamos nos ajustando aos poucos. Muitas pendências felizmente já foram eliminadas, mas o restante temos que fazer por partes. Felizmente está dando certo e espero que com você tenha o mesmo!

      Beijao!!!

      Delete
  3. Nossa, não posso dizer que sei como é a bagunça de uma mudança, pq a única que enfrentei foi qdo eu tinha 4 anos de idade... então nem lembro direito disso. Mas recentemente, dei aquela repaginada no meu quarto, e olha.... posso dizer que a bagunça de tirar as coisas do lugar, separar o que não usava mais, o que deveria ir para o lixo, para doação.... e arrumar tudo, incluindo até a compra de uma cômoda nova, me deu trabalho pra umas duas semanas. O pior é que ainda não terminei a arrumação, não do jeito que eu gostaria, hahaha!
    Mas espero que logo vc se estabeleça! ^_^
    Kisu!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Tathy, em todos os anos que estou aqui, mudei-me quatro vezes, sendo que morei quase dez anos em Yokohama.
      Mas mudança dá um trabalho danado ~ encaixotar, embalar, separar o que vai jogar fora, reciclar, vender...
      Nem me fale sobre arrumar tudo, estou ainda procurando muita coisa para guardar!

      Beijao!

      Delete
  4. Kiyomi,eh muito ruim o tempo que perdemos organizando as coisas. Eu fui passar um mes em Pernambuco e quando retornei,passei uma semana organizando o guarda roupa,hahaha...sei o que vc esta passando com a mudanca de casa.Boa sorte amiga,um beijao.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Nem me fale, Andreia! Se bem que eu gosto de organizar as coisas ~ acabo encontrando algo que comprei/ganhei e pode ser útil (ou fico me perguntando porque raios eu comprei isso?).
      Felizmente agora, so faltam jogar fora as contas antigas e deixar as mais recentes (socorro).

      Beijao!

      Delete
  5. Olá Kiyomi,
    Vou dar uma bronca no Toshi por ele não ter etiquetado as caixas!! Já que todo mundo vai saber o que tem dentro vou falar para ele acharos parafusos! rsrs

    Mudança não é fácil! Só de pensar em arrumar tudo de novo me desanimo...rs...tenho um sério problema de acumular muita coisa (desnecessária na maioria das vezes...rs...).

    Desejo a vocês boa sorte e sucesso nessa nova fase! E curtam bastante a cidade por nós!

    Abs,
    Carlos

    ReplyDelete
    Replies
    1. Hahahaha, Carlos, na verdade eu estava marcando o que tinha em cada uma delas. Chegou na caixa de numero 30, desisti, porque no final foram SESSENTA delas!
      E desisti dos parafusos. No ultimo dia que folguei, fui no Home Center D2 e comprei os que faltavam e agora a ultima estante ja esta montada.
      Espero que a proxima mudança sera para o Brasil... quando, nem eu sei!
      Agora, de acumular muita coisa (desnecessária), bem... deixa pra la hahahaha

      Obrigada pelo apoio e sempre!

      Delete