Saturday, June 02, 2007

It was 40 years today....

Quem já ouviu aquela versão de "With a Little Help From My Friends", na voz rouca de Joe Cocker na abertura da saudosa série "Anos Incríveis", muita gente desavisada nem sabia que a música original pertence aos Beatles. Sim, estou falando sério, ou só porque sou fã confessa dos quatro de Liverpool, ficaria puxando a sardinha pro meu arenque?

Se for defender muita coisa do grupo, claro que sim. Na parte tangente que se trata que o melhor álbum de todos os tempos, nove entre dez revistas especializadas colocam o álbum "Sergeant Pepper's Lonely Hearts Club Band" no topo delas.

Este álbum, gravado no final de 1966 e concluido em meados de 1967, é considerado o "divisor de épocas" nos anos 60. Os Beatles já tinham terminado as turnês, o movimento hippie tinha iniciado bem como os protestos contra a guerra no Vietnan. Onde tudo tornava-se colorido e alegre, seja pelas roupas ou efeitos do ácido, muito em moda naqueles loucos anos 60.

A começar pela capa, sempre imitada, nunca igualada. Feito pelo artista plástico Peter Blake e fotografado por Michael Cooper (que posteriormente fotografou os Rolling Stones para o álbum "Their Satanic Majesties Request"), a capa chega ao nível de controvérsia dos "convidados", nos quais os Beatles gastaram fortuna, papel, telefone e telegrama (fazer o quê se nos anos 60 internet era algo impensável) para conseguirem autorização para colocar a foto do distinto no álbum.

E como já se não bastasse isso, a dita capa era tida como um prato cheio pra descobrirem pistas sobre a possível morte de Paul McCartney - as flores, clima de funeral, o tal da guitarra de flores do lado canhoto formando "Paul D(ead)", a mão em cima da cabeça do Paul como se estivesse "abençoando", e por aí vai. Haja criatividade pra tanto, mas isso é outra história que se der na louca desta pessoa que vos posta, contarei a respeito. Da "morte" do Paul, claro.

E as músicas: desde ritmo de banda, passando por lisérgico (isso porque Lennon jurava e se puder em mesa-branca continuar jurando que "Lucy in the Sky with Diamonds" era um inocente desenho do filho sobre uma coleguinha na escola ao invés de sigla pra LSD. Táxi de papel e céus de geléia aí fica meio difícil...), dramas familiares, meditação hindu e música que só cães conseguem ouvir... Tudo isso um ligado ao outro sem perder o fio da meada!

Aliás, quarenta anos depois, a banda dos Corações Solitários do Sargento Pimenta continua emocionando muita gente....



Quer saber quem é quem? Acesse aqui e saiba quem faz parte da capa do mais famoso álbum de todos os tempos!

No comments:

Post a Comment